Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

9 de janeiro de 2011

Procol Harum - Discografia.

Procol Harum é uma banda britânica formada em 1967. Eles contribuíram para o desenvolvimento do rock progressivo e do rock sinfônico. Sua música mais famosa é o hit “A Whiter Shade of Pale” de 67, que é considerada como um clássico popular e é um dos poucos singles que vendeu mais de 10 milhões de cópias. Apesar de ter influências da música barroca e clássica, sua música também tem influências do blues, R&B e soul. 

Em outubro de 2012, a banda foi indicada para o Rock and Roll Hall of Fame.

História.

Origens, The Paramounts, primeiros anos e formação (1964-67)

The Paramounts, de Southend-on-Sea, Essex, liderada por Gary Brooker e Robin Trower, com Chris Copping e B. J. Wilson, teve um certo sucesso em 1964 com uma versão de “Poison Ivy” que atingiu o número 35 na parada britânica. Incapaz de dar continuidade ao sucesso, o grupo se desfez em 1966.

The Paramounts tinha assinado com a EMI UK para seus lançamentos. Até um dia antes do Procol Harum assinar com a EMI UK novamente, eles eram chamados The Pinewoods. Uma oferta de última hora de Chris Blackwell para o selo Island Records foi negado por Brooker e a banda.

Em abril de 1967, Brooker começou a trabalhar como cantor e compositor e formou o Procol Harum com os ex-Paramounts Keith Reid (poeta), Matthew Fisher (tecladista), Ray Royer (guitarra) e David Knights (baixo). Guy Stevens, seu empresário no início, nomeou a banda por causa do gato birmanês de um amigo cujo nome era “Procul Harum”. Procul era o prefixo do criador da raça.

"A Whiter Shade of Pale", sucesso comercial e álbum de estréia (1967)

No Olympic Studios, sudeste de Londres, com o baterista (não-Paramount) Bill Eyden, produtor Denny Cordell e engenheiro de som Keith Grant, o grupo gravou “A whiter shade of Pale”, que foi lançado em 12 de maio de 1967. Com estrutura reminescente de música barroca, a melodia baseada na Suite Orquestral no. 3 em Ré maior de Bach, no órgão Hammond the Fisher, a voz cheia de emoção de Brooker e a letra misteriosa de Reid, o single chegou a número 1 na parada britânica de singles e na RPM Magazine canadense. Foi quase tão bem nos Estados Unidos, onde chegaram a número 5. Na Austrália, foi número um por muitas semanas, chegando a 8 semanas em Melbourne.

Depois que "A Whiter Shade of Pale" se tornou um hit, a banda começou a tocar ao vivo para consolidar o sucesso de estúdio. Sua primeira apresentação foi a abertura de um show do Jimi Hendrix em 1967. O lançamento seguinte, “Homburg”, com formação de antigos Paramounts: B. J. Wilson na bateria e Robin Trower na guitarra, chegaram a número 6 no Reino Unido, número 15 no Canadá e número 34 nos Estados Unidos.

O álbum de estréia da banda foi gravado entre os dois singles, mas não foi lançado até o início de 1968. Uma série de singles foram distribuidos nos Estados Unidos e Reino Unido, mas não ao mesmo tempo.

Álbuns seguintes e rompimento da banda (1968-1977)

O álbum seguinte da banda, Shine On Brightly, foi lançado no ano seguinte e teve uma grande influência do rock progressivo. O terceiro álbum, A Salty Dog (1969), foi popular entre os fãs e foi o primeiro álbum vendido no Reio Unido. Uma faixa em particular foi muito tocada nos Estados Unidos. No entanto, um escritor americano viu uma cópia do LP antecipadamente e a estória correu na mídia como “A Salty Duck”. Fisher, que produziu o álbum, saiu da banda logo após o lançamento.

O grupo teve muitas mudanças nos seus componentes, mas a formação dos três primeiros álbuns foi Brooker (piano e vocal), Trower (guitarra e vocal), Fisher (órgão e vocal), Knights (baixo), Wilson (bateria) e Reid (letrista). O antigo componente do Paramount, Chris Copping entrou para o grupo em 1970. A banda tocou no Isle of Wight Festival em 1970. Em 71 as disparidades de estilo se tornaram grandes demais e, após o lançamento do quinto álbum, Broken Barricades, Trower deixou o Procol para formar seu próprio power trio e foi substituído por Dave Ball. Do final de 1972 até 1977, o guitarrista do grupo foi Mick Grabham. Em 1968 sua primeira coletânea foi lançada, com o título In Concert 1968, mas somente na Alemanha.

Procol Harum voltou a fazer sucesso nos anos seguintes com seu rock sinfônico, frequentemente tocando com orquestras. Procol Harum Live: In Concert with the Edmonton Symphony Orchestra chegou a número 5, disco de ouro nos Estados Unidos em 1972, e número 42 na Grã Bretanha. Conquistador, uma faixa do seu primeiro álbum, reclassificado pelo acompanhamento da orquestra em 1971, foi um hit em 1972, chegando ao número 16 nos Estados Unidos e número 7 no Canadá, enquanto no Reino Unido, chegou ao número 22. O álbum seguinte, Grand Hotel, teve bom desempenho chegando a número 21 na Billboard 200, em 1973. O álbum também recebeu Certificado de Prata (mais de 60 mil cópias vendidas) no Reino Unido.

Em 1975, o Procol Harum tocou no Rainbow Theatre em Londres. Muitas mudanças nos componentes contribuíram para o declínio nas vendas no fim da década de 70, com Pandora´s Box, sendo o seu último hit Top 20 no Reino Unido, em 1975. O álbum Procol´s Ninth mostrou uma reconexão entre Jerry Leiber e Mike Stoller, que tinham produzido e estrito com a banda. A banda se separou em 1977, após Something Magic ficar na posição 147 na parada da Billboard 200. Eles se reuniram para uma única performance cinco meses depois, quando A Whiter Shade of Pale ganhou um prêmio, junto com Bohemian Rhapsody, do Queen, de melhor single do British Pop (1952-1977) no BRIT Awards, como parte das comemorações do jubileu de prata da Rainha Elizabeth II.

Nova formação e os anos 90 (1991-1999)

A banda se reuniu em 1991 com Brooker, Trower, Fisher e Reid (Wilson morreu em 1990) para lançar The Prodigal Stranger, mas as vendas foram pequenas. Após o lançamento, uma nova formação da banda com Brooker e Fisher, sem Trower, viajou pelos Estados Unidos e o mundo durante alguns anos da primeira metade dos anos 90.

Em agosto de 1995, Procol Harum tocou no Cropredy Music Festival, como convidados da Fairport Convention.

Em julho de 1997, fãs agendaram uma comemoração do 30º aniversário do sucesso A Whiter Shade of Pale e convidaram os membros ativos da banda para tocarem no Redhill, em Surrey.

No fim de 1999, Brooker prometeu que o Procol iria tocar no ano 2000 e, em setembro a banda tocou ao ar livre com a New London Sinfonia, em Guildford.

Anos 2000.

Em 2000, Procol Harum chamou atenção pela canção In Held Twas in I, do álbum Transatlantic´s.

Desde 2001, a banda que contava com Brooker, Fisher, Geoff Whitehorn (guitarra), Matt Pegg (baixo) e Mark Brzezicki (bateria), viajou pela Europa, Japão e Estados Unidos. Um concerto de 2001 em Conpenhagen, foi lançado em DVD em 2002. Em 2003 a banda laçou um novo álbum de estúdio, The Well´s on Fire, e tocou no festival Progman Cometh, em Seattle. Seu concerto em Londres, em 12 de dezembro de 2003, com muitas músicas do novo álbum, foi lançado em DVD no ano seguinte: Live at the Union Chapel. Fisher saiu do grupo em 2004.

A banda teve uma agenda de shows limitada em 2005, com Josh Phillips substituindo Fisher no Hammond, deixando Brooker no papel de membro original. Em junho de 2006, eles tocaram no Isle of Wight Festival. Em agosto eles tocaram em espaços abertos duas vezes com a Danish Radio Orchestra no Ledreborg Castle, na Dinamarca, shows que foram gravados para televisão. Uma versão editada de uma hora do show foi transmitida na manhã de natal, em 2008, no canal dinamarquês DR2 e o concerto completo foi lançado em DVD em maio de 2009, com seis faixas extras de uma gravação da tv dinamarquesa de 1974.

Mais tarde em 2006, ele tocaram na Suíça, Noruega e Dinamarca, mas com Geoff Dunn substituindo Brzezick na bateria, porque sua outra banda, Casbah Club estava viajando com o The Who. No entanto, Dunn acabou substituindo Brzezicki na turnê europeia da banda em 2007. Gravações dos concertos na Itália foram depois lançados como One Eye to the Future – Live in Italy 2007. O Procol Harum também tocou um concerto orquestral na Suécia em 30 de junho. Eles tocaram com a Gävle Symphony Orchestra no espaço aberto Dalhalla, perto de Rättvik.

Em 20 e 21 de julho de 2007, a comemoração do 40º aniversário do sucesso A Whiter Shade of Pale foi organizada por fãs, que convidaram a banda a tocar. Foram dois concertos em St John´s, Smith Square, em Londres. No dia 20, o Procol Harum tocou uma mistura de canções dos primeiros anos e algumas novas, como Sister Mary e Missing Persons. No dia seguinte, Gary Brooker e convidados tocaram músicas obscuras da dupla Brooker-Reid que nunca foram gravadas ou nunca foram tocadas ao vivo, ou ainda foram apresentadas de maneira muito diferente da gravação original.

Apesar da banda estar inativa em 2008, seu empresário Chris Cooke usou o site Beyond the Pale para anunciar planos para um DVD ao vivo e um novo álbum em 2009, além de concertos na Noruega e Finlândia, em julho. Um pouco antes deste último concerto, Brooker caiu sobre uma pilha de toras na beira da estrada, na Finlândia, e quebrou algumas costelas. O show aconteceu, mas ele não conseguiu cantar direito, e muitas músicas tiveram uma versão instrumental tocada ou foram cantadas por outros membros da banda. Em outubro de 2009, com a recuperação de Brooker, a banda tocou em quatro concertos, em Hagen (Alemanha), Drammen (Noruega), Moscou e São Petersburgo. All This and More, uma retrospectiva de quatro discos (três CDs e um DVD com momentos históricos) foi lançada no outono de 2009, e Salvo também lançado com todos os álbuns anteriores remasterizados, Cds com faixas extras, algumas nunca ouvidas anteriormente.

Período de 2010 até hoje.

O Procol tocou nos Estados Unidos e Toronto em junho de 2010, a maior parte das vezes, abrindo para o Jethro Tull. Em julho, o Procol tocou no Keitelejazz Festival em Äänekoski, na Finlândia, no local onde a banda tocou com Brooker ferido em 2009. Eles decreveram os leais fãs finlandeses como “a melhor plateia do mundo” e tocou uma versão única de A Whiter Shade of Pale com solo de guitarra de Geoff Whitehorn. 48 horas depois eles foram convidados a tocar em um concerto gratuito nos jardins do Palácio da Província de Bergamo, na Itália. Em agosto, eles tocaram em Bad Krozingen, na Alemanha e num evento de Lendas do Rock no Dolina Charlotty Amphitheater, na Polônia. Depois de um show de Halloween em Leamington Spa (seu primeiro show no Reino Unido em 3 anos), a banda retornou à América do Norte em novembro, tocando inclusive um evento orquestral com a Edmonton Symphony Orchestra. Após tocar em Tallinn, Estônia, em novembro, eles voltaram aos Estados Unidos para um concerto em Wilmington, Delaware em dezembro. Mais de 13 mil pessoas viram oito concertos de ano novo com a Danish Radio Orchestra, em Copenhagen e outras cidades dinamarquesas em janeiro de 2011.

Em maio de 2012, Gary Brooker foi hospitalizado após cair no seu quarto de hotel em Cape Town. Ele tinha que tocar com a sua banda no GrandWest Arena no dia seguinte, com seus conterrâneos 10cc e The Moody Blues, na turnê chamada “British Invasion” e depois em Johannesbugo. Ele deu entrada na UTI do hospital Christiaan Barnard Memorial Hospital com uma séria fratura no crânio.

A banda voltou à Dinamarca para o Kløften Festival em 25 de junho, antes de embarcar em uma turnê americana de apoio ao Yes. Em 2012 a artista japonesa Yumi Matsutoya foi a Londres para gravar A Whiter Shade of Pale com o Procol, banda que ela considera como “inspiração para o seu trabalho”. Ela cantou em dueto com Gary Brooker nesta nova versão do clássico de 1967, onde constam três versos e solo de guitarra de Geoff Whitehorn. Yumi e o Procol Harum então tocaram em uma série de shows em cidades japonesas. Uma das apresentações foi gravada para a televisão.

Em 2012 Henry Scott-Irvine publicou uma biografia da banda, Procol Harum – os fantasmas de A Whiter Shade of Pale. Martins Scorsese escreveu o preâmbulo, Sir Alan Parker escreveu uma introdução e Sebastian Faulks escreveu o epílogo. Ele também foi apresentador de um evento no BFI com exibição de um filme sobre o Procol Harum, onde estiveram presentes membros do grupo.

Em março e abril de 2013, o Procol fez várias apresentações com orquestras na Dinamarca e em Wuppertal na Alemanha. A banda fez quatro concertos, sem orquestra, na Suécia e Finlândia no início de outubro.

Em setembro de 2012, a banda esteve entre os 15 finalistas indicados para o Rock and Roll Hall of Fame, Class 2013. Na eleição em dezembro deste ano, no entanto, a banda não teve votos suficientes.

Em 2014 a banda fez shows na França, Suiça, Alemanha, Canadá (em Ottawa com uma orquestra) e nos Estados Unidos. A banda também tocou cinco músicas no evento de caridade Kenney Jones´ Rock´n´Horsepower, em Ewhurst, Surrey, em junho. O evento teve a presença de Alvin Stardust, John Lodge, Nick Kershaw, Mike Rutherford, Judie Tsuke e o The Who. O CD duplo, Inside & Outside, foi lançado com faixas de estúdio da época da Chrysallis e um CD ao vivo incluindo material novo e músicas dos primeiros álbuns Zonophone. Em 24 de novembro, a banda tocou no Dominion Theatre em Londres com a Orquestra da BBC e coral Crouch End Festival em um evento gravado para transmissão pela BBC Radio 2, no programa de 28 de novembro Friday Night is Music Night. O guitarrista Geoff Whitehorn foi hospitalizado durante os ensaios e o guitarrista do Rick Wakeman, Dave Colquhoun o substituiu (ainda que de muletas, com o tornozelo oquebrado). Ele fez um solo na primeira versão orquestrada da música tributo ao 11 de setembro, de Keith Reid, Blink of an Eye, dedicada por Gary Brooker aos corajosos bombeiros da 8th Avenue station sobre quem a banda frequentemente fala nos shows em Nova Iorque.

Processo por direitos autorais.

Em julho de 2009, Matthew Fisher ganhou um processo, ficando com 40% de royalties de 2005 em diante por A Whiter Shade of Pale, que anteriormente eram divididos 50% para Brooker e 50% para Reid, pela letra. Texto: Adriana Castilho, fonte: Wikipédia em inglês. Site Oficial. 

Integrantes.

Atuais.

Gary Brooker (Vocais, Piano, 1967-1977, desde 1991)
Keith Reid (Letras, 1967-1977, desde 1991)
Geoff Whitehorn (Guitarra, desde 1991)
Matt Pegg (Baixo, desde 1993)
Josh Phillips (Teclados (1993, desde 2004)
Geoff Dunn (Bateria, desde 2006)

Ex-Integrantes.

Matthew Fisher (Teclados, Vocais, 1967-1969, 1991-2003)
Dave Knights (Baixo, 1967-1969)]
Ray Royer (Guitarra, 1967)
Bobby Harrison (Bateria, 1967)
BJ Wilson (Bateria, Percussão (1967-1977, R.I.P 1990)
Robin Trower (Guitarras, Vocais, 1967-1971, 1991)
Chris Copping (Baixo, Teclados, 1969-1977)
Dave Ball (Guitarras, 1971-1972, R.I.P 2015)
Alan Cartwright (Baixo, 1972-1976)
Mick Grabham (Guitarrista, 1972-1977)
Tim Renwick (Guitarra, 1977, 1991)
Pete Solley (Teclados, 1977)
Dee Murray (Baixo, 1977, R.I.P 1992)
Dave Bronze (Baixo, 1991-1993)
Mark Brzezicki (Bateria, 1991-1992, 2000-2006)
Jerry Stevenson (Guitarras, Bandolim, 1991)
Don Snow (Teclados, 1992)
Ian Wallace (Bateria, 1993,  R.I.P 2007)
Graham Broad (Bateria, 1995, 1997)
Henry Spinetti (Bateria, 1996)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Procol Harum (1967)
 
01. Conquistador
02. She Wandered Through The Garden Fence
03. Something Following Me
04. Mabel
05. Cerdes (Outside The Gates Of)
06. A Christmas Camel
07. Kaleidoscope
08. Salad Days (Are Here Again)
09. Good Captain Clack
10. Repent Walpurgis
Bonus Tracks.
11. A Whiter Shade Of Pale
12. Lime Street Blues
13. Homburg (Single Version)
14. Good Captain Clack (Single Version)
15. Il Tuo Diamante (Italian Single / Promo Version)
16. Understandably Blue
17. Pandora's Box (Version 1 / Backing Track)
18. Alpha
19. Conquistador (Stereo Version)
20. She Wandered Through The Garden Fence (Stereo Version)
21. Homburg (Album Version)


Shine On Brightly (1968)
 
01. Quite Rightly So
02. Shine On Brightly
03. Skip Softly (My Moonbeams)
04. Wish Me Well
05. Rambling On
06. Magdalene (My Regal Zonophone)
07. In Held Twas In I
A. Glimpses Of Nirvana
B. 'Twas Teatime At The Circus
C. In The Autumn Of My Madness
D. Look To Your Soul
E. Grand Finale
Bonus Tracks.
08. Quite Rightly So (Mono Single Version)
09. In The Wee Small Hours Of Sixpence (Mono Single Version)
10. Monsieur Armand (Mono Outtake)
11. Seem To Have The Blues (Most All The Time) (Mono Single Version)
12. McGreggor (Stereo Outtake)
13. The Gospel According To... (Stereo Alternate Of 'Wish Me Well')
14. Shine On Brightly (Alternate Mono 1967 Version)
15. Magdalene (My Regal Zonophone) (Alternate Mono 1967 Version)
16. A Robe Of Silk (Stereo Backing Track)
17. Monsieur Armand (Stereo Backing Track)
18. In The Wee Small Hours Of Sixpence (Stereo Backing Track)


A Salty Dog (1969)
 
01. A Salty Dog
02. The Milk Of Human Kindness
03. Too Much Between Us
04. The Devil Came From Kansas
05. Boredom
06. Juicy John Pink
07. Wreck Of The Hesperus
08. All This And More
09. Crucifiction Lane
10. Pilgrims Progress
Bonus Tracks.
11. Long Gone Geek
12. Goin' Down Slow (Live In The USA, April, 1969)
13. Juicy John Pink (Live In The USA, April, 1969)
14. Crucifiction Lane (Live In The USA, April, 1969)
15. Skip Softly (My Moonbeams)/Also Sprach Zarathustra (Live In The USA, April, 1969)
16. The Milk Of Human Kindness (Take 1 / Raw Track)


Home (1970)
 
01. Whisky Train
02. The Dead Man's Dream
03. Still There'll Be More
04. Nothing That I Didn't Know
05. About To Die
06. Barnyard Story
07. Piggy Pig Pig
08. Whaling Stories
09. Your Own Choice
Bonus Tracks.
10. Still There'll Be More (Take 3 / Raw Track)
11. Whaling Stories (Raw Track)


Broken Barricades (1971)
 
01. Simple Sister
02. Broken Barricades
03. Memorial Drive
04. Luskus Delph
05. Power Failure
06. Song For A Dreamer
07. Playmate Of The Mouth
08. Poor Mohammed
Bonus Tracks.
09. Broken Barricades (Long Fade / Raw Track)
10. Simple Sister (Raw Track)
11. Poor Mohammed (Backing Track)
12. Song For A Dreamer (King Jimi) (Backing Track)


In Concert With The Edmonton Symphony Orchestra (Live 1972)
 
01. Conquistador
02. Whaling Stories
03. A Salty Dog
04. All This And More
05. In Held 'Twas In I
A. Glimpses Of Nirvana
B. 'Twas Teatime At The Circus
C. In The Autumn Of My Madness
D. Look To Your Soul
E. Grand Finale
Bonus Tracks.
06. Luskus Delph (Single B-Side)
07. Simple Sister (From The Rehearsal)
08. Shine On Brightly (From The Rehearsal)


Grand Hotel (1973)
 
01. Grand Hotel
02. Toujours L'amour
03. A Rum Tale
04. T.V. Ceasar
05. A Souvenir Of London
06. Bringing Home The Bacon
07. For Liquorice John
08. Fires (Which Burnt Brightly)
09. Robert's Box
Bonus Tracks.
10. Grand Hotel (Raw Track Without Orchestra)
11. Bringing Home The Bacon (Raw Track Featuring Dave Ball)


Exotic Birds And Fruit (1974)
 
01. Nothing But The Truth
02. Beyond The Pale
03. As Strong As Samson
04. The Idol
05. The Thin End Of The Wedge
06. Monsieur R. Monde
07. Fresh Fruit
08. Butterfly Boys
09. New Lamps For Old
Bonus Tracks.
10. Drunk Again (Single B-Side)
11. As Strong As Samson (Alternate Mix In D?)


Procol's Ninth (1975)
 
01. Pandora's Box
02. Fool's Gold
03. Taking The Time
04. The Unquiet Zone
05. The Final Thrust
06. I Keep Forgetting
07. Without A Doubt
08. The Piper's Tune
09. Typewriter Torment
10. Eight Days A Week
Bonus Tracks.
11. The Unquiet Zone (Raw Track)
12. Taking The Time (Raw Track)
13. Fool's Gold (Raw Track With Guide Vocal)


Something Magic (1977)
 
01. Something Magic
02. Skating On Thin Ice
03. Wizard Man
04. The Mark Of The Claw
05. Strangers In Space

06. The Worm & The Tree: Part One: Introduction, Menace, Occupation
07.
The Worm & The Tree: Part Two: Enervation, Expectancy, Battle
08.
The Worm & The Tree: Part Three: Regeneration, Epilogue
Bonus Tracks.
09. Backgammon (Single B-Side)
10. You'd Better Wait (Live)
11. This Old Dog (Live)


The Prodigal Stranger (1991)
 
01. The Truth Won't Fade Away
02. Holding On
03. Man With a Mission
04. (You Can't) Turn Back the Page
05. One More Time
06. A Dream in Ev'ry Home
07. The Hand That Rocks the Cradle
08. The King of Hearts
09. All Our Dreams Are Sold
10. Perpetual Motion
11. Learn to Fly
12. The Pursuit of Happiness


The Long Goodbye: The Symphonic Music of Procol Harum (1995)
 
01. Conquistador
02. Homburg
03. Grand Hotel
04. Simple Sister
05. A Salty Dog
06. Pandora's Box
07. A Whiter Shade of Pale
08. Repent Walpurgis
09. (You Can't) Turn Back the Page
10. Strangers in Space
11. Butterfly Boys
12. The Long Goodbye


One More Time: Live in Utrecht 1992 (1999)
 
01. Bringing Home the Bacon
02. Shine on Brightly
03. Homburg
04. One More Time
05. Grand Hotel
06. Man With a Mission
07. The Devil Came From Kansas
08. Whisky Train
09. The King of Hearts
10. A Salty Dog
11. Whaling Stories
12. All Our Dreams Are Sold
13. Repent Walpurgis


The Well's On Fire (2003)
 
01. An Old English Dream
02. Shadow Boxed
03. A Robe of Silk
04. The Blink of an Eye
05. The VIP Room
06. The Question
07. The World Is Rich
08. Fellow Travellers
09. Wall Street Blues
10. The Emperor's New Clothes
11. So Far Behind
12. Every Dog Will Have His Day
13. Weisselklenzenacht (The Signature)


Live At The Union Chapel (2004)
 
01. Underture
02. Shine on Brightly
03. An Old English Dream
04. Quite Rightly So
05. Simple Sister
06. Weisselklenzenacht
07. The Question
08. As Strong as Samson
09. Conquistador
10. Whisky Train
11. A Whiter Shade of Pale


Link.

One Eye To The Future: Recorded Live in Italy 2007 (2008)
 
01. Bringing Home the Bacon
02. Shine on Brightly
03. The VIP Room
04. Pandora's Box
05. Learn to Fly
06. (You Can’t) Turn Back the Page
07. Homburg
08. Simple Sister
09. A Rum Tale
10. Grand Hotel
11. One Eye on the Future
12. Worried Life Blues
13. Conquistador
14. An Old English Dream
15. A Whiter Shade of Pale
16. Whisky Train
17. A Salty Dog


In Concert with The Danish National Orchestra & Choir (2009)
 
01. Grand Hotel
02. Something Magic
03. Homburg
04. Fires (Which Burnt Brightly)
05. Nothing But The Truth
06. Into The Flood
07. A Salty Dog
08. Symphathy For The Hard Of Hearing
09. A Whiter Shade Of Pale
10. Conquistador


The Best Of Procol Harum (2012)
 
01. Conquistador
02. Christmas Camel
03. A Whiter Shade Of Pale
04. Homburg (Single Version)
05. Quite Rightly So
06. Shine On Brightly
07. A Salty Dog
08. The Devil Came From Kansas
09. Nothing That I Didn't Know
10. Simple Sister
11. Broken Barricades
12. Grand Hotel
13. Bringing Home The Bacon
14. For Liquorice John
15. Beyond The Pale
16. Monsieur R. Monde
17. Pandora's Box
18. Something Magic
19. Wizard Man
20. Conquistador (Live)

Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

27 comentários :

  1. Daniel Lamartine10/01/2011 19:20

    Aeee, tava no aguardo desse post. Tinha só algumas músicas deles no acervo.

    Valeu Alex!

    ResponderExcluir
  2. Uma lindurinha só isso aqui!!

    Eita!

    ResponderExcluir
  3. Muita boa essa banda. Mais uma bela postagem do Mestre Alex! Obrigado por nos possibilitar conhecer todas essas grandes bandas!

    ResponderExcluir
  4. Bela postagem Alex, uma das minhas bandas favoritas, sem duvida umas das grandes do Rock

    ResponderExcluir
  5. gracias por permitirme descargar esta música...un abrazo

    ResponderExcluir
  6. Cara, impressionado com a qualidade dos caras, mais uma banda que eu não conhecia e que agora faz parte da minha playlist permanente. Valeu, Alex!

    ResponderExcluir
  7. COMO SEMPRE,VC TA SE SUPERANDO ,ALEX!CONTINUE ASSIM E Q DEUS TE PROTEJA!

    ResponderExcluir
  8. Ernane Zorzo22/02/2012 19:58

    Valeu Alex....
    força ao MURO!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Wagner Maia16/06/2012 19:21

    Jóia rara , muito obrigado por nos proporcionar esse deleite musical....

    ResponderExcluir
  10. Grande banda. Grande som. É maravilhoso poder ouvir música de há mais de 50 anos com esta qualidade. Grandes músicos. Valeu Alex, mais uma oportunidade fabulosa que você nos dá. O muro é fantástico e o Alex um grande amigo da música.
    Continua e não te deixes abater.

    ResponderExcluir
  11. banda espetacular,valeu cara!

    ResponderExcluir
  12. Top!
    Thank you very much.
    Gracias!

    ResponderExcluir
  13. SOU UM FREQUENTADOR DIÁRIO DESTE MURO !!!! OBRAS SELECIONADAS E GOSTO APURADO. É MUITO BOM SABER QUE PESSOAS RESPEITAM VERDADEIRAMENTE A ARTE ! MÚSICA É ALIMENTO DA VIDA, DO ESPÍRITO. E AQUI É UM LUGAR INCRÍVEL, POIS ALÉM DE OBRAS ESCOLHIDAS A DEDO, EXISTE UMA ORGANIZAÇÃO E ZELO, FAZENDO DESTE LUGAR NÃO UM SIMPLES PASSATEMPO, MAS SIM UM LUGAR COM CONTEÚDO. NA MINHA MODESTA OPINIÃO, A ERA DE OURO DA MÚSICA SÃO AS DÉCADAS DE 60/70. E AS DÉCADAS SEGUINTES FORAM PERDENDO O QUE DE MAIS IMPORTANTE EXISTE. A ARQUITETURA DA ARTE !!!! E SOU GRANDE APRECIADOR DO ROCK NACIONAL DA DÉCADA DE 80. ONDE TODA A ESTRUTURA FOI FORMADA. MAS O QUE VEJO HOJE, É UMA CENA MÚSICAL QUE SE IMPÕE PELAS SUPER PRODUÇÕES. PELAS GRANDES FINANCIADORAS. ONDE A ORIGINALIDADE SE PERDEU. A MTV ESTÁ ASSASSINANDO A MÚSICA. E CRIANDO ASSIM UMA TRIBO ESQUELÉTICA E CARENTE. A DÉCADA DE 2000/2010 PARA MIM FOI UM PERÍODO LAMENTÁVEL, ENFADONHO, RIDÍCULO E AZEDO. MAS TUDO BEM..., GOSTO NÃO SE DISCUTE..., E EU RESPEITO A OPINIÃO DE TODOS. MAS TENHO MINHAS CONVICÇÕES TAMBÉM. EXISTEM BANDAS DOS ANOS 60//70 QUE APENAS UMA MÚSICA É MAIOR DO QUE A OBRA INTEIRA DE BANDAS ATUAIS. POR FIM..., GRATO PELA EXISTÊNCIA DO MURO. VALEU......, ABRAÇOS.

    ResponderExcluir
  14. Que blog fantástico! Acabei de conhecer. Muito obrigado, vcs detonaram geral! Abs

    ResponderExcluir
  15. Parabens,pelo maior BLOG e a chance de voltar ao tempo e relembrar a epoca magica.

    ResponderExcluir
  16. Geraldo Ramos04/08/2014 01:57

    dando uma "passadinha" aqui nesse que é o melhor blog de classic-rock da net aqui eu fico como uma criança em loja de doces,é tanta coisa boa que a gente pira nos tesouros garimpados aqui!!!!!
    valeu Alex pela qualidade do blog!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  17. Jayme da Costa Maceió AL09/03/2015 18:37

    Sensacional... É o Espírito dos Anos sessenta presente em Minha Vida...PROCOL HARUM FOREVER... Muito Obrigado MURO...

    ResponderExcluir
  18. Caro Alex, fico sem palavras o que dizer do seu trabalho e dedicaçao.
    Entre um seculo e outro aqui estamos vivos para vivenciar o melhor de todas as epocas... Felicidades pra vc.

    ResponderExcluir
  19. Maravilhoso grupo! Amo Procol Harum <3 Obrigada por sua dedicação, Alex! Seu blog é essencial para nós que buscamos qualidades musicais! Nosso medicamento diário está aqui no MURO. Parabéns e felicidades pra você.

    ResponderExcluir
  20. Aqui só se fala no Muro. Muito obrigado MESMO!!!

    ResponderExcluir
  21. Buen material! Me encantó este post de una banda que dejó mucha historia en el Rock. Gracias!

    ResponderExcluir
  22. EXCELENTES MUSICOS ¡QUE CREATIVIDAD!. REALMENTE SON SORPRENDENTES, NO HABIA ESCUCHADO NADA MAS UNA CANCION PERO SON EXTRAORDINARIOS SUPER RECOMENDABLES SALUDOS DESDE MEXICO

    ResponderExcluir
  23. PROCOL HARUM é uma das melhores bandas de todos os tempos. Principalmente os primeiros discos com Robin Trower na guitarra e Matthew Fischer nos teclados.

    ResponderExcluir
  24. Minha banda favorita

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.