Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

30 de setembro de 2011

Starcastle - Discografia.

Starcastle foi uma banda de rock progressivo formada em St. Louis, Missouri em 1969.
Biografia.

Formação.

Starcastle nasceu em 1969 como "St. James". Fortemente influenciada pelo movimento britânica de rock progressivo do tempo, a banda começou a escrever material que acabaria por aparecer no primeiro álbum. Eles também começaram um rigoroso cronograma de shows em clubes de suporte em todo o Centro-Oeste, aprimorando seu show no palco e trabalhando em material original com covers. Apesar do sucesso relativo, e o lançamento de um single era preciso algo mais. Assim nasceu Starcastle: com musicalidade firme, rara, gloriosas harmonias vocais e um baixista de dedos rápidos chamado Gary Strater. Eles estavam a caminho.

Starcastle e Fountains of Light.

Assim inicia-se a banda, com um LP auto-intitulado que foi lançado no início de 1976. A resposta para a música de Starcastle foi esmagadora e apesar de algumas acusações, a banda foi acusada de ser um “clone” do Yes, o álbum recebeu airplay pesado na FM em todo os EUA e no Canadá. O grupo começou uma agenda de shows ainda mais intensivo, incluindo alguns dos maiores shows de sua carreira. O primeiro álbum vendeu bem, e Epic Records enviou a banda para Le Studio em Morin-Heights, Quebec, com o produtor Roy Thomas Baker.

Apesar de Roy ser bem conhecido por seu sucesso com o Queen, a banda não tinha certeza se era uma boa ou não, pois Roy não entendia muito sobre o estilo da banda como os vocais e outros aspectos do som. A atmosfera e os arredores de Le Studio foram idílico, mas o produto final, Fountains of Light (considerado por muitos fãs como o melhor lançamento da banda) acabou por ser algo diferente do que a banda imaginava. Mais digressões seguiram esse tempo, incluindo uma série de shows como atração principal em salas pequenas e universidades com Journey e Foreigner. Fountains of Light recebeu a aclamação da crítica de banda, e enquanto o single "Diamond Song (Deep is the Light) o álbum vendeu consideravelmente.

Citadel e Real To Reel.

Mais uma vez, a gravadora queria mais músicas e os tempos foram mudando. Formatos de rádio foram se afastando do rock progressivo. Já não eram programadores interessados ​​em músicas de oito minuto, ou conceitos. Eles queriam músicas curtas, concisas, canções que se encaixariam no rádio e que vendesse. Apesar de problemas com o estilo de Roy Baker, enviaram Starcastle para a Inglaterra para gravar a sua oferta do terceiro álbum, Citadel, com Baker mais uma vez no manejo de produção. Eles eram pressionados a mudarem seu estilo musical mas Starcastle mantinha às suas raízes do rock progressivo. Depois de mais turnês, as rachaduras na banda estavam começando a aparecer.

Real To Reel foi um álbum do qual a banda sentiu que nunca deveria ter sido liberado, apesar de ter um material impressionante. A maioria dos demos mais "progressistas" feito para o registro foram rejeitadas pela CBS, e a banda tinha parado de acreditar no que estavam fazendo. O álbum foi lançado e teve pouco sucesso. Durante a turnê seguinte, o tecladista Herb Schildt decidiu que era hora de sair para prosseguir a sua paixão - computadores, e Terry, que tinha os olhos na produção, também sai da banda. Isso, juntamente com números decepcionantes de vendas, Starcastle cai de posição na lista da CBS.

A Nova Starcastle.

Implacável, Starcastle volta a atividade. Eles se reagruparam em Champaign, Illinois e no início de 1979 a banda começou a excursionar novamente, desta vez com Steve Hagler nos vocais e sem contrato com gravadoras. Embora este line-up funcionou por um tempo, Matt se lembrou de um vocalista que conheceu e fez amizade alguns anos antes, Ralph Goldhiem. Ralph havia participado de uma turnê em Midwest com um grupo chamado Timberline. Enquanto o som de Timberline era mais parecida com The Eagles e Poco, esta experiência deu a Ralph um gostinho do que ele queria fazer. Ele se mudou para Los Angeles temporariamente e juntou-se ao ex- vocalista doTrapeze / Deep Purple,Glenn Hughes nos ensaios para um possível álbum que nunca se materializou. Foi durante este tempo que Matt chamou Ralph para se juntar a Starcastle como vocalista.

Com Ralph a bordo, em julho de 1979, a nova Starcastle tomou forma. O material tornou-se mais hard edged, mantendo a marca registrada do som Starcastle. Precisando de uma mudança de ambiente Starcastle passou de Champaign para Atlanta, Georgia. Um acordo foi assinado em Atlanta com o produtor Jeff Glixman que foi naquela época mais conhecido por seu trabalho com o Kansas. Através do trabalho com Glixman sobre o primeiro demo, um acordo foi firmado com o ex-gerente de Queen, Jack Nelson. Nelson era mais um gerente "hands off", mas trouxe tanto Arista e A & M de John Kolander à mesa para um possível acordo. Nada aconteceu, mas a banda ainda tinha esperança de que algo viesse para melhorar. A banda contemplava uma mudança de nome, mesmo tido um show como "The Pack" no Agora Ballroom, emAtlanta, a banda continuava sendo Starcastle, e foi Starcastle que todos que estavam ali foram ouvir.

Reformas.

Em 1980, Steve Hagler e Steve Tassler deixaram o grupo. Mauro Magalhães substituiu Tassler na bateria.. Ensaios ocorreram com Magalhães, mas ele saiu pouco tempo depois para juntar-se a outra banda, The Georgia Satellites, uma banda cujo álbum de estréia seria produzida por Jeff Glixman. Matt Stewart partiu para a Califórnia e mais tarde iria se juntar a uma banda americana chamada Head East como guitarrista em meados da década de 80. Gary e Ralph continuaram a escrever juntos, mas, eventualmente, Gary voltou a Champaign, desiludido e procurando um novo começo.

Em 1982, Gary se mudou para o San Francisco Bay Area, onde começou a reinventar sua própria direção musical. Em última instância, isso levou Gary a formar uma versão nova e mais moderna de Starcastle com Bruce Botts (guitarra / vocal), George Harp (vocal) e Scott McKenzie (bateria / vocal). Muito material novo foi escrito e realizado e durante este tempo eles receberam muitos elogios da crítica e despertaram o interesse de Bill Graham. Bruce Botts deixou o grupo em 1985 e se mudou de volta para o centro-oeste. Ele foi substituído por Mark McGee (Vicious Rumors). Esta formação continuou até 1987, quando Gary voltou para Champaign.

Em 1997, Gary Strater e Bruce Botts reacenderam sua associação e começaram a trabalhar em uma nova gravação. Eventualmente, membros de todas as encarnações da banda se reuniram para trabalhar neste projeto. Em 2001, Gary formou a Sunsinger Records e lançou um CD de arquivo, Chronos I, com demos e faixas inéditas. Em 2002 ele seguiu em carreira solo, Eleven To The Fourth, um álbum experimental puramente baseado em fractais e equações de computador. O ex-baterista Steve Tassler também lançar um álbum solo no mesmo ano em Sunsinger, intitulado Alive Beyond Recognition.

Reunião e Futuro.

Em abril de 2004, um show beneficente foi organizado para Gary Strater, pois ele havia sido diagnosticado com câncer no pâncreas em 2003. Gary foi acompanhado no palco por todos os membros originais da banda para a apresentação de algumas canções. Essa seria a última apresentação de Gary com Starcastle, pois mais tarde, naquele mesmo ano, ele sucumbiu ao seu câncer, aos 51 anos de idade. Durante o seu tratamento de quimioterapia Gary e os outros membros continuaram a trabalhar em um novo recorde. Gary terminou suas partes apenas algumas semanas antes de falecer. O álbum, Song of Times, foi concluído no final de 2006 e lançado pela gravadora Prog Rock Records em 2007.

Integrantes.

 Atuais.

Al Lewis - Vocais.
Jimmy Wagner - Teclas.
Mike Castlehorn - Bateria.
Bruce Botts - Guitarra.
Herb Schildt - Teclas.
Gary Strater - Baixo, Vocais Secundários.

Ex-integrantes.

Gary Strater - Baixo (1969-1987, 1997-2004)
Matt Stewart - Guitarra (1969-1981, 1997-2006)
Steve Hagler - Guitarra (1969-1980, 2004)
Steve Tassler - Bateria (1969-1980, 2004)
Terry Luttrell - Vocal (1969-1978, 2004)
Herb Schildt - Teclados (1969-1978, 1997-2006)
Ralph Goldhiem - Vocal e Teclados (1979-1981)
Mauro Magalhães - Bateria (1980-1981)
George Harp - Vocal (1982-1987)
Scott McKenzie - Bateria (1882-1987)
Bruce Botts - Guitarra (1982-1985, 1997-2006)
Mark McGee - Guitarra (1985-1987)
Al Lewis - vocal (1997-2006)
Jeff Koehnke - Bateria (1997-2006)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Starcastle (1976)
01. Lady Of The Lake
02. Elliptical Seasons
03. Forces
04. Stargate
05. Sunfield
06. To The Fire Wind
07. Nova

Fountains of Light (1977)
01. Fountains
02. Dawning Of The Day
03. Silver Winds
04. True To The Light
05. Portraits
06. Diamond Song (Deep Is The Light) 


Citadel (1978)
01. Shine On Brightly
02. Shadows Of Song
03. Can't Think Twice
04. Wings Of White
05. Evening Wind
06. Change In Time
07. Could This Be Love
08. Why Have They Gone

Real To Reel (1978)
01. Half a Mind to Leave Ya
02. Whatcha Gonna Do {When It All Comes Down on You}   
03. We Did It
04. Nobody's Fool
05. Song for Alaya
06. So Here We Are
07. She
08. Stars Are Out Tonight
09. When the Sun Shines at Midnight 


Song of Times (2007)
01. Red Season
02. Babylon
03. Song of Times
04. Islands
05. Faces of Change
06. Love Is The Only Place
07. Master Machine
08. All For The Thunder
09. Children Believe

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

5 comentários :

  1. me crrijam se eu estiver errado mas essa banda lembra o yes em algumas passagens, olha eu vou cometer "sacrilegio' dizendo, essa banda e muito agradavel de ouvir nao cansa o yes tinha aquelas suites efadonhas era um saco, desculpe os fans, e mais uma grande sacada do alex valeu.

    ResponderExcluir
  2. EI ALEX, MAIS UMA QUE ACERTOU NA MOSCA!!!!!!!
    ESSES CARAS PARECEM COM O YES........ MAIS LIGHT.
    GOSTEI, NUNCA OUVI FALAR DELES ANTES.... MAS O SOM É LEGAL.
    MUITO BOM ...........

    ResponderExcluir
  3. Quando escuto essa banda as vezes tenho a impressão de está ouvindo o YES dos primeiros álbuns. E como eu já baixei e escutei todos os discos do Yes graças ao MURO. Pude comparar. Essa discografia aqui está aprovada. Mais uma raridade que entra para meu acervo de discografias em mp3.

    Alex, meu rei, muitíssimo obrigado. Só você pra nos presentear com mais uma pérola do rock setentista. Sou fã e visto a camisa do muro. Já divulguei seu maravilhoso site para vários amigos aqui na minha cidade. E todos foram unânimes em dá nota 1000. “O MURO é mesmo, Fooooooooda!! Rsrsrs.

    Valeu Alex, bom final de semana. E obrigadão pelo MURO.

    ResponderExcluir
  4. Que surpresa boa a discografia do Starcastle, eu já tinha a alguns anos adquirido o album "Fontain Of Light", confesso que nunca me prendi muito nos som dos caras porque como disse o pessoal dos comentários anteriores, é muito parecido com o Yes e parece meio plagiado mesmo, mas fora isso o som dos caras é bom sim, vale ouvir pra conferir. Estou fazendo um comentário em cima do album que conheço.
    Agora vamos aos outros. Um Abraço a todos os apreciadores da boa música.

    ResponderExcluir
  5. Louis Clark (Yellow Morning)22/08/15 12:47

    Foi justamente quando o carinha da Billboard,em Copacabana (Rio) me disse que o Starcastle parecia com o Yes que resolví comprar. Comprei o primeirão,de capa azul.Na mesma semana voltei na loja e comprei os outros. Eram importados e caros (custavam 30 Cruzeiros,o triplo dos LPs nacionais). Nunca foram lançados no Brasil. grande sacada! Thank you so much! Keep rockin´!

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.