Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

7 de outubro de 2011

Threshold - Discografia.

Threshold é uma banda de metal progressivo formada em 1988 em Surrey, Inglaterra, e continua na ativa até os dias de hoje. 

História.

Threshold começou a carreira em 1988, inicialmente tocando "covers (músicas de outras bandas". Com o tempo começaram a compor suas próprias obras musicais...

Em 1992, fecham o primeiro contrato, e, depois de recrutarem Damian Wilson como vocalista, produziram sua primeira gravação, chamada Intervation, a qual fez parte de uma compilação de rock progressivo. Logo após, o tecladistaRichard West ingressa no grupo, tecladista esse que faz parte da formação desde então até os dias atuais.

O álbum de estréia da banda, 'Wounded Land', data de 1993, o título do álbum (bem como outros elementos temáticos do mesmo) foram tirados de um romance cujo autor é Stephen R. Donaldson. Damian Wilson não pode acompanhar a banda na turne que se seguiu, por conta das outras responsabilidades que tinha, é então que Glynn Morgan foi escolhido para subtituí-lo.

Glynn foi vocalista da banda no álbum lançado em 1994, a saber, 'Psychedelicatessen', desse é feito o primeiro video da banda, faixa escolhida foi Innocent.

No ano seguinte (1995), a banda saí em turne pela Europa, tem algumas de suas apresentação gravadas, lançadas no álbum ao-vivo, o 'Livedelica'.

Threshold tem uma parada antes da próxima realização, é nesse período que se dá a saída do vocalista Glynn Morgan e do baterista Jay Micciche (ambos saem do Threshold para formar o Mindfeed). A banda decide chamar Damian Wilson novamente, e, em 1997 grava 'Extinct Instinct', seguido de outra turne européia (na companhia de outra banda - o Enchant). Foi nessa oportunidade que o atual baterista, Johanne James, toca com a banda pela primeira vez.

Demian Wilson deixa a banda abruptamente, em 1998, duas semanas antes da banda gravar o álbum 'Clone'... uma lista de possíveis substitutos é feita, contendo, dentre outros, o nome do ex-vocalista de uma banda chamada Sagart Fury, que atende pelo nome de Andrew "Mac" McDermott, o qual junta-se a banda e grava os vocais.

No ano de 1999 é lançado o primeiro álbum feito especialmente para o "fã club" da banda, o 'Decadent', que continha faixas de álbuns anteriores com versões editadas para rádio e afins, bem como faixas desses mesmos álbuns anteriores remixadas.

'Hypothetical' é como foi batizado o álbum da banda lançado em 2001, sacramentando o posto de baterista oficial à Johanne James. Ainda nesse mesmo ano a banda decide relançar os álbuns anteriores ao ano de 2001, em edições especiais, com faixas-bônus, som remasterizado, e, no caso de 'Wounded Land' e 'Psychedelicatessen' contendo faixas interativas. Esses intens adicionados as versões eséciais dos discos anteriores da banda já vinham sendo impregados nos álbuns lançados a partir de 'Hypothetical'.

Mas as mudanças na formação ainda não tinham acabado, pois em 2003, quem resolve deixar a banda - alegando insatisfação com o agendamento dos shows durante as turnes - é o baixista Jon Jeary (membro fundador e principal letrista da banda até então), Steve Anderson, é eleito o novo baixista, toca durante a turne que resulta na gravação do álbum duplo ao-vivo e DVD, ambos chamado 'Crytical Energy', e continua como baixista da banda até hoje.

No início de 2007, o guitarrista e membro fundador da banda Nick Midson deixa o seu posto, descontente com a divulgação do novo álbum.

Em julho deste ano, o vocalista Mac anuncia a sua saída do THRESHOLD. O cantor já não tinha participado dos festivais europeus de verão na temporada atual, sendo substituído por seu antecessor no grupo, Damian Wilson. Mac emitiu uma nota sobre o acontecido: "Desculpem por ter levado tanto tempo para me pronunciar. Mas também sinto muito por ter demorado para compreender que tinha que seguir com a minha vida de maneira decente. Sei que o momento era ruim (para sair do grupo) e agradeço a Damian por ter ficado no meu lugar. Infelizmente é absolutamente impossível viver numa boa fazendo isso. A próxima vez em que ouvirem um álbum do Threshold imaginem minha namorada se matando de trabalhar para que eu pudesse seguir em turnê, sem mencionar os empregos que tive que desistir para continuar no Threshold. Mais uma vez, o momento é difícil... passei a última sexta-feira acordado, pensando nisso e decidí que era hora de apoiar minha família 100%. Para todos os fãs, entendam e divirtam-se (sei como se sentem, fiquei devastado quando o LED ZEPPELIN terminou). Obrigado pelo apoio, tudo de bom para a banda e os fãs no futuro. Saúde. Mac".

Os integrantes do THRESHOLD também se pronunciaram (de maneira fria e lacônica) sobre o assunto: "Mac nos deixou surpresos ao decidir não participar dos festivais esse ano. Para nossa sorte, Damian Wilson veio nos ajudar".

Atualmente o Threshold é considerado uma importante banda no cenário do Metal Progressivo, ficam lado-a-lado com bandas do porte de Dream Theater, Queensryche, Ayreon, dentre outras. E tem feito turnes mundias nos últimos anos. Texto: Wikipédia.

Integrantes.

Atuais.

Damian Wilson: Vocal.
Karl Groom: Guitarra (Membro Fundador)
Steve Anderson: Baixo.
Richard West: Teclados.
Johanne James: Bateria.

Ex-Integrantes.

Andrew "Mac" McDermott: Vocal.
Glynn Morgan: Vocal.
Jon Jeary: Baixo.
Tony Grinham: Bateria.
Mark Heaney: Bateria.
Nick Midson: Guitarra.

Músico Convidado.

Dan Swanö: Vocal de Apoio (No álbum 'Dead Reckoning')

Músico de Apoio.

Pete Morten: Guitarra (2007)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Wounded Land (1993)
01. Consume To Live
02. Days of Dearth
03. Sanity's End
04. Paradox
05. Surface To Air
06. Mother Earth
07. Siege Of Baghdad
08. Keep It With Mine
09. Intervention (Bonus Track)


Link.

Psychedelicatessen (1994)
01. Sunseeker
02. A Tension Of Souls
03. Into The Light
04. Will To Give
05. Under The Sun
06. Babylon Rising
07. He Is I Am
08. Innocent
09. Devoted 


Link.

Livedelica (1995)
01. A Tension Of Souls
02. Sanity's End
03. Innocent
04. Surface To Air
05. Paradox 


Link.

Extinct Instinct (1997)
01. Exposed
02. Somatography
03. Eat The Unicorn
04. Forever
05. Virtual Isolation
06. The Whispering
07. Lake Of Despond
08. Clear
09. Life Flow
10. Part Of The Chaos
11. Segue
12. Mansion
13. Exposed [Edit] (BonusTrack)

14. Virtual Isolation [Edit] (BonusTrack)

Link.

Clone (1998)
01. Freaks
02. Angels
03. The Latent Gene
04. Lovelorn
05. Change
06. Life's Too Good
07. Goodbye Mother Earth
08. Voyager II
09. Sunrise On Mars 


Link.

Hypothetical (2001)
01. Light and Space
02. Turn On Tune In
03. The Ravages of Time
04. Sheltering Sky
05. Oceanbound
06. Long Way Home
07. Keep My Head
08. Narcissus 


Link.

Critical Mass (2002)
01. Phenomenon
02. Choices
03. Falling Away
04. Fragmentation
05. Echoes Of Life
06. Round And Round
07. Avalon
08. Critical Mass
09. Phenomenon (Bonus)

10. Do Unto Them
11. New Beginning 


Link.

Concert In Paris (2002)
01. Freaks
02. Turn on tune in
03. Long way home
04. Change
05. Devoted
06. Light and space
07. The ravages of time
08. Paradox 


Link.

Subsurface (2004)
01. Mission Profile
02. Ground Control
03. Opium
04. Stop Dead
05. The Art Of Reason
06. Pressure
07. Flags And Footprints
08. Static
09. The Destruction Of Words 


Link.

Critical Energy (2004)
01. Phenomenon
02. Oceanbound
03. Choices
04. Angels
05. Falling Away
06. Virtual Isolation
07. Innocent
08. Long Way Home
09. Fragmentation
10. Clear
11. Lifeflow
12. Narcissus
13. Sunseeker
14. The Latent Gene
15. Light And Space
16. Sunrise On Mars
17. Paradox
18. Sanity's End 


Link.

Surface To Stage (2006)
01. Mission Profile
02. Ground Control
03. Into The Light
04. Echoes Of Life
05. Long Way Home
06. Opium
07. The Art Of Reason
08. Pressure
09. Flags And Footprints
10. Light And Space 


Link.

Dead Reckoning (2007)
01. Slipstream
02. This Is Your Life
03. Elusive
04. Hollow
05. Pilot In The Sky Of Dreams
06. Fighting For Breath
07. Disappear
08. Safe To Fly
09. One Degree Down 


Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

6 comentários :

  1. Grata surpresa! Threshold já é uma banda clássica. Acho que estou ficando velho ou clássico demais. Acho, Alex, que você lê pensamentos, pensei em Queensryche, você postou, pensei em Michael Schenker, postado também, muita coisa boa. Agora quero ver se você consegue ler a minha mente agora, eu estou pensando em uma banda que começa com a letra F e termina com Warning... sabe qual é????

    Abraços
    Dgenal
    Japaratuba - SE

    ResponderExcluir
  2. Luís Real29/11/12 17:33

    Obrigado Alex, por mais esta discografia de uma banda de metal progressivo. O Muro é imbatível.

    ResponderExcluir
  3. BERTHÔ (José Berto)01/10/13 20:39

    BANDA SENSACIONAL
    GOSTEI MUITO MESMO...E OLHA QUE SOU CHATO HÉIM !
    VALEU MURO..VALEU BROTHER...

    ResponderExcluir
  4. banda maravilhosa! Algo sensacional que eles consegue produzir, diferente, único, passando por várias e completas linhas que vão desde os solos virtuoses até uma balada com vocal super trabalho. Obrigado pela postagem, só em aqui no MURO isso acontece. Com toda certeza é o melhor lugar para conhecer e ouvir coisa com qualidade, música boa.

    Valeu mesmo pela discografia desta incrível banda!

    ResponderExcluir
  5. Banda excelente! Metal progressivo de altíssima qualidade. Muito obrigado.
    Roberto.

    ResponderExcluir
  6. Threshold é simplesmente genial. Discografia impecável, não há, no meu humilde ponto de vista, uma única música ruim. Obrigado mais uma vez, Alex!

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.