Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

27 de novembro de 2010

King Crimson - Discografia.

O King Crimson é um grupo inglês formado pelo guitarrista Robert Fripp e pelo baterista Michael Giles em 1969. O estilo musical da banda costuma ser categorizado como rock progressivo, mas a sua sonoridade carrega vários estilos, como jazz, música erudita, new wave, heavy metal e folk. 

O nome King Crimson foi sugerido por Peter Sinfield, sendo uma alusão a Belzebu, príncipe dos demônios. De acordo com Fripp, Belzebu seria uma forma ocidentalizada da frase árabe “B’il Sabab.”, significando “o homem com um objetivo”, apesar de muitos sugerirem que a palavra vêm do hebraico Ba’al-z’bub, “senhor das moscas”.  

Uma parte considerável da história dos Crimson consiste nas várias mudanças que foram ocorrendo na banda ao longo dos anos, sendo Robert Fripp o único elemento consistente do grupo, embora ele diga que não se considera o líder, e que para ele os King Crimson são “uma forma de fazer coisas”, e a consistência musical que tem persistido ao longo da história da banda, apesar da rotação dos seus membros, demonstra bem este ponto de vista. 

Origem.

Robert Fripp e Michael Giles começaram a discutir a formação da banda em Novembro de 1968, pouco antes da separação de Giles, Giles and Fripp uma banda que teve uma duração efêmera e sem sucesso. Os primeiros músicos que se lhes juntaram foram: o vocalista e guitarrista Greg Lake, para tocar baixo, o poeta e letrista Peter Sinfield e o compositor Ian McDonald, sendo esta a primeira encarnação dos King Crimson. 

Em Janeiro de 1969 o grupo ensaiou pela primeira vez. Em Julho daquele ano, a banda se apresentou no famoso show gratuito no Hyde Park em Londres organizado pelos Rolling Stones. No decorrer desse ano foi editado o primeiro álbum, In The Court of the Crimson King. A sonoridade do disco de estreia trazia vários elementos pouco ortodoxos para o rock naquele tempo, incluindo a influência de música erudita e jazz. As novidades tornaram-no um marco no sub - gênero do rock que na época ainda estava em estágio embrionário: o rock progressivo. 

O grupo fez uma turné pela Inglaterra e mais tarde pelos Estados Unidos tocando ao lado de muitos grupos contemporâneos entre os quais: Iron Butterfly, Janis Joplin, Rolling Stones e Fleetwood Mac. A banda começava a fazer um sucesso moderado, mas tensões e divergências musicais chegaram a um limite, a ponto de McDonald e Giles sairem do grupo em Dezembro de 1969; McDonald formou os Foreigner e Giles seguiu carreira solo. 

1970-1972.

O trio restante, Fripp, Sinfield e Lake continuaram mais uns tempos, editando o single Cat Food/Groon em Março de 1970. Paralelamente criavam material para aquele que seria o segundo álbum do grupo, In the Wake of Poseidon, mantendo a mesma linha do disco de estreia, mas com impacto comercial bem inferior. Mel Collins (instrumentos de sopro) e Peter Giles (baixo) tocam em várias faixas do álbum. Fripp pretendia reformular a banda, mas Greg Lake já vinha demonstrado interesse em deixar o grupo há algum tempo, e enfim o fez em abril, formando o Emerson Lake & Palmer. 

O King Crimson ficou sem vocalista até à chegada de Gordon Haskell, que também assumiu o cargo de baixista; Andy McCullouch tomou conta da bateria para a gravação do terceiro álbum intitulado Lizard, onde Jon Anderson dos Yes canta numa faixa. O som deste disco mostrou-se mais elaborado e pomposo, e mais uma vez o sucesso foi baixo. Imediatamente a seguir à saída do álbum, Haskell e McCulloch abandonam o grupo, deixando Fripp numa posição inviável, visto não ter vocalista, baixista ou baterista. 

Após a realização de audições, Fripp escolheu o baterista Ian Wallace e o vocalista Boz Burrell, e após ter ouvido dezenas de baixistas, decidiu que era mais fácil ensinar Burrell a tocar baixo. A meio da digressão que entretanto tinham começado, foi editado o álbum Islands em 1971, fracasso de crítica e público. 

À medida em que as letras de Peter Sinfield tornam-se mais complexas, discussões entre ele e Fripp tornam-se frequentes, o que leva a saída do letrista. Os membros restantes saem em uma turnê com o intuito de desmantelar a banda depois disso. Gravações dessa digressão são mais tarde editadas por Fripp no álbum Earthbound. 

1972-1974.

Após a digressão, Fripp volta a procurar novos músicos. O primeiro é o percussionista Jamie Muir, que já há bastante tempo Fripp considerava como um possível reforço. De seguida junta-se o vocalista e baixista John Wetton, que Fripp já conhecia desde a universidade, tendo chegado mesmo a ser hipótese (não concretizada) para a primeira formação da banda, e agora que os Crimson estavam a começar do princípio outra vez, a oportunidade era excelente. Bill Bruford dos Yes foi o próximo a entrar, uma opção considerada pobre por muita gente, já que Bruford deixava uma banda com enorme potencial comercial para entrar em um grupo com um enorme histórico de instabilidade, mas Bruford estava mais interessado na busca artística que os Crimson lhe podiam proporcionar. Finalmente entrou David Cross (violino, viola e mellotron), que foi escolhido para dar um novo som à banda. Os ensaios começaram nos fins de 1972 e Lark’s Tongues in Aspic foi editado no princípio do ano seguinte, e o grupo passou o resto do ano de 1973 em digressão pelo Reino Unido, Europa e America. 

Esta fase dos King Crimson mostrou algo em comum com o nascimento do heavy metal. A guitarra de Fripp tocava mais alto e mais agressivamente, juntamente com uma bateria mais propulsiva de Bruford e uma baixo mais poderoso de Wetton. Também era marcante a presença de diversos experimentos, e uma grande quantidade de improvisações em apresentações ao vivo. 

Tendo dificuldades em se habituar com a rotina de turnês, Jamie Muir sai em princípios de 1973 e durante a longa digressão que se seguiu os restantes membros começaram a juntar material para o álbum seguinte, Starless and Bible Black. Este álbum saiu no princípio de 1974 e era composto principalmente por composições (algumas improvisadas) executadas ao vivo na última digressão, com apenas duas faixas (The Great Deceiver e Lament) e parte de uma outra (The Night Watch) a serem gravadas em estúdio, facto que enfatiza a apetência do Crimson pelo palco. Fripp nunca achou que gravações de qualquer espécie fossem adequadas para capturar a atmosfera e energia de um espetáculo ao vivo. Outro álbum ao vivo saiu pouco depois, USA.
De acordo com os integrantes, na medida em que o som da banda começava a se tornar mais pesado e potente o violino de David Cross começava a perder espaço. Cross decidiu sair após contribuir em algumas sessões para o próximo disco, Red, que também contava com a presença de Ian McDonald como músico contratado. 

Red contava com menos improvisos em relação ao anterior, dando maior destaque para composições mais trabalhadas. O disco obteve grande sucesso de critica, e até é um dos grandes clássicos da banda. Fez também algum sucesso comercial, mas mais uma vez problemas internos fizeram a banda se desmanchar. Fripp inclusive declarou que o King Crimson “deixara de existir”. Aparentemente não restaram mágoas, visto que os músicos dessa formação, inclusive David Cross, fizeram trabalhos em conjunto posteriormente.

1981-1984.

Fripp passou uma temporada em um conservatório musical e posteriormente trabalhou com vários músicos, como David Bowie, Daryl Hall e Peter Gabriel.
Em 1981, Fripp e Bruford começaram a considerar formar um novo grupo, que se chamaria Discipline. Os dois passaram algum tempo à procura de um baixista, mas sentiram alguma dificuldade em encontrar um bom, até que surgiu Tony Levin. Levin era bastante conhecido como músico de estúdio de John Lennon, Yoko Ono e Peter Gabriel, entre outros. Como frontman, Fripp chamou o guitarrista e vocalista Adrian Belew, que andava em digressão com os Talking Heads. Era a primeira vez que Fripp admitia outro guitarrista na mesma banda, sendo por isso clara a intenção de Fripp criar um som completamente diferente dos King Crimson. Belew sentiu-se lisonjeado e juntou-se ao grupo assim que terminou a digressão com os Talking Heads. 

Durante os ensaios e início das gravações, Fripp começou a suspeitar que esta nova banda era na verdade os King Crimson, apesar da sua decisão de chamá-lo Discipline. Os outros integrantes concordaram e os King Crimson renasceram. O grupo editou uma trilogia de álbuns; Discipline, Beat e Three of a Perfect Pair. Belew foi o responsável pela vocalização, bem como pela quase totalidade das letras dos três álbuns, que terminou com o conceito de que os instrumentais eram sempre em maior número que as músicas com letra.
Esta versão dos Crimson criou alguma semelhança com a new wave, talvez devido ao envolvimento de Belew com os Talking Heads, considerados por muitos como os pais do gênero. 

Depois do lançamento de Three of a Perfect Pair, a banda separou-se amistosamente durante alguns anos. Fripp entrou em conflitos legais com o seu empresário, ocupando-lhe esta situação bastante do seu tempo, mas resultando na criação da Discipline Global Mobile, através da qual emergiram vários projectos paralelos.  

1994-2007.

Em 1994 os King Crimson retornaram como um sexteto, juntando mais dois elementos à formação de 1981. Fripp e Belew continuaram nas guitarras e Levin tocou baixo e chapman stick. Trey Gunn juntou-se à banda e tocava um instrumento chamado Warrguitar, (que era similar ao Chapman stick); a Bill Bruford, juntou-se outro percussionista, Pat Mastelotto. Este “duplo trio” lançou inicialmente o EP VROOM, em 1994, seguido pelos álbuns THRAK em 1995 e THRaKaTTaK em 1996, este último sendo uma coletânea de material ao vivo improvisado. Este novo som dos Crimson era qualquer coisa como a mistura da era Discipline, aliado ao experimentalismo e as guitarras heavy da fase 1972 - 1974. A complexidade dessa nova sonoridade, aliada aos levados custos de manutenção de um sexteto, fizeram com que os Crimson se voltassem a separar. 

Nos fins dos anos 90 a Discipline Global Mobile editou não só álbuns dos King Crimson, mas também de muitos projectos paralelos dos Crimson. A banda se fractalizou (uma fraKctalisation, segundo Fripp) em mini - grupos, os ProjeKcts One, Two, Three e Four. Os ProjeKcts editaram vários álbuns demonstrando a improvisação livre e sem fios que os seus membros eram capazes de produzir.
A DGM também editou música dos “Rosenborgs” e de outros artista relacionados com os King Crimson. Estes artista eram encorajados a manter diários online, agora comumente chamados de blogs. Em 1998 a DGM criou o King Crimson Collector’s Club (KCCC), uma subscrição que lançava uma gravação de um show ao vivo de várias eras da banda, periodicamente de dois em dois meses. 

Depois de completada a tarefa de ProjeKts, Bruford saiu da banda para se dedicar a projetos particulares direcionados ao Jazz. Fripp estava com o intuito de desmanchar o formato duplo - trio, acreditando que o fato de dois músicos executarem a mesma tarefa facilitava o trabalho, acabando com a necessidade do músico dar tudo de si. Então, Levin passou a membro inativo da banda, até quando avisasse o contrário; assim, a próxima formação da banda seria: Belew, Fripp, Gunn, e Mastelotto. A primeira gravação em estúdio foi The ConstruKction of Light (2000), acompanhada por outro álbum, Heaven and Earth, que foi lançado com o nome ProjeKct X. Heaven and Earth foi editado ao mesmo tempo por Mastelotto, a partir de material gravado durante os ensaios e gravações dessa época.  

A banda prosseguia com uma sonoridade similar à da época de THRAK, incorporando alguns elementos mais modernos. 

Tendo perdido muito dinheiro em 2000 e 2001, a DGM pôs de parte os blogs, e voltou-se principalmente para os King Crimson. A uma longa digressão de The ConstruKction of Light seguiu-se uma outra em que faziam a primeira parte dos concertos dos Tool (banda de metal progressivo que dizia sofrer grande influência do Crimson) e a digressão Level Five que serviu para escrever e ensaiar músicas para o novo álbum, The Power to Believe, que foi editado em 2003 e sobre o qual realizara mais uma digressão. 

Em novembro de 2003, Trey Gunn anunciou o seu abandono da banda; Fripp e Levin revelaram que Levin asseguraria o lugar de baixista, outra vez e entraram em estúdio para realizar mais um álbum em abril de 2004. A formação actual do grupo consiste de: Adrian Belew, Robert Fripp, Tony Levin e Pat Mastelotto. 

Em uma entrevista em 2005, Belew revelou que a banda estava em um hiato, com planos de retornar retornar ao estúdio em Setembro de 2007, mas Fripp e Belew haviam se encontrado no StudioBelew em Fevereiro de 2006 e compuseram material. Fripp se referiu a essa colaboração como ProjeKct Six, com a intenção de fazer algumas turnês na América no final do ano. No diário online de Fripp, foi mencionado que o ProjeKct Five iria fazer um show de estréia no Mercy Lounge em Nashville em 26 de Julho. Aparentemente, isto foi um engano, visto que o ProjeKct Six estava planejado para esta data. A apresentação do ProjeKct Six, no entanto, foi cancelada devido ao falecimento de Ken Latchney, engenheiro de som de Adrian Belew. No outono de 2006, o ProjeKct Six fez uma turnê abrindo para o Porcupine Tree. 

Em agosto de 2008, o King Crimson voltou a se apresentar, abrindo a tournée em Nashville, com a participação do baterista Gavin Harrison em dupla com Pat Mastelotto. A tournée também marca a comemoração dos 40 anos da banda. 

O ex-membro Boz Burrell faleceu em 21 de Setembro de 2006, após um ataque cardíaco. Cinco meses e um dia depois, outro ex-membro viria a falecer: Ian Wallace, de câncer de esôfago, em 22 de Fevereiro de 2007.  

Curiosidades. 

Steve Harris, baixista e principal compositor do Iron Maiden, mencionou que seu trabalho têm influência do King Crimson.  

O King Crimson é uma das maiores influências do já falecido guitarrista (da banda canadense de Metal Voivod) Dennis "Piggy" D'Amour". 

O nome da banda: King Crimson (O Rei Escarlate), representa o Sol, como é mostrado no 1 disco In the Court of the Crimson King. Com o tempo também foram feitas outras referências como na capa do disco Larks' Tongues in Aspic, entre outras. Texto: Wikipédia. Site Oficial. 

O Retorno.

Definitivamente a aposentadoria faz mal aos gênios da música. Ou ficam doentes ou o tédio os consome de tal jeito que ou morrem ou tiram o pijama para voltar aos palcos. É o caso do magistral guitarrista inglês Robert Fripp, que há três anos anunciou sua retirada da música desiludido com brigas judiciais com gravadoras e discussões inúteis nos Estados Unidos sobre garantias aos direitos autorais em tempos de pirataria. 

Aos 67 anos, Fripp decidiu ressuscitar sua maior criação, a banda King Crimson, talvez a banda mais radical do rock progressivo, entre as que tiveram algum sucesso e reconhecimento. Em setembro de 2013 ele revelou que o grupo está de volta como um septeto, mas apenas com o baixista Tony Levin como remanescente da formação clássica dos anos 80 – ao que tudo indica, Fripp nem cogitou convidar o guitarrista Andrian Belew e o baterista Bill Bruford. 

A nova formação tem agora Fripp, Levin, o guitarrista Jakko Jakszyk (guitarrista e compositor, participou da banda 21st Century Schizoid Man com ex-integrantes do próprio King Crimson), o saxofonista Mel Collins (que fez parte da bandas entre em 1972 e 1974) e três bateristas: Pat Mastelotto (que tocou com o grupo nos anos 90 e esporadicamente entre 2002 e 2008), Bill Rieflin (que foi músico contratado do R.E.M.) e Gavin Harrison, assíduo colaborador do Porcupine Tree e da banda solo de Steven Wilson (líder do Porcupine Tree.) 

Em seu blog, Fripp disse que cedeu aos apelos da mulher, a cantora Toyah Wilcox, e de amigos para reativar o grupo. A banda vai precisar de aproximadamente um ano para estar apta a se apresentar, embora não haja a  garantia de que gravarão um álbum após este período. Créditos: Marcelo Moreira.

Integrantes. 

Atuais. 

Robert Fripp (Guitarras, "Soundscapes", Teclados, 1968-1974, 1981-1984, desde 1994)
Mel Collins (Saxofone, Flauta, 1970-1972, desde 2013)
Tony Levin (Baixo, Sintetizadores, Vocais de Apoio, 1981-1984, 1994-1998, desde 2003)
Pat Mastelotto (Bateria Acústica e Eletrônica, Percussão, desde 1994)
Gavin Harrison (Bateria, Percussão (2007-Presente)
Jakko Jakszyk (Guitarras, Vocais, Flauta, desde 2013)
Jeremy Stacey (Bateria, Teclados, Backing Vocals, desde 2016)
 

Ex-Integrantes.

Peter Sinfield (Sintetizador VC3, Teclados, Iluminação, Arte, Produção, 1968-1971)
Greg Lake (Baixo, Vocais, 1968-1970)
Michael Giles (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1968-1969)
Ian Mcdonald (Flauta, Saxofone, Clarinete, Teclados, Vibrafone, Backing Vocals, 1968-1969)
Gordon Haskell (Vocais, 1970)
Andy Mcculloch (Bateria, 1970)
Ian Wallace (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1971-1972, R.I.P 2007)
Boz Burrell (Baixo, Vocais, Coreografia, 1971-1972, R.I.P 2006)
Bill Bruford (Bateria Acústica e Eletrônica, Percussão, 1972-1974, 1981-1984, 1994-1997)
John Wetton (Baixo, Vocais, Piano, Guitarra, Letras, 1972-1974)
David Cross (Violino, Viola, Teclados, Flauta, 1972-1974)
Jamie Muir (Percussão, Bateria, 1972-1973)
Adrian Belew (Guitarra, Vocais, Percussão Eletrônica, Letras, Bateria, 1981-1984, 1994-2013)
Trey Gunn (Guitarra, Backing Vocals, 1994-2003)
Bill Rieflin (Bateria, Teclados, Backing Vocals, 2013-2015)

Discografia.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro



Álbuns de Estúdio.

In the Court of the Crimson King (1969)
 
01. 21st Century Schizoid Man
02. I Talk to the Wind
03. Epitaph
04. Moonchild
05. The Court of the Crimson King


In the Wake of Poseidon (1970)
 
01. Peace (A Beginning)
02. Pictures Of A City
03. Cadence And Cascade
04. In The Wake Of Poseidon
05. Peace (A Theme)
06. Cat Food
07. The Devil's Triangle (Part I)
08. The Devil's Triangle (Part II)
09. The Devil's Triangle (Part III)
10. Peace (An End)
Bonus Tracks.
11. Groon (2010 Mix)
12. Peace-An End (Alternate Mix)
13. Cadence & Cascade (Greg Lake Vocal)


Lizard (1970)
 
01. Cirkus
02. Indoor Games
03. Happy Family
04. Lady of the Dancing Water
05. Lizard
Bonus Tracks.
06. Lady Of The Dancing Water (Alternate Take)
07. Bolero (From Frame By Frame)
08. Cirkus (Studio Run Through With Guide Vocal From Original Sessions)


Islands (1971)
 
01. Formentera Lady
02. Sailor’s Tale
03. The Letters
04. Ladies of the Road
05. Prelude: Song of the Gulls
06. Islands
Bonus Tracks.
07. Islands (Studio Run Through With Oboe Prominent)
08. Formentera Lady (Take 2)
09. Sailor's Tale (Alternate Mix-Edit)
10. A Peacemaking Stint Unrolls (Previously Unreleased)
11. The Letters (Rehearsal-Outtake)
12. Ladies Of The Road (Robert Fripp & David Singleton Remix)

Larks’ Tongues in Aspic (1973)
 
01. Larks’ Tongues in Aspic (Part One)
02. Book of Saturday
03. Exiles
04. Easy Money
05. The Talking Drum
06. Larks’ Tongues in Aspic (Part Two)


Starless and Bible Black (1974)
 
01. The Great Deceiver
02. Lament
03. We’ll Let You Know
04. The Night Watch
05. Trio
06. The Mincer
07. Starless and Bible Black
08. Fracture
 


Red (1974)
 
01. Red
02. Fallen Angel
03. One More Red Nightmare
04. Providence
05. Starless
 
Bonus Tracks.
06. Red (Trio Version)
07. Fallen Angel (Trio Version) (Instrumental)
08. Providence (Full Version)


Discipline (1981)
 
01. Elephant Talk
02. Frame by Frame
03. Matte Kudasai
04. Indiscipline
05. Thela Hun Ginjeet
06. The Sheltering Sky
07. Discipline
Bonus Tracks.
08. Ade Vocal (Loop I)
09. Ade Vocal (Loop II)
10. The Sheltering Sky (Alternative Mix)
11. Thela Hun Ginjeet (Instrumental Mix)


Beat (1982)
 
01. Neal and Jack and Me
02. Heartbeat
03. Sartori in Tangier
04. Waiting Man
05. Neurotica
06. Two Hands
07. The Howler
08. Requiem


Three of a Perfect Pair (1984)
 
01. Three of a Perfect Pair
02. Model Man
03. Sleepless
04. Man with an Open Heart
05. Nuages
06. Industry
07. Dig Me
08. No Warning
09. Larks’ Tongues in Aspic (Part 3)
Bonus Tracks.
10. The King Crimson Barber Shop
11. Industrial Zone A
12. Industrial Zone B
13. Sleepless (Tony Levin Mix)
14. Sleepless (Bob Clearmountain Mix)
15. Sleepless (Dance Mix-E Kevorkian)


VROOOM (EP 1994)
 
01. Vrooom
02. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream
03. Cage
04. Thrak
05. When I Say Stop, Continue
06. One Time


THRAK (1995)
 
01. Vrooom
02. Coda: Marine 475
03. Dinosaur
04. Walking on Air
05. B’Boom
06. Thrak
07. Inner Garden (Pt. 1)
08. People
09. Radio (Pt. 1)
10. One Time
11. Radio (Pt. 2)
12. Inner Garden (Pt. 2)
13. Sex Sleep Eat Drink Dream
14. Vrooom Vrooom
15. Vrooom Vrooom: Coda


The ConstruKction of Light (2000)
 
01. Prozakc Blues
02. The Construkction Of Light” (Part 1)
03. The Construkction Of Light” (Part 2)
04. Into The Frying Pan
05. Frakctured
06. The World’s My Oyster Soup Kitchen Floor Wax Museum
07. Larks’ Tongues In Aspic (Part IV)” (Part 1)
08. Larks’ Tongues In Aspic (Part IV)” (Part 2)
09. Larks’ Tongues In Aspic (Part IV)” (Part 3)
10. Coda: I Have A Dream
11. ProjeKct X - Heaven And Earth


Happy With What You Have To Be Happy With (Singles 2002)
 
01. Bude
02. Happy With What You Have to Be Happy With (Edit)
03. Mie Gakure
04. She Shudders
05. Eyes Wide Open
06. Shoganai
07. I Ran
08. Potato Pie
09. Larks' Tongues in Aspic (Part IV)
10. Clouds


The Power to Believe (2003)
 
01. The Power to Believe (Part I: A Capella)
02. Level Five
03. Eyes Wide Open
04. EleKtriK
05. Facts of Life (Intro)
06. Facts of Life
07. The Power to Believe (Part II: Power Circle)
08. Dangerous Curves
09. Happy with What You Have to Be Happy With
10. The Power to Believe (Part III)
11. The Power to Believe (Part IV: Coda)


Álbuns ao Vivo.

Earthbound (1972)
 
01. 21st Century Schizoid Man
02. Peoria
03. The Sailor's Tale
04. Earthbound
05. Groon


USA (1974)
 
01. Walk On... No Pussyfooting
02. Larks' Tongues In Aspic (Part II)
03. Lament
04. Exiles
05. Asbury Park
06. Easy Money
07. 21st Century Schizoid Man
08. Fracture
09. Starless


B'BOOM: Live in Argentina (Official Bootleg 1995)
 
CD 1.

01. VROOOM
02. Frame by Frame
03. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream
04. Red
05. One Time
06. B'Boom
07. THRAK
08. Improv - Two Sticks
09. Elephant Talk
10. Indiscipline

CD 2.

01. VROOOM VROOOM
02. Matte Kudasai
03. The Talking Drum
04. Lark's Tongues in Aspic Part II
05. Heartbeat
06. Sleepless
07. People
08. B'Boom (Reprise)
09. THRAK


THRaKaTTaK (1996)
 
01. THRAK
02. Fearless And Highly THRaKked
03. Mother Hold The Candle Steady While I Shave The Chicken's Lip
04. THRaKaTTaK (Part I)
05. The Slaughter Of The Innocents
06. This Night Wounds Time
07. THRaKaTTaK (Part II)
08. THRAK (Reprise)


Epitaph '69, Vol. I & II (1997)
 
Vol 1.

BBC Radio Sessions.
01. 21st. Century Schizoid Man
02. In The Court of the Crimson King
03. Get Thy Bearings
04. Epitaph
Fillmore East, New York, 21 November 1969.
05. A Man, A City
06. Epitaph
07. 21st. Century Schizoid Man
Fillmore West, San Francisco, 14 December 1969.
08. Mantra
09. Travel Weary Capricorn
10. Improvisation - Travel Bleary Capricorn
11. Mars

Vol 2.

Fillmore West, San Francisco, 15 December 1969.
01. In The Court of the Crimson King
02. Drop In
03. A Man, A City
04. Epitaph
05. 21st. Century Schizoid Man
06. Mars


Epitaph '69, Vol. III & IV (1997)
 
Vol 3.

Plumpton Festival, 9 August 1969.
01. 21st. Century Schizoid Man
02. Get Thy Bearings
03. In The Court of the Crimson King
04. Mantra
05. Travel Weary Capricorn
06. Improv
07. Mars

Vol 4.

Chesterfield Jazz Club, 7 September 1969.
 01. 21st. Century Schizoid Man
02. Drop In
03. Epitaph
04. Get Thy Bearings
05. Mantra
06. Travel Weary Capricorn
07. Improv
08. Mars


The Night Watch, 1973 (1997)
 
CD 1.

01. Easy Money
02. Lament
03. Book of Saturday
04. Fracture
05. The Night Watch
06. Improv: Starless and Bible Black

CD 2.

01. Improv: Trio
02. Exiles
03. Improv: The Fright Watch
04. The Talking Drum
05. Larks' Tongues in Aspic, Part Two
06. 21st Century Schizoid Man


Absent Lovers: Live in Montreal, 1984 (1998)
 
CD 1.

01. Entry of the Crims
02. Larks’ Tongues in Aspic (Part III)
03. Thela Hun Ginjeet
04. Red
05. Matte Kudasai
06. Industry
07. Dig Me
08. Three of a Perfect Pair
09. Indiscipline

CD 2.

01. Sartori in Tangier
02. Frame by Frame
03. Man With an Open Heart
04. Waiting Man
05. Sleepless
06. Larks’ Tongues in Aspic (Part II)
07. Discipline
08. Heartbeat
09. Elephant Talk


Cirkus: The Young Person's Guide To King Crimson (1999)
 
Vol 1: Neon Heat Disease 1984-1998.

01. Dinosaur
02. Thela Hun Ginjeet
03. Red
04. B'Boom
05. THRAK
06. 1ii2
07. Neurotica
08. Indiscipline
09. Vrooom Vrooom
10. Coda: Marine 475
11. The Deception Of The Thrush
12. Heavy Construkction
13. Three Of A Perfect Pair
14. Sleepless
15. Elephant Talk

Vol 2: Fractured 1969-1996.

01. 21st Century Schizoid Man
02. Ladies Of The Road
03. A Man, A City
04. In The Court Of The Crimson King
05. Fracture
06. Easy Money
07. Improv: Besancon
08. The Talking Drums
09. Larks' Tongues In Aspic Part II
10. Starless


Heavy ConstruKction (2000)
 
CD 1.

01. Into the Frying Pan
02. The ConstruKction of Light
03. ProzaKc Blues
04. Improv: München
05. One Time
06. Dinosaur
07. Vrooom
08. FraKctured
09. The World's My Oyster Soup Kitchen Floor Wax Museum
10. Improv-Bonn

CD 2.

01. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream
02. Improv: Offenbach
03. Cage
04. Larks' Tongues in Aspic, Part Four
05. Three of a Perfect Pair
06. The Deception of the Thrush
07. Heroes

CD 3.

01. Sapir
02. Blastic Rhino
03. Lights Please (Part 1)
04. ccccSeizurecc
05. Off and Back
06. More (And Less)
07. Beatiful Rainbow
08. 7 Teas
09. Tomorrow Never Knew Thela (Including Tomorrow Never Knows)
10. Uböö
11. The Deception of the Thrush
12. Arena of Terror
13. Lights Please (Part 2)


VROOOM VROOOM (2001)
 
CD 1: VROOOM VROOOM: Live In Mexico City.

01. VROOOM VROOOM
02. Coda: Marine 475
03. Dinosaur
04. B'Boom
05. THRAK
06. The Talking Drum
07. Larks' Tongues In Aspic Part II
08. Neurotica
09. Prism
10. Red
11. Improv: Biker Babes Of The Rio Grande
12. 21st Century Schizoid Man

CD 2: ON BROADWAY: Live In New York City.

01. Conundrum
02. Thela Hun Ginjeet
03. Frame By Frame
04. People
05. One Time
06. Sex Sleep Eat Drink Dream
07. Indiscipline
08. Two Sticks
09. Elephant Talk
10. Three Of A Perfect Pair
11. B'Boom
12. THRAK
13. Free As A Bird
14. Walking On Air


Level Five (EP 2001)
 
01. Dangerous Curves
02. Level Five
03. Virtuous Circle
04. The ConstruKction Of Light
05. The Deception Of The Thrush

Ladies of the Road: Live 1971-1972 (2002)
 
CD 1.

01. Pictures of a City
02. The Letters
03. Formentera Lady (Abridged)
04. The Sailors Tale
05. Cirkus
06. Groon
07. Get Thy Bearings
08. 21st Century Schizoid Man
09. In the Court of the Crimson King
 

CD 2.

01-11. Schizoid Man


EleKtriK: Live In Japan (2003)
 
01. Introductory Soundscape
02. The Power To Believe I: (A Cappella)
03. Level Five
04. ProzaKc Blues
05. EleKtriK
06. Happy With What You Have To Be Happy With
07. One Time
08. Facts Of Life
09. The Power To Believe II (Power Circle)
10. Dangerous Curves
11. Larks' Tongues In Aspic: Part IV
12. The World's My Oyster Soup Kitchen Floor Wax Museum

Link.

The Elements: 2014 Tour Box (2014)
 
CD 1.

01. Wind Extract
02. I Talk To The Wind
03. Cadence And Cascade
04. Cirkus (Guitar Extract)
05. Cirkus
06. Hoodoo (Extract)
07. Sailor’s Tale
08. The Talking Drum
09. Larks’ Tongues In Aspic (Part I) (Extract)
10. Larks’ Tongues In Aspic (Part I) (Extract)
11. Fracture
12. Fallen Angel (Extract)
13. Fallen Angel
14. 21st Century Schizoid Man
15. Starless (Extract) 

C D 2.

01. Discipline
02. Three Headed Doom (Part 1)
03. Neurotica (Manhattan)
04. Neal And Jack And Me (Extract)
05. Sleepless
06. Sex Sleep Eat Drink Dream (Recording Session)
07. Thrak
08. Venturing Unto Joy (Edit)
09. The Deception Of The Thrush
10. Heaven & Earth (Early Edit)
11. Level Five
12. The Hell Hounds Of Krim
13. Separation (Edit)
14. A Scarcity Of Miracles  

Link.

Live At The Orpheum, 2014 (2015)
 
01. Walk On: Monk Morph Chamber Music
02. One More Red Nightmare
03. Banshee Legs Bell Hassle
04. The ConstruKction of Light
05. The Letters
06. Sailor’s Tale
07. Starless


Link.

Radical Action: To Unseat The Hold Of Monkey Mind (Live 2016)
 
CD 1: Mainly Metal.

01. Larks' Tongues In Aspic Part One
02. Radical Action (To Unseat The Hold Of Monkey Mind)
03. Meltdown
04. Radical Action II
05. Level Five
06. The Light Of Day
07. The Hell Hounds Of Krim
08. The ConstruKction Of Light
09. The Talking Drum
10. Larks' Tongues In Aspic Part Two

CD 2: Easy Money Shots.

01. Peace
02. Pictures Of A City
03. Banshee Legs Bell Hassle
04. Easy Money
05. VROOOM
06. Suitable Grounds For The Blues
07. Interlude
08. The Letters
09. Sailor's Tale
10. A Scarcity Of Miracles

CD 3: Crimson Classics.

01. Red
02. One More Red Nightmare
03. Epitaph
04. Starless
05. Devil Dogs Of Tessellation Row
06. The Court Of The Crimson King
07. 21st Century Schizoid Man

Link Pt.1 > Pt.2.

Algumas Coletâneas e Box Sets.

Heartbeat: The Abbreviated King Crimson (1991)
 
01. The King Crimson Barber Shop
02. 21st Century Schizoid Man (Abbreviated)
03. In The Court Of The Crimson King (Abbreviated)
04. Elephant Talk (Edited)
05. Matte Kudesai
06. Heartbeat (Edited)
07. Medley


The Great Deceiver: Live 1973-1974 (1992)
 

CD 1: Things Are Not As They Seem.
 
01. Walk on...No Pussyfooting
02. Larks' Tongues in Aspic (Part. 2)
03. Lament
04. Exiles
05. Improv: A Voyage to the Centre of the Cosmos
06. Easy Money
07. Improv: Providence
08. Fracture
09. Starless

CD 2: Slight of Hand (or Now You Don't See It Again) And.
 
01. 21st Century Schizoid Man
02. Walk Off from Providence...No Pussyfooting
03. Sharks' Lungs in Lemsip
04. Larks' Tongues in Aspic (Part. 1)
05. Book of Saturday
06. Easy Money
07. We'll Let You Know
08. The Night Watch
09. Improv: Tight Scrummy
10. Peace: A Theme
11. Cat Food
12. Easy Money
13. ...It Is for You, but Not for Us

CD 3: ...Acts of Deception (the Magic Circus, or Weasels Stole Our Fruit).
 
01. Walk on...No Pussyfooting
02. The Great Deceiver
03. Improv: Bartley Butsford
04. Exiles
05. Improv: Danïel Dust
06. The Night Watch
07. Doctor Diamond
08. Starless
09. Improv: Wilton Carpet
10. The Talking Drum
11. Larks' Tongues in Aspic (Part. 2)
12. Applause & Announcement
13. Improv: Is There Life Out There?

CD 4: ...But Neither are They Otherwise.
 
01. The Night Watch
02. Fracture
03. Improv: Clueless and Slightly Slack
04. Walk on...No Pussyfooting
05. Improv: Some Pussyfooting
06. Larks' Tongues in Aspic, Pt. I
07. Improv: The Law of Maximum Distress (Part. 1)
08. Improv: The Law of Maximum Distress (Part. 2)
09. Easy Money
10. Improv: Some More Pussyfooting
11. Improv: The Golden Walnut
12. The Talking Drum


Sleepless: The Concise King Crimson (1993)
 
01. 21st Century Schizoid Man
02. Epitaph
03. In The Court Of The Crimson King (Abridged)
04. Cat Food
05. Ladies Of The Road
06. Starless (Abridged)
07. Red
08. Fallen Angel
09. Elephant Talk
10. Frame By Frame
11. Matte Kudesai
12. Heartbeat
13. Three Of A Perfect Pair
14. Sleepless


The 21st Century Guide To King Crimson Vol. I 1969-1974 (2004)
 
CD 1: In The Studio 1969-1971.

01. 21st Century Schizoid Man
02. I Talk to the Wind
03. Epitaph
04. Moon Child
05. The Court of the Crimson King
06. Peace (A Theme)
07. Cat Food
08. Groon
09. Cadence and Cascade
10. In the Wake of Poseidon (Instrumental Edit)
11. Ladies of the Road
12. Sailor's Tale
13. Islands (Instrumental Edit)
14. Tuning Up
15. Bolero

CD 2: Live 1969-1972.

01. A Man, A City
02. Pictures of a City
03. The Court of the Crimson King
04. 21st Century Schizoid Man
05. Get Thy Bearings
06. Mars
07. The Letters
08. The Sailor's Tale
09. Groon
10. 21st Century Schizoid Man

CD 3: In The Studio 1972-1974.

01. Larks' Tongues In Aspic, Part I (Abridged)
02. Book Of Saturday
03. Easy Money
04. Larks' Tongues In Aspic, Part II
05. The Night Watch
06. The Great Deciever
07. Fracture
08. Starless (Abridged)
09. Red
10. Fallen Angel
11. One More Red Nightmare

CD 4: Live 1973-1974.

01. Asbury Park (6-28-74)
02. The Talking Drum (4-29-74)
03. Larks' Tongues In Aspic, Part Ii (6-28-74)
04. Lament (6-28-74)
05. We'll Let You Know (10-23-73)
06. Exiles (6-28-74 - Abridged)
07. Easy Money (6-28 - 6-30-74)
08. Providence (6-30-74)
09. Starless And Bible Black (11-23-73)
10. 21st Century Schizoid Man (6-30-74)
11. Trio (11-13-73)

The 21st Century Guide To King Crimson Vol. II 1981-2003 (2005)
 
CD 1: In The Studio 1981-1984.

01. Elephant Talk
02. Frame by Frame
03. Matte Kudasai
04. Thela Hun Ginjeet
05. The Sheltering Sky
06. Discipline
07. Heartbeat
08. Waiting Man
09. Neurotica
10. Requiem
11. Three of a Perfect Pair
12. Sleepless
13. The King Crimson Barber Shop
14. Form No. 1
15. Bude
16. Potato Pie
17. Clouds
18. Einstein's Relative.

CD 2: Live 1982-1984.

01. Entry of the Crims
02. Larks' Tongues in Aspic, Pt. 3 (Edit)
03. Thela Hun Ginjeet
04. Matte Kudasai
05. The Sheltering Sky
06. Neal and Jack and Me
07. Indiscipline
08. Sartori in Tangier
09. Frame by Frame
10. Man With an Open Heart
11. Waiting Man
12. Sleepless
13. Three of a Perfect Pair
14. Discipline
15. Elephant Talk

CD 3: In The Studio 1995-2003.

01. Vrooom
02. Coda: Marine 475
03. Dinosaur
04. Walking on Air
05. B'boom
06. Thrak
07. Fearless and Highly Thrakked
08. Sex Sleep Eat Drink Dream
09. Radio II
10. The Power to Believe I
11. Level Five
12. Eyes Wide Open
13. Elektrik
14. Facts of Life (Intro)
15. Facts of Life
16. The Power to Believe II
17. Happy with What You Have to Be Happy With
18. The Power to Believe III
19. The Power to Believe IV

CD 4: Live 1994-2003.

01. Vrooom Vrooom
02. Neurotica
03. Prism (Abridged)
04. One Time
05. Larks' Tongues in Aspic, Pt. 4
06. Prozakc Blues
07. The Construkction of Light
08. Frakctured
09. The World's My Oyster Soup/Kitchen Floor Wax Museum
10. Sus-Tayn-Z
11. X-Chayn-Jiz
12. The Deception of the Thrush
13. 2 ii 3


40th Anniversary Tour Box (2008)
 
01. The Introduction
02. 21st Century Schizoid Band
03. Astounding revelations Pt. 1
04. Form No. 2 KCVII
05. Astounding Revelations Pt. 2
06. Improv/Tomorrow Never Knows
07. Shocking Confessions
08. Steinberger Melody
09. The Terrifying Tale of Thela Hun Ginjeet
10. Starless & Bible Black US Radio Advert 1974
11. Improv: Brescia
12. 21st Century Outtake Man


In The Court Of The Crimson King (40th Anniversary Edition 2009)
 
CD 1: 2009 Stereo Mix.

01. 21st Century Schizoid Man
02. I Talk To The Wind
03. Epitaph
04. Moonchild
05. The Court Of The Crimson King
 
Bonus Tracks.
06. Moonchild (Full Version)
07. I Talk To The Wind (Duo Version)
08. I Talk To The Wind (Alternate Mix)
09. Epitaph (Backing Track)
10. Wind Session

CD 2: Original Master Edition 2004.

01. 21st Century Schizoid Man
02. I Talk To The Wind
03. Epitaph
04. Moonchild
05. The Court Of The Crimson King
 
Bonus Tracks.
06. 21st Century Schizoid Man (Instrumental)
07. I Talk To The Wind (BBC Session)
08. 21st Century Schizoid Man (BBC Session)
09. The Court Of The Crimson King Part 1 (Mono Single Version)
10. The Court Of The Crimson King Part 2 (Mono Single Version)

CD 3: The Alternate Album.

01. 21st Century Schizoid Man (Instrumental)
02. I Talk To The Wind (Studio Run Through)
03. Epitaph (Alternate Version)
04. Moonchild (Take 1)
05. The Court Of The Crimson KIng (Take 3)
06. 21st Century Schizoid Man (Original Pink Label)
07. I Talk To The Wind (Original Pink Label)
08. Epitaph (Original Pink Label)
09. Moonchild (Original Pink Label)
10. The Court Of The Crimson King (Original Pink Label)

CD 4: Live 1969.

01. 21st Century Schizoid Man (Hyde Park)
02. The Court Of The Crimson King (Hyde Park)
03. Get Thy Bearings (Hyde Park)
04. Epitaph (Hyde Park)
05. Mantra (Hyde Park)
06. Travel Weary Capricorn (Hyde Park)
07. Mars (Hyde Park)
08. The Court Of The Crimson King (Fillmore East)
09. A Man A City (Fillmore East)
10. Epitaph (Fillmore East)
11. 21st Century Schizoid Man (Fillmore East)

CD 5: The Original Atlantic Records Issued Vinyl US Radio Promos.

01. 21st Century Schizoid Man (US Radio Promos)
02. I Talk To The Wind (US Radio Promos)
03. Epitaph (US Radio Promos)
04. Moonchild (US Radio Promos)
05. The Court Of The Crimson King (Mono Album Mix)
06. The Court Of The Crimson King (Edited Mono Single Mix)

Link Pt.1 > Pt.2 > Pt.3. 

Coleção: King Crimson Collectors' Club.

Live at the Marquee, 1969 (1998)
 
01. 21st Century Schizoid Man
02. Drop in
03. I Talk to the Wind
04. Epitaph
05. Travel Weary Capricorn
06. Improv
07. Mars
08. Trees


Live at Jacksonville 1972 (1998)
 
01. Pictures of a City
02. Cirkus
03. Ladies of the Road
04. Formentera Lady
05. The Sailor's Tale
06. 21st Century Schizoid Man


The Beat Club Bremen 1972 (1999)
 
01. Improv- The Rich Tapestry Of Life
02. Exiles
03. Larks' Tongues In Aspic (Part I)


Live at Cap D'Agde, 1982 (1999)
 
01. Waiting Man
02. Thela Hun Ginjeet
03. Matte Kudasai
04. The Sheltering Sky
05. Neil And Jack And Me
06. Elephant Talk
 
Bonus Tracks (Live At Frejus, 1982)
07. Indiscipline
08. Heartbeat
09. Larks' Tongues In Aspic (Part II)


On Broadway, Live 1995 (1999)
 
CD 1.

01. Conundrum
02. Thela Hun Ginjeet
03. Red
04. Dinosaur
05. VROOOM VROOOM
06. Frame By Frame
07. Walking On Air
08. B'BOOM
09. THRAK
10. Neurotica
11. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream

CD 2.

01. People
02. One Time
03. Indiscipline
04. Improv: Two Sticks
05. Elephant Talk
06. Prism
07. Talking Drum
08. Larks' Tongues in Aspic (Part II)
09. Three Of A Perfect Pair
10. VROOOM
11. Coda: Marine 475
12. Fearless And Highly THRaKked

ProjeKct Four - The Roar Of P4: Live in San Francisco 1998 (1999)
 
01. Ghost
02. Heavy ConstruKction
03. Light ConstruKction
04. Deception Of The Thrush
05. Seizure
06. Ghost 3
07. ProjeKction


The VROOOM Sessions 1994 (1999)
 
01. Bass Groove (Reheasal 21st April)
02. Fashionable (Reheasal 20th April)
03. Monster Jam (Recording Session 4th May)
04. Slow Mellow (Rehearsal 26th April)
05. Krim 3 (Rehearsal 26th April)
06. Funky Jam (Recording Session 4th May)
07. Bill & Tony (Rehearsal 28th April)
08. No Questions Asked (Rehearsal 23rd April)
09. Adrian's Clouds (Rehearsal 22nd April)
10. Calliope (Rehearsal 23rd April)
11. One Time (Rehearsal 28th April)
12. Booga Looga (Rehearsal 23rd April)


Live at Summit Studios Denver 1972 (2000)
 
01. Pictures Of A City
02. Cadence and Cascade
03. Groon
04. 21st Century Schizoid Man
05. Improv: Summit Going On °
06. My Hobby
07. Sailor's Tale
08. The Creator Has A Master Plan


Live in Central Park, NYC 1974 (2000)
 
01. No Pussyfooting
02. 21st Century Schizoid Man
03. Lament
04. Exiles
05. Improv: Cerberus
06. Easy Money
07. Fracture
08. Starless
09. The Talking Drum
10. Larks' Tongues In Aspic, Part Two


Live at Moles Club, Bath, 1981 (2000)
 
01. Discipline
02. Thela Hun Ginjeet
03. Red
04. Elephant Talk
05. Matte Kudasai
06. The Sheltering Sky
07. Indiscipline
08. Frame By Frame
09. Larks' Tongues In Aspic (Part II)


Nashville Rehearsals, 1997 (2000)
 
01. Presidents
02. Scapeplay
03. Snugel
04. Off Sets
05. Big Funk
06. Jimmy Bond
07. Have U Got
08. Mulundrum
09. Too many eeee's
10. Nice To Start
11. Pat's Meckanical Fives
12. Seizure
13. Circulation
14. KCF
15. Ragin' Drone
16. JB in 7
17. Split Hands
18. Sad Woman Jam
19. Tony's Jam
20. Trey, Pat & Bill


Live at Plymouth Guildhall, May 11 1971 (2001)
 
CD 1.

01. Cirkus
02. Pictures Of A City
03. Sailor's Tale
04. The Letters
05. Lady Of The Dancing Waters
06. Cadence And Cascade

CD 2.

01. Get Thy Bearings
02. In The Court Of The Crimson King
03. Ladies Of The Road
04. 21st Century Schizoid Man
05. Mars


Live in Mainz, 1974 (2001)
 
01. Improv: The Savage
02. Doctor Diamond
03. Improv: Arabica
04. Exiles
05. Improv: Atria
06. The Night Watch
07. Starless
08. Lament
09. Improv: Trio
10. Easy Money


Live in Berkeley 1982 (2001)
 
01. Waiting Man
02. Thela Hun Ginjeet
03. Red
04. The Howler
05. Frame By Frame
06. Matte Kudasai
07. The Sheltering Sky
08. Discipline
09. Neil And Jack And Me
10. Neurotica
11. Elephant Talk
12. Indiscipline
 


ProjeKct Two - Live in Northampton, MA, 1998 (2001)
 
01. Vector Shift (1)
02. X-chayn-jiZ
03. Vector Shift (2)
04. Vector Shift to Planet Belewbeloid
05. Light ConstruKction
06. Heavy ConstruKction
07. The Deception of the Thrush
08. Sus-tayn-Z
09. Vector Shift (3)
10. Contrary ConstruKction


Live in Detroit, MI, November 1971 (2001)
 
CD 1.

01. Pictures of A City
02. Formentera Lady
03. Sailor's Tale
04. Cirkus
05. Ladies of the Road
06. Groon

CD 2.

01. 21st Century Schizoid Man
02. Mars
03. In the Court of the Crimson King
04. Lady of the Dancing Water


Live in Hyde Park 1969 (2002)
 
01. 21st Century Schizoid Man
02. In The Court Of The Crimson King
03. Get Thy Bearings
04. Epitaph
05. Mantra
06. Travel Weary Capricorn
07. Mars
08. Band Reunion Meeting (Epitaph Playback, London March 15/97)
09. 21st Century Schizoid Man (Instrumental) (Morgan Studios June 12/69)


Live in Nashville, November 9 & 10, 2001 (2002)
 
01. Dangerous Curves
02. Level Five
03. The ConstruKction Of Light
04. ProzaKc Blues
05. eleKtriK
06. Thela Hun Ginjeet
07. Virtuous Circle
08. Elephant Talk
09. Larks' Tongues In Aspic: Part IV
10. The Deception Of The Thrush
11. Red

Live at the Zoom Club, 1972 (2002)
 
CD 1.

01. Larks' Tongues in Aspic (Part I)
02. Book Of Saturday
03. Zoom
04. Improv: Zoom Zoom
 

CD 2.

01. Easy Money  
02. Improv: Fallen Angel
03. Improv: Z'Zoom
04. Exiles
05. The Talking Drum
06. Larks' Tongues in Aspic (Part II)


Champaign-Urbana Sessions, 1983 (2002)
 
01. San Francisco
02. Tony Bass riff
03. Sequenced
04. Steinberger melody
05. Fragmented
06. Not one of those
07. ZZZZ's
08. Reel 3 jam
09. Robert and Bill
10. Say NO
11. Robert's ballad
12. Heat in the Jungle
13. Grace Jones
14. Adrian looped


ProjeKct One - Jazz Cafe Suite, December 1 - 4, 1997 (2003)
 
01. Suite One
02. Suite Two
03. Suite Three


Live in Orlando, FL, 1972 (2003)
 
CD 1.

01. Pictures of a City
02. Formentera Lady
03. The Sailors Tale
04. Cirkus
05. Ladies of the Road

CD 2.

01. Groon
02. 21st Century Schizoid Man
03. Earthbound
04. Cadence and Cascade


Live in Guildford: November 13, 1972 (2003)
 
01. Larks' Tongues in Aspic (Part I)
02. Book Of Saturday (Daily Games)
03. Improv: All That Glitters Is Not Nail Polish
04. Exiles


Live at Fillmore East: November 21 & 22, 1969 (2004)
 
November 21, 1969.
01. The Court Of The Crimson King (Fragment)
02. A Man A City
03. Epitaph
04. 21st Century Schizoid Man
November 22, 1969.
05. The Court Of The Crimson King (Fragment)
06. A Man A City
07. Epitaph
08. 21st Century Schizoid Man


Live in Philadelphia, PA, 1982 (2004)
 
01. Thela Hun Ginjeet
02. Red
03. The Howler
04. Frame By Frame
05. Matte Kudasai
06. The Sheltering Sky
07. Discipline
08. Elephant Talk
09. Indiscipline
10. Neurotica
11. Heartbeat
12. Sartori in Tangier
13. Larks' Tongues in Aspic Part II


ProjeKct Three - Live in Austin, TX, 1999 (2004)
 
01. Masque 3
02. Masque 11
03. X-chayn-jiZ
04. Hindu Fizz
05. Heavy ConstruKction
06. Introductory Soundscape
07. Masque 8
08. Light ConstruKction
09. Masque 2
10. CCCCCCs
11. ProjeKction
12. The Deception Of The Thrush


Live in Warsaw: June 11, 2000 (2005)
 
CD 1.

01. ProzaKc Blues
02. The ConstruKction Of Light
03. The World's My Oyster Soup Kitchen Floor Wax Museum
04. Improv: Warsaw
05. Dinosaur
06. One Time
07. VROOOM
08. Cage
 

CD 2.

01. Into The Frying Pan
02. Larks' Tongues In Aspic: Part Four
03. Three Of A Perfect Pair
04. The Deception Of The Thrush
05. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream
06. Heroes


Live in Heidelberg: March 29, 1974 (2005)
 
01. Improv: Heidelberg I
02. Dr. Diamond
03. Exiles
04. Improv: Heidelberg II
05. Starless
06. The Night Watch
07. Lament
08. Easy Money
09. Fracture


Live at Brighton: 16th October, 1971 (2005)
 
CD 1.

01. Cirkus
02. Pictures of a City
03. Formentera Lady
04. The Sailors Tale
05. The Letters
06. Islands

CD 2.

01. Ladies of the Road
02. 21st Century Schizoid Man
03. Groon
04. Mars


Live at the Wiltern: July 1, 1995 (2006)
 
CD 1.

01. Introductory Soundscape
02. VROOOM VROOOM
03. Frame by Frame
04. Dinosaur
05. One Time
06. Red
07. B'Boom
08. THRAK
09. Matte Kudasai
10. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream

CD 2.

01. People
02. Improv: Two Sticks
03. Elephant Talk
04. Indiscipline
05. Prism
06. The Talking Drum
07. Larks' Tongues in Aspic (Part II)
08. VROOOM
09. Coda: Marine 475
10. Walking On Air

Live in Munich: September 29, 1982 (2006)
 
01. Waiting Man
02. Thela Hun Ginjeet
03. Frame By Frame
04. Matte Kudasai
05. The Sheltering Sky
06. Neal And Jack And Me
07. Elephant Talk
08. Indiscipline
09. Heartbeat
10. Larks' Tongues in Aspic Part II


ProjeKct Two - Live in Chicago, IL: June 4, 1998 (2006)
 
CD 1.

01. Vector Shift
02. House
03. X-chayn-Jiz
04. Vector Shift to Planet Belewbeloid
05. Light ConstruKction
06. Heavy ConstruKction

CD 2.

01. Sus-tayn-Z
02. House 2
03. Contrary ConstruKction
04. The Deception of the Thrush
05. Acoustic Dinosaur
06. Lounge Vrooom


ProjeKct Three - Live in Alexandria, VA: March 3, 2003 (2007)
 
01. Introductory Soundscape
02. Improv: I
03. Level Five
04. Improv: II
05. The Power To Believe II
06. Facts Of Life
07. Sus-tayn-Z
08. The Deception of the Thrush
09. VROOOM
10. Q & A


Live in Denver, CO: March 13, 1972 (2007)
 
01. Formentera Lady
02. The Sailors Tale
03. Cirkus
04. Ladies of the Road
05. The Letters
06. Groon
07. 21st Century Schizoid Man
08. Cadence and Cascade


Live In Kassel, Germany: April 1, 1974 (2007)
 
01. The Great Deceiver
02. Improv. I
03. Dr Diamond
04. Improv. II
05. Exiles
06. The Night Watch
07. Lament
08. Starless
09. Improv. III
10. Easy Money
11. Fracture (Incomplete)


Live at the Pier, NYC: August 2 , 1982 (2008)
 
01. Waiting Man
02. The Howler
03. Frame By Frame
04. The Sheltering Sky
05. Neal And Jack And Me
06. Neurotica
07. Elephant Talk
08. Indiscipline
09. Sartori In Tangier
10. Larks' Tongues In Aspic: Part II


Live in Philadelphia, PA: August 26, 1996 (2008)
 
CD 1.

01. Conundrum
02. Thela Hun Ginjeet
03. Red
04. Dinosaur
05. One Time
06. VROOOM VROOOM
07. Waiting Man
08. Neurotica
09. Elephant Talk
10. Sheltering Sky

CD 2.

01. B'Boom
02. THRAK
03. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream
04. Indiscipline
05. Larks' Tongues in Aspic Part II
06. Prism
07. 21st Century Schizoid Man
08. VROOOM
09. Coda: Marine 475


Live in Milan: June 20, 2003 (2008)
 
CD 1.

01. Introductory Soundscape
02. The Power To Believe I
03. Level Five
04. ProzaKc Blues
05. The ConstruKction Of Light
06. Facts Of Life
07. EleKtriK
08. The Power To Believe II
09. Dinosaur

CD 2.

01. One Time
02. Happy With What You Have To Be Happy With
03. Dangerous Curves
04. Larks' Tongues In Aspic: Part Four
05. The Power To Believe III
06. Elephant Talk
07. Red


Live in Boston: March 27, 1972 (2009)
 
01. R.F. Announcement
02. Pictures Of A City
03. Formentera Lady
04. The Sailor's Tale
05. Cirkus
06. Groon
07. 21st Century Schizoid Man
08. Improv
09. Cadence and Cascade


Live Zurich: Nov. 15, 1973 (2009)
 
CD 1.

01. Walk On... No Pussyfooting
02. Improv: Some Pussyfooting
03. Larks' Tongues In Aspic: Part I
04. RF Announcement
05. Lament
06. Peace A Theme
07. Cat Food
08. The Night Watch
09. Fracture

CD 2.

01. The Law Of Maximum Distress: Part I
02. Improv: The Mincer
03. The Law Of Maximum Distress: Part II
04. Easy Money
05. Exiles
06. Improv: Some More Pussyfooting
07. The Talking Drum
08. Larks' Tongues In Aspic: Part II
09. 21st Century Schizoid Man


Live in Chicago: Nov. 29, 1995 (2010)
 
CD 1.

01. Conundrum
02. Thela Hun Ginjeet
03. Red
04. Frame By Frame
05. Dinosaur
06. One Time
07. VROOM VROOM
08. B'Boom
09. THRAK
10. Neurotica
11. Three Of A Perfect Pair
12. Sex, Sleep, Eat, Drink, Dream

CD 2.

01. Improv: Two Sticks
02. Elephant Talk
03. Indiscipline
04. Walking On Air
05. Larks' Tongues In Aspic Part II
06. Prism
07. Free As A Bird
08. VROOOM
09. Coda: Marine 475


Live In New Haven: Nov. 16, 2003 (2010)
 
CD 1.

01. The Power To Believe I
02. Level Five
03. The ConstruKction Of Light
04. Facts Of Life
05. EleKtriK
06. The Power To Believe II
07. Dinosaur
08. One Time
09. Happy With What You Have To Be Happy With

CD 2.

01. Dangerous Curves
02. Larks' Tongues In Aspic: Part Four
03. The Power To Believe III
04. Elephant Talk
05. Red


Live In Toronto: June 24, 1974 (2011)
 
CD 1.

01. Larks' Tongues In Aspic: Part II
02. Lament
03. Exiles
04. Improv - The Golden Walnut
05. The Night Watch
06. Fracture

CD 2.

01. Improv - Clueless And Slightly Slack
02. Easy Money
03. Starless
04. 21st Century Schizoid Man

Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

55 comentários :

  1. Uma das melhores bandas do Rock Progressivo.
    Agora vou conseguir completar a minha discografia.
    Valeu Alex !

    ResponderExcluir
  2. uma banda viciante

    vale mt a pena!

    ResponderExcluir
  3. Valeu Cara, seu site é muito bem organizado... diferente de outros que eu pesquiso. Parabéns, e long live rock´n roll !!!

    ResponderExcluir
  4. o king crimson nao e uma banda e uma ideia a melhor ideia do rock progressivo

    ResponderExcluir
  5. King Crimson é uma das bandas mais subestimadas da história, poucas foram tão regulares em cerca de 40 anos. Mas sendo franco meus discos favoritos são com o Adrian Belew em diante, um cara muito carisma, grande letrista e guitarrista. Dos anos 70 o Red é o meu disco predileto e um bom lugar pra começar.

    ResponderExcluir
  6. banda que muito ouvi na época de rapaz ,esse post me trouxe um grande saudosismo principalmente os discos da trilogia das cores discipline beat e three a perfect pair, são da minha época de new wave,e o larks toungues in aspic

    ResponderExcluir
  7. marcelo lisboa07/08/2011 13:36

    seu blog é incrivel!!!!

    ResponderExcluir
  8. Muito legal cara. Parabéns pelo trabalho!!!

    Sandro

    ResponderExcluir
  9. Thank you for posting, I own all of the early recordings, they are tired and warn out, I copied them but ended up with lots of hiss and pops (old vynal does that). When "In the Court of the Crimson King" came out (I'm telling may age) I bought it, 2 days later I went to audition for a new rock band that was going to have a horn section. I played them "21 Century..." and told them "THAT'S WHAT HORNS SHOULD SOUND LIKE!". I didn't get the gig. Thanks again.... it's a great site.

    ResponderExcluir
  10. Fiquei totalmente surpreso em conhecer essa banda, não acredito que uma banda com um som deste nivel não tenha o prestigio que merece, achei seu album de estreia um dos melhores albuns de estreira no rock!

    ResponderExcluir
  11. genialidade pura, concordo com a opinião dos colegas ao sitarem alguns discos, mas não deixem de prestar atenção ao ISLAND, valeu ALEX.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Louis Clark16/09/2014 17:48

      Islands foi um dos meus primeiros Lps do KING CRIMSON.Muito diferente dos outros,mais lírico e tal.Maravilhoso!!! Há a capa americana e a inglesa (foto do universo)

      Excluir
  12. Lucas Sales29/12/2011 19:20

    Banda mais lisergica de progressivo q'eu ja ouvi...
    Obrigado por disponibilizar a discografia tao completa...

    ResponderExcluir
  13. Cara! enciclopédia total do rock por aqui! cada disco uma história, cada história um disco! obrigado!

    ResponderExcluir
  14. Cara,não tinha ouvido os primeiros cds,muito massa,baixei todos agora,super banda.VALEU por mais este Alex.

    ResponderExcluir
  15. Esse blog é muito bom, muito bom mesmo, eu estou baixando os discos do King Crimson por ano de lançamento 1 por semana, agora vou para o "Starless and Bible Black – 1974." Graças a vocês do "Muro do classic rock".
    Se eu tivesse condições de comprar eu compraria todos claro, mais não posso.....por isso se eu quiser ouvir, venho aqui.
    Vejo que estão tentando deletar o blog, mais como você mesmo disse "Ninguém vai derrubar o MURO." Estou com vocês !!!

    ResponderExcluir
  16. A banda King Crimson é um marco na história do rock progressivo...sem dúvida alguma é a melhor e mais influente banda dos progressivos...

    ResponderExcluir
  17. Uma banda que já falava através de poesia sobre a filha da lua,andando em jardins, experimentava e abusava de seus instrumentos musicais a genialidade de seu guitarrista e experimentos tais como feitos no seu discipline,sem duvida dá e muita credibilidade numa mistura genial de grandes estilos com suavidade guitarras distorcidas e melódicas,letras potentes e sons que embalam a mente fazendo sentir todo o poder de suas cancões sem sombra de duvida um marco no rock.Que bela discografia e biografia,obrigado Alex.

    ResponderExcluir
  18. Agilson Plinio19/06/2012 21:11

    Valeu Alex!!!! Muito bom cara, não conheço nenhum outro blog tão bom quanto esse! Eu tinha baixado antes os albuns do Crimson mas havia perdido, felizmente estou baixando de novo. Valeu mesmo.

    ResponderExcluir
  19. Everaldo Gomes de Oliveira27/06/2012 16:33

    O Muro continua vivo porque seu adminitrador é um corajoso. Não desanime! aqui se encontram músicas de qualidade ímpar como o KC. Valeu por todo seu esforço. Vitória pelo Rock´N Roll!

    ResponderExcluir
  20. Só perde para Yes e Genesis, em se tratando do progressivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Louis Clark (HIGH BLUES)17/05/2015 20:17

      O KING CRIMSON só perde para o YES e o GENESIS? Sou guitarrista desde 1965. No quê o KING CRIMSON perde pra quem? Não perdem pra ninguem. Tenho tudo desses tres grupos. São todos do mesmo nível.

      Excluir
    2. Não perde nada ! Não existem comparações entre bandas, pois mesmo que toquem um mesmo gênero (neste caso progressivo), existem o estilo e a tendência de cada um. O KC é muito mais jazzístico do que YES e Genesis. Daí, incomparáveis.

      Excluir
    3. voce ta de brincadeira, o bruford que um dos melhores bateras de todos os tempos falou que ia aprender progressivo no crimson e voce me fala isso gosto e gosto mas blz

      Excluir
  21. ClassicRockMan31/08/2012 18:40

    King Crimson é uma banda excelente! Os arranjos são etéreos, é um som que te leva para um mundo de fantasias. É pra ouvir chapado!

    ResponderExcluir
  22. Top!
    Thank you very much.

    ResponderExcluir
  23. A pureza e a fúria...Estão no som do King Crimson,Maravilhoso!!!!Obrigado!!!

    ResponderExcluir
  24. O 1º disco é uma obra-prima do progressivo. Discaço!

    ResponderExcluir
  25. Parabéns pelo Blog, realmente é o melhor que ja frequentei.Baixei todos os do King Crimson, valeu!

    ResponderExcluir
  26. a melhor banda de prograssivo de todos os tempos eu tenho todos os cds do 1 ao ultimo nao canso de escutar

    ResponderExcluir
  27. Gran trabajo!! saludos desde Peru.

    ResponderExcluir
  28. Alex, tenho 61 anos de rock'n roll e quero registrar a beleza de trabalho que você faz. Não é exagero: acho que o Muro é o mais organizado e instruído site de rock que a net tem. Muito obrigado pelo banho de história e cultura que vocês nos dá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parabens a voce e aos seus colaboradores em todos os sentidos

      Excluir
  29. Cara, adoro seu blog, é lógico que esta nos meus favoritos. Mas quem escreveu a historia do KC, falar que Island é um fracasso, devido a as mudanças de integrantes a banda é instável? Discos como In The Court Crimsom King, Island, Lizard, Red, são verdadeiras Obras primas, não só do rock progressivo como da musica em si.
    O KC, juntamente com Frank Zappa, Miles Davis são obrigatórios para quem quer ser musico um dia, ou para aqueles querem escutar um trabalho para usar como parâmetro de qualidade e criatividade da musica. Viva seu Blog, e viva a vanguarda alucinada undergroung do King Crimson. E que se dane os criticos.


    ResponderExcluir
  30. Gracias Amigo por compartir esta maravillosa música. King Crimson en todas sus variantes fue y es una de las mas grandes influencias en mi vida. Un abrazo desde Argentina.
    Fernando

    ResponderExcluir
  31. Vida longa ao Muro do Classic Rock!!!

    ResponderExcluir
  32. Maluco!!! Olha as capas deles que zica!!!!

    ResponderExcluir
  33. Este blog é informadíssimo, obrigado e parabéns!

    ResponderExcluir
  34. Fantástico, parabéns pelo blog... muito bom.

    ResponderExcluir
  35. Tenho 57 anos e só recentemente resolvi conhecer o grupo KC graças ao meu grande ídolo Greg Lake (no tempo de juventude só conhecia o grupo de ouvir falar, mas nunca tinha ouvido nada), Inicialmente queria apenas os dois primeiros álbuns por causa do GL, resolvi avançar e ouvir a banda sem ele e verifiquei a manutenção do alto nível (parei no Red). Claro que vou continuar e vou baixar todos, porque quero comparar o som dos anos 70 aos subsequentes quando quase todas as bandas decaíram. Um abraço a todos e vida longa a Alex e seu blog.

    ResponderExcluir
  36. Melhor banda de Vanguarda do Rock Progressivo. Longa vida ao dono desse blog e não somente para o Rock!!!

    ResponderExcluir
  37. graaaaaaaaaaacias¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡...maravillosa musica¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡¡

    ResponderExcluir
  38. Rayfran Terças24/02/2015 13:03

    "In the Court of the Crimson King " é considerado o primeiro álbum legitimamente progressivo, do início ao fim! Uma verdadeira obra-prima do rock progressivo, e a música "I Talk to the Wind" umas das mais lindas desse gênero! O álbum todo foi inspirado nos poemas de Peter Sinfield.

    ResponderExcluir
  39. Holy crap thanks!! Your blog is THE BEST ON THE INTERNET!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  40. De los mejores grupos aunque no esten de moda

    ResponderExcluir
  41. Baixei e ouvindo Lizard. Excelente qualidade em todos aspectos

    ResponderExcluir
  42. Fernanda Mandorff11/06/2016 13:28

    Quando eu era menina,nos anos 80,meus irmãos mais velhos ouviam coisas diferentes e muito estranhas...era um tal de Tangerine Dream,Guru Guru,Green Pear,Nektar...e esse King Crimson. E saia um cheiro esquisito do quarto deles...rsrsrsrsrs. Adoro essas músicas! Tenho uns vinis antigos do King Crimson ainda. E uns Cds que eu trouxe de viagens. Agora baixei os que faltavam. Pedí à uma prima que me traga da Alemanha uns discos do Guru Guru e do Amon Duul. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O cheiro esquisito que vinha do quarto é porque eles peidavam demais e colocavam incenso queimar para disfarçar o fedor.

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkk essa do peido foi a melhor rsrs!

      Excluir
  43. Alex, King Crimson é demais. Estes 3 cds é uma enovação nos arranjos, Fripp está demais.
    Valeu Alex.
    Abraço

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.