Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

22 de novembro de 2010

Iron Butterfly - Discografia.

Uma das mais seminais e injustiçadas bandas da história do rock, o Iron Butterfly finalmente, nestes anos 90, parece estar tendo o seu enorme valor reconhecido tanto pelos fãs de classic/acid rock quanto pelos fãs de rock progressivo. 

Ano: 1966. Local: Califórnia, USA. Cena musical: caracterizada pelos sons pesados e ao mesmo tempo detalhadamente elaborados, envolvendo sentimentos que refletiram as atitudes revolucionárias daquela geração do Summer of Love. 

Destacando-se naquela nova cena musical, um grupo novo cujo som não só englobava as atitudes radicais da juventude americana com sua pesada bateria e uma linha de baixo marcante, mas que também anunciava aspirações mais delicadas temperadas, pôr sua esfuziante guitarra com intrincados solos e texturas múltiplas de teclados com influencia até de música sacra. Em virtude dessa mistura, foi batizada Iron Butterffly. "Iron" pelo peso de seu som e "butterfly" pela leveza e beleza de suas músicas: um paradoxo. 

Mundialmente conhecida por seu épico hit , "In A Gadda Da Vida", com seus 17 minutos de duração (17’05"), foi a primeira banda de rock a ter uma música tão grande executada nas rádios, detonando com os padrões então vigentes de que músicas longas não eram comerciais, e pavimentando a acidentada estrada pela qual o rock progressivo dava seus passos iniciais... Este hino psicodélico foi escrito pelo vocalista, organista, e bandleader Doug Ingle, que formou o primeiro lineup da Borboleta em 1966 em San Diego com o baterista Ron Bushy. Ainda em 66 o grupo se mudou para Los Angeles para tocar na cena musical local de pequenos clubes, conseguindo assim assinar um contrato com uma grande gravadora (ATCO, uma subsidiária da Atlantic) e obter um grande retorno de mídia por participar de excursões com The Doors, Jefferson Airplane, The Grateful Dead, Traffic, The Who, e Cream. 

Após o lançamento em 1968 de seu álbum debute, "Heavy", os membros originais Jerry Penrod (baixo), Darryl DeLoach (vocais), e Danny Weis (guitarra) foram substituídos pelo promissor e jovem (17 anos) guitarman Erik Braunn e pelo bassman Lee Dorman. Weis se uniu então a outra banda, o Rinoceros. O novo lineup gravou ainda em 1968 o segundo trabalho, o "In Gadda Da Vida", que só naquele ano vendeu quatro milhões de cópias e ficou até 1969 no Top Ten do Billboard (mais de 3 anos consecutivos no Top Chart), tendo sido o primeiro álbum a receber o Disco de Platina depois da mudança nos padrões de premiação feitos pelo RIAA (entidade responsável por este prêmio). Este prêmio histórico foi criado e foi apresentado pelo então presidente da ATCO, Ahmet Ertegun, que depois se tornou o CEO atual do conglomerado WEA. 

"In A Gadda Da Vida" recebeu o prêmio "Multi-platina ". Esta música também conhecida/traduzida como "No jardim de Eden" ou "No jardim da vida" teve uma versão encurtada para venda como single (compacto simples em vinil ), sendo cortados os longos solos de guitarra, órgão e bateria, e ainda assim conseguindo chegar a 30ª posição na Parada de Singles.
Agendado para tocar no último dia do lendário Festival de Woodstock em 1969, o Iron Butterfly infelizmente ficou retido no aeroporto, não tendo como chegar na fazenda de Max Yasgur para o que seria o seu momento máximo na história do rock. 

O terceiro trabalho de 1969, "Ball", mostrou uma maior variedade musical e recebeu o Disco de Ouro. Nesta época a banda entrou em longa turnê internacional pelos E.U.A., Canadá e Europa onde chegaram a tocar no famoso Royal Albert Hall. Também dividiram o palco com nada mais nada menos que Jimi Hendrix, Led Zeppelin, Frank Zappa, Chicago, Janis Joplin, Steppenwolf, Canned Heat, Three Dog Night, Quicksilver, Yes, Creedence Clearwater, Rush, The Turtles, Buffalo Springfield, Crosby Stills & Nash, & The Byrds, apenas para citar algumas bandas. 

Apesar do sucesso, o desgaste foi grande e "Ball" também ficou conhecido como o marco inicial do declínio da banda. Erik Braunn deixou o grupo e foi substituído pelos guitarristas Mike Pinera e Larry "Rhino" Reinhardt. Mas a magia havia ficado nos anos 60. Como decorrência, o sucesso do grupo declinou até que o Iron Butterfly se separou, em 1971. 

Braunn e Bushy tentaram ressuscitar o grupo no meio dos anos setenta, com os álbuns "Sun and Steel", de 1974, e "Schorching Beauty", de 1975. Mas sem sucesso, posto que a música que fizeram já nada mais tinha a ver com o elaborado e fantástico som do Iron Butterfly. 

Inúmeros programas de TV incluíram o Iron Butterfly como atração principal dentre os quais se destacam: The Steve Allen Show, The David Frost Show, The Red Skelton Comedy Hour, Playboy's After Dark, The Dating Game, Somethin' Else, e várias performances no American Band Stand do famoso Dick Clark. A banda também foi especialmente convidada pela Atlantic Records para tocar no concerto do 40º aniversario da Atlantic em 14 de maio de 1988 no Madison Square Garden, em Nova Iorque, e que o canal HBO gravou e televisionou ao vivo pelo mundo inteiro por satélite. 

A música do Iron Butterfly também foi muito utilizada no cinema como trilha sonora em vários filmes como: Savage Seven, Manhunter, Texas Chainsaw Massacre 2, Nightmare On Elm Street, e Fatal Instinct. Assim como nos seriados de TV: Wonder Years, Hardcastle & McCormick, Roseanne, Home Improvement, The Simpsons, e Unsolved Mysteries. 

Seu hit "In A Gadda Da Vidda" e sua música ainda são ouvidos frequentemente em filmes de ação como Ford Fairlane e Sybling Rivalries, e várias vezes em shows de TV : Cheers, Letterman, Dennis Miller Show, Howard Stern. Em novembro de 1995 Ron Bushy apareceu no Phil Donahue,e no Unsolved Mysteries. Em 1996 o grupo apareceu no American Journal, America's Most Wanted, e na People Magazine. Texto: André Heavyman Morize (Whiplash) 

Integrantes.

Atuais.

Martin Gerschwitz (Vocais, Teclados, desde 2005)
Charlie Marinkovich (Vocais, Guitarra, desde 2002)
Ron Bushy (Bateria, 1966-1977, 1978-1979, 1982, 1987-1988, desde 1993)
Lee Dorman (Baixo, 1967-1971, 1977-1978, 1978-1985, 1987-2006, 2006-2012) 

Ex-Integrantes. 

Greg Willis (Baixo, 1966)
Jack Pinney (Bateria, 1966)
Jerry Penrod: aka Tim Dawe (Baixo, 1966-1967)
Darryl DeLoach (Vocais, 1966-1967)
Bruce Morris (Bateria, 1966)
Mike Pinera (Guitarra, 1969-1971, 1978-1979, 1982-1983, 1987, 1993-1994)
Erik Braunn (Vocais, Guitarra, 1967-1969, 1974-1977, 1978-1980, 1982, 1987-1989)
Doug Ingle (Vocais, Teclas, 1966-1971, 1978-1979, 1982-1985, 1987-1988, 1994-1999)
Danny Weis (Guitarra, 1966-1967)
Jerry Penrod (Baixo, ????)
Larry "Rhino" Reinhardt (Guitarra, 1969-1971, 1977-1979, 1981-1984, 1988-1993)
Philip Taylor Kramer (Vocais, Baixo, 1974-1977)
Howard Reitzes (Teclados, 1974-1975)
Bill DeMartines (Vocais, Teclados, Mellotron, 1975-1977)
Jimi Henderson (Vocais, 1977-1978)
David Love (Guitarra, 1977-1978)
Larry Kiernan (Teclados, 1977-1978)
Kevin Karamitros (Bateria, 1977-1978)
John Leimsider (Teclados, 1978-1979, 1981-1982)
Keith Ellis (Baixo, 1978)
Bobby Caldwell (Bateria, 1979)
Bobby Hasbrook (Vocais, Guitarra, 1979-1980)
Randy Skirvin (Guitarra, 1981-1982)
Jimmy Rock (Bateria, 1981-1982)
Zam Johnson (Bateria, 1980)
Starz Vanderlocket (Vocais, 1980)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro



Álbuns.

Heavy (1968)
 
01. Possession
02. Unconscious Power
03. Get Out of My Life, Woman
04. Gentle as It May Seem
05. You Can’t Win
06. So-Lo
07. Look for the Sun
08. Fields of Sun
09. Stamped Ideas
10. Iron Butterfly Theme


In-A-Gadda-Da-Vida (1968)
 
01. Most Anything You Want
02. Flowers and Beads
03. My Mirage
04. Termination
05. Are You Happy
06. In-A-Gadda-Da-Vida


Ball (1969)
 
01. In the Times of Our Lives
02. Soul Experience
03. Lonely Boy
04. Real Fright
05. In the Crowds
06. It Must Be Love
07. Her Favorite Style
08. Filled With Fear
09. Belda-Beast


Live (1970)
 
01. In the Time of Our Lives
02. Filled with Fear
03. Soul Experience
04. You Can’t Win
05. Are You Happy
06. In-A-Gadda-Da-Vida
 

Metamorphosis (1970)
 
01. Free Flight
02. New Day
03. Shady Lady
04. Best Years of Our Life
05. Slower Than Guns
06. Stone Believer
07. Soldier in Our Town
08. Easy Rider (Let the Wind Pay the Way)
09. Butterfly Bleu
 


Scorching Beauty (1975)
 
01. 1975 Overture
02. Hard Miseree
03. High on a Mountain Top
04. Am I Down
05. People of the World
06. Searchin’ Circles
07. Pearly Gates
08. Lonely Hearts
09. Before You Go


Sun And Steel (1976)
 
01. Sun and Steel
02. Lightnin’
03. Beyond the Milky Way
04. Free
05. Scion
06. Get It Out
07. I’m Right, I’m Wrong
08. Watch the World Going By
09. Scorching Beauty


The Best of Iron Butterfly: Light And Heavy (1993)
 
01. Iron Butterfly Theme
02. Possession
03. Unconscious Power
04. You Can't Win
05. So-Lo
06. In-A-Gadda-Da-Vida
07. Most Anything You Want
08. Flowers and Beads
09. My Mirage
10. Termination
11. In The Time Of Our Lives
12. Soul Experience
13. Real Fright
14. In The Crowds
15. It Must Be Love
16. Belda-Beast
17. I Can't Help But Deceive You Little Girl
18. New Day
19. Stone Believer
20. Soldier In Our Town
21. Easy Rider (Let The Wind Pay The Way)


In-A-Gadda-Da-Vida: Deluxe Edition (1995)
 
01. Most Anything You Want
02. Flowers And Beads
03. My Mirage
04. Termination
05. Are You Happy
06. In-A-Gadda-Da-Vida
07. In-A-Gadda-Da-Vida (Live Version)
08. In-A-Gadda-Da-Vida (Single Version)


Fillmore East, 1968 (2011)
 
CD 1 (Friday April 26th)

01. Fields Of Sun
02. You Can’t Win
03. Unconscious Power
04. Are You Happy?
05. So-Lo
06. Iron Butterfly Theme
07. Stamped Ideas
08. In-A-Gadda-Da-Vida
09. So-Lo (Second Show)
10. Iron Butterfly Theme (Second Show)

CD 2 (Saturday April 27th)

01. Are You Happy? 
02. Unconscious Power
03. My Mirage
04. So-Lo
05. Iron Butterfly Theme
06. Possession
07. My Mirage (Second Show)
08. Are You Happy? (Second Show)
09. Her Favorite Style
10. In-A-Gadda-Da-Vida
11. So-Lo (Second Show)
12. Iron Butterfly Theme (Second Show)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

20 comentários :

  1. Não conhecia esta banda maravilhosa!!!
    Parabéns pelo excelente trabalho e viva a música de qualidade!
    Abraço.
    Roberto

    ResponderExcluir
  2. cara vcs tão de parabéns por postarem raridades como estas.Valeu mesmo

    ResponderExcluir
  3. Conheci-os pelo seu maior sucesso de 68 e confesso que fiquei nobilitado e maravilhado com a qualidade sonora e o perfeccionismo técnico-instrumental que esta subestimada banda dispõe. Saudações Alex, grande post, clássicos raros como este são sempre bem-vindos e apreciados!!!
    Zanon, Curitiba-Pr

    ResponderExcluir
  4. Muito bom mesmo cara, tá de parabéns pelo blog. você praticamente me salva toda a semana.

    ResponderExcluir
  5. Você basicamente me salva todo mês, valeu cara! ótimo blog, long live rock and roll.

    ResponderExcluir
  6. IRON BUTERFLY NA VIRADAAAAAAAAAA --- YAHUUUUUUU --- GENIALLLLLLLLLLLLL -- AO EXTREMOOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  7. CARA CONHECI IRON BUTTERFLY AQUI NO MURO!!!!! E PUDE VER UMA VERSAO AO VIVO DE IN A GADDA DA VIDA DE QUASE 30MIN. NA VIRADA CULTURAL !!!

    ResponderExcluir
  8. O In-A-Gadda e o Ball fizeram parte da minha coleção de vinis há quase 30 anos , o Ball era original im (vinil grosso e mais pesado) me custou uma nota na época. Sim esta banda é maravilhosa, e para quem gostou do som recomendo ouvirem também a banda Vanilla Fudge que tem um som +/- na mesma linha (minha opinião) e é contemporânea da Iron Butterfly . Curiosidade: O guitarrista Larry 'Rhino' Reinhardt após deixar a banda e ingressar a Captain Beyond passou a tocar a música Butterfly Bleu (solo de guitarra) nos shows da mesma, basta observarem a tracklist do álbum Frozen Over Live de 1973. Valeu Alex pela oportunidade de "viajar no tempo".

    Edson - BH

    ResponderExcluir
  9. Iron Butterfly é fantastico e o seu post também, precisamos preservá-lo!!!!

    ResponderExcluir
  10. valeria botero26/06/2013 19:37

    cara de maisss parabéns, meu marido é super ecletico e adora rock principalmente da decada de 70 de quando era jovem e me falava muito de sons que nunca tinha ouvido falar ou melhor tocar e achamos tudo aqui, to curtindo com ele porque cada som vem acompanhado de muitas historias e lembranças.renovou nossas DR valeuuu!!!

    ResponderExcluir
  11. Alex, valeu...
    Eu tinha um coletânea em vinil desses malucos que quase furou te tanto tocar... depois adquiri o CD In-A-Gadda-Da-Vida - Deluxe Edition, e há muito tempo que procura essa discografia...
    Muitíssimo obrigado!
    Vida longa ao Muro!

    Milton

    ResponderExcluir
  12. Gracias por el aporte! Saludos

    ResponderExcluir
  13. Mais um para a coleção. Quando eu penso em musica certamente eu me lembro do muro. Parabéns Alex.

    ResponderExcluir
  14. Este site foi umas das melhores descobertas que a internet me deu!!!! Parabéns! Muito show!!!

    ResponderExcluir
  15. Louis Clark19/09/2014 14:44

    Quando o IRON BUTTERFLY lançou In-A-Gadda-Da-Vida houve um grande rebuliço na Europa e nos EUA.O Lp ao vivo também fez muito sucesso.Ifleizmente os subsequentes não agradaram crítica e público.Uma pena,pois a banda era muito boa.Mas os LPs citados realmente são os melhores...

    ResponderExcluir
  16. Theomarco Rodrigues08/01/2015 17:52

    Essa banda é ótima, consegui recentemente o "In-a-gadda-da-vida" em vinil importado como eu sempre quis, só a viajante e emblemática faixa título já vale a bolacha (e as outras faixas também hehe), mas a banda é ótima. O "Ball" eu tenho também, que venha o "Heavy".

    Não esquecendo do finado baixista Lee Dorman, ele era demais. Não a toa que ele toca baixo também maravilhosamente bem no imperdível e uma das obras primas setentistas: 1º álbum do Captain Beyond.

    Alex, você merece e muitos parabéns pelo blog, vc me fez conhecer e ainda estou conhecendo muita coisa. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo trabalho, blog incrível,gosto muito do Iron Butterfly, valeu.

    ResponderExcluir
  18. Doug Ingle deixou a banda em 1971 por estar esgotado física e emocionalmente devido à sequencia de turnês. Milionário aos 24 anos, acabou quase falido por problemas com o fisco norte-americano, falência esta que creditou ao mau gerenciamento dos negócios da banda por empresários. "Éramos meninos trabalhando com homens", afirmou

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.