Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

22 de novembro de 2010

Scorpions - Discografia.

Scorpions é uma banda de hard rock originária de Hanôver, Alemanha fundada em 1965 pelo guitarrista Rudolf Schenker, sendo a primeira banda de hard rock formada no país germânico. No início eram chamadas de Nameless (aqueles sem nomes), depois passou para The Scorpions até o final de 1969, depois foram chamados simplesmente de Scorpions. O primeiro álbum da banda foi o LP Lonesome Crow de 1972, com os irmãos Rudolf e Michael Schenker nas guitarras. No ano seguinte, Michael deixa a banda e foi substituído pelo guitarrista Uli Jon Roth, que gravou os álbuns Fly to the Rainbow, em 1974, In Trance em 1975, Virgin Killer, em 1976 e Taken by Force em 1977. O som da banda no início dos anos 70 era originário do hard rock/heavy metal, com nuances de rock psicodélico e com o som mais pesado do que as obras posteriores, já inclinados a uma corrente mais comercial. O último trabalho da "era Uli Jon Roth" é o álbum ao vivo Tokyo Tapes de 1978. 

Após a saída de Roth, vem outro jovem alemão Matthias Jabs para ser guitarrista, quando começa o caminho da banda para o mercado dos EUA com o disco Lovedrive de 1979, que recebeu disco de ouro no país. Na mesma linha seguiria os discos Animal Magnetism em 1980, Blackout de 1982, Love at First Sting, em 1984, Savage Amusement em 1988. Com estes trabalhos demonstraram um som mais comercial, que lhes deram o reconhecimento mundial. 

Na década posterior os álbuns Crazy World e Face the Heat levantou-os à categoria de banda alemã de maior sucesso, mas passou pela saída de dois dos seus membros, Herman Rarebell e Francis Buchholz. Mas eles foram capazes de mudar seu som com os álbuns Pure Instinct e Eye II Eye, que mostraram um som renovado e um toque ainda mais suave em sua carreira. No novo milênio, os projetos sinfônicos Moment of Glory e Acoustica os colocam de volta ao cenário musical, bem como os discos Unbreakable de 2004 e Humanity: Hour I de 2007. Atualmente a banda está em sua turnê de despedida depois de lançar seu último álbum de estúdio Sting in the Tail de 2010, que os leva para os cinco continentes até 2013. 

Ao longo de sua carreira de mais de 40 anos, eles lançaram dezenas de singles, álbuns ao vivo, compilações e alguns DVDs ao vivo e tem recebido vários prêmios em nível internacional o que torna a banda mais bem sucedida de hard rock da Alemanha. Seus álbuns já venderam entre de 100 e 160 milhões de cópias mundialmente. 

História.

1965-1974: Formação e primeiros anos.

O grupo começou em 1965, quando o guitarrista Rudolf Schenker começou a procurar músicos para sua banda. Um ano após a criação do grupo, ele deu o nome de "Scorpions", porque ajudaria o grupo a ser reconhecido internacionalmente. No começo ele também era vocalista do grupo, que era composto principalmente por jovens em idade escolar: Wolfgang Dziony (bateria), Karl-Heinz Vollmer (guitarras) e Achim Kirshing (baixo). Entre 1965 e 1967 no norte da Alemanha, a banda realizava shows tocando covers. Nos próximos meses, o Scorpions se dedicaram a fazer suas próprias composições, e ao contrário de outros grupos de seu país, suas letras são totalmente em inglês, porque era a única maneira de se tornarem conhecidos na Europa Ocidental. Mudanças significativas ocorrem quando em 1969 o irmão mais novo de Rudolf Schenker, Michael Schenker entrou na banda no lugar de Karl-Heinz, enquanto Klaus Meine se tornou o novo vocalista. Um ano depois, Lothar Heimberg substituiu Achim Kirshing no baixo. Em 1971 , o a banda gravou três músicas, incluindo "I'm Going Mad" e "Action", que foram lançados apenas na Alemanha. Após a pequena recepção positiva, assinaram um contrato de gravação em 1972 com o produtor Conny Plank, e lançaram seu primeiro LP, Lonesome Crow. Com este álbum, a banda entrou em turnê por 136 dias em algumas cidades da Alemanha Ocidental, abrindo shows para Uriah Heep e Rory Gallagher. Durante essa turnê, a banda também abriu shows do UFO, na qual Michael foi convidado para substituir o antigo guitarrista Mick Bolton, o que foi aceito rapidamente. Uli Jon Roth, amigo dos irmãos Schenker, foi contratado para terminar a turnê como guitarrista. 

A saída do Schenker fez a banda se dissolver por um tempo. Em 1973, Rudolf e Meine, os únicos remanescentes do Scorpions, convidaram Roth a entrar na banda como guitarrista como na última turnê, mas ele rejeitou a proposta, preferindo ficar na sua própria banda, Dawn Road. Rudolf estava muito entusiasmado em trabalhar com Roth, mas com menos espírito de "reviver" os Scorpions, ele juntou-se a sua banda como um membro ativo. Os outros membros da banda eram o já mencionado Uli Jon Roth na guitarra, além de Jurgen Rosenthal na bateria, Francis Buchholz no baixo e Achim no teclado. Apesar de não querer voltar para a antiga banda, Roth convence Klaus Meine a entrar no grupo. Apesar de ter mais membros do Dawn Road do que do Scorpions, eles decidiram continuar usando o nome do último, por ser mais conhecido no cenário musical alemão. Scorpions este ano fez sua primeira turnê europeia, como banda de apoio de britânica Sweet. 

Em 1974, o renovado Scorpions assinou um contrato com a RCA Records e lançou quatro álbuns, o primeiro dos quais é Fly to the Rainbow. Este álbum contem seu primeiro hit, "Speedy's Coming", que foi considerado por Klaus como um exemplo do que queria da sonoridade do Scorpions, "pesado, mas cativante." Após o passeio, os membros da banda se tornam amigos dos ingleses e suas canções, então eles decidem gravar 2 canções para o vinil Fuchs Geh' Voran, que continha canções cantadas em alemão. Imediatamente após a gravação, Achim Kirshing deixou a banda. Pouco depois Jürgen Rosenthal deixa a banda para se apresentar ao exército alemão (e posteriormente ingressa na banda de rock progressivo alemã Eloy), Rudy Lenners o substituiu. 

1975-1978: In Trace, Virgin Killer e inicio do sucesso.

No ano seguinte, se envolveram com o produtor alemão Dieter Dierks, com quem eles trabalharam no seu próximo álbum, In Trance, lançado em março de 1975. In Trance foi marcada pela sua controversa capa, em que aparece uma modelo nua em uma guitarra elétrica. As versões subsequentes foram feitas mostrando o mesmo padrão, embora desta vez, seu corpo estava completamente coberto por sombras. Esta seria a primeira de muitas capas do Scorpions que foram censuradas. 

Naquele mesmo ano, foram concedidos o prêmio de "Melhor grupo de Hard Rock ao vivo" por críticos alemães, o álbum também foi o melhor de venda pela RCA no Japão, o que aumentou a popularidade do quinteto. Durante a turnê promocional de acompanhamento do KISS, eles tocaram no" Cavern Club" em Liverpool, onde foi a primeira apresentação da turnê do Reino Unido e por sua vez, iniciando as visitas subsequentes na França e Bélgica. 

A banda volta ao estúdio para gravar seu quarto, Virgin Killer lançado em 1976 , que foi muito bem recebido na Europa , ganhando o álbum do ano em vários países do continente, incluindo a Alemanha e seu primeiro disco de ouro no Japão. Tal como a sua capa do álbum anterior foi censurada porque apareceu em uma garota nua. A capa foi substituída a pedido dos distribuidores pelo qual os membros aparecem. Depois da turnê pelo Reino Unido, o baterista Rudy Lenners deixou a banda por problemas cardíacos, sendo substituído pelo Herman Rarebell. 

Já em 1977, com Herman na bateria a banda lançou Taken by Force, trabalho que continuou a demonstrar o sucesso da banda no Japão, ganhando um disco de ouro novamente. A capa do álbum como as anteriores, foi criticada, por haver duas crianças brincando com armas em um cemitério militar. Isto foi considerado um insulto pelos franceses (a foto foi tirada lá) por difundir a guerra. Em edições posteriores a tampa foi mudado para um fundo preto com os membros da banda. 

Dentro da turnê de promoção do álbum e depois de viajar toda a Europa Ocidental, decidiram ir ao Japão em 1978 para tocar em cinco noites consecutivas em Tóquio. Depois do sucesso no país asiático, lançaram seu primeiro álbum ao vivo chamado Tokyo Tapes, álbum duplo gravado em dois dos cinco shows que fizeram em Tóquio. Este seria o último com Uli Jon Roth e que deixa o grupo por decisões pessoais, porque ele não se sentia confortável com o som que a banda estava tomando. Ele procurou manter o hard rock psicodélico enquanto o resto da banda procurou reforçar seu som mais perto do heavy metal. 

1978-1981: A chegada de Matthias Jabs e sucesso nos Estados Unidos.

Após a saída de Uli Jon Roth, a banda teve de encontrar outro guitarrista para completar as últimas apresentações restantes. Portanto, em 1978 , a banda colocou um anúncio no "Melody Maker", uma revista de Londres, dizendo o seguinte "Os Scorpions estão procurando um novo guitarrista," este teve uma resposta positiva atingindo 140 candidatos. Mas a banda não estava convencido de nenhum deles, então Rudolf decidiu chamar um guitarrista de Hannover, Matthias Jabs. “Os Scorpions tinha finalmente encontrado o guitarrista cuja criatividade, virtuosismo e entusiasmo continuava a dar um contributo decisivo para o sucesso do grupo. Com Matthias, a banda alcançou um som ainda mais sólido.” 

Depois de participar das últimas apresentações da turnê promovendo o álbum Taken by Force, Matthias fazia parte das gravações de disco Lovedrive sendo o primeiro álbum da banda em obter disco de ouro nos EUA e até então se tornando o álbum mais bem sucedido da banda em todo o mundo. Neste mesmo disco tem a volta de Michael Schenker, que participou como guitarrista principal em três das oito músicas. Mas, novamente, ele saiu dizendo que ele não se sentia confortável a tocar músicas de outros, que o leva a formar sua própria banda, Michael Schenker Group em 1980. Então, definitivamente, a banda contrata Matthias, que em apenas 10 dias teve que aprender todo o repertório da turnê. 

Depois de conquistar o mercado musical do Japão, a banda estava pronta para ir para os EUA, onde Lovedrive ganhou disco de ouro. A primeira apresentação nos EUA na turnê foi uma apresentação para mais de 50.000 pessoas em um festival na cidade de Cleveland, Ohio, no qual também participaram Aerosmith, AC/DC, Thin Lizzy, Ted Nugent e Journey. A apresentação da banda foi de apenas de 30 minutos. Assim começou a sua primeira turnê no país, abrindo shows para o AC/DC e Ted Nugent. Durante uma apresentação em Chicago, a banda teve seu primeiro show como atração principal. 

Em 1980 eles gravaram Animal Magnetism, segundo álbum com Matthias Jabs. O álbum foi lançado em 31 de março desse ano e recebeu reconhecimento alguns anos mais tarde: em 1984 foi disco de ouro e em 1991 de platina. Já na turnê promocional do álbum, também contando com apresentações nos EUA, mas dessa vez como atração principal, a banda participa do primeiro festival Monsters of Rock, realizado no Reino Unido. Parte desta apresentação foi gravada no álbum ao vivo Teutonic Terror, lançado anos mais tarde. 

1982-1984: A perda da voz de Klaus Meine e Blackout.

Após o grande sucesso do disco anterior e da sua subsequente turnê, a banda voltou para a Alemanha no final de 1981 para gravar seu próximo álbum, Blackout. Durante a gravação deste álbum, o vocalista Klaus Meine, teve problemas em suas cordas vocais, não alcançando as notas mais altas e era muito difícil manter o controle, tornando-se tão grave que, às vezes ele era incapaz de falar. Quando ele foi ao médico, que lhe perguntou sua profissão. Depois que Meine respondeu, o médico riu por um momento e seriamente o aconselhou a mudar de profissão. Frustrado pelo diagnóstico, Meine decidiu deixar a banda. Rudolf se refere a este assunto desta maneira: "Nunca passou pela nossa mente substituir Klaus, eu disse que iria esperar ele se recuperar, não importando se o disco fosse adiado. Pensarmos em nos separar se Klaus não pudesse continuar, porque ele é fundamental para a banda." 

Motivado pelo apoio de seus companheiros, Meine decidiu visitar outros especialistas no campo. Ele foi para a Áustria, onde começou o tratamento com um médico dedicado a cantores de ópera. Depois de duas bem sucedidas cirurgias um longo treinamento de voz, Klaus ficou recuperado. Mais do que isso, apesar de perder alguma parte de seu nível de agudos, voltou para a gravação do álbum com uma voz cristalina e uma gama muito maior vocal, e até mesmo um crítico da revista Rolling Stone disse: "Agora foi dado a Klaus uma voz de metal." 

Durante este período, a banda gravou material com a voz do vocalista e amigo da banda, Don Dokken. Então, finalmente, lançaram em 1982 o álbum Blackout, que ficou em # 10 na Billboard Hot 100, além de receber disco de platina. Também foi premiado o "Melhor Álbum de Hard Rock do Ano" no país.
O single "No One Like You" ficou em # 1 na Mainstream Rock, tornando-se o primeiro e único single da banda a atingir tal posição. Depois do sucesso mundial do registo, parte da turnê pelos Estados Unidos, onde tocaram com o Iron Maiden como artista convidado. Em maio de 1983 a banda foi convidada para atuar no US Festival na Califórnia, juntamente com as bandas Quiet Riot, Judas Priest, Van Halen, Triumph e Ozzy Osbourne, com mais de 325.000 pessoas. Com este álbum começam dois anos de sucesso nos maiores festivais do mundo. 

1984-1989: Love at First Sting e Savage Amusement.

O maior sucesso da banda veio em 1984, com o LP Love at First Sting, que ganhou platina tripla nos EUA, além de contém alguns de seus maiores sucessos, como "Rock You Like a Hurricane", uma canção que ficaria 26 semanas na Billboard Hot 100 e da revista Rolling Stone. Também se destaca a canção "Still Loving You"expoente fundamental do estilo de balada que só na França vendeu 1.700.000 cópias, conseguindo certificação de platina poucos dias após o seu lançamento no país. Outras músicas, como "Bad Boys Running Wild" e " Big City Nights " tiveram boa recepção dos fãs, transformando-as em clássicos do heavy metal e hard rock. Também durante este período os discos Animal Magnetism, Blackout e Love at First Sting ficavam no topo das tabelas de todo o mundo. 

Após o lançamento do álbum, eles partem em turnê promovendo o álbum por pouco mais de três anos que o levaram ao redor do mundo e transformou-se em uma das turnês mais bem-sucedidas e contou com artistas convidados, como Bon Jovi e Fastway na América do Norte e Joan Jett na Europa. Nesta turnê, a banda stocou três noites consecutivas no Madison Square Garden, em Nova York, sendo a primeira banda alemã a realizar essa proeza, com mais de 60.000 pessoas no total. Também enche as três noites consecutivas o "Verizon" Rosemont em Rosemont, Chicago e é também a única banda a fazer isso. 

Em 1985, o Scorpions visita pela primeira vez o Brasil, no intuito de participar do festival Rock in Rio, ao lado de bandas como AC/DC, Whitesnake, Iron Maiden, Queen e Ozzy Osbourne. Foi a dessa turnê que rendeu o segundo álbum ao vivo do Scorpions, o World Wide Live, cujo o repertório foi todo baseado nos quatro últimos álbuns de estúdio da banda na época, e foi lançado em 1985. Este material ficou 52 semanas nas paradas de todo o mundo, e logo depois a banda faz uma pausa de dois meses. Entre o intervalo em 1987 , liderando um festival na capital húngara, Budapeste, entrando primeira vez no bloco comunista. 

Mais tarde, em 1988 foi lançado Savage Amusement, o último álbum produzido por Dieter Dierks, e ficou em primeiro lugar na Europa e quinto no EUA. Este álbum conseguiu um verdadeiro sucesso com a música "Rhythm of Love", que ficou em #6 na Mainstream Rock Tracks. Durante a turnê, a banda visita a União Soviética, sendo o primeiro grupo na história do rock a entrar neste país, ainda dominado pelo regime comunista. Essa turnê originalmente continha 10 apresentações em São Petersburgo e em mais 8 na URSS, este último sendo forçado a ser cancelado pelas autoridades comunistas depois da euforia da juventude soviética. Mas os dez shows foram um sucesso em San Petersburgo, na qual tocaram perante 350.000 fãs. A banda lançou um vídeo chamado To Russia With Love , que foi capturado na história destes concertos. 

Uma vez que as barreiras quebradas por Scorpions em 1989, a banda convidou vários grupos para organizar em conjunto com as autoridades comunistas, um festival para a paz na URSS , o Moscow Music Peace Festival, em que tocaram Ozzy Osbourne, Bon Jovi, Skid Row, Mötley Crüe, Cinderella, entre outros que aparecem no Estádio antes de 260.000 pessoas. Em sua estadia na União Soviética, Klaus se inspirou para compor um dos maiores sucessos da banda: "Wind of Change", escrita em setembro, dois meses antes da queda do Muro de Berlim. 

1990-1992: Crazy World.

No início da nova década, gravam Crazy World, álbum co - produzido com Keith Olsen, em Los Angeles, Califórnia e lançado no final de 1990. Este trabalho demonstrou um hard rock dos anos 80, mas com um som evoluído e melhorado. Até agora foi o álbum mais bem sucedido da banda, sendo platina dupla nos EUA. 

Neste álbum, inclui "Wind of Change", inspirada nas mudanças político-sociais ocorridas no Leste Europeu e também no fim da Guerra Fria, conseguindo ficar em primeiro lugar em onze países e foi premiada com o Prêmio ASCAP em 1992, sendo a canção mais tocada no mundo em 1991, ano de seu lançamento como single. Também ganhou disco de ouro nos Estados Unidos ao vender mais de 500.000 copias. Até 2009, as vendas desse single em todo mundo foi em mais de 14 milhões. Outras canções que se destacam no disco são "Send Me an Angel" e a "Hit Between the Eyes", esta última virou tema do filme Freejack, estrelado pelo cantor Mick Jagger. Após o sucesso do álbum e, especialmente, de "Wind of Change", em 1991, são convidados por um fã de destaque, Mikhail Gorbachev, líder soviético na época, para tocar a canção na praça do Kremlin, sendo um evento único na história da ex-URSS e também da história do rock. 

Em 21 de julho de 1990 foram convidados a participar no espetáculo do ex Pink Floyd Roger Waters, "The Wall", tocando a música de abertura "In the Flesh?" que foi gravado no disco The Wall Live in Berlin. Em 1992 a banda ganhou o "World Music Award" para a "banda mais bem sucedida da Alemanha." Mas depois de tanto sucesso e depois da turnê a banda sofreu a saída de um dos seus baixistas mais importantes, Francis Buchholz por razões pessoais. Em seu lugar vem o também alemão Ralph Rieckermann por recomendação do baterista Herman Rerebell. 

1993-1999: Face the Heat, Pure Instinct e Eye II Eye.

Em 1993 a banda lançou Face the Heat, co-produzido por Bruce Fairbairn, e foi considerado um dos mais pesados ​​álbuns Scorpions, não só nesta década, mas em sua história. Seguindo causas políticas e sociais, o Scorpions posteriormente lançou White Dove, uma canção destinada a apoiar a Unicef​​, em prol dos refugiados da guerra civil na Ruanda. Depois da turnê, voltaram a receber o prêmio World Music Award em 1994 . Durante aquele mesmo ano, a banda foi convidada por Priscilla Presley, Lisa Marie Presley e Michael Jackson para participar do show comemorativo em memória de Elvis Presley em Memphis, Tennessee tocando a música "His Latest Flame". 

Após uma pausa de alguns meses, a banda lança o terceiro álbum ao vivo, Live Bites em 1995, que obteve pouca recepção popular, provavelmente por causa do aumento do grunge. No ano seguinte, o baterista Herman Rarebell sai da banda por motivos pessoais. Durante o mesmo período a banda retorna ao estúdio e gravou Pure Instinct com o baterista de sessão Curt Cress. O que era muito claro nesta gravação, a banda entrou num período de experimentação que aparentemente fez muito bem, mas não agradável para os seus fãs ao redor do mundo, uma vez que não foi bem recebido devido à mudança musical e não foi bem sucedido quanto suas gravações anteriores, embora houvesse discos de ouro e platina em alguns países. Durante a turnê do álbum, a banda se tornou o primeiro grupo internacional a tocar em Beirute, Líbano. Depois da partida de Herman, o gerente da banda pediu que admitissem o jovem baterista americano James Kottak, inicialmente para a turnê promocional, mas a banda o contratou como um membro ativo, tornando-se o primeiro "não - alemão" a entrar a banda. 

Em 1999 foi lançado Eye II Eye, um álbum que tem mais pop e sons eletrônicos, o que se afastou dos clássicos do Scorpions. O álbum contém a canção "To Be One Number", que foi número um mais de nove semanas consecutivas no Japão. ​​Com essa produção, como parte da turnê, foram convidados por Michael Jackson, para se apresentarem no evento beneficente Michael Jackson & Friends em Munique, Alemanha. No mesmo ano a banda foi convidada a tocar "Wind of Change", no Portão de Brandemburgo, para comemorar os 10 anos da demolição do Muro de Berlim. 

2000 e 2001: Moment of Glory e Acoustica.

Desde 1995, a Orquestra Filarmônica de Berlim estava procurando uma banda de sucesso global para criar um projeto exclusivo. A escolha recaiu sobre o da banda compatriota, a partir de meados do ano. O processo de composição e arranjos foi feito pela banda e pelo maestro austríaco Christian Kolonovits. O projeto teve foi lançada na EXPO 2000 em Hannover, e no ano de 2000 foi lançado o álbum Moment of Glory, com os quais eles voltam para colher um grande sucesso, ganhando discos de ouro e platina na Europa, especialmente na Espanha e Portugal. Este disco inclui versões para "Rock You Like a Hurricane", " Wind Of Change "," Send Me an Angel ", entre outros. 

No ano seguinte, em 2001, o projeto aparece o projeto Acoustica gravado no edifício Convento do Beato, na cidade de Lisboa, Portugal em fevereiro. Os arranjos foram feitos por Kolonovits e a banda e incluiu novas músicas e versões de outras bandas. 

2002-2009: Unbreakable e Humanidade: Hour I.

Em 2002 a banda começou a turnê "Scorpions World Tour 2002" com Deep Purple e Dio para promover o álbum Bad For Good: The Very Best of Scorpions em que inclui duas novas faixas, "Bad For Good"'e "Cause I Love You". Dentro desta turnê, pela primeira vez tocou nas cidades do vale do Volga e em outros lugares, incluindo a remota cidade de Vladivostok na Rússia. Já em 2003 começou uma nova turnê chamada "Scorpions World Tour 2003" com Whitesnake e Dokken pelo Estados Unidos e tocaram no aniversário de Moscou. 

Em 2004 Ralph Rieckermann, baixista, deixa a banda e é substituído por Paweł Mąciwoda. Após a inclusão do baixista polonês, a banda retorna ao estúdio para gravar Unbreakable, um álbum com o retorno ao som clássico da banda e com a qual eles celebram seus 35 anos de carreira, com uma extensa turnê ao redor do mundo, no qual um show foi incluído no DVD One Night in Vienna. Em 2006 são convidados a participar no festival Wacken Open Air, evento que fez uma verdadeira viagem através do tempo, no qual tocaram no mesmo palco de Uli Jon Roth, Michael Schenker e Herman Rarebell. 

Em 2007 foi lançado Humanity Hour I, o primeiro álbum conceitual da banda e refere-se a humanidade e suas complicações terrestres como tema principal. Esse registro deixa claro que os alemães tornaram-se como nos velhos tempos, com uma extensa turnê de um pouco mais de três anos chamada de "Humanity World Tour". Este tópico é editado no DVD "Amazônia: Live in the Jungle", gravado em Manaus, Brasil, em conjunto com o Greenpeace para enviar uma mensagem ao mundo para proteger a floresta amazônica. 

2010-Atualmente.

Em 24 de janeiro de 2010 a banda informou aos fãs através de seu site que iriam fazer uma Mundal turnê Get Your Sting and Blackout World Tour, que dura até 2013 e seria a última da banda: 

Queremos um fim para a história do Scorpions com a voz alta. Estamos gratos pelo fato de que ainda temos a mesma paixão pela música que sempre tivemos desde o início. É por isso que, especialmente agora que estamos de acordo que chegamos ao fim da estrada. Queremos que vocês, os fãs, seja o primeiro a saber isso. Obrigado pelo apoio constante ao longo dos anos. Vamos ver vocês na turnê. 

Seu último álbum, Sting in the Tail foi lançado em março de 2010 dele foi extraído os singles do álbum "Sting in the Tail", a canção que abre o álbum "Raised On Rock" e "The Good Die Young", com a participação da vocalista Tarja Turunen. 

Em 2011 a banda anunciou a segunda parte da turnê , que irá mantê-los nos grandes estádios e arenas até 2013. Esta turnê recebeu grandes convidados especiais, como Ratt, Cinderella, Vince Neil, Dokken, Queensryche e Tesla, entre outros. Em meados de 2011 , o grupo propôs vários projetos de despedida, incluindo as regravações e covers lançados em "Comeblack", lançado em novembro do mesmo ano. A banda também lançou em 2011 somente através Media Markt o "Live 2011: Get Your Sting and Blackout", no formatos DVD, Blu-Ray e 3D, sendo uma das primeiras bandas de rock a lançar no último formato. 

Nos dias 11, 12, e 14 de setembro de 2013, os Scorpions realizaram três concertos sob o título "MTV Unplugged" no Teatro Lycabettus em Atenas. Este foi o primeiro álbum da série MTV Unplugged a ser gravado em local aberto. Além dos clássicos, muitas canções foram tocadas ao vivo pela primeira vez como: Born to Touch Your Feelings e When You Came into My Life. A banda apresentou cinco músicas inéditas (Dancing With the Moonlight, Love is The Answer, Delicate Dance, Follow Your Heart e Rock 'n' Roll Band). Os convidados especiais foram: Morten Harket, Johannes Strate (Revolverheld) e a cantora grega Cäthe. Em 06 de novembro de 2013 eles anunciam mais quatro concertos MTV Unplugged na Alemanha em 2014. Em dezembro de 2013, em uma entrevista no programa de rádio Rock Show na Grécia, Klaus Meine disse que não tem certeza se o álbum que conterá canções inéditas gravadas para os álbuns Blackout, Love at First Sting, Savage Amusement e Crazy World será lançado em 2014 ou posteriormente. 

Em 2014 os Scorpions são indicados a dois prêmios Echo ("o Grammy europeu") por seu MTV Unplugged. 

Censura em capas de álbuns.

Durante a longa história da banda, diversos de seus álbuns foram censurados devido a suas capas. O primeiro trabalho que foi censurado é a capa de In Trance de 1975, que mostra uma mulher com os seios descobertos, e foi considerado pelo mercado dos EUA como indecente. Esta teve de ser alterada para edições posteriores, na qual cobrem o peito com sombras. A capa do álbum Taken by Force de 1977 também teve problemas, por aparecer duas crianças com armas em um cemitério militar, e foi considerado um insulto pelos franceses e foi substituída por uma capa com o grupo em fundo negro. A lista continua com os discos Lovedrive, Animal Magnetism, Love at First Sting, The Best of Scorpions, Pure Instinct, entre outras. 

A mais lembrada foi a capa do álbum de 1976, Virgin Killer, que foi proibido em vários países, principalmente pelos comerciantes da época que forçaram o grupo a muda - lá. Ela exibe uma criança nua, de mais ou menos dez anos, com um efeito de um vidro quebrado sobre as genitais, mas com os seios descobertos e foi criticado por seu conteúdo indecente e até mesmo considerado pornográfico. Ela foi mudada em edições posteriores por uma fotografia da banda. Mas a controvérsia mais recente se deu com a própria wikipédia em inglês, quando a Internet Watch Foundation incluiu a versão inglesa do artigo sob vigilância por conta da imagem ser considerada ofensiva em 5 de dezembro de 2008 e retirando a página do ar. Mas 48 horas o bloqueio foi removido e ocorreu o oposto, a palavra Scorpions aumentou consideravelmente nos motores de busca da Internet, por sua vez aumentar a publicidade do disco. 

Influências.

A banda foi influenciada por grupos de rock de meados da década de 60 e início dos anos 70 como Black Sabbath, Deep Purple, Led Zeppelin Cream, Golden Earring, Jimi Hendrix, Uriah Heep, entre outras. Além disso, em 2011 foi lançado o álbum "Comeblack" um álbum de covers feitos pela banda, onde os fãs podiam conhecer grupos preferidos do Scorpions quando eram jovens, como The Beatles, The Rolling Stones, Small Faces, The Kinks e T.Rex.
Legado. 

O Scorpions têm influenciado muitas bandas, sendo um dos grupos mais influentes no rock. É a única banda da Alemanha que influenciou o metal e a cena glam e hard rock dos anos oitenta, principalmente as bandas Cinderella, "Dokken", Skid Row, Hanoi Rocks, Mötley Crüe, "Bon Jovi", W.A.S.P., L.A. Guns, Tesla, Yngwie Malmsteen, Ratt, Dio e Spinal Tap. 

Também são influentes do movimento New Wave Of British Heavy Metal do final dos anos setenta e inicio dos oitenta, principalmente para os seus maiores expoentes como Def Leppard, Motörhead, Iron Maiden e Saxon. Outras bandas de hard rock e heavy metal que já reconheceram a influência do Scorpions são Sturm und Drang, The Darkness, Fozzy. A banda também tem influenciado bandas do power metal, como Grave Digger e do thrash metal como Metallica e Sodom. 

O Scorpions já vendeu cerca de 160 milhões de cópias, o que os torna a maior banda de rock na Alemanha e na Europa Continental. Iniciaram o caminho para outras bandas alemãs como Rammstein, Edguy, Helloween e Accept, que têm reconhecido o esforço e trabalho do Scorpions por exaltar o rock "Made in Germany". 

Foram considerados pioneiros do grupo de hard rock e um dos maiores especialistas no desenvolvimento de heavy metal durante os anos setenta e oitenta. Suas canções foram tocadas por outras bandas e artistas do rock, como Bon Jovi, System of a Down, Rob Halford, Bruce Dickinson, Exodus, entre outros. Também foi feito um tributo aos Scorpions com bandas como Sonata Arctica, Helloween, Tankard, Therion, Stratovarius e Sinergy. Outro artista que reconheceu a influência da banda e seu fanatismo para isso é o ex-guitarrista do Dokken, George Lynch que, junto com alguns vocalistas do glam metal dos anos oitenta, como Kevin DuBrow, John Corabi, Kelly Hansen, Paul Shortino, entre outros realizaram o álbum tributo Scorpion Tales, em 2008. 

Algumas das músicas da banda tem sido incluídas em listas de "Greatest Hits", como a revista Billboard em sua lista dos "Top 100 hits hard rock", colocando "Still Loving You", "Rock You Like a Hurricane", "Rhythm of Love" e "No One Like You". O canal de televisão VH1 classificou "Rock You Like a Hurricane" em décimo oitavo na lista dos "100 melhores músicas de hard rock". A música "Wind of Change" foi a balada de maior sucesso na Alemanha e ficou 55 semanas consecutivas nas paradas naquele país, com 11 delas em primeiro. 

Em 2009 estimava-se que agregando os álbuns de estúdio, compilações e singles da banda ficaram um total de 3147 semanas nas paradas em mais de 30 países. Texto: Wikipédia. Site Oficial. 

Integrantes.

Atuais.

Rudolf Schenker (Guitarra Rítmica, Backing Vocals, desde 1965)
Klaus Meine (Vocais, Desde 1970)
Matthias Jabs (Guitarra Solo, Backing Vocals (1978, desde 1979)
James Kottak (Bateria, Percussão, Backing Vocals, desde 1996)
Pawel Maciwoda (Baixo, Backing Vocals, (desde 2004)
 

Ex-Integrantes.

Lothar Heimberg (Baixo, Backing Vocals, 1965-1973)
Wolfgang Dziony (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1965-1973)
Karl-Heinz Vollmer (Guitarra Solo e Rítmica, Backing Vocals, 1965-1970)
Michael Schenker (Guitarra Solo e Rítmica, Backing Vocals, 1970-1973, 1978-1979)
Francis Buchholz (Baixo, Backing Vocals, 1973-1983, 1984-1992)
Uli Jon Roth (Guitarras, Backing Vocals, Vocais principais em algumas musicas, 1973-1978)
Jürgen Rosenthal (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1973-1975)
Achim Kirschning (Teclado, 1973-1974)
Rudy Lenners (Bateria, Percussão, 1975-1977)
Joe Wyman (Bateria, Percussão, 1977)
Herman Rarebell (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1977-1983, 1984-1995)
Ralph Rieckermann (Baixo, Backing Vocals, 1993-2000, 2000-2003)
Curt Cress (Bateria, Percussão, 1996)
Ken Taylor (Baixo, Backing Vocals, 2000)
Ingo Powitzer (Baixo, Backing Vocals, 2004)
 

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Bitrate: 192Kbps.

Álbuns.

Lonesome Crow (1972)
 
01. I’m Going Mad
02. It All Depends
03. Leave Me
04. In Search Of The Peace Of Mind
05. Inheritance
06. Action
07. Lonesome Crow


Fly To The Rainbow (1974)
 
01. Speedy’s Coming
02. They Need A Million
03. Drifting Sun
04. Fly People Fly
05. This Is My Song
06. Far Away
07. Fly to the Rainbow
 


In Trance (1975)
 
01. Dark Lady
02. In Trance
03. Life’s Like A River
04. Top Of The Bill
05. Living & Dying
06. Robot Man
07. Evening Wind
08. Sun In My Hand
09. Longing For Fire
10. Night Lights (Instrumental)


Virgin Killer (1976)
 
01. Pictured Life
02. Catch Your Train
03. In Your Park
04. Backstage Queen
05. Virgin Killer
06. Hell Cat
07. Crying Days
08. Polar Nights
09. Yellow Raven


Taken By Force (1977)
 
01. Steamrock Fever
02. We’ll Burn the Sky
03. I’ve Got to Be Free
04. Riot of Your Time
05. Sails of Charon
06. Your Light
07. He’s a Woman, She’s a Man
08. Born to Touch Your Feelings


Tokyo Tapes (Live 1978)
 
CD 1.

01. All Night Long
02. Pictured Life
03. Backstage Queen
04. Polar Nights
05. In Trance
06. We’ll Burn The Sky
07. Suspender Love
08. In Search Of The Peace Of Mind
09. Fly To The Rainbow

CD 2.

01. He’s A Woman, She’s A Man
02. Speedy’s Coming
03. Top Of The Bill
04. Hound Dog
05. Long Tall Sally
06. Steamrock Fever
07. Dark Lady
08. (Kojo No Tsuki)
09. Robot Man


Lovedrive (1979)
 
01. Loving You Sunday Morning
02. Another Piece of Meat
03. Always Somewhere
04. Coast to Coast
05. Can’t Get Enough
06. Is There Anybody There?
07. Lovedrive
08. Holiday
 

Link.

Best Of Scorpions (1979)
 
01. Steamrock Fever
02. Pictured Life
03. Robot Man
04. Backstage Queen
05. Speedy's Coming
06. Hell Cat
07. He's a Woman, She's a Man
08. In Trance
09. Dark Lady
10. Sails of Charon
11. Virgin Killer

Link.

Animal Magnetism (1980)
 
01. Make It Real
02. Don’t Make No Promises (Your Body Can’t Keep)
03. Hold Me Tight
04. Twentieth Century Man
05. Lady Starlight
06. Falling in Love
07. Only a Man
08. The Zoo
09. Animal Magnetism
10. Hey You (Rare Single)


Blackout (1982)
 
01. Blackout
02. Can’t Live Without You
03. No One Like You
04. You Give Me All I Need
05. Now!
06. Dynamite
07. Arizona
08. China White
09. When the Smoke Is Going Down
 


Love At First Sting (1984)
 
01. Bad Boys Running Wild
02. Rock You Like a Hurricane
03. I’m Leaving You
04. Coming Home
05. The Same Thrill
06. Big City Nights
07. As Soon as the Good Times Roll
08. Crossfire
09. Still Loving You
 


World Wide Live (1985)
 
01. Countdown
02. Coming Home
03. Blackout
04. Bad Boys Running Wild
05. Loving You Sunday Morning
06. Make It Real
07. Big City Nights
08. Coast to Coast
09. Holiday
10. Still Loving You
11. Rock You Like a Hurricane
12. Can't Live Without You
13. Another Piece of Meat
14. Dynamite
15. The Zoo
16. No One Like You
17. Can't Get Enough (Part 1)
18. Six String Sting
19. Can't Get Enough (Part 2)


Savage Amusement (1988)
 
01. Don’t Stop at the Top
02. Rhythm of Love
03. Passion Rules the Game
04. Media Overkill
05. Walking on the Edge
06. We Let It Rock…You Let It Roll
07. Every Minute Every Day
08. Love on the Run
09. Believe in Love
 

Link.

Crazy World (1990)
 
01. Tease Me Please Me
02. Don’t Believe Her
03. To Be With You in Heaven
04. Wind of Change
05. Restless Nights
06. Lust or Love
07. Kicks After Six
08. Hit Between the Eyes
09. Money and Fame
10. Crazy World
11. Send Me an Angel
 

Link.

Face The Heat (1993)
 
01. Alien Nation
02. No Pain, No Gain
03. Someone to Touch
04. Under the Same Sun
05. Unholy Alliance
06. Woman
07. Hate to Be Nice
08. Taxman Woman
09. Ship of Fools
10. Nightmare Avenue
11. Lonely Nights
12. Destin
13. Daddy’s Girl


Live Bites (1995)
 
01. Tease Me, Please Me
02. Is There Anybody There?
03. Rhythm of Love
04. In Trance
05. No Pain No Gain
06. When the Smoke is Going Down
07. Ave Maria no Morro
08. Living For Tomorrow
09. Concerto in V
10. Alien Nation
11. Hit Between the Eyes
12. Crazy World
13. Wind of Change
 
(Previously Unreleased Studio Tracks)
14. Heroes Don't Cry
15. White Dove
 


Pure Instinct (1996)
 
01. Wild Child
02. But The Best For You
03. Does Anyone Know
04. Stone In My Shoe
05. Soul Behind The Face
06. Oh Girl (I Wanna Be With You)
07. When You Came Into My Life
08. Where The River Flows
09. Time Will Call Your Name
10. You And I
11. Are You The One?
 


Eye II Eye (1999)
 
01. Mysterious
02. To Be No. 1
03. Obsession
04. 10 Light Years Away
05. Mind Like a Tree
06. Eye to Eye
07. What U Give U Get Back
08. Skywriter
09. Yellow Butterfly
10. Freshly Squeezed
11. Priscilla
12. Du Bist So Schmutzig
13. Aleyah
14. A Moment in a Million Years
15. You And I (Butcher Radio Remix)


Moment Of Glory (2000)
 
01. Hurricane 2000
02. Moment Of Glory
03. Send Me An Angel
04. Wind Of Change
05. Crossfire (Instrumental)
06. Deadly Sting Suite (Instrumental)
07. Here In My Heart
08. Still Loving You
09. Big City Nights
10. Lady Starlight


Acoustica (2001)
 
01. Loving You Sunday Morning
02. Is There Anybody There
03. The Zoo
04. Always Somewhere
05. Life Is Too Short
06. Holiday
07. You & I
08. When Love Kills Love
09. Tease Me, Please Me
10. Dust In The Wind
11. Send Me An Angel
12. Under The Same Sun
13. Rhythm Of Love
14. Back To You
15. Catch Your Train
16. I Wanted To Cry (But The Tears Wouldn't Come)
17. Hurricane 2001
18. Wind Of Change
19. Love Of My Life
20. Drive
21. Still Loving You


A Savage Crazy World (DVD Rip 2002)
 
01. Bad Boys Running Wild
02. Hit Between The Eyes
03. I Can't Explain
04. The Zoo
05. Rhythm Of Love
06. Crazy World
07. Can't Live Without You
08. Blackout
09. Dynamite
10. Lust Or Love
11. Big City Nights
12. Rock You Like A Hurricane
13. Rhythm Of Love (Uncensored Version)
14. Believe In Love (Russian Version)
15. Walking On The Edge (Russian Version)
16. Rock You Like A Hurricane (Russian Version + Original Version)
17. Still Loving You
18. Passion Rules The Game (Uncensored Version)
19. Tease Me Please Me
20. Don't Believe Her
21. Send Me An Angel
22. Wind Of Change
23. Alien Nation
24. Holiday
25. No One Like You
26. I'm Leaving You
27. Big City Nights
28. No One Like You (Alternative Version)


Unbreakable (2004)
 
01. New Generation
02. Love ‘Em or Leave ‘Em
03. Deep and Dark
04. Borderline
05. Blood Too Hot
06. Maybe I Maybe You
07. Someday Is Now
08. My City My Town
09. Through My Eyes
10. Can You Feel It
11. This Time
12. She Said
13. Remember the Good Times (Retro Garage Mix)
Bonus Tracks.
14. Dreamer
15. Too Far
 


Unbreakable: One Night In Vienna (DVD Rip 2005)
 
01. New Generation
02. Love 'em or Leave 'em
03. Bad Boys Running Wild
04. The Zoo
05. Deep and Dark
06. Coast to Coast
07. Holiday
08. Through My Eyes
09. Blackout
10. Blood Too Hot
11. Big City Nights
12. Still Loving You
13. Wind of Change
14. Rock You Like a Hurricane
15. Credits
16. Remember The Good Times


The Platinum Collection (2005)
 
CD 1.

01. In Trance
02. Crying Days
03. Pictured Life
04. He's A Woman - She's A Man
05. Coast To Coast
06. Lovedrive
07. Is There Anybody There?
08. Holiday
09. Another Piece Of Meat
10. Make It Real
11. The Zoo
12. Hey You
13. Blackout
14. Can't Live Without You
15. Now!
16. Dynamite

CD 2.

01. No One Like You
02. Bad Boys Running Wild
03. Still Loving You
04. Big City Nights
05. Rock You Like A Hurricane
06. Coming Home
07. Rhythm Of Love
08. Believe In Love
09. Passion Rules The Game
10. Can't Explain
11. Living For Tomorrow
12. Wind Of Change
13. Send Me An Angel
14. Alien Nation
15. No Pain No Gain
16. Under The Same Sun

CD 3.

01. You And I
02. Does Anyone Know
03. Wild Child
04. Where The River Flows
05. Edge Of Time
06. When You Came Into My Life
07. A Moment In A Million Years
08. 10 Light Years Away
09. Eye To Eye
10. Mysterious
11. Aleyah
12. Moment Of Glory
13. Here In My Heart
14. When Love Kills Love
15. Deep And Dark
16. Remember The Good Times


Live At Wacken Open Air 2006 (DVD Rip 2007)
 
01. Intro
02. Coming Home
03. Bad Boys Running Wild
04. The Zoo
05. Loving You Sunday Morning
06. Make it Real
07. Pictured Life
08. Speedy's Coming
09. We'll Burn the Sky
10. Love 'em or Leave 'em
11. Don't Believe Her
12. Tease Me Please Me
13. Coast to Coast
14. Holiday
15. Lovedrive
16. Another Piece of Meat
17. Kottak Attack
18. Blackout
19. No One Like You
20. Six String Sting
21. Big City Nights
22. Can't Get Enough
23. Still Loving You
24. In Trance
25. Bolero
26. Ready to Sting (Appearance of the Scorpion)
27. Rock You Like a Hurricane
 

Link.

Humanity Hour I (2007)
 
01. Hour I
02. The Game Of Life
03. We Were Born To Fly
04. The Future Never Dies
05. You’re Lovin’ Me To Death
06. 321
07. Love Will Keep Us Alive
08. We Will Rise Again
09. Your Last Song
10. Love Is War
11. The Cross
12. Humanity
 
Bonus Tracks.
13. Cold
14. Love Will Keep Us Alive (Radio Edit)


Taken B-Side (Coletânea 2009)
 
CD 1.

01. Cold
02. I Can’t Explain
03. Dreamer
04. Too Far
05. Edge Of Time
06. Heroes Don’t Cry
07. You And I (Butcher Radio Remix)
08. She’s Knocking At My Door
09. Alex Julie’s Love Theme
10. Daddy’s Girl
11. Ave Maria No Morro
12. Partners In Crime
13. You And I (Special Single Mix)
14. Kami O Shin Jiru
15. Rhythm Of Love (Acoustic)
16. Humanity (Radio Edit Incl.Orchestra)
17. White Dove
18. Wind Of Change (Russian Version)
19. You Are The Champion

CD 2.

01. Cause I Love You
02. Rubber Fucker
03. Kiss Of Borrowed Time
04. Bad For Good
05. When Love Kills Love (Studio Version)
06. Hey You
07. Over The Top
08. Wind Of Change (Spanish Version)
09. Life Goes’ Round
10. His Latest Flame
11. Miracle
12. Mind Power
13. Love Is Blind
14. Start Me Up
15. When You Came Into My Life (New Version)
16. Back To U
17. Fuchs Geh Voran
18. Bis Wohin Reicht Mein Leben


Amazonia: Live In The Jungle (DVD Rip 2009)
 
(Concert Recife)
01. Hour I
02. Coming Home
03. Bad Boys Running Wild
04. No Pain No Gain
05. Always Somewhere
06. Holiday
07. Dust In The Wind
08. Wind Of Change
09. 321
10. Blackout
11. Big City Nights
12. Still Loving You
13. Rock You Like A Hurricane 
(Concert Manaus)
14. Hour I
15. Love Em Or Leave Em
16. Make It Real
17. Tease Me, Please Me
18. Humanity


Sting In The Tail (2010)
 
01. Raised On Rock
02. Sting In The Tail
03. Slave Me
04. The Good Die Young
05. No Limit
06. Rock Zone
07. Lorelei
08. Turn You On
09. Let's Rock!
10. SLY
11. Spirit Of Rock
12. The Best Is Yet To Come
 
Bonus Tracks.
13. Dreamers
14. Too Far
15. Miracle
16. The Good Die Young
17. Thunder and Lightning


Comeblack (2011)
 
01. Rhythm Of Love
02. No One Like You
03. The Zoo
04. Rock You Like A Hurricane
05. Blackout
06. Wind Of Change
07. Still Loving You
08. Tainted Love
09. Children Of The Revolution
10. Across The Universe
11. Tin Soldier
12. All Day And All Of The Night
13. Ruby Tuesday
14. Big City Nights
15. Still Loving You - Je T'aime Encore
16. Shapes Of Things
 

Link.

Get Your Sting And Blackout (2011)
 
CD 1.

01. Ladies and Gentlemen
02. Sting in the Tail
03. Make It Real
04. Bad Boys Running Wild
05. The Zoo
06. Loving You Sunday Morning
07. The Best Is Yet to Come
08. Send Me an Angel
09. Holiday
10. Tease Me, Please Me
11. Kottak Attack
 

CD 2.

01. Blackout
02. Six String Sting
03. Big City Nights
04. Still Loving You
05. Wind of Change
06. Rock You Like a Hurricane
07. When the Smoke Is Going Down

Link.

MTV Unplugged: In Athens (2013)
 
CD 1.

01. Sting In The Tail
02. Can’t Live Without You
03. Pictured Life
04. Speedy’s Coming
05. Born To Touch Your Feelings
06. The Best Is Yet To Come
07. Dancing With The Moonlight (New Music)
08. In Trance
09. When You Came Into My Life
10. Delicate Dance (Matthias Solo)
11. Love Is The Answer (Rudolf Solo)
12. Follow Your Heart (Klaus Solo)

CD 2.

01. Send Me An Angel
02. Where The River Flows
03. Passion Rules The Game
04. Rock You Like A Hurricane (Scorpions With Johannes Strate)
05. Hit Between The Eyes
06. Rock ‘N’ Roll Band
07. Blackout
08. Still Loving You
09. Big City Nights
10. Wind Of Change (Scorpions With Morten Harket)
11. No One Like You
12. When The Smoke Is Going Down
13. Where The River Flows (Scorpions Feat. Ina Muller)

Link.

Return To Forever (2015)
 
01. Going Out With A Bang
02. We Built This House
03. Rock My Car
04. House Of Cards
05. All For One
06. Rock 'N' Roll Band
07. Catch Your Luck And Play
08. Rollin' Home
09. Hard Rockin' The Place
10. Eye Of The Storm
11. The Scratch
12. Gypsy Life

Bonus Tracks.
13. The World We Used To Know
14. Dancing With The Moonlight
15. When The Truth Is A Lie
16. Who We Are


Link.

50th Anniversary Deluxe Collection (Box Set 2015)
 

1977: Taken By Force.
 
01. Steamrock Fever
02. We'll Burn The Sky
03. I've Got To Be Free
04. The Riot Of Your Time
05. The Sails Of Charon
06. Your Light
07. He's A Woman - She's A Man
08. Born To Touch Your Feelings
09. Suspender Love
10. Busy Guys (Unreleased...)
11. Believe In Love (Unreleased...)
12. Midnight Blues Jam (Unreleased...)
13. Blue Dream (Unfinished Instrumental Vesion)
14. Born To Tuch Your Feelings (Unreleased...)
 

1978: Tokyo Tapes.
 
01. All Night Long
02. Pictured Life
03. Backstage Queen
04. Polar Nights
05. In Trance
06. We'll Burn The Sky
07. Suspender Love
08. In Search Of The Peace Of Mind
09. Fly To The Rainbow
10. He's A Woman - She's A Man
11. Speedy's Coming
12. Top Of The Bill
13. Hound Dog
14. Long Tall Sally
15. Steamrock Fever
16. Dark Lady
17. Kjo No Tsuki
18. Robot Man
19. Hell Cat (Unreleased...) (Live Japan 78)
20. Catch Your Train (Unreleased...) (Live Japan 78)
21. Kimi Ga Yo (Unreleased...) (Japanese Hymn Live Japan 78)
22. Polar Nights (Unreleased...) (Live Japan 78)
23. He's A Woman She's A Man (Unreleased...) (Live Japan 79)
24. Top Of The Bill (Unreleased...) (Live Japan 78)
25. Robot Man (Unreleased...) (Live Japan 78)

1979: Lovedrive.
 
01. Loving You Sunday Morning
02. Another Piece Of Meat
03. Always Somewhere
04. Coast To Coast
05. Can't Stop Get Enough
06. Is There Anybody There
07. Lovedrive
08. Holiday
09. Cause I Love You (Unreleased...)
10. Holiday (Unreleased...)

1980: Animal Magnetism.
 
01. Make It Real
02. Don't Make No Promises (Your Body Can't Keep)
03. Hold Me Tight
04. Twentieth Century Man
05. Lady Starlight
06. Falling In Love
07. Only A Man
08. The Zoo
09. Animal Magnetisim
10. Hey You (Vocals By Rudolf Schneker)
11. Animal Magnetism (Unreleased...)
12. American Girls (Unreleased...)
13. Get Your Love (Unreleased...) (Heroes Don't Cry)
14. Restless Man (Unreleased...) (Twentieth Century Man)
15. All Night Long (Unreleased...)

1982: Blackout.
 
01. Blackout
02. Can't Live Without You
03. No One Like You
04. You Give Me All I Need
05. Now!
06. Dynamite
07. Arizona
08. China White
09. When The Smoke Is Going Down
10. Blackout (Unreleased...)
11. Running For The Plane (Unreleased...)
12. Sugar Man (Unreleased...)
13. Searching For The Rainbow (Unreleased...)

1984: Love At First Sting.
 
01. Bad Boys Running Wild
02. Rock You Like A Hurricane
03. I'm Leaving You
04. Coming Home
05. The Same Thrill
06. Big City Nights
07. As Soon As The Good Times Roll
08. Crossfire
09. Still Loving You
10. Coming Home (Unreleased...)
11. Living At Night (Unreleased...)
12. First Sting Jam No.1 (Unreleased...)
13. Anytime (You Want It) (Unreleased...)
14. Still Loving You (Unreleased...) 

(Live At Madison Square Garden, NY 06.07.84)
 15. Countdown
16. Coming Home

17. Blackout
18. Bad Boys Running Wild
19. Loving You Sunday Morning 

20. Big City Nights
21. Coast To Coast
22. Still Loving You
23. Rock You Like A Hurricane
24. The Zoo
25. Dynamite

1985: World Wide Live.
 
01. Countdown
02. Coming Home
03. Blackout
04. Bad Boys Running Wild
05. Loving You Sunday Morning
06. Make It Real
07. Big City Nights
08. Coast To Coast
09. Holiday
10. Still Loving You
11. Rock You Like A Hurricane
12. Can't Live Without You
13. Another Piece Of Meat
14. Dynamite
15. The Zoo
16. No One Like You
17. Can't Get Enough (Part 1)
18. Six String Sting
19. Can't Get Enough (Part 2)

1988: Savage Amusement.
 
01. Don`t Stop At The Top
02. Rhythm Of Love
03. Passion Rules The Game
04. Media Overkill
05. Walking On The Edge
06. We Let It Rock...You Let It Roll
07. Every Minute Every Day
08. Love On The Run
09. Believe In Love
10. Taste Of Love (Unreleased...)
11. Edge Of Time (Unreleased...)
12. Fast And Furious (Unreleased...)
13. Dancing With The Moonlight (Unreleased...)
14. Living For Tomorrow (Unreleased...)
15. I Can't Explain

Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

65 comentários :

  1. Puxa banda incrível... Pena que são os últimos dias deles =(

    ResponderExcluir
  2. mais uma discografica de qualidade

    ResponderExcluir
  3. Banda foda d+ !

    ResponderExcluir
  4. Uma das melhores bandas dos anos 70! Muito criativa, Rock para quase todos os gostos!

    Pena que foi reconhecida em poucos países naquela época, tendo destaque mundial mais nos anos 80 e 90.

    ResponderExcluir
  5. BANDA FOOOOOOOODA! O ÚLTIMO ALBUM É PERFEITO, NA LINHA DOS CLÁSSICAS, TÃO BOM QUANTO! EXCELENTE BANDA!

    ResponderExcluir
  6. excelente banda thanks

    ResponderExcluir
  7. exelente discografia ... vlw ae e continuem com o ótimo trabalho

    ResponderExcluir
  8. Victor Gomes31/08/2011 15:13

    Obrigado Alex!
    Mais uma discografia pra coleção.
    =)

    ResponderExcluir
  9. Realmente uma excelente banda. Diria quase perfeita se não fosse o CD EYE II EYE.

    PS: No Animal Magnetism original não tem a música "Hey You". Talvez por ser diferente nos vocais (nem parece o Klaus...)

    No geral eles são excelentes músicos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, O EYE II EYE é terrivelmente o pior disco da história do rock, mas não chega a manchar definitivamente a carreira desta banda que aproximou o metal do ouvinte de AM, até nos rincões do Brasil!

      Excluir
    2. O EYE II EYE é realmente horivel,mas contem algumas musicas legais.Na musica Hey You do Animal Magnetism é o Rudolf que canta,eu acho

      Excluir
    3. Eu finalmente encontrei alguém que falasse a minha lingua. Eu estou me cobrando a anos de ouvir o EYE TO EYE com mais cuidado, deve dar pra se aproveitar alguma coisa, mas ele é definitivamente muito ruim, em relação a todo o resto... Mas com certeza isso não mancha a carreira brilhante da (pra mim) melhor banda de rock do mundo !!!!

      Excluir
    4. A unica faixa que se salva em Eye II Eye é Aleyah, um hard rock que fica bem alinhado aos clássicos antigos. De resto, nada é digno de nota. Que fique claro: o disco não é ruim. É HORRENDO, não tem como pinçar nenhuma faixa além de Aleyah. O Scorpions tem um disco que pode ser definido como vergonhoso. E este disco sem sombra de duvidas é EYE II EYE. Não serve nem para completar a coleção.

      Excluir
  10. Scorpions 70's is amazing.

    ResponderExcluir
  11. Wesley Ferraz23/10/2011 23:00

    O Scorpions é uma banda de Hard Rock completa.. possui em sua discografia musicas rápidas, musicas pesadas, musicas românticas e musicas cativantes com aqueles refrões que todo mundo canta! Valeu muro!!!

    ResponderExcluir
  12. Scorps are incredible and your fantastic blog is it too!
    Thank you very much muro,the collectors needs people like you!!!

    ResponderExcluir
  13. Provavelmente vai ter show em setembro no Brasil.

    ResponderExcluir
  14. scorpions vai acabar em 2013, infelizmente, uma banda dessas vai encerrar as atividades em 2013 segundo Klaus Meine (vocalista)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai não, o disco de 2O15 tá melhor que o de 2O1O e estão celebrando cinquenta anos em turne

      Excluir
  15. Muito bacana teu trabalho, parabéns!

    ResponderExcluir
  16. Scorpions não precisa comentário. Ótima banda! agora, excelente mesmo é esse blog com tantas discografias maravilhosas.
    Obrigado.
    Zelito

    ResponderExcluir
  17. Superb post!
    Thank you very much,you're the man brother!

    ResponderExcluir
  18. Putz... Scorpions é o fino do rock: as composições "seguem a música" com uma sensibilidade clássica e com um grau de originalidade incrível! São conterrâneos de Ludwig... phoda demais.

    ResponderExcluir
  19. Só conhecia Wind of Change do Scorpions e baixei o Comeblack ontem e meu amigo... rock de qualidade é pouco.
    Muito, mas muuito obrigado por essa e outras discografias incríveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Baixe os 3 primeiros, ai sim você vai ver o que é rock (não que os outros sejam ruins), garanto que vai querer baixar todos.

      Excluir
    2. Não só os três primeiros, mas todos anteriores aos anos 80...na minha opinião as primeiras fases da banda, com o Michael e depois o Uli Roth, foram as melhores...não que o resto seja ruim, como tu mesmo disse, mas simplesmente não parece a mesma banda

      Excluir
  20. Só para esclarecer a dúvida do amigo que citou acima sobre a música "Hey You" que originalmente seria do álbum Animal Magnetism de 1980.

    Não é o Klaus Meine nos vocais da música "Hey You" e sim do guitarrista Rudolf Schenker.

    A música "Hey You" só saiu na coletânea Best of Rockers and Ballads, que foi lançado em 1989.

    Abraços a todos

    Henrique

    ResponderExcluir
  21. Ainda bem que eles não se aposentaram...continuam firmes e fortes!!!

    ResponderExcluir
  22. Muitoo obrigada por disponibilizar discografias incriveeeis! ^^

    ResponderExcluir
  23. AMIGO VC TÁ DE PARABÉNS PELO SEU ACERVO NÃO TEM FRESCURA PARA BAIXAR VALEU MESMO AMIGO

    ResponderExcluir
  24. Esse foi o meu primeiro contato com o heavy,que previlégio iniciar com esta puta banda,awesome.

    ResponderExcluir
  25. Muro bow down again:::::bow down again:::::bow down again:::::bow down again:::::

    ResponderExcluir
  26. Obrigado!! Frequento o blog há muitos anos,sempre ao meu lado oferecendo grande matérial.Conheci muitas bandas aqui,como também baixei diversos arquivos aqui e depois comprei!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  27. obrigado adoro scorpions valeu mesmo seu site é otimo

    ResponderExcluir
  28. Simplesmente Scorpions é MUITO FODA!!! Valeu pela postagem..Esse Muro é show.

    ResponderExcluir
  29. São raras as bandas capazes de compor letras tão belas quanto Scorpions!

    ResponderExcluir
  30. valeuzao cara,eu nao conhecia o Taken B-Side II e nem o III,mas curti muito,valeu

    ResponderExcluir
  31. Obrigado pelo grande acervo de discografia disponibilizado aqui no site! Superfácil de baixar os albuns, alem disso encontrei todos os albuns que eu estava procurando, aqui. Parabens pelo site

    ResponderExcluir
  32. Seu blog é o melhor, muito obrigado pelo excelente trabalho !!!!
    Parabéns, só musica de qualidade

    ResponderExcluir
  33. VAleu aí cara,Scorpions é mto FODA!

    ResponderExcluir
  34. Muito obrigado por mais uma discografia épica.

    ResponderExcluir
  35. Jayme da Costa Maceió AL10/01/2015 07:34

    Os rapazes sãp competentes. Fizeram Álbuns Sensacionais! Não entendo o motivo de musicalmente, abandonarem SUAS RAÍZES... Todos têm seus Motivos, penso assim.Obridado Muro.

    ResponderExcluir
  36. Muito bom. Valeu...

    ResponderExcluir
  37. Return to Forever (2015) foi lançado ontem..... e o muro já disponibilizou para dowlond ......mt obg msm....... estão todos de parabéns..... obg pessoal do muro!!! :)

    ResponderExcluir
  38. Valeu galera do Muro, estava muito ansioso pelo Return To Forever, vcs são demais!

    ResponderExcluir
  39. bom trabalho , Banda de primeira .....

    ResponderExcluir
  40. Valeu Muro,otimo trabalho que vem desenvolvendo,simples e direto sem frescura para baixar os arquivos.PARABENS...Longa vida ao Muro...att...PC.

    ResponderExcluir
  41. Parabéns ao idealizador do blog, é simplesmente fantástico. Além de hiper atualizado, o Uli Jon Roth e o Scorpions lançaram discos quase juntos e em 2 semanas (eu acho) já estava aqui no site. Sou frequentador assíduo e recomendo pra todos os que conheço !! Conte com a gente pro que precisar Muro !!!!

    ResponderExcluir
  42. Olá.

    Nunca prestei muita atenção no Scorpions, porém resolvi dar uma chance e ouvir os albuns da fase clássica e, que bandaça, som pesado na dose certa e pegajoso no bom sentido, rsrs.

    Abs e parabens pelo trabalho no blog!!!

    ResponderExcluir
  43. Parabéns pelo Excelente trabalho. Esse blog é essencial nós que respiramos Rock. Obrigado pelo ótimo material disponibilizado.

    ResponderExcluir
  44. Caro Alex e galera do muro:
    Valeu mesmo pelo post do box de 50 anos dos Scorpions, Papai Noel não faria melhor!
    Muitíssimo obrigado por tanta boa música. Um excelente Natal a todos e Deus os abençoe!!!

    ResponderExcluir
  45. Louis Clark (HIGH BLUES)30/12/2015 17:28

    Uma das primeira bandas de heavy metal que curti juntamente com IRON MADEN,JUDAS PRIEST e SAXON. Infelizmente nos anos 90 bonjovizaram o som da banda,mas continua sendo uma referência. Klaus Meine é um ótimo frontman.

    ResponderExcluir
  46. Scorpions é Muito diferente, é uma banda de metal que agrada a todos, velhos ou novos ricos ou pobres metaleiros ou outras coisas por aí, nao tem comparação, Alex voce é incrivel, discubri sem querer o blog à mais ou menos 6 meses e nunca mais parei de olha-lo, nao sei se vou conseguir enviar essa mensagem...se der certo falatei mais coisa.

    ResponderExcluir
  47. Oi, sou a mesma pessoa que comentou agora pouco, sou de natal no RN, me chamo Lee Van Cleif, tenho 36 anos e conheço o rock desde os meus 7 anos de idade,to explicando isso pra todos que curtem o muro, sei que um verdadeiro rocker identifica - se com outro que conhece bem a história do velho rock n roll e ama verdadeiramente esse som, bem ,já que eu tô no scorpions só tenho prazer no som dessa banda, curto quase todas as musicas deles, ja ouvie todos os albuns de estudio só nao ainda aquele de regravações de 2011, enfim é uma das minhas bandas preferidas que pena que tem roqueiro que nao gosta, nao entendo isso, Alex voce me mostrou muita banda antiga incrivel, quando eu vi esse blog nao acreditei que era possivel baixar qualquer album daqueles, tomei um choque de alegria, muito obrigado mesmo.

    ResponderExcluir
  48. ja baixei muito obrigado ao melhor blog de rock da net

    ResponderExcluir
  49. Caro Alex e turma do muro, mais uma vez obrigado, só aqui encontro essas reliquias, trabalho excelente e ainda em 320 valeu, que JESUS os abenções, abraços.

    ResponderExcluir
  50. Alfredo Gontijo Filho10/06/2016 18:34

    Como toda banda,de Yes a Pink Floyd,de Bob Dylan a Eric Clapton,os primeiros discos são jóias,mas o tempo passa e a qualidade decaI,A INSPIRAÇÃO SOME NA FUMAÇA dos baSEADOS E OUTROS TRECOS. O Scorpions foi ótimo em seus primeiros anos. De Wind Of Change pra cá é só mela-cueca de FM. Vale pelos grandes disdcos já lançados e pelos ao vivo. Valeu,gente.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.