27 de dezembro de 2010

Dream Theater - Discografia.

Dream Theater é uma banda de metal progressivo oriunda dos Estados Unidos e formada em meados dos anos 80. Tornaram-se numa das bandas do movimento progressivo mais bem sucedidas desde o auge do rock progressivo em meados dos anos 70. 

A banda é conhecida pela qualidade técnica de cada um de seus integrantes, tendo ganhado vários prêmios por revistas especializadas. São muito respeitados por grandes nomes do rock e metal, tendo colaborado com vários outros músicos de renome. Em um exemplo famoso, John Petrucci foi nomeado como o terceiro guitarrista do G3, juntamente com Steve Vai e Joe Satriani, seguindo a trilha de guitarristas como Eric Johnson, Robert Fripp e Yngwie Malmsteen.

Dream Theater também é conhecido por sua versatilidade em estilos musicais, o que tornou possível à banda entrar em turnê com diversas bandas, que incluem Frank Zappa, Deep Purple, Emerson Lake & Palmer, Iron Maiden, Joe Satriani, Marillion, Megadeth, In Flames, Pain of Salvation, Porcupine Tree, Queensrÿche, Fear Factory, Enchant, Symphony X, Pink Floyd, Yes e Rush.

História.

O início.

A banda foi fundada em meados da década de 80 por alunos da "Berklee College of Music", em Boston. Inicialmente formado por John Petrucci (guitarra) e John Myung (baixo), que depois conheceram Mike Portnoy (bateria) e decidiram fundar uma banda. Posteriormente chamam o vocalista Chris Collins e o tecladista Kevin Moore para completarem o grupo.

Antes de se chamarem Dream Theater, sugestão do pai de Mike e nome de uma sala de espetáculos na Califórnia, eram conhecidos por Majesty. Este nome surgiu durante um concerto dos Rush, durante a sua turnê Power Windows. John Petrucci, John Myung e Mike Portnoy dormiram na rua para poderem comprar ingressos para assistir ao espetáculo e ao ouvirem a canção Bastille Day surge o comentário de que aquela música era majestosa, ficando assim o nome. Contudo, descobriu-se que já existia uma banda de jazz com o mesmo nome.

1988-1994.

A banda lançou a sua primeira demo com seis músicas, uma amostra de seu metal progressivo com referências da música clássica que influenciaria muitas bandas no futuro. Após isso eles demitem o vocalista Chris Collins, que não conseguiu se adaptar ao estilo que a banda procurava. Para substituí-lo chamaram Charlie Dominici, e com essa formação gravaram o primeiro disco da banda, intitulado When Dream and Day Unite. O disco foi bem aceito pela crítica e bem difundido nas rádios, que possibilitou um reconhecimento dos fãs e shows em pequenos clubes, sempre lotados.

Novamente, por diferenças musicais, despediram seu vocalista. Por um bom tempo não tiveram um vocalista fixo, mas mesmo assim não cessaram de compor novas músicas, nem de fazer apresentações mesmo instrumentais. As músicas instrumentais compostas dariam origem ao álbum Images and Words. Nesse período pela banda passaram no vocal John Arch, Steve Stone e Chris Cintron. Mas finalmente surgiria o vocalista ideal. Era Kevin Labrie, o vocalista da banda canadense Winter Rose. A partir de então se juntou a banda adotando o nome de James Labrie, no intuito de evitar confusões com Kevin Moore e não deixar a banda com dois Kevins e dois Johns.

Em 1992, lançaram o Images and Words e então foram convidados para abrir alguns shows do Iron Maiden. Tiveram uma excelente recepção pela MTV e estouraram as vendas de “Images and Words” no Japão, levando a banda a fazer sua primeira turnê mundial. Quando estavam gravando o terceiro disco o tecladista Kevin Moore resolveu abandonar a banda para seguir carreira solo. Sem um substituto para Kevin, terminaram as gravações de Awake (álbum que contém a faixa "The Silent Man") (900.000 CDs vendidos), que rapidamente conquistou o mercado americano e europeu. Pouco depois o lugar de Moore seria ocupado por Derek Sherinian (que havia tocado em turnês com o Kiss e Alice Cooper).

1995-1998.

Em 1995 foi lançado o EP A Change of Seasons, contendo a gigantesca faixa homônima (com seus 23:09 minutos) e ainda alguns covers ((Funeral For a Friend/Love Lies Bleeding, de Elton John, "Perfect Strangers", do Deep Purple, as fusões de The Rover, Achilles Last Stand e The Song Remains The Same, do Led Zeppelin, e de In The Flesh?, Carry On Wayard Son, Bohemian Rhapsody, Lovin Touchin, Squeezin, Cruise Control e Turn It On Again, respectivamente do Pink Floyd, Kansas, Queen, Journey, Dixie Dregs e Genesis) gravados ao vivo no Ronnie Scott's Jazz Club, em Londres.

O quarto álbum, Falling into Infinity, chegou em 1997 com músicas um pouco mais melódicas, não tão agressivas quanto Awake. O disco apresenta um Dream Theater mais focado em canções (com passagens instrumentais tradicionais ainda) e acessibilidade devido a pressão da gravadora para que a banda tivesse sucesso comercial. O tiro saiu pela culatra, embora o disco mesmo em suas canções mais acessíveis seja excelente. Na verdade, é incorreto dizer que Derek Sherinian influenciou a banda a compor canções mais comerciais, já que ele compôs as partes mais técnicas do álbum. Basta também ver os discos solo do tecladista. Devido à pressão da gravadora, Mike Portnoy quis deixar a banda, mas foi convencido a ficar, já que ainda havia a turnê do álbum a ser realizada. No entanto, conforme já mencionado trata-se de um álbum excelente. Antes de o disco sair, a banda entrou em tour, inclusive passando pelo Brasil, em 1997.

Em 1998, a banda lançou seu segundo disco ao vivo, Once In a Live Time. Um vídeo, nomeado 5 Years in a LiveTime surgiu também, com os principais momentos da banda nos últimos 5 anos. Após isso, o Dream Theater revelou que estava trocando de tecladista, alegando que com o disco ao vivo estavam encerrando uma fase de sua história e, por fim, inserindo Jordan Rudess no lugar de Derek.

1999 e a Repercussão de Scenes From a Memory.

Em Outubro de 1999, foi lançado Scenes From a Memory, um álbum descrito por Mike Portnoy como algo que ele sempre quis fazer. O álbum teve grande sucesso e repercussão.

Durante a turnê mundial a banda gravou, em Nova York, um DVD contando com uma super-produção, com direito a corais, convidados e telão. O show, de três horas e meia, seria lançado com um CD triplo. A data do lançamento, infelizmente, coincidiu com os atentados de 11 de Setembro de 2001, e mais infelizmente ainda, a capa do CD trazia as torres gêmeas dentro de chamas. Todos os CDs foram recolhidos e a capa refeita, trazendo o símbolo da banda no lugar da maçã (que fazia alusão à cidade de Nova Iorque - "Big Apple") e das torres.

Entretanto, alguns poucos CDs com a capa original, com as torres gêmeas em chamas, continuam nas mãos de fãs e colecionadores. Tais CDs passaram a ser considerados raridades.

2002-2005.

Mas isso não abalou a criatividade da banda, que se fechou para gravar um novo álbum, um disco duplo, experimental e controverso, intitulado Six Degrees of Inner Turbulence, lançado em 2002. Trazia músicas bem extensas no primeiro CD, e um épico impressionante de 42 minutos de duração, dividido em 8 partes no segundo CD.

Após a turnê mundial do álbum ser bem sucedida, lançaram, no final de 2003, o álbum Train of Thought, que, como o álbum anterior muda um pouco a linha musical da banda, levando a crítica severas de fãs antigos. Um álbum mais pesado do que os álbuns anteriores, não deixando o progressivo, nem a virtuosidade e a técnica da banda de lado, destancando as faixas "As I Am", "Endless Sacrifice" e "In the Name of God".

Em 2004 novamente Dream Theater realiza gravações ao vivo, e lança um DVD em álbum triplo Live at Budokan. Gravado no Budokan Hall, em Tokyo - Japão, local onde grandes bandas e músicos como Beatles, Ozzy Osbourne, Eric Clapton e Bob Dylan já tocaram. O DVD traz as principais faixas do álbum Train of Thought e faixas dos outros álbuns, dando destaque para um medley instrumental mostrando toda a técnica e destreza dos integrantes da banda chamado de Instrumedley, que passa por trechos de várias músicas instrumentais dos Dream Theater, inclusive por algumas do Liquid Tension Experiment, projeto instrumental paralelo dos membros da banda.

Em meados de 2005 a banda lança seu oitavo álbum, Octavarium, marcando vinte anos da existência da banda, caracterizado como algo "incrivelmente lindo" pelo baterista Mike Portnoy. Destaque para mais uma música épica, Octavarium, com seus 24 minutos. Destaca-se também a continuação da compilação de Portnoy Alcoholics Anonymous Suite. Em dezembro do mesmo ano, os DT voltaram ao Brasil com 3 shows.

A banda, que no dia 1° de abril de 2006 gravou um DVD em Nova York para comemorar seus 20 anos de carreira, surpreendeu o público tocando clássicos e músicas do último CD com a presença de uma orquestra, o DVD foi lançado dia 29 de agosto do mesmo ano, intitulado "Score".

2007-2008.

Foi lançado o álbum Systematic Chaos e a banda iniciou a Chaos in Motion World Tour 2007-2008, onde passou pelo Brasil nos dias 7, 8 ,9 e 10 de março de 2008 nas cidades de São Paulo (realizando um show a céu aberto para quase 15 mil pessoas, no estacionamento do Credicard Hall), Rio de Janeiro e Belo Horizonte, respectivamente. No dia 1º de abril de 2008, foi lançada a primeira coletânea da banda, um CD duplo intitulado Greatest Hit (...and 21 Other Pretty Cool Songs). O título do álbum é uma brincadeira referindo-se à música "Pull Me Under", que foi o único verdadeiro hit de sucesso do grupo.

Um novo DVD duplo chamado Chaos in Motion 2007–2008 com músicas de shows da turnê Chaos in Motion foi lançado pela Roadrunner Records em 23 de setembro de 2008; A edição especial inclui três CDs com o áudio das músicas do DVD.

Black Clouds and Silver Linings (2009-2010)

No dia 23 de junho de 2009, a banda lança o novo álbum de estúdio, intitulado Black Clouds and Silver Linings. Desde seu lançamento, o novo trabalho do grupo americano tem obtido bons resultados de vendas, alcançando posições na Billboard, fato esse raro com bandas progressivas, considerando a alta vendagem de material mais popular. O álbum teve diversas edições, incluindo um produto com 3 cd's - um do trabalho de estúdio, um de covers de bandas progressivas e de heavy metal, e outro instrumental. Foi também lançada uma box com vários materiais referentes ao álbum e uma edição de vinil 180 gramas. Após o lançamento, a banda concedeu várias entrevistas para promover o álbum, e recentemente concluiram a turnê norte-americana Progressive Nation.

No dia 8 de setembro de 2010, Mike Portnoy anunciou publicamente em seu fórum oficial que estaria deixando a banda. Portnoy estaria se divertindo mais em seus projetos paralelos do que com a banda. Após sugerir uma pausa, os outros membros decidiram que seria melhor continuar as atividades do Dream Theater, a contragosto do baterista. Desta forma, Mike Portnoy oficialmente deixou a banda. 

Mike Portnoy falou que essa decisão de sair não foi tomada de uma hora para outra, mas declarou que a decisão foi tomada no decorrer do ano de 2010.

Mike Mangini e A Dramatic Turn of Events.

Em 29 de abril de 2011, a banda divulgou o nome do novo baterista da banda, Mike Mangini, escolhido após um criterioso processo de seleção que incluiu também Derek Roddy, Marco Minnemann, Thomas Lang, Virgil Donati, Aquiles Priester e Peter Wildoer. As audições foram gravadas e disponibilizadas em três partes no Youtube, denominadas The Spirit Carries On (o título de uma música do álbum Metropolis, Pt. 2: Scenes From A Memory) mostrando a performance de cada um dos bateristas junto com a banda, bem como os comentários dos membros sobre cada participante.

Essas audições foram realizadas no fim do ano passado. Em Janeiro/2011, já estavam em estúdio preparando algumas partes do novo álbum. Devido a questões legais, houve a necessidade de manter segredo sobre o novo baterista até o mês de abril.

No dia 8 de junho de 2011 John Petrucci divulgou através das suas contas no Facebook, Twitter, e posteriormente no site da banda, o nome do novo álbum a ser lançado em 13 de setembro, intitulado A Dramatic Turn of Events bem como o nome das músicas.

Foi anunciado também que a banda irá tocar as músicas do novo álbum nos shows já marcados durante a turnê pela europa, antes mesmo dele ser colocado à venda. 

Atualmente o Dream Theater está fazendo a turnê mundial do A Dramatic Turn of Events. 

Projetos Paralelos.

No fim dos anos 90, os projetos paralelos dos integrantes começaram a surgir. O mais conhecido foi o Liquid Tension Experiment formado por Petrucci, Portnoy, Jordan Rudess (que na época pertencia aos Dixie Dregs) e Tony Levin (King Crimson). A ideia foi do baterista Mike Portnoy cuja intenção seria fazer algo diferente: juntar o progressivo, heavy metal e um pouco de fusion marcado por jam´s bem divertidas. O 1° cd da banda foi feito nada mais do que em uma semana.

John Myung participou em um projeto paralelo com Derek Sherinian, Platypus e Gordian Knot, além de ter uma banda chamada The Jelly Jam, que contém dois CDs, tocados em um refinado Rock Progressivo. Petrucci, Portnoy e Rudess gravaram o segundo álbum do LTE (também em uma semana), e Portnoy ainda teve tempo de participar no Transatlantic, com músicos do Marillion, Flower Kings e Spock's Beard. James Labrie não fica para trás com seu projeto MullMuzzler, além disso, lançou, em 2005, o seu álbum solo Elements of Persuasion. John Petrucci, após ter feito turnes no já conhecido G3, junto de Joe Satriani e Steve Vai, lançou seu primeiro álbum solo: o Suspended Animation. Derek, ex-integrante, formou o Planet-X- uma banda de fusion com outros renomados músicos, entre outras participações especiais. O atual tecladista, Jordan Rudess, já debutava de uma carreira a solo de diversos CDs.

Reputação de Concertos.

Setlist Rotativo.

Ao longo de sua carreira, os setlists do Dream Theater foram ficando cada vez maiores, mais diversos e menos restritivos. O exemplo mais claro disso é a sua política de setlist rotativo. Cada noite de uma turnê tem seu setlist idealizado por Portnoy com um processo meticuloso que assegura que este será completamente único. Fatores como os setlists de cidades percorridas são levados em conta para assegurar que as pessoas que assistem à banda várias vezes numa mesma área não vejam as mesmas canções sendo interpretadas várias vezes; e inclusive o setlist da última vez em que a banda esteve numa cidade leva-se em conta para o benefício dos fãs que vêem à banda em turnês sucessivas.

Para que isso seja possível, a banda se prepara para tocar a maior parte de seu repertório em qualquer apresentação, dependendo do que Portnoy decidir para a noite. Este processo também requer o emprego de um sistema de luz bastante complexo que utiliza iluminação pré-configurada para cada canção.

Duração.

A duração é outro elemento único nos concertos do Dream Theater. Os concertos de suas turnês mundiais, desde Six Degrees of Inner Turbulence são do tipo "An evening with..." ("Uma noite com..."), no qual a banda apresenta-se por pelo menos três horas, com um descanso e nenhuma banda de abertura. O espetáculo gravado para Live Scenes from New York teve duração de quase quatro horas (LaBrie gentilmente se desculpou após o concerto por um "set tão curto"), e resultou na hospitalização de Portnoy.

Com o anúncio do lançamento de Systematic Chaos, foi publicado que durante essa nova turnê, Chaos in Motion World Tour 2007/2008, não haverá os famosos "An evening with...". A banda disse que este é o momento de parar com os concertos diários de três a quatro horas. Foi informado que compartilharão o palco com bandas como Queensrÿche entre outras. Apesar disso, houve shows do tipo "An evening with..." na Austrália, já que esta foi a primeira vez em que o Dream Theater passou pelo país durante a turnê. 

Audiência.

Os fãs de Dream Theater costumam abarrotar cada lugar onde a banda se apresenta. A audiência geralmente varia entre quatro e dez mil espectadores, e esta quantidade normalmente é limitada pelo espaço físico. O concerto com o maior número de pessoas (vinte mil) aconteceu na Pista Atlética do Estádio Nacional de Chile em Santiago do Chile, em 6 de dezembro de 2005, durante a turnê mundial do álbum Octavarium. O acontecimento foi mencionado na mesma noite por Mike Portnoy através de sua página pessoal, e também por Jordan Rudess em sua mensagem natalina de 2005 a todos os fãs. O concerto gravado no Radio City Music Hall de Nova Iorque em abril de 2006 teve uma audiência de seis mil pessoas. 

Covers.

O Dream Theater, em certos momentos, costuma tocar ao vivo as canções de um determinado album na íntegra, como forma de homenagear as bandas que lhes influenciaram. É quase uma "regravação" ao vivo de discos clássicos do rock e do heavy metal. Até agora foram realizados: The Number of the Beast (Iron Maiden) (2002), Master of Puppets (Metallica) (2004),Dark Side of the Moon (Pink Floyd) (2006), Made in Japan (Deep Purple) (2006), Cemetery Gates (Pantera). Texto: Wikipédia.

Integrantes.

Atuais.

John Petrucci (Guitarra, Backing Vocals, 1985-At)
John Myung (Baixo, Chapman Stick, 1985
-At)
James Labrie (Vocais, 1991
-At)
Jordan Rudess (Teclado, Continuum (1999
-At)
Mike Mangini (Bateria, Percussão, 2010
-At)

Ex-Integrantes.

Mike Portnoy (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1985-2010)
Kevin Moore (Teclado, 1986-1994)
Chris Collins (Vocais, 1986)
Charlie Dominici (Vocais, 1987-1989)
Derek Sherinian (Teclado, 1994-1999)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

Como Baixar.

Álbuns.

When Dream and Day Unite (1989)
01. A Fortune in Lies
02. Status Seeker
03. Ytse Jam (instrumental)

 04. The Killing Hand
I. The Observance
II. Ancient Renewal
III. The Stray Seed
IV. Thorns
V. Exodus

 05. Light Fuse and Get Away
06. Afterlife” Charlie Dominici
07. The Ones Who Help to Set the Sun
08. Only a Matter of Time  


Zippyshare.

Mega.

Images and Words (1992)
01. Pull Me Under
02. Another Day
03. Take the Time
04. Surrounded
05. Metropolis Pt. 1: The Miracle and the Sleeper
06. Under a Glass Moon
07. Wait for Sleep
08. Learning to Live 


Zippyshare.

Mega.

Live at the Marquee EP (1993)
01. Metropolis, Pt. 1 – The Miracle And The Sleeper
02. A Fortune In Lies
03. Bombay Vindaloo
04. Surrounded
05. Another Hand / The Killing Hand
06. Pull Me Under
 


Zippyshare.

Mega.

Awake (1994)
01. 6:00
02. Caught in a Web
03. Innocence Faded
04. A Mind Beside Itself: I “Erotomania”
05. A Mind Beside Itself: II “Voices”
06. A Mind Beside Itself: III “The Silent Man”
07. The Mirror
08. Lie
09. Lifting Shadows Off a Dream
10. Scarred
11. Space-Dye Vest
 


Zippyshare.

Mega.

A Change of Seasons (1995)
01. A Change Of Seasons
I. The Crimson Sunrise Innocence
II. Carpe Diem
III. The Darkest of Winters
IV. Another World
V. The Inevitable Summer
VI. The Crimson Sunset

02. Funeral For A Friend
Love Lies Bleeding
03. Perfect Strangers
04. The Rover
Achilles Last Stand
The Song Remains The Same

05. The Big Medley
 


Zippyshare.

Mega.

Falling Into Infinity (1997)
01. New Millennium
02. You Not Me
03. Peruvian Skies
04. Hollow Years
05. Burning My Soul
06. Hell’s Kitchen (Instrumental) 

07. Lines in the Sand
08. Take Away My Pain
09. Just Let Me Breathe
10. Anna Lee
11. Trial of Tears
I. It’s Raining
II. Deep in Heaven
III. The Wasteland
 


Zippyshare.

Mega.

Once In A Livetime (1998)
CD 1.

01. A Change of Seasons I: The Crimson Sunrise
02. A Change of Seasons II: Innocence
03. Puppies on Acid
04. Just Let Me Breathe
05. Voices
06. Take the Time
07. Derek Sherinian Piano Solo
08. Lines in the Sand
09. Scarred
10. A Change of Seasons IV: The Darkest of Winters
11. Ytse Jam
12. Mike Portnoy Drum Solo


CD 2.

01. Trial of Tears
02. Hollow Years
03. Take Away My Pain
04. Caught in a Web
05. Lie
06. Peruvian Skies
07. John Petrucci Gutiar Solo
08. Pull Me Under
09. Metropolis
10. Learning to Live
11. A Change of Seasons VII: The Crimson Sunset 


Zippyshare.

Mega.

Metropolis Pt. 2, Scenes From A Memory (1999)
01. Scene One: Regression
02. Scene Two: Part I. Overture 1928
03. Scene Two: Part II. Strange Deja Vu
04. Scene Three: Part I. Through My Words
05. Scene Three: Part II. Fatal Tragedy
06. Scene Four: Beyond This Life
07. Scene Five: Through Her Eyes
08. Scene Six: Home
09. Scene Seven: Part I. The Dance of Eternity
10. Scene Seven: Part II. One Last Time
11. Scene Eight: The Spirit Carries On
12. Scene Nine: Finally Free 


Zippyshare.

Mega.

Live Scenes from New York (2001)
CD 1.

01. Regression
02. Overture 1928
03. Strange Deja Vu
04. Through My Words
05. Fatal Tragedy
06. Beyond This Life
07. John & Theresa Solo Spot
08. Through Her Eyes
09. Home
10. The Dance of Eternity


CD 2.

01. One Last Time
02. The Spirit Carries On
03. Finally Free
04. Metropolis Pt. 1
05. The Mirror
06. Just Let Me Breathe
07. Acid Rain (Liquid Tension Experiment) 

08. Caught in a New Millennium
09. Another Day
10. Jordan Rudess Keyboard Solo


CD 3.

01. A Mind Beside Itself I: Erotomania
02. A Mind Beside Itself II: Voices
03. A Mind Beside Itself II: The Silent Man
04. Learning to Live
05. A Change of Seasons 


Zippyshare.

Mega.

Six Degree Of Inner Turbulence (2002)
CD 1.

01. The Glass Prison
I. Reflection
II. Restoration
III. Revelation
 

02. Blind Faith
03. Misunderstood
04. The Great Debate
05. Disappear


CD 2.

 01. Overture
02. About to Crash
03. War Inside My Head
04. The Test That Stumped Them All
05. Goodnight Kiss
06. Solitary Shell
07. About to Crash (Reprise) 

08. Losing Time / Grand Finale 

Zippyshare.

Mega.

The Number of the Beast (2002)
01. Invaders
02. Children Of The Dambed
03. The Prisioner
04. 22 Acacia Avenue
05. The Number Of The Beast
06. Run To The Hills
07. Gangland
08. Hallowed Be Thy Name 

Zippyshare.

Mega.

Train of Thought (2003)
01. As I Am
02. This Dying Soul
IV. Reflections of Reality (Revisited)
V. Release

03. Endless Sacrifice
04. Honor Thy Father
05. Vacant
06. Stream of Consciousness
07. In the Name of God 

Zippyshare.

Mega.

Live at Budokan (2004)
CD 1.

01. As I Am
02. This Dying Soul
03. Beyond This Life
04. Hollow Years
05. War Inside My Head
06. The Test That Stumped Them All


CD 2.

01. Endless Sacrifice
02. Instrumedley
03. Trial of Tears
04. New Millenium
05. Keyboard solo
06. Only a Matter of Time


CD 3.

01. Goodnight Kiss
02. Solitary Shell
03. Stream of Counciousness
04. Disappear
05. Pull Me Under
06. In the Name of God 


Zippyshare.

Mega.

Master of Puppets (2004)
01. Battery
02. Master Of Puppets
03. The Thing That Should Not Be
04. Welcome Home (Sanitarium) 

05. Disposable Heroes
06. Leper Messiah
07. Orion
08. Damage, Inc. 


Zippyshare.

Mega.

Octavarium (2005)
01. The Root of All Evil
VI. Ready
VII. Remove
02. The Answer Lies Within
03. These Walls
04. I Walk Beside You
05. Panic Attack
06. Never Enough
07. Sacrificed Sons
08. Octavarium
I. Someone Like Him
II. Medicate
III. Full Circle
IV. Intervals
V. Razor’s Edge
 


Zippyshare.

Mega.

Score, 20th Anniversary World Tour (2006)
CD 1.

01. The Root Of All Evil
02. I Walk Beside You
03. Another Won
04. Afterlife
05. Under A Glass Moon
05. Innocence Faded
07. Raise The Knife
08. The Spirit Carries On


CD 2.

01. Six Degrees Of Inner Turbulence
02.V acant
03. The Answer Lies Within
04. Sacrificed Sons


CD 3.

01.Octavarium
02. Metropolis PT.1: The Miracle And The Sleeper


Zippyshare.

Mega.

Dark Side of the Moon (2006)
CD 1.

01. Speak To Me / Breathe
02. On The Run
03. Time / Breathe (Reprise) 
04. The Great Gig In The Sky
05. Money
06. Us And Them
07. Any Color You Like
08. Brain Damage
09. Eclipse

CD 2.

01. Echoes P t.1
02. One Of These Days
03. Sheep
04. In The Flesh?
05. Run Like Hell
06. Hey You
07. Comfortably Numb (With Queensryche) 


Made in Japan (2006)
01. Highway Star
02. Child In Time
03. Smoke On The Water
04. The Mule
05. Strange Kind Of Woman
06. Lazy 


Zippyshare.

Mega.

Systematic Chaos (2007)
01. In The Presence Of Enemies
02. Forsaken
03. Constant Motion
04. The Dark Eternal Night
05. Repentance
06. Prophets Of War
07. Ministry Of Lost Souls, The
08. In The Presence Of Enemies (Part II)
 


Zippyshare.

Mega.

Chaos In Motion (2008)
CD 1.

01. Intro -Also Sprach Zarathustra
02. Constant Motion
03. Panic Attack
04. Blind Faith
05. Surrounded


CD 2.

01. The Dark Eternal Night
02. Jordan Rudess Keyboard Solo
03. Lines in the Sand
04. Scarred
05. Forsaken
06. The Ministry of Lost Souls


CD 3.

01. Take the Time
02. In the Presence of Enemies
03. Schmedley Wilcox 


Zippyshare.

Mega.

Black Clouds and Silver Linings (2009)
01. Nightmare To Remember
02. A Rite Of Passage
03. Wither
04. The Shattered Fortress
05. The Best Of Times
06. The Count Of Tuscany
 


Zippyshare.

Mega.

Uncovered, 2003-2005 (2009)
01. Death On Two Legs
02. Heart Of The Sunrise
03. Heaven And Hell
04. Paradox
05. Mother Father
06. Machine Messiah
07. Since I've Been Loving You
08. Diary Of A Madman
09. Cemetary Gates
10. Won't Get Fooled Again
 


Zippyshare.

Mega.

A Dramatic Turn of Events (2011)
01. On The Backs of Angels
02. Build Me Up, Break Me Down
03. Lost Not Forgotten
04. This Is The Life
05. Bridges In The Sky
06. Outcry
07. Far From Heaven
08. Breaking All Illusions
09. Beneath The Surface 

Zippyshare.

Mega.

Dream Theater (2013)
 
01. False Awakening Suite
02. The Enemy Inside
03. The Looking Glass
04. Enigma Machine
05. The Bigger Picture
06. Behind The Veil
07. Surrender To Reason
08. Along For The Ride
09. Illumination Theory
 


Mega.

Live at Luna Park, 2012 (2013)
 
CD 1.

01. Bridges in the Sky
02. 6:00
03. The Dark Eternal Night
04. This Is the Life
05. The Root of All Evil
06. Lost Not Forgotten
07. Drum Solo
08. A Fortune in Lies
09. The Silent Man
10. Beneath the Surface
 

CD 2.

01. Outcry
02. Piano Solo
03. Surrounded
04. On the Backs of Angels
05. War Inside My Head
06. The Test That Stumped Them All
07. Guitar Solo
08. The Spirit Carries On
09. Breaking All Illusions
10. Metropolis Pt. 1
 

CD 3.

01. These Walls
02. Build Me Up, Break Me Down
03. Caught in a Web
04. Wait for Sleep
05. Far From Heaven
06. Pull Me Under
 


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

Deixe o seu comentário, isso valoriza e incentiva a continuidade do trabalho.

Todo comentário aparece após a aprovação.

Perguntas, pedidos, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail:

alex.classicrock@yahoo.com.br

Quem insistir em escrever nos comentários ou no meu Facebook, o mesmo será ignorado e o problema não será corrigido.

Links alheios não serão permitidos.

Criticas com palavras de baixo calão também não serão permitidas, se você não gosta de uma banda existem outras pessoas que gostam.

Quem não quiser comentar como anônimo pode utilizar a opção NOME/URL, não é necessário colocar URL, somente o nome.

49 comentários:

  1. Mike portnoy toca demais,vlw por essa discografia

    ResponderExcluir
  2. Velho não conhecia muito de Dream não, mas os álbuns Imagens and words e Awake, pó sonzera demais, fiquei fã apesar de não ser meu estilo. Muro do classic rock, fodástico mais una vez.

    ResponderExcluir
  3. O que acontece se juntarmos o melhor baterista do mundo, um dos melhores guitarristas, baixistas e tecladistas do mundo? Dream Theater é a resposta!

    ResponderExcluir
  4. Banda foda demais, to ansioso para ver se o mike mangini vai conseguir estar a altura do portnoy

    ResponderExcluir
  5. Dream theater é demais. The Dark Side Of The Moon é o álbum cover melhor da banda, embora seus covers são ótimos no geral.

    ResponderExcluir
  6. Marcos Lima13/08/11 10:03

    Mais uma ótima banda esse som me lembra o rush mais moderno, progressivo e psycodelic, tambem com grandes instrumentistas só póderia dar o que é: Super Band Colossal, valeu, ótimo site, good luck!!!!

    ResponderExcluir
  7. Udo Rempel16/08/11 14:08

    Amo DT. Conheci o som dos caras em 1995, indicado por um professor de bateria. Desde então, comparo qualquer som novo com eles. Precisa ser no mínimo 20% do que eles são para merecer ser ouvido. Já ouvi o novo single com Mike Mangini e não perdeu em nada na qualidade. Maravilhoso!

    ResponderExcluir
  8. Mais uma vez paralelizando seu trabalho Alex!!!O melhor blog de Rock and roll!! E só para não esquecer setembro novo album com Dream Theater com novo batera na area Mike Mangini!!!Muito fera o cara!!!!!Abraço a todos!!!

    ResponderExcluir
  9. Muro(Alex), obrigado por existir e proporcionar, com muito trabalho e dedicação, essa imensidão de sons, clássicos do rock de todos os tempos. O Muro do Classic Rock é um daqueles sites perfeitos que nos fazem muito bem. Obrigado!!!

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito do Dream Theater, mas vou dizer... enche o saco todos esses covers, entendo que eles querem celebrar seus músicos favoritos, mas precisa mimicar o disco inteiro do Pink Floyd, Rush, Marillion, Iron Maiden etc, etc? Parecem um monte de fanboys as vezes, ou na pior das probabilidades querem provar que são "discipulos" melhores que os "mestres". Mas... de qualquer jeito... gosto bastante da banda, só estou criticando essa atitude a parte. Alguém mais concorda? Iron Maiden é legal porque é o Iron Maiden, e Dream Theater é legal porque é o Dream Theater, pronto. E CHEGA DE COVERS!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marimbondo08/03/13 12:55

      Eu concordo com vc.

      Excluir
  11. Parabens pelo trabalho de divulgação.
    Para alguns seria realmente um 'TRABALHO' MAS CREIO QUE PRA VOCES DEVE SER UMA DIVERSÃO REPARTIR O MELHOR QUE VOCES TEM.
    PARABENS REALMENTE PELA DEDICAÇÃO E PELO MATERIAL FANTÁSTICO DESDE CANTINHO ESPECIAL.

    ResponderExcluir
  12. Longa vida ao MURO DO CLASSIC ROCK, o melhor BLOG do verdadeiro Rock and Roll em geral! Parabéns pelo seu trabalho e dedicação, Alex!! E muito obrigado também por compartilhar com todos toda essa somzera!!!!

    ResponderExcluir
  13. Udo Rempel26/10/11 15:09

    Depois do Octavarium, os caras deram uma caída, principalmente pelo fato do Mike Portnoy insistir em "contribuir" nos vocais com sua voz horrorosa. Com a saída dele, a banda perde um pouco a identidade, mas não a qualidade, por que Mike Mangini, o novo baterista, é tão bom quanto ele e faz o favor de não "ajudar" o James Labrie nos vocais. Pô, o cara é um dos melhores vocalistas da atualidade e tinha um baterista pentelho estragando as músicas. Tenho todos os trabalhos do Mike Portnoy fora do Dream Theater e como baterista ele é um dos melhores, mas penso que o DT acabou ganhando uma sobrevida com a saída dele. O último disco "A Dramatic Turn of Events", é bem melhor que os dois anteriores e resgata um pouco da melhor fase da banda. Tomara que eles consigam um dia igualar (porque superar vai ser difícil) discos clássicos como "Metropolis Pt2 Scenes From A Memory" de 1999 e o melhor de todos "Images and Words de 1992. Vida longa ao DT. Vida longa ao Portnoy (de preferência longe do DT).

    ResponderExcluir
  14. Cara? Continue disponibilizando essas pérolas cara. Valeu mesmo!!! puts vc continua bombando

    ResponderExcluir
  15. Muito obrigado Alex!
    Procuro faz tempo todo o material do DT.
    Todos os arquivos são extremamente organizados. Excelente.

    ResponderExcluir
  16. cara, perfeito seu trabalho, sem palavras msmo! o site/blog mais completo que já vi em termos de rock num geral, continue assim!

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo Blog cara!
    Para quem gosta de música de qualidade é o melhor. Muito bem organizado. Sempre indico para meus amigos. Outra vantagem são as postagens no Mediafire, sem propagandas e sem pedido de cadastramento de celular. Muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
  18. cara pelo amor de Deus, n abandone esse blog,

    mto show ta de parabens

    ResponderExcluir
  19. Vixe, ñ sei que é dono desse blog, mais mto obrigado pela discografia do Dream Theater eu e toda minha familia curti pra caramba , vlw!


    Thiago, SP, Brasil

    ResponderExcluir
  20. Parabéns. Fantástico blog

    ResponderExcluir
  21. cara , o dream theater junto com o Pink floyd não tenho nem palavras uma das melhoras bandas que existe

    ResponderExcluir
  22. Sem dúvidas esse é o melhor blog de Rock/Metal que existe, imaginem o trabalho que é mantê-lo.Obrigado por existir Muro da Classic Rock.

    ResponderExcluir
  23. CARALHO, ESTE BLOG É O MAIS FODA DO MUNDO!!!

    ResponderExcluir
  24. Dream Theater é a prova de que o Bom Discípulo supera o Mestre, não que Irom Maiden e Pink Floyd Sejam Ruins, muito pelo contrario, sou muito fã deles, mais Dream Theater não tem choro, melhor banda ativa da atualidade...DIGAM NÃO AO NEW METAL E SCREAMO!!!

    ResponderExcluir
  25. Muito foda mesmo, vlw ae man.

    ResponderExcluir
  26. Anderson T.11/02/13 18:32

    Alex, se eu tenho as melhores discografias hoje, é por sua causa cara, parabéns! Ainda bem que tem gente que ama rock and roll, assim como vc, e compartilha com a gente, Parabéns cara! Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  27. Anderson T.11/02/13 18:33

    Cara muito obrigado por tudo o que vc faz nesse blog mano, graças à vc, que ama tanto o rock assim como eu, compartilha tudo isso! Parabéns cara, vc é o cara!

    ResponderExcluir
  28. Parabéns pelo blog moçada ......o melhor do gênero na NET. Trabalho profissa que só verdadeiros amantes da música conseguiriam realizar. Abraço []

    ResponderExcluir
  29. Gracias otra vez!!!! Muy buen aporte....... Saludos desde Zacatecas México

    ResponderExcluir
  30. Pô, valeu, muro, mais uma vez! Demais!
    O último albúm, A dramatic turn of events, é assustador!
    Técnicamente insuperável. Fico imaginando como os caras conseguem tocar isso tudo...

    ResponderExcluir
  31. Aridelso leonel18/09/13 20:54

    Como sempre vc sempre atualizado...vc é d+ cara...valeu Alex..o nosso rock nunca irá morrer...pois existe caras como nós......

    ResponderExcluir
  32. AEEEE o novo do DT tá fantástico, maravilha de site!! VLW!!!

    ResponderExcluir
  33. Ótima banda pois, os seus solos incríveis acompanhado de uma bateria espetacular e composições de fazer inveja confirmam isso!!

    ResponderExcluir
  34. Parabéns Alex, está maravilhoso o novo Álbum, seu blog é o melhor!

    ResponderExcluir
  35. muito louco,valeu!!

    ResponderExcluir
  36. Sempre o melhor! Parabéns, Alex!

    ResponderExcluir
  37. desculpe-me por subestimar o seu site por nao estar atualizado....achando q nao teria o novo album após dois dias do lancamento oficial!
    parabens...e vida longa ao site!

    ResponderExcluir
  38. Parabéns pelo site, excelente conteúdo, excelentes downloads.

    ResponderExcluir
  39. Parbens, fico muito feliz!!!

    ResponderExcluir
  40. MEU VELHO AMIGO MUITO GRATO POR VOCÊ TER CRIADO ESTE SITE DO MUNDO DO ROCK...

    UM MUITO OBRIGADO...!

    ResponderExcluir
  41. Sem comentários,esse blog e sensacional .Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  42. Gracias otra vez!!! me encanta tu blog es lo maximo!!!

    ResponderExcluir
  43. Átila Ribeiro23/06/14 20:20

    Ótima banda , um peso muito bem equilibrado e harmônico , exelente instrumental !!

    ResponderExcluir
  44. Ótimos músicos que tem nessa banda!!

    ResponderExcluir

Os pedidos e sugestões de discografias estão suspensos por tempo indeterminado, portanto emails com essas solicitações não serão atendidos e nem arquivados.

Obrigado.