Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

10 de dezembro de 2010

Triumph - Discografia.

Quando se fala do Triumph, a primeira imagem que se vem à mente é a de uma arena lotada… e realmente, este Power Trio Canadense ficou famoso por levar multidões aos seus shows. Junto a outras bandas como Boston, Journey e Cheap Trick, fizeram parte do movimento de bandas do rock arena, chamado hoje em dia de AOR. 

Formado em 75 por Rik Emmett (guitarra, vocais), Gil Moore (bateria) e Mike Levine (baixo, teclados), esses Canadenses chegaram a rivalizar com o Rush no começo de carreira (coisa da mídia). Tempos depois, o próprio público perceberia que isso não fazia sentido. 

O primeiro disco deles titulado como Triumph, em 1995 relançado como In The Beginning, trazia como destaque as faixas Blinding Light Show / Moon Child e 24 Hours A Day. 

Rock n’roll Machine (77) foi o segundo álbum e trazia o clássico Takes Time.
Até aí, a banda era apenas uma promessa, mas em 1980 eles mostraram todo seu potencial com o disco Progressions of Power. Impressionaram não só os Canadenses e Americanos, mas todo o mundo com um rock n’roll vigoroso com pitadas de progressivo e hard rock. 

Allied Forces foi lançado e ganhou a América. O álbum conquistou rapidamente o disco de ouro na terra do Tio Sam, com a ajuda do hit Fight the good fight. 

Nesta fase, o Triumph começava se mostrar cada vez mais pesado. O disco Never Surrender (82) rendeu mais um álbum de ouro nos EUA e Canadá. 

As turnês da banda continuavam indo bem. Um fato importante a ser mencionado é que nos shows ao vivo, a banda utilizava um guitarrista convidado: Rick Santers. Os shows da banda tinham muito efeitos pirotécnicos, sendo um espetáculo para quem assistia. 

Thunder Seven (84), Stages (85) e The Sport of Kings (86) marcaram o declínio da banda em termos técnicos e de vendagem. 

Surveillance veio para redimir a banda das falhas anteriores. O álbum é um retorno às raízes e visava apagar o fiasco comercial que haviam sido os lançamentos anteriores. Boas canções como Never say Never e All over Again” marcavam a despedida do guitarrista e vocalista Rik Emmet, que seria substituído por Phil Xenides. 

Phil substituiu Rik apenas na guitarra. Os vocais agora passariam a ficar a cargo de Gil Moore, que já fazia esporádicas performances ao microfone. Este novo line-up estrearia com o disco Edge of Excess que despertaria a curiosidade de todos que queriam ver como se sairia Gil como o vocalista oficial. 

O álbum dividiu opiniões. De um lado os que aprovavam a força de vontade do baterista e do outro os que achavam que ele não tinha condições para tal. Destaques do disco vão para Child of the City e Somewhere Tonight. Após esse disco a banda não gravou mais nenhum em estúdio, porem continua na ativa fazendo shows. Texto: Allan Jones (Whiplash) 

Integrantes.

Atuais.

Rik Emmett (Guitarras, Backing Vocals, Sintetizador, Clavinet, Sequenciador de Musica, Baixo, 1975-1988, desde 2008)
Gil Moore (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1975-1993, desde 2008)
Mike Levine (Baixo, Teclados, Sintetizador, Órgão, Piano, Clavinet, Backing Vocals, 1975-1993, desde 2008)
Dave Dunlop (Guitarra, Vocal de Apoio, ao vivo desde 2008) 

Ex-Integrantes.

Abel Mcknight (Bateria, Percussão, Backing Vocals, 1975)
Phil X (Guitarra, Vocal de Apoio, 1992-1993)
Rick Santers (Guitarra, Teclados, Backing Vocals, ao vivo 1984-1993)
Sebastian Bach (Vocais, ao vivo 1993)
 


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Bitrate: 320Kbps.

Álbuns.

Triumph (1976)
 
Álbum relançado em 1995 como: In the Beginning.
01. 24 Hours A Day
20. Be My Lover
03. Don’t Take My Life
04. Street Fighter
05. Street Fighter (Reprise)
06. What’s Another Day of Rock N’ Roll
07. Easy Life
08. Let Me Get Next To You
09. Blinding Light Show / Moon Child


Rock & Roll Machine (1977)
 
01. Takes Time
02. Bringing It On Home
03. Rocky Mountain Way
04. Street Fighter (Part 1)
05. Street Fighter (Part 2)
06. 24 Hours A Day
07. Blinding Light Show-Moonchild
08. Rock And Roll Machine


Just A Game (1979)
 
01. Movin’ On
02. Lay It On The Line
03. Young Enough To Cry
04. American Girls
05. Just A Game
06. Fantasy Serenade
07. Hold On
08. Suitcase Blues


Progressions Of Power (1980)
 
01. I Live for the Weekend
02. I Can Survive
03. In the Night
04. Nature’s Child
05. Woman in Love
06. Take my Heart
07. Tear the Roof Off
08. Finger Takin’ (Instrumental)
09. Hard Road


Allied Forces (1981)
 
01. Fool for your Love
02. Magic Power
03. Air Raid
04. Allied Forces
05. Hot Time (In this City Tonight)
06. Fight the Good Fight
07. Ordinary Man
08. Petite Etude
09. Say Goodbye


Never Surrender (1983)
 
01. Too Much Thinking
02. A World of Fantasy
03. A Minor Prelude
04. All The Way
05. Battle Cry
06. Overture (Processional)
07. Never Surrender
08. When The Lights Go Down
09. The Writing on the Wall
10. Epilogue (Resolution)


Thunder Seven (1984)
 
01. Spellbound
02. Rock Out, Roll On
03. Cool Down
04. Follow Your Heart
05. Time Goes By
06. Midsummer’s Daydream
07. Time Canon
08. Killing Time
09. Stranger In A Strange Land
10. Little Boy Blues


Stages (Live 1985)
 
01. When the Lights Go Down
02. Never Surrender
03. Hold On
04. Magic Power
05. Rock & Roll Machine
06. Lay it on the Line
07. A World of Fantasy
08. Midsummer’s Daydream
09. Spellbound
10. Follow Your Heart
11. Fight the Good Fight
Bonus Tracks.
12. Mind Games
13. Empty Inside


The Sport Of Kings (1986)
 
01. Tears in the Rain
02. Somebody’s Out There
03. What Rules My Heart
04. If Only
05. Hooked On You
06. Take A Stand
07. Just One Night
08. Embrujo (Instrumental)
09. Play with the Fire
10. Don’t Love Anybody But Me
11. In The Middle Of The Night

Link.

Surveillance (1987)
 
01. Prologue: Into the Forever
02. Never Say Never
03. Headed for Nowhere
04. All the Kings Horses
05. Carry on the Flame
06. Let the Light (Shine on Me)
07. Long Time Gone
08. Rock You Down
09. Prelude: The Waking Dream
10. On and On
11. All Over Again
12. Running in the Night


Classics (Coletânea 1989)
 
01. Tears in the Rain
02. Hold On
03. I Live for the Weekend
04. Magic Power
05. Follow Your Heart
06. A World of Fantasy
07. Fight the Good Fight
08. Spellbound
09. Somebody’s Out There
10. Lay It On The Line
11. Rock and Roll Machine


Edge Of Excess (1993)
 
01. Child of the City
02. Troublemaker
03. It’s Over
04. Edge of Excess
05. Turn My Back on Love
06. Ridin’ High Again
07. Black Sheep
08. Boy’s Night Out
09. Somewhere Tonight
10. Love in a Minute


King Biscuit Flower Hour (In Concert 1996)
 
01. Tear The Roof Off
02. American Girls
03. Lay It On The Line
04. Allied Forces
05. Fight The Good Fight
06. Blinding Light Show/Moonchild
07. Rock' N' Roll Machine
08. I Live For The Weekend
09. Natures Child
10. Drum Solo
11. Instrumental
12. Rocky Mountain Way
13. Hot Time In The City Tonight


Live At The US Festival (2003)
 
01. Allied Forces
02. Lay It On The Line
03. Never Surrender
04. Magic Power
05. A World of Fantasy
06. Rock and Roll Machine
07. When The Lights Go Down
08. Fight the Good Fight
09. Follow Your Heart


A Night Of Triumph Live (2004)
 
01. Tears in the Rain
02. Somebody's Out There
03. Allied Forces
04. Lay It On The Line
05. Midsummer's Daydream
06. Follow Your Heart
07. Take A Stand
08. Magic Power
09. Rock and Roll Machine
10. Spellbound
11. Rocky Mountain Way
12. Fight the Good Fight
 


Greatest Hits Remixed (2010)
 
01. Allied Forces
02. Lay It On The Line
03. Follow Your Heart
04. Magic Power
05. I Live For The Weekend
06. Hold On
07. Just One Night
08. Fight The Good Fight
09. Spellbound
10. Never Surrender
11. When The Lights Go Down
12. Somebody’s Out There
13. Rock & Roll Machine
14. Love Hurts (Nazareth Cover)

Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

15 comentários :

  1. josmarmbarbosa11/06/2011 23:37

    ola alex!!!
    mais uma das varias bandas de rock que vc
    me mostrou valeu mais uma pra minha
    coleçao esta è demais
    obrigado cara!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. TRIUMPH É UMA BANDA MUITO BOA, PARA QUEM ADORA CLASSIC ROCK, HARD ROCK E HEAVY METAL, ISSO É FÓDA...

    ResponderExcluir
  3. conhecia de um show em video cassete e me lembrava de 3 músicas, e oque eu tinha visto não era isso tudo, bandaço, hard rock na veia, valeu pela oportunidade de conhecer essa banda

    ResponderExcluir
  4. Belo power-trio! Hardão de qualidade!

    ResponderExcluir
  5. Conheci esta banda através da coletânea Heavy Metal Heroes lançada aqui no Brasil em 1982, com a música allied forces. Desde então sonhava em conhecer mais o trabalho destes canadenses, o que era muito difícil para a época, pois a banda nunca foi muito divulgada por aqui, e também a grana era curta. Agora o problema está resolvido graças ao Muro.
    Muito Obrigado Alex por compartilhar, e parabéns pela organização; Que Deus te abençõe brother.
    Edson - BH

    ResponderExcluir
  6. Lo mejor del rock y metal es que envejece, gracias por estas obras maestras.

    ResponderExcluir
  7. Vi aquele vídeo do Triumph onde fizeram uma montagem deles tocando em cima de uma guitarra Flying V na época do lançamento nos anos 80, se não me engano passou no Fantástico. Achava muito louco pois tudo era novo para minha cabeça de adolescente!!!! Obrigado, Alex e amigos do MURO!!!!! P.S. Baixei a discografia toda!!!!

    ResponderExcluir
  8. wilson fiordeliz21/11/2013 22:28

    O meu primeiro disco, foi do TRIUMPH,allied forces , ganhei de um amigo....FENOMENAL!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Excelente banda! obrigado por compartilhar o material!

    ResponderExcluir
  10. Conheço o Triumph deste 1979, inclusive em 1982 eles quase vieram ao Brasil,chegou até ter propaganda em jornais, depois não sei o que ocorreu, pois eles não desembarcaram aqui!!

    ResponderExcluir
  11. Excelente trabajo y mejor blog!!!! Thank you very much, muchas, muchas gracias, obrigado!!!

    ResponderExcluir
  12. Excelente banda canadense de hard/metal que conhenci no anos 80 atraves da bolacha preta "Never Surrender"
    Recomendo baixar o material disponivel pelo "Muro"
    Vale a Pena !!!!
    Obrigado Alex
    Ricardo Mauricio Macedo
    Itapema -SC

    ResponderExcluir
  13. Na primeira metade dos anos 80, apenas quatro discos do Triumph foram lançados no Brasil em vinil e fita cassete:
    Allied Forces em 82, Never Surrender em 83, Just A Game e Thunder Seven em 84. Ficaram de fora os excelentes Triumph, Rock & Roll Machine, Progressions Of Power e o duplo ao vivo Stages, que somente se conseguiam em importadoras de discos ao olho da cara. nas decadas de 70 e início dos anos 80, não era fácil ser Rocker/Head-
    banger no Brasil... por muitas vêzes voçê tinha dinheiro, mas as gravadoras não lançavam os discos por aqui com mêdo de encalhe. Essa situação melhorou muito após o Rock In Rio Festival de 1985, aonde os executivos das mesmas perceberam que o Hard Rock/Heavy Metal era viável aqui na cultura tupiniquin.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.