Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

4 de setembro de 2011

Peter Gabriel - Discografia.

Peter Brian Gabriel (Chobham, 13 de fevereiro de 1950) é um músico inglês, um dos maiores representantes da World Music desde o final dos anos 70. Começou como vocalista, flautista e líder da banda de rock progressivo Genesis, mas, posteriormente, lançou-se numa bem-sucedida carreira solo. Peter também é um notório ativista dos direitos humanos. 

História.

Época no Genesis.

Peter Gabriel fundou o Genesis em 1967 juntamente com seus amigos Tony Banks, Anthony Phillips, Mike Rutherford e Chris Stewart, todos alunos da Charterhouse School, em Godalming, Inglaterra. O nome da banda foi sugerido por um aluno mais velho do colégio, Jonathan King, que àquela altura já era um reconhecido empresário de música pop. O primeiro álbum do quinteto chamou-se From Genesis to Revelation, de cujo título foi tirado o nome do grupo. 

Apaixonado pela soul music, Gabriel foi influenciado por diferentes artistas, incluindo Nina Simone, Gary Brooker do Procol Harum e Cat Stevens. Ele tocou flauta no álbum de Stevens Mona Bone Jakon, de 1970. No entanto, as maiores influências de Gabriel foram dois de seus contemporâneos: David Bowie e Syd Barrett, este líder do Pink Floyd, que estavam redefinindo a cena musical britânica no final dos anos 60 e início dos anos 70. 

O Genesis tornou-se rapidamente uma das bandas mais comentadas do país e, sem demora, conquistou fãs na Itália, Bélgica, Alemanha e em outros países da Europa. O apelo inicial da banda estava na presença de palco misteriosa de Gabriel, que se disfarçava com máscaras, maquiagens e trajes teatrais nos shows, representando personagens e símbolos das músicas. Outro recurso que Peter Gabriel usava ao vivo eram as histórias de suspense e humor que contava durante as pausas entre as músicas, enquanto os outros integrantes afinavam seus instrumentos. Nessa primeira fase do Genesis havia uso frequente de luz ultravioleta e bombas de fumaça no palco. 

Entre as fantasias mais famosas de Gabriel (que ele desenvolveu como forma de superação do medo de palco), incluem "The Flower" ("Supper's Ready", de Foxtrot), "Magog" ("Supper's Ready"), "Britannia" ("Dancing With The Moonlit Knight," de Selling England by the Pound), "The Old Man" ("The Musical Box", de Nursery Cryme), "Rael" (The Lamb Lies Down on Broadway) e "The Slipperman" ("The Colony of Slippermen," também de The Lamb Lies Down on Broadway). 

O vocal de apoio para Gabriel era geralmente feito por Mike Rutherford, Tony Banks e Phil Collins, que após longa busca por um substituto, acabou tornando-se vocalista da banda após a saída de Gabriel em 1975. A saída de Gabriel do Genesis resultou de diversos fatores. Após sete anos na banda, Peter sentia-se limitado criativamente, sua presença teatral nos shows causou atrito com os outros integrantes, pois a mídia exaltava suas bizarrices e reduzia Mike Rutherford, Tony Banks, Steve Hackett e Phil Collins a reles músicos de apoio do vocalista. 

As tensões aumentaram durante a gravação do ambicioso álbum conceitual duplo The Lamb Lies Down on Broadway e respectiva turnê, este sim um conceito criado por Gabriel, enquanto os outros integrantes se encarregaram das composições e arranjos. Por esse tempo, Gabriel foi contatado pelo diretor de cinema William Friedkin, de O Exorcista, que sondou a possibilidade de escrever um roteiro de filme com o líder do Genesis. Apesar de o projeto não ter saído do papel, a ausência de uma semana da banda desgastou muito a relação do quinteto. Sua saída foi acertada antes da turnê de The Lamb Lies Down on Broadway. 

Outro ponto de tensão foi a gravidez problemática de Jill Moore, mulher de Gabriel. Os médicos não garantiram que Anna-Marie nasceria com vida e, diante disso, Peter Gabriel achou por bem ficar por mais tempo com sua família. Como isso significou que o vocalista não estaria disponível para ensaiar, gravar e fazer shows, ficou claro que a saída dele era a única solução. Os sentimentos envolvidos nesse doloroso processo inspiraram Gabriel a compor a canção "Solsbury Hill", que chegou à posição 70ª das 100 mais pedidas da Billboard, em 1978. 

O começo da carreira solo.

Gabriel recusou-se a intitular seus quatro primeiro álbuns solo (todos são chamados Peter Gabriel, diferindo somente na arte da capa), já que gostaria que as capas tivessem o mesmo impacto de uma edição especial da revista Time, que normalmente é composta apenas de uma foto e o nome da publicação; posteriormente, nos EUA, os quatro primeiros álbuns foram diferenciados através de numeração e da imagem frontal, na ordem I - Car, II - Scratch, III - Melt e IV - Security. Três deles foram produzidos entre 1976 e 1982 por Bob Ezrin. Gabriel trabalhou com o guitarrista Robert Fripp (do King Crimson) como produtor em seu segundo LP solo, de 1978. Esse álbum é tido como o mais obscuro e experimental por não ter produzido hits. 

O terceiro álbum, lançado em 1980, trouxe a colaboração de Steve Lillywhite, que despontava com os primeiros álbuns do U2. É lembrado pelos compactos "Games Without Frontiers" e "Biko", que mostram o novo interesse de Gabriel pela world music (especialmente na percussão, no emprego da então nascente técnica do "gated drum", também chamada de "gated reverb", na qual, dentre outras características, não são usados os pratos da bateria), e pela esmerada produção, que fez uso extenso dos recursos de estúdio e processamentos de som. 

As sessões de gravação entre 1981 e 1982 com o produtor David Lord acabaram resultando no quarto LP, Security, cuja produção teve mais participação do cantor e letrista. Apesar do som peculiar e dos temas introspectivos (preferidos por Gabriel), o álbum foi bem sucedido e rendeu um sucesso, "Shock the Monkey", para o qual foi realizado um videoclipe inovador. 

Gabriel promoveu todos os seus álbuns com turnês, nas quais, cada vez mais percebia-se o emprego de recursos e conceitos originais, coreografias, tecnologia de ponta, e a redução do uso de maquiagens e da flauta que tanto o celebrizaram na época do Genesis. Para uma das turnês, toda sua banda raspou a cabeça. A turnê de 1982 e 1983 incluía uma sessão de abertura com David Bowie. Esse período foi resumido com o álbum ao vivo Plays Live. 

Em outubro de 1982, Peter Gabriel se reuniu ao Genesis para um show exclusivo, chamado Six of the Best, no estádio Milton Keynes, na Inglaterra. A iniciativa partiu do empresário do Genesis, Tony Smith, ao saber que Gabriel estava à beira da falência devido ao seu patrocínio ao festival internacional de artes chamado "World of Music, Arts and Dance" (WOMAD). A situação era tão grave que Peter Gabriel foi jurado de morte por pessoas ligadas aos demais credores do festival. Assim, ele, Tony Banks, Mike Rutherford, Phil Collins, Steve Hackett, Daryl Stuermer e Chester Thompson se apresentaram juntos em 2 de outubro daquele ano e conseguiram a renda necessária para Gabriel normalizar sua situação, não ser assassinado, não perder sua gravadora e editora de música (Real World Records) e levar adiante sua carreira. O show foi apresentado por Jonathan King, o produtor do álbum de estreia do conjunto. 

Os anos de sucesso.

Apesar de sucesso comercial e de crítica com os álbuns anteriores, sua maior popularidade foi obtida em 1986 com So. As canções "Sledgehammer", "Big Time" e "In Your Eyes" estouraram nas paradas de sucesso de vários países do mundo. O álbum foi co-produzido por Daniel Lanois, já então reconhecido por seu trabalho no U2. 

A canção "Sledgehammer" foi acompanhada por um videoclipe inovador, que ganhou diversos prêmios no MTV Music Video Awards de 1987, e estabeleceu um novo padrão para vídeos de música, tendo sido decisiva sua influência no surgimento da chamada "indústria do videoclipe". O mesmo aconteceu com "Big Time", cujo clipe usa animação e diversos efeitos especiais. "Sledgehammer" também apareceu na trilha internacional da novela Roda de Fogo, do Brasil, em 1986. Nessa época, Peter se envolveu fortemente com as causas da Anistia Internacional. 

Em 1989, o cantor lançou Passion, a trilha sonora do filme de Martin Scorsese, A Última Tentação de Cristo. Muitos consideram o álbum como o auge de seu trabalho com world music, e com ele Gabriel ganhou seu primeiro Grammy. 

Em seguida foi lançado Us, em (1992) (também co-produzido por Daniel Lanois), no qual foram explorados problemas pessoais recentes: o fim de seu primeiro casamento, suas crises de depressão causadas pelo transtorno bipolar e sua excessiva preocupação com a forma física e sexo, além da crescente distância entre ele e sua primogênita. A característica introspecção de Gabriel, nesse álbum, se tornou mais intensa, como se pode ver no videoclipe da primeira música de trabalho, Steam, em que aparecem várias referências a mulheres e ao sexo. 

A segunda música de trabalho, "Digging in the Dirt", mostra o artista em meio a várias situações conflituosas, violentas, embaixo da terra e coberto de minhocas. Seus problemas com a filha foram explorados em "Come Talk To Me", que tinha vocal de apoio de Sinéad O'Connor. O'Connor também cantou em "Blood of Eden", o terceiro compacto do álbum. Os anos 90 de Gabriel foram resumidos no CD duplo Secret World Live (1994). Gabriel ganhou outros três Grammys por seus videoclipes. 

Após uma grande parada em que se voltou para outros projetos, Gabriel lançou OVO, com a trilha sonora do evento "Domo do Milênio", em Londres, em 2000, cuja proposta foi celebrar artisticamente a civilização Ocidental, com a abordagem de seu passado, presente e as esperanças para o futuro, Long Walk Home, trilha sonora para o filme Rabbit-Proof Fence que ganhou o Globo de Ouro. Em setembro de 2002 foi lançado Up, seu primeiro álbum de estúdio na década, o qual tematiza experiências e sentimentos típicos da meia-idade, e mescla novos estilos musicais ao resgate de algumas referências do rock progressivo. Esse álbum teve menos sucesso comercial, embora a crítica tecesse elogios. 

Trabalhos recentes.

Gabriel apresentou-se no Live 8 em julho de 2005, e um DVD do evento foi lançado. Também tocou no palco com Cat Stevens, 33 anos após participar do álbum Mona Bone Jakon. O evento ocorreu em Joanesburgo durante concerto para Nelson Mandela. No final de 2005 foi lançado novo DVD duplo, Peter Gabriel Live & Unwrapped. 

A FIFA convidou Peter Gabriel e Brian Eno para organizar uma cerimônia de abertura para a final Copa do Mundo de 2006 na Alemanha. Peter começou o projeto no Olympic Stadium de Berlim, mas o espetáculo foi cancelado em janeiro do mesmo ano pela FIFA por falta de caixa e suposta falta de interesse, ainda que explicação oficial foi um potencial dano ao gramado do estádio. 

Rumores de uma possível reunião da formação clássica do Genesis circularam entre 2004 e 2005, especialmente após Phil Collins declarar em entrevista que era aberto à ideia de voltar às baquetas e deixar o microfone à Peter Gabriel. Gabriel encontrou com os outros membros em 2005 e 2006, e uma possível turnê para The Lamb Lies Down on Broadway foi discutida. Apesar de Gabriel não ter se interessado pelo projeto, Collins, Banks, Rutherford, Stuermer e Thompson embarcaram em uma série de concertos pela Europa. 

Gabriel apresentou "Imagine" de John Lennon na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006 em Turim, em 10 de fevereiro de 2006. 

Peter Gabriel compôs a música "Down to Earth" para a trilha sonora do filme WALL-E (2008). Texto: Wikipédia. Site Oficial.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Peter Gabriel (1977)
 
01. Moribund The Burgermeister (4:18)
02. Solsbury Hill (4:20)
03. Modern Love (3:38)
04. Excuse Me (3:19)
05. Humdrum (3:24)
06. Slowburn (4:36)
07. Waiting For The Big One (7:13)
08. Down The Dolce Vita (4:42)
09. Here Comes The Flood (5:54)


Peter Gabriel (1978)
 
01. On The Air (5:28)
02. D.I.Y. (2:38)
03. Mother Of Violence (3:22)
04. A Wonderful Day In A One-Way World (3:35)
05. White Shadow (5:18)
06. Indigo (3:33)
07. Animal Magic (3:29)
08. Exposure (4:17)
09. Flotsam And Jetsam (2:22)
10. Perspective (3:28)
11. Home Sweet Home (4:39)


Peter Gabriel (1980)
 
01. Intruder (4:53)
02. No Self Control (3:55)
03. Start (1:20)
04. I Don't Remember (4:41)
05. Family Snapshot (4:28)
06. And Through the Wire (5:00)
07. Games Without Frontiers (4:06)
08. Not One of Us (5:21)
09. Lead a Normal Life (4:14)
10. Biko (7:29)


Peter Gabriel (1980) Ein Deutsches Album.
 
01. Eindringling (5:05)
02. Keine Selbskontrolle (4:04)
03. Frag Mich Nicht Immer (6:06)
04. Schnappschuss (Ein Familienfoto) (4:30)
05. Und Durch Den Draht (4:31)
06. Spiel Ohne Grenzen (4:10)
07. Du Bist Nicht Wie Wir (5:34)
08. Ein Normales Leben (4:24)
09. Biko (8:58)


Peter Gabriel (1982)
 
01. The Rhythm Of The Heat (5:18)
02. San Jacinto (6:29)
03. I Have The Touch (4:36)
04. The Family And The Fishing Net (7:03)
05. Shock The Monkey (5:29)
06. Lay Your Hands On Me (6:12)
07. Wallflower (6:35)
08. Kiss Of Life (4:19)


Peter Gabriel (1982) Ein Deutsches Album.
 
01. Der Rhythmus Der Hitze (5:21)
02. Der Fischernetz (6:50)
03. Kon Takt! (4:31)
04. San Jacinto (6:15)
05. Schock Den Affen (5:47)
06. Handauflegen (6:08)
07. Nicht Die Erde Hat Dich Verschluckt (6:03)
08. Mundzumundbeatmung (4:54)


Plays Live (1983)
 
CD 1.

01. The Rhythm Of The Heat (6:26)
02. I Have The Touch (4:43)
03. Not One Of Us (5:50)
04. Family Snapshot (4:48)
05. D.I.Y. (4:06)
06. The Family And The Fishing Net (7:34)
07. Intruder (4:43)
08. I Go Swimming (5:04)

CD 2.

01. San Jacinto (8:27)
02. Solsbury Hill (4:42)
03. No Self Control (5:02)
04. I Don't Remember (4:18)
05. Shock The Monkey (7:09)
06. Humdrum (4:23)
07. On The Air (5:22)
08. Biko (7:00)


Birdy (Soundtrack 1985)
 
01. At Night (2:46)
02. Floating Dogs (3:02)
03. Quiet And Alone (2:35)
04. Close Up (From Family Snapshot) (0:55)
05. Slow Water (2:54)
06. Dressing The Wound (4:10)
07. Birdy's Flight (From Not One Of Us) (3:03)
08. Slow Marimbas (3:24)
09. The Heat (From Rhythm Of The Heat) (4:47)
10. Sketch Pad With Trumpet And Voice (3:09)
11. Under Lock And Key (From Wallflower) (2:28)
12. Powerhouse At The Foot Of The Mountain (From San Jacinto) (2:24)


Plays Live: Highlights (1985)
 
01. I Have the Touch (4:47)
02. Family Snapshot (4:47)
03. D.I.Y. (4:05)
04. The Family and the Fishing Net (7:38)
05. I Go Swimming (4:54)
06. San Jacinto (8:19)
07. Solsbury Hill (4:41)
08. No Self-Control (5:04)
09. I Don't Remember (4:12)
10. Shock The Monkey (7:10)
11. Humdrum (4:21)
12. Biko (6:52)


So (1986)
 
01. Red Rain (5:39)
02. Sledgehammer (5:16)
03. Don't Give Up (6:33)
04. That Voice Again (4:53)
05. In Your Eyes (5:29)
06. Mercy Street (6:20)
07. Big Time (4:29)
08. We Do What We're Told Milgram's 37 (3:21)
09. This Is The Picture Excellent Birds (4:19)


Passion (Soundtrack 1989)
 
01. The Feeling Begins (3:59)
02. Gethsemane (1:25)
03. Of These, Hope (3:55)
04. Lazarus Raised (1:25)
05. Of These, Hope (Reprise) (2:44)
06. In Doubt (1:32)
07. A Different Drum (4:40)
08. Zaar (4:53)
09. Troubled (2:55)
10. Open (3:27)
11. Before Night Falls (2:18)
12. With This Love (3:40)
13. Sandstorm (3:01)
14. Stigmata (2:28)
15. Passion (7:38)
16. With This Love (Choir) (3:20)
17. Wall of Breath (2:29)
18. The Promise of Shadows (2:13)
19. Disturbed (3:25)
20. It Is Accomplished (2:55)
21. Bread and Wine (2:21)


Shaking The Tree: Sixteen Golden Greats (Coletânea 1990)
 
01. Solsbury Hill (4:20)
02. I Don't Remember (3:48)
03. Sledgehammer (4:55)
04. Family Snapshot (4:25)
05. Mercy Street (4:43)
06. Shaking the Tree (6:24)
07. Don't Give Up (5:55)
08. San Jacinto (6:40)
09. Here Comes the Flood (4:31)
10. Red Rain (5:35)
11. Games Without Frontiers (3:57)
12. Shock the Monkey (3:57)
13. I Have the Touch (3:44)
14. Big Time (4:25)
15. Zaar (2:58)
16. Biko (6:54)


Us (1992)
 
01. Come Talk To Me (7:06)
02. Love To Be Loved (5:18)
03. Blood Of Eden (6:38)
04. Steam (6:03)
05. Only Us (6:32)
06. Washing Of The Water (3:52)
07. Digging In The Dirt (5:18)
08. Fourteen Black Paintings (4:37)
09. Kiss That Frog (5:20)
10. Secret World (7:02)


Secret World Live (1994)
 
CD 1.

01. Come Talk to Me (6:13)
02. Steam (7:42)
03. Across the River (5:56)
04. Slow Marimbas (1:45)
05. Shaking the Tree (9:18)
06. Red Rain (6:14)
07. Blood of Eden (6:57)
08. Kiss That Frog (5:56)
09. Washing of the Water (4:06)
10. Solsbury Hill (4:45)

CD 2.

01. Digging in the Dirt (7:36)
02. Sledgehammer (4:59)
03. Secret World (9:11)
04. Don't Give Up (7:36)
05. In Your Eyes (11:34)


OVO: The Millennium Show (Soundtrack 2000)
 
CD 1.

01. Low Light (6:42)
02. The Time Of The Turning (5:05)
03. The Man Who Loved The Earth / The Hand That Sold Shadows (4:14)
04. The Time Of The Turning (Reprise) / The Weavers Reel (5:36)
05. Father, Son (4:56)
06. The Tower That Ate People (4:49)
07. Revenge (1:30)
08. White Ashes (2:34)
09. Downside-Up (6:03)
10. The Nest That Sailed The Sky (4:55)
11. The Tree That Went Up (2:14)
12. Make Tomorrow (10:18)

CD 2.

01. The Story Of OVO (Rasco's Rap Version) (22:45)


Long Walk Home: Music From The Rabbit-Proof Fence (Soundtrack 2002)
 
01. Jigalong (4:03)
02. Stealing The Children (3:19)
03. Unlocking The Door (1:57)
04. The Tracker (2:47)
05. Running To The Rain (3:18)
06. On The Map (0:59)
07. A Sense Of Home (1:59)
08. Go Away Mr Evans (5:14)
09. Moodoo's Secret (3:02)
10. Gracie's Recapture (4:40)
11. Crossing The Salt Pan (5:07)
12. The Return Part 1, 2 And 3 (10:25)
13. Ngankarrparni (Sky Blue - Reprise) (6:01)
14. The Rabbit-Proof Fence (1:06)
15. Cloudless (4:49)


Up (2002)
 
01. Darkness (6:51)
02. Growing Up (7:33)
03. Sky Blue (6:37)
04. No Way Out (7:53)
05. I Grieve (7:24)
06. The Barry Williams Show (7:16)
07. My Head Sounds Like That (6:29)
08. More Than This (6:02)
09. Signal To Noise (7:36)
10. The Drop (3:01)


Hit (Coletânea 2003)
 
CD 1: Hit.

01. Solsbury Hill (4:23)
02. Shock The Monkey (3:59)
03. Sledgehammer (4:51)
04. Don't Give Up (5:55)
05. Games Without Frontiers (3:57)
06. Big Time (4:28)
07. Burn You Up, Burn You Down (5:26)
08. Growing Up (4:48)
09. Digging In The Dirt (5:15)
10. Blood Of Eden (5:06)
11. More Than This (4:33)
12. Biko (6:58)
13. Steam (6:02)
14. Red Rain (5:39)
15. Here Comes The Flood (4:32)

CD 2: Miss.

01. San Jacinto (6:31)
02. No Self-Control (3:54)
03. Cloudless (4:47)
04. The Rhythm Of The Heat (5:19)
05. I Have The Touch (4:19)
06. I Grieve (7:24)
07. D.I.Y. (2:38)
08. A Different Drum (4:47)
09. The Drop (3:04)
10. The Tower That Ate People (4:06)
11. Lovetown (5:23)
12. Father, Son (4:57)
13. Signal To Noise (7:34)
14. Downside Up (Live) (5:32)
15. Washing Of The Water (3:54)


Scratch My Back (2010)
 
01. Heroes (4:09)
02. The Boy in the Bubble (4:27)
03. Mirrorball (4:48)
04. Flume 3:00)
05. Listening Wind (4:22)
06. The Power of the Heart (5:51)
07. My Body Is a Cage (6:12)
08. The Book of Love (3:52)
09. I Think It's Going to Rain Today (2:34)
10. Après moi (5:13)
11. Philadelphia (3:46)
12. Street Spirit (Fade Out) (5:06)

Link.

New Blood (2011)
 
01. The Rhythm Of The Heat (5:41)
02. Downside Up (3:52)
03. San Jacinto (6:58)
04. Intruder (5:07)
05. Wallflower (6:25)
06. In Your Eyes (7:13)
07. Mercy Street (5:59)
08. Red Rain (5:15)
09. Darkness (6:10)
10. Don't Give Up (6:40)
11. Digging In The Dirt (4:57)
12. The Nest That Sailed The Sky (3:54)
13. A Quiet Moment (4:48)
14. Solsbury Hill (4:35)


Live Blood (2012)
 
CD 1.

01. Intruder (6:05)
02. Wallflower (7:25)
03. The Boy In The Bubble (4:33)
04. Après Moi (5:26)
05. The Drop (2:48)
06. Washing Of The Water (4:21)
07. The Book Of Love (3:55)
08. Darkness (6:33)
09. The Power Of The Heart (6:40)
10. Biko (6:52)
11. San Jacinto (7:47)

CD 2.

01. Digging In The Dirt (6:08)
02. Signal To Noise (8:48)
03. Downside Up (6:27)
04. Mercy Street (6:48)
05. The Rhythm Of The Heat (6:55)
06. Blood Of Eden (6:36)
07. Red Rain (7:05)
08. Solsbury Hill (6:21)
09. In Your Eyes (8:29)
10. Don't Give Up (8:30)
11. The Nest That Sailed The Sky (6:42)


Back To Front: Live In London (2014)
 
CD 1.

01. Daddy Long Legs (3:31)
02. Come Talk To Me (5:23)
03. Shock The Monkey (4:58)
04. Family Snapshot (4:45)
05. Digging In The Dirt (6:47)
06. Secret World (8:25)
07. The Family And The Fishing Net (7:26)
08. No Self Control (5:43)
09. Solsbury Hill (4:25)
10. Show Yourself (4:21)

CD 2.

01. Red Rain (5:54)
02. Sledgehammer (6:16)
03. Don't Give Up (7:41)
04. That Voice Again (4:39)
05. Mercy Street (6:35)
06. Big Time (4:52)
07. Milgrams 37 (We Do What We're Told) (4:47)
08. This Is The Picture (4:11)
09. In Your Eyes (10:21)
10. The Tower That Ate People (5:13)
11. Biko (8:56)


Singles & EP.

Sledgehammer (Single 1986)
 
01. Sledgehammer (Extended Version) (5:39)
02. Don't Break This Rhythm (3:53)
03. I Have The Touch (85 Remix) (3:47)


Big Time (Single 1987)
 
01. Big Time (Extended Version) (6:14)
02. Curtains (3:28)
03. No Self Control (3:54)
04. Across The River (7:12)
05. Big Time (Seven Inch Version) (4:26)


Biko (Single 1987)
 
01. Biko (Live July 27 1987 Cleveland) (6:31)
02. No More Apartheid (7:13)
03. I Have The Touch (85 Remix) (3:47)


Solsbury Hill (Single 1989)
 
01. Solsbury Hill (3:24)
02. Moribund The Burgermeister (4:17)
03. Solsbury Hill (Live) (4:45)


Digging In The Dirt (Single 1992)
 
01. Digging in the Dirt (5:16)
02. Digging in the Dirt (Instrumental) (5:10)
03. Quiet Steam (6:25)


Steam (Single 1992)
 
01. Steam (Lp Version) (6:01)
02. Games Without Frontiers (Massive / DB Mix) (5:20)
03. Steam (Oh, Oh, Let Off Steam Mix 12") (6:40)
04. Steam (Oh, Oh, Let Off Steam Mix Dub) (5:42)

Link.

Blood Of Eden (Single 1993)
 
01. Blood Of Eden (Album Version) (6:34)
02. Mercy Street (7:57)
03. Blood Of Eden (Special Mix For Wim Wenders' "Until The End Of The World) (6:42)


Kiss That Frog (Single 1993)
 
01. Kiss That Frog (Edit Of Album Version) (4:19)
02. Digging In The Dirt (Rich E Mix) (7:27)
03. Across The River (6:57)
04. Kiss That Frog (Mindblender Mix) (6:48)
05. Shaking The Tree (Bottrill Remix) (5:54)


Lovetown (Single 1994)
 
01. Lovetown (5:31)
02. Love To Be Loved (5:20)
03. A Different Drum (4:39)


SW Live EP (1994)
 
01. Red Rain (6:15)
02. Come Talk To Me (6:13)
03. San Jacinto (8:27)
04. Mercy Street (9:17)


The Barry Williams Show (Single 2002)
 
01. The Barry Williams Show (Unadulterated Radio Edit) (4:44)
02. The Barry Williams Show (Album Version) (7:18)
03. My Head Sounds Like That (Remix By Röyksopp) (8:22)
04. Cloudless (Radio Edit) (4:08)


More Than This (Single 2002)
 
01. More Than This (Radio Edit) (4:30)
02. More Than This (The Polyphonic Spree Mix) (5:06)
03. More Than This (Elbow Mix) (5:03)


Growing Up (Single 2003)
 
01. Growing Up (Tom Lord Alge Radio Edit) (3:09)
02. Growing Up (Album Version) (7:33)
03. Growing Up (Trent Reznor Remix) (6:31)


Burn You Up, Burn You Down (Single 2003)
 
01. Burn You Up, Burn You Down (Radio Edit) (3:47)
02. Darkness (Engelspost Remix) (14:10)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

14 comentários :

  1. José Alves Teixeira (Tex) Garanhuns-PE05/09/2011 13:59

    Mais uma vez O Muro me surpreende. Outra Grande Discografia postada aqui. Valeu Alex. Vou completar a minha coleção.

    ResponderExcluir
  2. Conheço pessoalmente Peter Gabriel desde 1973.quando cantava na banda inglesa GREEN PEAR (ainda canto na Inglaterra e EUA). Grande músico.Obrigado pelos últimos cds,que eu ainda não tinha. All the best for yoy all . Louis Clark (The Wolf)

    ResponderExcluir
  3. Olá! Eu sou fã do Genesis e do Peter há muito tempo e lamento por não ter ido ao show dele no SW apesar de depois saber das polemicas o que acredito ter sido um mal entendido pois o Peter sempre será um grande artista, que terá seu nome lembrado pelo seu grande talento e não por imagem ou polemicas...Gostei muito desse blog que eu não conhecia e quando vi a discografia de Gabriel fiquei feliz pois eu tenho poucos discos dele pois é dificil encontrá-los nas lojas e importados ainda estão caros e nem se tem a garantia de que estejam disponibilizados. Seu blog é bem informativo e tem uma interface bonita e original. Vá em frente!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mal entendido foi que o produtor do show do PG no SWU desligou os amplificadores da banda Ultraje a Rigor de forma desprezível e acabou tomando porrada do Ricardo Trovão (irmão do Roger), com toda a razão.
      Dias após o próprio Peter Gabriel ligou para o Roger e se desculpou pelo comportamento equivocado do produtor.

      Excluir
  4. ola Alex, o seu muro é o MELHOR, pois consegui varios cd's que procurava e as suas informações são confiaveis e certas. Espero continuação deste seu blog por muitos e muitos anos...

    ResponderExcluir
  5. Alex, obrigado por mais essas preciosidades.
    Não conhecia alguns dos álbuns. Fiz DOWNLOAD de todos os que faltavam para completar a discografia do PG. Vou ouvir no final de semana com uns amigos.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Great site.
    Thank you very much amigo.
    You're a saint brother.

    ResponderExcluir
  7. Peter Gabriel é um músico extremamente inteligente, deu várias lições sobre sonoridade em movimento, com lindas musicas, e sua carreira solo é o resultado disto. Obrigado, Muro.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.