Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

12 de setembro de 2011

Geordie - Discografia.

Cidades industriais da velha Inglaterra serviram de berço para um bom punhado de lendários agrupamentos roqueiros. A atmosfera caótica e angustiante, o trabalho pesado e a falta de perspectivas forneceram subsídios suficientes para impulsionar carreiras de bandas tão distintas como os Animals, o Black Sabbath, o Judas Priest, o The Clash, o Venom, o Toy Dolls, o Skyclad e o Tygers Of Pang Tang.

No norte do país, muitas dessas bandas lutavam para conseguir um lugar ao sol (se é que ele existia). Desde a explosão beat do começo dos anos 60, a cidade de Newcastle servia de cenário para uma série de bandas e vocalistas poderosos, como Mr. Eric Burdon. Nessa escola, surgiu um sujeito chamado Brian Johnson, filho de um renomado sargento da Infantaria britânica. Brian declarou que aprendeu com seu pai como usar toda sua força e capacidade vocal.

Brian e muitos de sua geração denominavam-se um “geordie”, uma gíria que designava pessoas nascidas no norte do país, nas proximidades do Rio Tyne. A gíria “Geordie” começou a ser usada no século 19, e partiu do nome “Georgie”, o apelido do ilustre George Stephenson, o inventor da locomotiva.

Os Geordies sempre mantiveram um imenso orgulho de suas origens e faziam questão de manter suas diferenças perante o pessoal nascido no Sul do país. Esses princípios foram também o motivo motriz da banda do jovem Brian adotar o nome Geordie, lá pelos idos de 1972.

Antes do Geordie, Brian tinha passado por um grupo chamado Buffalo (não confundir com a banda australiana), onde conheceu o baixista Tom Hill. Ambos mantinham uma forte amizade com um experiente guitarrista, Vic Malcolm que tocava com os grupos Influence, Yellow e Smokestack. Como nenhuma dessas bandas vingou, resolveram unir forças, aproveitando a onda Glam, que assolava a Inglaterra com o sucesso devastador de caras como David Bowie e Marc Bolan, além de bandas como o Slade, Sweet, Mott The Hoople e muitas outras.

Na verdade o Geordie começou em 1971, com o nome de U.S.A., sempre percorrendo o circuito de pubs, universidades e até alguns concertos para numerosas plateias em lugares abertos ao público, como praças e parques.

As boas notícias começaram a vir de Londres, quando um sujeito da Red Bus Organisation ouviu uma fita dos rapazes e descolou um contrato pela estampa Regal Zonophone. Três meses depois saía o primeiro single da banda: "Don't Do That". Em janeiro de 1973, esse compacto chegava na 32º posição dos charts, o que serviu de isca para a sedenta EMI cair matando. Já pela poderosa gravadora, saiu a estréia do Geordie no formato LP: "Hope You Like It", emplacando alguns hits pela Europa como “All Because Of You” (6º posição na Inglaterra), “Ain't It Just Like A Woman”, a bela balada “Oh Lord”, a vintage “Old Time Rocker” e a divertida “Geordie's Lost His Liggie”, com Brian carregando naquele tradicional sotaque dos nortistas ingleses (Geordies). Essa última tornou-se um dos pontos altos dos shows do grupo.

Em 1974 é a vez de "Don't Be Fooled By The Name", com a banda firmando sua identidade, como mostram as faixas “Going Down”, “Got To Know”, “Mercenary Man” e uma versão para “House Of The Rising Sun”.

A exemplo do registro anterior, o disco saiu milagrosamente no Brasil, só que ainda mais caprichado, dessa vez com capa dupla e tudo mais. Dois anos depois sai mais um álbum, "Save The World". Salvem o mundo da disco music, da new wave e do punk rock, que minavam cada vez mais grupos como o Geordie, tratados dali pra frente como jurássicos demais para a nova geração sedenta por novidade mais agressivas ou meramente rebolantes.

Os shows diminuíam e a venda dos discos passava a ser risível. O jeito era se virar de qualquer maneira. Brian abandonou o grupo e lançou um disco solo que não deu em nada ("Strange Man", também de 1976). Chegou até a gravar um comercial para aspiradores de pó na TV inglesa, onde ele emprestava sua peculiar voz ao anúncio publicitário. O Geordie durou até 1978, quando tudo foi interrompido graças a total descaso do público e da crítica com o então mais recente álbum: "No Good Woman". Dois anos depois, Brian reformula o grupo, mas recebe um convite dos irmãos Young para uma audição referente ao posto de vocalista no AC/DC. A vaga estava aberta com a morte inesperada de Bon Scott.

Brian foi e cantou “Nutbush City Limits” de Ike & Tina Turner e “Whole Lotta Rosie”, do próprio AC/DC. Ficou com a vaga, acabando mais uma vez com os planos do Geordie.

Brian Johnson chegou ao AC/DC graças a um fã norte-americano, que com apenas 14 anos de idade, enviou um LP do Geordie para os irmãos Young, logo após ficar sabendo da morte de Bon Scott. Malcolm Young ouviu a bolacha e lembrou até de ter visto um show do Geordie, onde Brian gritou efusivamente, jogando-se ao chão, se contorcendo, enfim, uma performance histórica. Depois ficaram sabendo que na verdade Brian estava tendo um ataque de apendicite e logo após o show foi levado às pressas para o hospital! Corre também um boato interessante: desde o início dos 70s, Bon Scott era um fã de Brian Johnson, já que uma de suas primeiras bandas (Fraternity) tinha servido como supporting act do Geordie.

Em 1982, quando o AC/DC ia de vento em polpa com seu multi-platinado e emblemático "For Those About To Rock (We Salute You)", o Geordie voltava às atividades com Terry Schlesser no lugar de Brian Johnson. Buscando desesperadamente por um golpe de sorte, gravaram uma versão de “Nutbush City Limits”. A faixa que mudou a vida do ex-vocalista dos rapazes não teve o poder de fazer algo similar com a trajetória da recém reformulada banda.
Chegaram a gravar mais um disco, chamado "No Sweat", pelo selo Neat, sem nenhuma repercussão. Em 1985 a banda muda seu nome para Powerhouse e lança um disco homônimo, outro fracasso.


Brian sempre se preocupou com a saúde (principalmente) financeira de seus ex-companheiros. Dos anos 90 pra cá, promoveu uma série de reencontros e shows especiais do Geordie, todos contando com sua ilustre presença, o que servia para levantar fundos aos ex-membros (um deles estava sem grana para comprar uma dentadura!). Chegaram a se apresentar com o nome de Geordie II e gravaram duas faixas, “Biker Hill” e uma nova versão para “Wor Geordie's Lost His Liggie”, ambas para uma compilação chamada "Northumbria Anthology", uma homenagem à música e a cultura do norte inglês. Causas nobres... Texto: Bento Araújo (Whiplash) 

Integrantes.

Ultima Formação.

Brian Gibson (Bateria, 1971-1976, 1982-1985)
David Stephenson (Guitarra, 1982-1985)
Vic Malcolm (Guitarra, 1971-1976, 1982-1985)
Tom Hill (Baixo, 1971-1976, 1982-1985)
Rob Turnbull (Vocais, 1982-1985)

Ex-Integrantes.

Brian Johnson (Vocais, 1971-1976, 1978-1979)
Derek Rootham (Guitarra, 1978-1979)
Dave Robson (Baixo, 1978-1979)
Dave Whittaker (Bateria, 1978-1979)
 

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Bitrate: 320Kbps.

Álbuns.

Hope You Like It (1973)
 
01. Keep on Rockin'
02. Give You Till Monday
03. Hope You Like It
04. Don't Do That
05. All Because of You
06. Old Time Rocker
07. Oh Lord
08. Natural Born Loser
09. Strange Man
10. Ain't It Just Like a Woman
11. Geordie's Lost His Liggie

Don't Be Fooled By The Name (1974)
 
01. Goin' Down
02. House of the Rising Sun
03. So What
04. Mercenary Man
05. Ten Feet Tall
06. Got to Know
07. Little Boy
08. Look at Me
Bonus Tracks.
09. Electric Lady
10. Red Eyed Lady


Save The World (1976)
 
01. Mamma's Gonna Take You Home
02. She's A Teaser
03. Goodbye Love
04. I Cried Today
05. You Do This To Me
06. Save The World
07. Rocking Horse
08. Fire Queen
09. She's A Lady
10. Light In My Window
11. Ride On Baby
12. We're All Right Now
Bonus Tracks.
13. Black Cat Woman
14. Geordie Stomp


No Good Woman (1978)
 
01. No Good Woman
02. Wonder Song
03. Going to the City
04. Rock 'n' Roll Fever
05. Ain't It a Shame
06. Give It All You Got
07. Show Business
08. You've Got It
09. Sweet Little Rock 'n' Roller
10. Victoria
Bonus Tracks.
11.Dollars-Deutsche Marks
12.I Remember


No Sweat (1983)
 
01. No Sweat
02. This Time
03. Move Away
04. Time To Run
05. So You Lose Again
06. Rock And Roll
07. Oh No!
08. Hungry
09. We Make It Rock


Powerhouse - Powerhouse (1986)
 
01. Heaven Or Hell
02. Time To Run
03. Feels Like A Breakdown
04. Feel The Steel
05. She’s Got You
06. Oh No
07. So You Lose Again
08. Move Away
09. Rock'N'Roll

Singles & Rarities (2002)
 
01. Treat Her Like A Lady
02. Rockin' With The Boys Tonite
03. Dollars - Deutsche Marks
04. I Remember
05. Francis Was A Rocker
06. Can You Do It
07. Red Eyed Lady
08. Electric Lady
09. Geordie Stomp
10. Black Cat Woman
11. I Can't Forget You Now
12. Give It Up


Greatest Hits (2012)
 
CD 1.

01. All Because Of You
02. Don't Do That
03. No Good Woman
04. Can You Do It
05. Goodbye Love
06. Black Cat Woman
07. Oh No!
08. Sweet Little Rock'n'Roller
09. Time To Run
10. We're All Right Now
11. No Sweat
12. Red Eyed Label
13. She's A Lady
14. Natural Born Looser
15. Strange Man
16. Geordie's Lost His Liggie
17. Look At Me
18. Keep On Rockin'
19. Rock'n'Roll
20. Ain't It Just Like A Woman
21. Mama's Gonna Take You Home

CD 2.

01. House Of The Rising Sun
02. Geordie Stomp
03. Light In My Window
04. Treat Her Like A Lady
05. Ten Feet Tall
06. So You Lose Again
07. Give You 'Till Monday
08. Ride On Baby
09. Ain't It A Shame
10. Electric Lady
11. Old Time Rocker
12. Goin' Down
13. Save The World
14. Got To Know
15. Little Boy
16. She's A Teaser
17. Move Away
18. Hope You Like It
19. You Do This To Me
20. Francis Was A Rocker
21. Wonder Song


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

8 comentários :

  1. Alex Te Discutistye Con esta Discografia Yo Te La Pedi Hace Algunos Meses...Tu Si Que Atiendes A Tus Seguidores!!!!!!Un Abrazo Desde MEXICO

    ResponderExcluir
  2. Grande Alex GIgante essa discografia e muito boa Vendo os primeiros trabalho do Brian antes do AC\DC muito boa esta discografia parabénssss

    ResponderExcluir
  3. No disco ...Save the World(1976)as letras da capa são identicas as letras do nome do Iron Maiden.
    Seria alguma inspiração para o Iron, ou somente mera coincidência ?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tinha pensado nisso, pode ser que tenha alguma relação sim, pois o Iron se formou em 75 e o disco é de 76.

      Mistérios do rock hehehe!

      Excluir
    2. A mesma fonte do logotipo do Iron tbm pode ser vista num cartaz de um filme estrelado por David Bowie, 'The Man Who Fell To Earth' de 1976. Procure por Steel Mill - Green Eyed God e tbm verás q é utilizada uma fonte bem parecida. Não sei se dá pra falar qm pegou a ideia de quem, talvez fosse uma fonte comum q estivesse disponível na época

      Excluir
  4. Bom site !! bom trabalho

    ResponderExcluir
  5. Jayme da Costa Maceió AL06/03/15 22:48

    Só podia ser um sonsaço... Paraçe que o tempo não passou para o som dos brathers.

    ResponderExcluir
  6. Strange man do i cd tocou na eldo pop custei muito para descobrir quem era sonzaço Eduardo Santos Abraço

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.