Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

1 de novembro de 2011

Paul Gilbert - Discografia.

Paul Gilbert (Carbondale, 6 de Novembro de 1966) é um guitarrista estadunidense. Fez parte de bandas como Racer X na década de 1980, e do Mr. Big até 1996. A partir de então, se dedicou exclusivamente a carreira solo, compondo, tocando e cantando. Em 2009 se juntou ao Mr. Big novamente para uma turnê de reunião.

História.

Paul Brandon Gilbert nasceu em 6 de novembro de 1966 em Carbondale, Illinois, EUA. Aos cinco anos ganhou uma guitarra e um amplificador de brinquedo de presente de seus pais. Pouco tempo depois começou a ouvir grandes bandas de heavy metal clássico e hard rock como Led Zeppelin, Aerosmith, Kiss, Heart e Black Sabbath. Mais tarde, dois grandes shows tiveram um forte impacto em sua decisão de ser músico: Van Halen e Ozzy Osbourne (com Randy Rhoads).

Aos 17 anos, Paul Gilbert enviou uma fita demo ao presidente da Shrapnel Records (companhia especializada em álbuns instrumentais), Mike Varney. Mike adorou o trabalho e, embora houvesse a intenção por parte da empresa em contratar o jovem guitarrista, por algum motivo o contrato não aconteceu.
Em 1984, após terminar seus estudos, Paul se mudou para Los Angeles para estudar no GIT. Um ano depois se tornou professor da escola (atualmente leciona também no MI Japan). Nessa mesma época formou o Electric Fence com outros dois amigos tocando apenas covers.

Em 1986 formou o Racer X com alguns amigos onde ficou até 1988. Em 1989 formou o Mr. Big e tocou com eles até 1996 (embora sua saída oficial da banda tenha sido anunciada apenas em 1999). Em 1997, gravou seu primeiro álbum solo “King of Clubs”. Em outubro de 1999 Paul Gilbert e seus companheiros anunciam a volta do Racer X e de lá para cá Paul vem gravando novos trabalhos de sua carreira solo, além de novos álbuns com o Racer X.

Fã de música pop, adora colocar em seus álbuns e shows, músicas dos artistas mais inesperados como Spice Girls, Frank Sinatra, Abba, entre outros.
O guitarrista tem um certo senso de humor e costuma usar isso em sua carreira seja nas fotos com roupas e guitarras extravagantes, seja nas mágicas que faz em uma de suas vídeo-aulas. Ele usa até mesmo uma furadeira com palhetas adaptadas na broca para poder tocar guitarra.

O bom humor parece vir de família, no álbum Raw Blues Power que Paul gravou com seu tio Jimi Kidd, uma de suas grandes influências, na foto da capa está seu tio a imitar Mick Jagger.

Corriam boatos que Paul Gilbert seria Buckethead, fato desmentido por ele mesmo.

Cronologia, por ele mesmo.

1966: Nascido em 6 de Novembro em Carbondale, Illinois.

1969: Mudei para área rural da Pennsylvania.

1971: Ganhei minha primeira guitarra: Uma Sears “Deluxe” toda em metal com um cabo preso por uma ventosa e um amplificador de papelão que funcionava a bateria. Eu queria ser um Beatle.

1972: Ganhei minha primeira guitarra que funcionava: Um violão Stella. Meus pais me compraram o “Are you Experienced” do Jimi Hendrix num bazar de garagem por 1 dólar.

1973: Tomei aulas de guitarra. O professor usava o método “Mel Bay”. Eu desisti depois de algumas aulas por que ouvir música estava sendo chato e não eram minhas bandas favoritas, que eram: The Beatles, The Osmonds, The Jackson Five, David Bowie, Led Zeppelin e Black Sabbath.

1976: Meu professor de música do 4° ano mostrou para a classe os passos de uma escala maior na lousa. Eu cheguei em casa e fiz a escala em uma corda do meu violão. Logo o violão começou a fazer sentido para mim. Começei a aprender de ouvido.

1977: Eu toquei pela primeira vez uma guitarra: Uma Ibanez Destroyer do meu tio Jimi. Eu fiquei excitado pois era fácil de tocar!

1984: Comprei uma Gibson Les Paul e um amplificador Fender Vibro Champ. A mulher da loja de música me disse: “se você colocar seu amplificador acima de 3 ele vai QUEBRAR!”. Eu estava no 10 em uma semana. Não quebrou.

1979: Eu entrei na minha primeira banda de rock. Nós nos chamávamos PARADIZ. Era para ser PARADISE, mas o baterista correu para fora da sala quando ele estava pintando o logo no bumbo. Tós tocámos “Hold the Line” do Todo e “Renegade” do Styx. Eu toquei guitarra, mas eu também cantei nas músicas "Rain" dos Beatles e “Take the Money and Run” da Steve Miller Band. Tinha um baixista e um guitarrista solo na banda. Nós três plugados no meu Vibro Champ.

1981: Eu montei minha primeira banda que soava bem. Nos chamávamos “The Atomic Basement Band” e mais tarde “Missing Lynx”. Nós tocamos um monte de Rush, Van Halen, UFO e nossas velhas canções. Eu comprei um Ampeg V-4 amp.

1982: Eu mandei uma fita da minha banda para o produtor Mike Varney e ele me colocou na coluna FOCO da revista Guitar Player. Eu continuei tocando em bandas de rock locais na Pennsylvania. Meu pai comprou um monte de maple e me fez uma guitarra Flying V.

1984: Me mudei para Hollywood para frequentar o G.I.T. Eu conheci o baixista John Alderete e o baterista Harry Gschoesser que eram alunos também. Nós estudávamos todas as manhãs, as 7, na escola, por que ninguém mais era doido o suficiente em levantar a essa hora para usar as salas. Mike Varney me ajudou a encontrar Jeff Martin que estava cantando na maior banda de metal de Phoenix, “Surgical Steel”. Racer X começou! Eu mantinha uma Lee Jackson modificada e um Marshall de 50 watts no meu armário da escola.

1985: Me graduei no G.I.T. e me tornei professor. Jeff, John, Harry e eu fomos para o norte da Califórnia para gravar o primeiro disco do Racer X, “Street Lethal”. Eu usei uma Squier Strato emprestada e uma guitarra custom Wayne Charvel para gravar.

1986: Continuei a ensinar no M.I. Bruce Bouillet foi um dos meus alunos. E ja era um grande guitarrista e ele aprendia as coisas que eu ensinava quase que instantaneamente. Nós começamos a tentar fazer coisas em harmonia e ficava incrível, então eu pedi para ele se juntar ao Racer X. Ele veio! O visto de Harry Gschoesser venceu, então ele voltou para a Áustria. Scott Travis se juntou a banda. Eu comprei uma velha guitarra, Epiphone Olympic anos 60 e melhorei ela com novos captadores e uma ponte Kahler.

1987: Racer X começou a tocar nos bares de L.A. Em poucos meses nós estávamos vendendo mais que Tronbadour e The Roxy. Steve Vai e Billy Sheehan foram muitas vezes nos ver. Nós gravamos nosso segundo disco, “Second Heat”.

1988: Racer X estava vendendo bem nos maiores e melhores clubes de L.A. Nós gravamos “Extreme Volume” ao vivo no The Country Club. Eu conheci alguns caras da Ibanez. Eu amei as guitarras e quis elas. Me lembrou a incrível guitarra do meu tio Jimi. Então eu comecei a ser endorsado pela Ibanez. Eu recebi uma ligação de Billy Sheehan. E se eu queria formar uma banda com ele.

1989: Eu quis! A banda se tornou o Mr. Big. Nós escrevemos e gravamos nosso primeiro disco muito rápido, e estávamos em uma turnê de ônibus logo em seguida. Meus sonhos de rockstar estavam se tornando realidade! Nós excursionamos por toda América (EUA) e também fomos ao Japão onde eu ganhei de presente um barbeador no formato do Godzilla. Eu pedi à Ibanez para pintar buracos falsos em formato de “F” num modelo RG, e a PGM nasceu!

1990: Mr. Big continuou em turnê. Nós gastamos muitos meses como headliners e também abrirmos para nossos heróis de infância, Rush. Eu comecei a escrever uma coluna para a revista Guitar Player chamara “Terrifying Guitar 101″.

1991: Mr. Big gravou seu segundo disco “Lean Into It”. Nós voltamos para estrada e fomos à Europa pela primeira vez. Nós excursionamos de novo com o Rush pela America (EUA).

1992: A música “To Be With You” explodiu nas paradas e chegou a número 1 nos EUA e em 12 outros países. Nós tocamos no Tonight Show e no David Letterman. Nós tocamos na arena Budokan, Japão.

1993-1996: Mais discos do Mr. Big e mais turnês. Eu sobrevivi ao terremoto de Northridge, me casei, e me mudei para Las Vegas. Eu montei um estúdio de gravação na minha casa e o chamei de Batgirl. Eu experimentei um novo amplificador Laney e amei. Começei a ser endorsado por eles.

1997: Deixei o Mr. Big para começar uma carreira solo. Bruce Bouillet gravou e foi o engenheiro do meu primeiro disco solo “King of Clubs”. Bruce também se juntou a mim para uma incrível JAM de 20 minutos com John Alderete no baixo e Jeff Martin na bateria.

1998: Excursionei pelo Japão como um artista solo e cantor. Gravei meu segundo CD “Flying Dog” e me divorciei.

1999: Gravei o “Beehive Live” ao vivo no Japão, e me juntei ao Racer X de novo para gravar “Technical Difficulties”.

2000: Mais discos solo. Mais discos do Racer X. Workshops da Ibanez. Colunas em revistas Japonesas. Mais equipamentos de estúdio e leitura de manuais. Estudando japonês. É divertido ser um workaholic!

2001: Eu comprei um apartamento em Tokyo para tirar uma folga por alguns meses. Viajei de volta aos EUA para gravar “Raw Blues Power” com meu tio Jimi, e “Snowball of Doom - Live” com Racer X, nosso primeiro disco ao vivo desde os anos 80! Então voltei para Tokyo para produzir uma banda japonesa chamada Mr. Orange.

2002 - 2003: Mais álbuns, mais turnês, “mais Japão”, me tornei um membro honorário do M.I. Japan e fiz uma turnê em 8 cidades. Ser um workaholic estava se tornando cansativo. Eu comuniquei que eu não poderia usar meu ouvido esquerdo no fone ou entender o que as pessoas falavam.

2004: Eu voltei para Los Angeles, vendi a casa em Las Vegas e decidi tirar FÉRIAS.

2006: Gravei um disco instrumental.

No futuro: Pesquisas médicas na UCLA. para descobrir um processo cirúrgico para curar perda de audição. Eu encontrei irmã mais nova de Catherine Zeta-Jones e começamos a namorar. Músicas do Racer X se tornaram moda nos EUA e saímos em turnê para promover o single sucesso de vendas “Guys From Space Rock”. Os aliens que tem monitorado nosso planeta por séculos ouviram nossas músicas e constataram que a raça humana é finalmente legal o suficiente para se conhecer. Os aliens tomaram o mundo, elegeram Ringo Starr como presidente de tudo, e deram a ele um capacete-SuperCérebro que permitiu a ele ser super inteligente e terminou com toda a fome e violência no mundo[em troca da liberdade e da democracia(consequencia política de se ter um "presidente de tudo")] .

Projetos.

Em Maio de 2003 ele tocou em duas apresentações sob o nome de Yellow Matter Custard, um cover de Beatles que tinha Mike Portnoy (Dream Theater), Neal Morse (ex-Spock´s Beard), e Matt Bissonette. Eles tiraram o nome de uma música chamada I Am the Walrus: "Yellow matter custard, dripping from a dead dog's eye".

Ele se juntou a Portnoy junto com Dave LaRue e Daniel Gildenlöw para uma banda tributo ao Led Zeppelin chamada Hammer of Gods, em 2004. Em Setembro de 2005, ele se juntou a Portnoy, Sean Malone e Jason MacMaster na banda tributo ao Rush, Cygnus and the Sea Monsters. Em Maio de 2006, ele se juntou a Portnoy, Gary Cherone e Billy Sheehan para formar o Amazing Journey: A Tribute to The Who, fazendo três shows. A banda (excluindo Sheehan) destruiu seus equipamentos após o show em homenagem ao The Who (que fazia o mesmo após seus shows).

Ele também foi mencionado como o guitarrista convidado no álbum solo de Neal Morse, Sola Scriptura.

Em 2007, Paul Gilbert fez uma turnês com Bruce Bouillet para promover seu primeiro álbum instrumental, Get Out of My Yard, que foi lançado em 2006. Junto com ele também estava sua esposa, Emi Gilbert, no teclado. Paul Gilbert também se juntou a Joe Satriani e John Petrucci na turnê do G3.
No dia 23 de Janeiro de 2008, Paul lançou um CD instrumental chamado Silence Followed By a Deafening Roar. Foi lançado na Europa no dia 31 de Março de 2008 e nos EUA no dia 8 de Abril de 2008. Este foi seu segundo álbum instrumental.

No dia 22 de Outubro de 2008, Paul lançou um álbum com o vocalista Freddie Nelson. A colaboração foi descrita como algo entre Queen e Mr. Big. Fizeram os primeiros shows em Fevereiro de 2009.

Paul com o Racer X fez um show na NAMM de 2009 no Centro de Convenções Anaheim, California. Andy Timmons e sua banda abriram o show, seguido por um set solo de Paul Gilbert e finalmente o Racer X. A formação da banda foi Paul Gilbert, Scott Travis, Jeff Martin e John Alderete.

Paul juntou-se também a George Lynch e Richie Kotzen na Guitar Generation Tour.

Equipamento e Estilo.

Guitarras: Várias Ibanez PGM, principalmente as PGM 301. Usa captadores DiMarzio Tone Zone em quase todas as guitarras e também Super Distortion também da DiMarzio; porém, nos últimos anos Gilbert vem utilizando DiMarzios Paf pro's tanto na ponte como no braço. Ele também prefere o timbre de guitarras com ponte fixa. Usa cordas RPS da Ernie Ball. Usa também, principalmente em estúdio, modelos semi-acústicos Pat Metheny da Ibanez, as PM 120.

Amplificadores: Atualmente um Marshall Vintage Modern e gabinetes de 2x 12 também da Marshall.

Efeitos: Usa a distorção do amplificador e quase não usa efeitos. Ele também usa um Tube Screamer da Ibanez para boost de distorção usa um pedal signature de flanger da Ibanez chamado Airplane, um Digital Delay da Boss e um pedal Detox Eq Signature.

Estilo: É mestre da palhetada alternada. Usa muitos saltos de cordas (string -skiping). Usa e abusa das pentatônicas. Não usa muito a alavanca e prefere vibratos feitos apenas com os dedos. Mestre também da improvisação rápida, geralmente em JAM's com outros guitarristas

Outras Aparições.

Atomic Basement Tapes - Missing Lynx (1981)
Revelation - Banda Darrell Mansfield(1985)
Pump It!' - Jeff Berlin (1986)
Out of the Sun - Joey Tafolla (1990)
Humanary Stew - A Tribute to Alice Cooper
Guitars That Rule the World (1992)
Smoke On The Water: A Tribute (1994)
Jeffology: A Guitar Chronicle (1996)
Akira Takasaki - Wa (1996)
Merry Axemas - A Guitar Christmas (1997)
Mikazuki "In Rock" Trilha Sonora, Guitar on tracks "Crescent Moon" & "Theme for Kazeo" (2000)
Becker 2001, Warmth in the Wilderness -A Tribute to Jason Becker(Guitarras e vocais em Hawkin)
Hughes Turner Project - HTP (2002)
Battle Gear III: The Edge (tocou em "Charge and Discharge," "Morning View," e "The Machine of Rage" bonus tracks) (2003)
Kim Fox Return to Planet Earth (2003) Guitarra na faixa 4
Guitar Wars (2003)
Return to the Planet Earth - Kim Fox (2003)
One Night in New York City - Yellow Matter Custard (2003) Disponível @ MikePortnoy.com
"Mieze" - Marco Minnemann (2004)
"Contraire de la chanson" - Marco Minnemann (2006)
Light at the End of the Tunnel - War & Peace (2006) (com Richie Kotzen, John Norum, Jeff Pilson)
Two Nights In North America - Hammer of the Gods (2006) Disponível @ MikePortnoy.com
One Night in Chicago - Cygnus and the Sea Monsters (2006) Disponível @ MikePortnoy.com
Live with Sex Machineguns - Tokyo (2005)
One Night in New York City - Amazing Journey (2007) Disponível @ MikePortnoy.com
Spin The Bottle - An All Star Tribute To Kiss (guitarras em "I Want You") (2004)
Numbers from the Beast - An All Star Tribute to Iron Maiden (guitarras em "The Evil That Men Do") (2005)
Evil Lives: A True Metal Tribute to Black Sabbath (com Racer X na faixa 4: "Children of the Grave") (2006)
The Fool - Jeff Martin album solo (2006)
Sola Scriptura - Neal Morse (2007)
G3 Tour (2007)
Guitar Hero Hero (Beating Guitar Hero Doesn't Make You Slash) - MC Lars (2008)

Em cada álbum de sua carreira solo ele grava ao menos um tema instrumental erudito, porém mudando o nome das obras:
"Gilberto Concerto" é o Concerto para Cravo em Lá Maior de J.S. Bach.
"The Jig" é a Giga da Suíte Inglesa No. 2 em lá menor de J.S. Bach.
"B.R.O." é Prelúdio em Ré menor dos "Nove Pequenos Prelúdios" de J.S. Bach.
"G.V.R.O." é a Variação Goldberg No. 1 de J.S. Bach.
"N.F.R.O." é a Variação Goldberg No. 5 de J.S. Bach.
"W.T.R.O.” é o Prelúdio em Dó Maior do Cravo Bem Temperado de Bach.
"Whole Lotta Sonata" é uma Sonata para Piano em Dó Maior de Amadeus Mozart.


Videografia.

Intense Rock - Sequences & Techniques (VHS)
Intense Rock II (VHS)
Guitars from Mars Japanese (DVD)
Guitars from Mars II Japanese (DVD)
Terrifying Guitar Trip (VHS)
Eleven Thousand Notes (DVD)
Guitar Wars (DVD)
Space Ship Live (DVD)
Complete Intense Rock (DVD) - 2006
Terrifying Guitar Trip (DVD) - 2006
Get Out of My Yard Instructional (DVD) - 2007
Get Out of My City Instructional (DVD/VCD) - 2007
Silence Followed By A Deafening Roar Guitar Instructional (DVD) - 2008. Texto: Wikipédia.


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Tribute to Jimi Hendrix (EP 1991)
01. Red House
02. Hey Joe
03. Highway Chile
04. Midnight
05. Purple Haze


King of Clubs (1998)
01. Champagne
02. Vinyl
03. Girls Who Can Read Your Mind
04. I'm Just In Love
05. The Jig (Instrumental) 
06. Girlfriend's Birthday
07. Bumblebee
08. Streetlights
09. My Naomi
10. Double Trouble
11. Million Dollar Smile
12. The Jam (Instrumental)


Flying Dog (1998)
01. Get It
02. Girl Crazy
03. Be My Wife
04. Mr. Skin
05. Beautiful Girls Are Insane
06. Midnight Maryanne
07. Heavy Disco Trip
08. Kate is a Star
09. Down to Mexico
10. Tell the Truth
11. Wrong Man
11. Gilberto Concerto (Instrumental) 
12. Barbie Bang Your Head


Beehive Live (1999)
01. Heavy Disco Trip
02. Be My Wife
03. Get It
04. Mr. Skin
05. Down to Mexico
06. Girls Who Can Read Your Mind
07. Tell the Truth
08. Bumblebee
09. Million Dollar Smile
10. Hold Her Tight
11. I'm Just in Love
12. Red Rooster
13. To Be With You
14. Karn Evil 9


Alligator Farm (2000)
01. Better Chords
02. Individually Twisted
03. Cut, Cut, Cut
04. Alligator Farm
05. Attitude Boy Will Overcome
06. 2 Become 1
07. Lancelot Link
08. Rosalinda Told Me
09. Let the Computer Decide (Instrumental) 
10. Koto Girl
11. Dreamed Victoria
12. Six Billion People
13. Ballad of the Last Lions (Jimi Kidd) 
14. Whole Lotta Sonata (Instrumental-Wolfgang Amadeus Mozart)


Paul Gilbert & Jimi Kidd - Raw Blues Power (2002)
01. Girls Watching
02. A 180
03. Pacific Coast Highway
04. Good Foot
05. 12 Days Of The Blues
06. Freedom
07. Stranded
08. Play Guitar
09. Sookie Sookie
10. Blues Power


Burning Organ (2002)
01. I Like Rock
02. My Religion
03. Bliss
04. Suicide Lover
05. Friday Night (Say Yeah) 
06. I Am Satan
07. G.V.R.O.
08. My Drum
09. Amy Is Amazing
10. Muscle Car
11. I Feel Love
12. Burning Organ
12. Keep On Keepin'On


Paul the Young Dude, The Best of Paul Gilbert (2003)
01. I'm Not Afraid of the Police
02. I Feel the Earth Move
03. My Religion
04. Down to Mexico
05. Superloud
06. Individually Twisted
07. Kate is a Star
08. G.V.R.O.
09. I Like Rock
10. Let the Computer Decide
11. Girl Crazy
12. Girls Who Can Read Your Mind (Demo) 
13. Girls Watching (With Jimi Kidd) 
14. Million Dollar Smile (Live) 
15. Karn Evil #9 (Live) 
16. Gilberto Concerto
17. The Second Loudest Guitar in the World


Gilbert Hotel (2003)
01. Three Times Rana
02. Black Rain Cloud
03. Escalator Music (Instrumental) 
04. Lay Off the Morphine
05. N.F.R.O. (Instrumental-J. S. Bach) 
06. Older Guy – 2:49
07. The Lamb Lies Down On Broadway
08. Time to Let You Go
09. W.T.R.O. (Instrumental) 
10. Universal
11. Red House
12. Hey Joe
13. Highway Chile
14. Midnight
15. Purple Haze


Acoustic Samurai (2003)
01. Potato Head
02. Dancing Queen
03. I Like Rock
04. Down To Mexico
05. Suicide Lover
06. I Am Satin
07. Individualy Twisted
08. Bliss
09. Time To Let You Go
10. I'm Not Afraid Of The Police
11. Three Times Lana
12. The Second Loudest Guitar In The World
13. Scarified
14. Heaven In '74
15. Maybe I'll Die Tomorrow
16. Always For Alison


Space Ship One (2005)
01. Space Ship One
02. Every Hot Girl Is A Rockstar
03. On The Way To Hell
04. Svt
05. Jackhammer
06. Terrible Man
07. Interaction
08. G9
09. Mr. Spock
10. Boku No Atama
11. Good Man
12. Wash My Car
13. It's All Too Much
14. We All Dream Of Love


Get Out of My Yard (2006)
01. Get Out Of My Yard
02. Hurry Up
03. The Curse Of Castle Dragon
04. Radiator
05. Straight Through The Telephone Pole
06. Marine Layer
07. Twelve Twelve
08. Rusty Old Boat
09. The Echo Song
10. Full Tank
11. My Teeth Are A Drumset
12. Haydn Symphony No.88 Finale
13. Three E's For Edward
14. You Kids
15. Hurry Up (Studio Live Version) 


Tough Eskimo (Limited Edition EP 2007)
01. My Legs Feel Good
02. North American Blues
03. The Jetset Elite (Are Coming Home For Christmas) 
04. When I Sit Around The House
05. Sing In China


Silence Followed By A Deafening Roar (2008)
01. Silence Followed By A Deafening Roar
02. Eudaimonia Overture
03. The Rhino
04. Norwegian Cowbell
05. I Cannot Tell A Lie
06. Bronx 1971
07. Suite Modale
08. The Gargoyle
09. I Still Have That Other Girl
10. Bultaco Saturno
11. Paul Vs. Godzilla


Paul Gilbert & Freddie Nelson - United States (2008)
01. Paris Hilton Look-Alike
02. Waste Of Time
03. The Last Rock And Roll Star
04. The Answer
05. Bad Times Good
06. Hideaway
07. I'm Free
08. Pulsar
09. Girl From Omaha
10. I'm Not Addicted


Fuzz Universe (2010)
01. Fuzz Universe
02. Olympic
03. The Count Juan Chutrifo
04. Bach Partita in Dm
05. Blue Orpheus
06. Will My Screen Door Stop Neptune
07. Propeller
08. Don’t Rain on My Firewood
09. Plastic Dracula
10. Blowtorch
11. Mantra The Lawn
12. Batter Up
13. Leave That Junk Alone (Bonus Track) 

Link.

Stone Uphill Pushing Man (2014)
 
01. Working for the Weekend
02. Back in the Saddle
03. I Got the Feelin
04. Goodbye Yellow Brick Road
05. Why Can t We Do It in the Road
06. Shock Absorber
07. Purple Without All the Red
08. Murder By Numbers
09. My Girl
10. Wash Me Clean
11. Stone Pushing Uphill Man

Link.

I Can Destroy (2015)
 
01. Everybody Use Your Goddamn Turn Signal 
02. I Can Destroy
03. Knocking On A Locked Door
04. One Woman Too Many
05. Woman Stop
06. Gonna Make You Love Me
07. I Am Not The One (Who Wants To Be With You) 
08. Blues Just Saving My Life
09. Make It (If We Try) 
10. Love We Had
11. I Will Be Remembered
12. Adventure And Trouble
13. My Sugar


Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

 

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

5 comentários :

  1. grande artista,curto muito.

    ResponderExcluir
  2. Baixei Get out of my yard & Space ship one só por curiosidade
    mesmo [atraído pelas capas], mas que agradável e boa surpresa , vou conferir os demais, muitíssimo obrigado Alex.

    Edson - BH

    ResponderExcluir
  3. wilson fiordeliz29/08/14 14:29

    sensacional guitarrista !!!!

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, muito obrigado mais um ara a coleção dos BIG GUITARs HEORES, esse site é o melhor de todos tem tudo do bom e do melhor, a boa música e seus grandes instrumentistas ainda vivem e nunca morrera enquanto nós apreciadores de música de qualidade estivermos antenado e experienciar essas maravilhas de energia vibração sonora. Muito obrigado. ALOHA!!!!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo seu Blog,muito bom mesmo,conteúdo com qualidade.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.