Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

14 de março de 2012

Zé Rodrix - Discografia.

Zé Rodrix, nome artístico de José Rodrigues Trindade, (Rio de Janeiro, 25 de novembro de 1947 - São Paulo, 22 de maio de 2009) foi um compositor, multiinstrumentista, cantor, publicitário e escritor brasileiro. 

História.

Estudou no Conservatório Brasileiro de Música, desenvolvendo a característica da multi-instrumentalidade: tocava piano, violão, acordeão, flauta, bateria, saxofone e trompete. Tornou-se conhecido em 1967, ao vencer o III festival na TV Record daquele ano, acompanhando Marília Medalha, Edu Lobo e o Quarteto Novo defendendo a música "Ponteio". 

Na década de 1970, participou da banda Som Imaginário com Wagner Tiso, Robertinho Silva, Tavito, Luís Alves e Laudir de Oliveira, tocando ao vivo com Milton Nascimento e participado do LP de estreia da banda. 

Desligando-se da banda em 1971, venceu o Festival da Canção de Juiz de Fora, junto a Tavito, com a canção "Casa no campo", uma de suas composições mais famosas, que se tornaria um grande sucesso na voz de Elis Regina, e cujo trecho da letra ("compor rocks rurais") batizou o estilo de música conhecido como rock rural, com influências regionalistas, tropicalistas, folk, country e rock, tocada pelo trio do qual faria parte logo em seguida, com Luiz Carlos Sá e Guttemberg Guarabyra (Sá, Rodrix e Guarabyra). 

Nessa época, compôs músicas como "Mestre Jonas" (em parceria com Sá e Guarabyra), "Ama teu vizinho" (com Luiz Carlos Sá), "Blue Riviera" (com Sá e Guarabyra), "O pó da estrada" (com Sá e Guarabyra), "Os anos 1960", "Pendurado no vapor" (com Sá e Guarabyra), "Primeira canção da Estrada" (com Luiz Carlos Sá), dentre várias outras", além de um famoso jingle criado pelo trio, por encomenda da J. W. Thompson, para a Pepsi, notabilizado pelo verso: "só tem amor quem tem amor pra dar". 

Zé Rodrix saiu do trio em 1973, para seguir em carreira solo e participações especiais em gravações de artistas diversos, como o disco de estreia do Secos & Molhados, no qual toca piano, ocarina e sintetizador na última faixa, chamada "Fala". Rodrix dedilhava seu teclado moog após a orquestra e os outros instrumentos cessarem, técnica que só pode ser ouvida nos CDs relançados do grupo já na década de 1990, pois no vinil original esta música continha 15 minutos a menos. 

Passou a se dedicar mais na área de publicidade que musical na década de 1980, mas em 1983, o músico passou a integrar o grupo Joelho de Porco, com o qual gravou o LP e participou do Festival dos Festivais em 1985, ganhando o prêmio de melhor letra pela música "A Última Voz do Brasil". 

Entre 1989 e 1996 assinou a direção musical dos espetáculos "Não fuja da Raia" e "Nas Raias da loucura", de Sílvio de Abreu, e do programa "Não fuja da Raia" (Rede Globo), estrelado por Cláudia Raia. 

Em 1993 foi contemplado com o prêmio Kikito, no Festival de Cinema de Brasília, pela trilha sonora do filme "Batman e Robin". 

Em 2001 reuniu-se novamente a Sá e Guarabyra, tendo seu show de estreia ocorrido no Rock in Rio III. Logo após o lançamento de Outra Vez Na Estrada, com o trio, em 2001, Zé Rodrix conheceu o Clube Caiubi de Compositores, em São Paulo, e passou a desenvolver parcerias com novos autores da música brasileira, entre eles Sonekka e Reynaldo Bessa. 

Em dezembro de 2008, Zé Rodrix lança um single ao lado de Sá e Guarabyra, chamado Amanhece um outro dia. A canção foi tema de abertura da novela Revelação, exibida pelo SBT. Para promover a novela, o trio chegou a se apresentar ao vivo no programa Hebe.

Zé Rodrix morreu às 0h45 minutos do dia 22 de maio de 2009, após sentir-se mal e ser levado ao Hospital das Clínicas, em São Paulo, cidade onde residia. Foi casado com a atriz Norma Blum e com a ex-Frenéticas Edyr de Castro.

Estava casado com a escritora e produtora Julia Rodrix. Teve seis filhos: Mayana, Joy, Mariana, Rafael, Antonio e Barbara. 

Biografia Maçônica.

No início da década de 2000 revelou que era maçom, chegando a lançar a trilogia de livros denominada "Trilogia do Templo" sobre a Maçonaria. A trilogia é composta dos títulos: Johaben: Diário de um Construtor do Templo, Zorobabel: reconstruindo o templo e Esquin de Floyrac: O fim do Templo.

Sobre a trilogia, o escritor Luis Eduardo Matta afirmou no prefácio do terceiro volume: "Nunca, em toda a trajetória literária brasileira, um escritor se aventurou com tamanha obstinação por uma saga épica monumental como é o caso desta trilogia, que se debruça sobre os primórdios da Maçonaria, uma das fraternidades iniciáticas mais antigas do mundo, mesclando erudição e fluência, onde realidade e ficção se confundem num incrível mosaico narrativo". Ainda de acordo com Matta, a Trilogia do Templo foi uma das mais fantásticas obras literárias produzidas no Brasil na primeira década do Século XXI. Texto: Wikipédia.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Momento4uatro (1968)
01. Passa Ontem
02. Três Pontas
03. Festa
04. Dos Caminhos Longoestranhos até Chegar Junto Dela
05. No Brilho da Faca
06. Classe Dominante
07. Ele Falava Nisso Todo Dia
08. De Luzia, Ana e Maria
09. Irmão de Fé
10. Veleiro
11. Próton, Eléctron, Neutron
12. Litoral
Bonus Tracks.
13. A Aharrete (IV Festival da Record) 
14. Diana Pastora (& Marilia Medalha) 


Som Imaginário - Som Imaginário (1970)
01. Morse
02. Super Goo
03. Tema dos Deuses
04. Make Believe Waltz
05. Pantera
06. Sábado
07. Nepal
08. Feira Moderna
09. Hey Man
10. Poison 


Som Imaginário, Zé Rodrix & Taiguara - Compacto (1970)
01. Geração 70
02. Em Algum Lugar do Mundo
03. Tema de Eva 


Sá, Rodrix & Guarabyra - Compacto (1972)
01. Viajante
02. Ribeirão 


Sá, Rodrix & Guarabyra - Passado Presente Futuro (1972)
01. Zepelim
02. Ama teu Vizinho
03. Juriti Butterfly
04. Me Faça um Favor
05. Boa Noite
06. Hoje Ainda é Dia de Rock
07. Primeira Canção da Estrada
08. Cumpadre Meu
09. Crianças Perdidas
10. Azular
11. Ouvi Contar
12. Coda: Cigarro de Palha 


Sá, Rodrix & Guarabyra - Joy e Numa Boa (Compacto 1973)
01. Só Tem Amor Quem Tem Amor Pra Dar
02. Casa no Campo
 


Link.

1° Acto (1973)
01. Casca de Caracol
02. Coisas Pequenas
03. Eu Não Quero
04. Essas Coisas Acontecem Sempre
05. Receita de Bolo
06. Cadilac 52
07. Eu Preciso de Você Pra me Ligar
08. Xamego da Nega
09. Quando Você Ficar Velho
10. IIºActo 


Sá, Rodrix & Guarabyra - Terra (1973)
01. Os Anos 60
02. Desenhos no Jornal
03. Meste Jonas
04. Blue Riviera
05. Adiante
06. Pindurado no Vapor
07. O Pó da Estrada
08. O Brilho das Pedras
09. Até Mais Ver 


Zé Rodrix & A Agência de Mágicos - Quem Sabe Sabe Quem Não Sabe Não Precisa Saber (1974)
01. Quem Sabe Sabe Quem não Sabe Não Precisa Saber
02. Muito Triste
03. Compota de Cereja
04. A Roupa Prateada
05. A Volta do Filho Pródigo
06. Muro da Vergonha
07. Circuito Universitário
08. Noite de Sábado
09. Um Rock pras Futuras Gerações
10. Cadeira Vazia Nº 2
11. Os Bons Velhos Tempos (Estão re Volta Outra Vez) 
12. Não Perca o Final
13. A Roupa Nova do Rei 


Motel (Trilha Sonora 1975)
01. Motel
02. Professor e Aluna
03. Fábio e Fani
04. Consultório de Dentista
05. Mariña
06. Paulista Solto no Rio 


Link.

Rock Horror Show (Trilha Sonora 1975)
01. Science Fiction (Com Lucélia Santos) 
02. O Anel de Noivado (Com Wolf Maia & Diana Strella) 
03. Luz na Casa de Frankstein (Com Diana Strella, Wolf Maia & Kao Rossman) 
04. A Espada da Morte (Com Acácio Gonçalves & Nildo Parente) 
05. Eu te Faço ser Homem (Com Eduardo Conde) 
06. Nostalgia Rock'n'roll (Zé Rodrix) 
07. Me Toque, Me Toque, Toque, Toque (Com Diana Strella) 
08. É Só me Chamar, Tudo Bem (Com Wolf Maia & Diana Strella) 
09. Eu vou Partir (Com Eduardo Conde) 
10. Só O Amor Interessa (Com Wolf Maia, Diana Strella & Nildo Parente) 


O Esquadrão da Morte (Trilha Sonora 1976)
01. Esquadrão da Morte
02. Um Homem é Um Homem é Um Homem
03. Chorinho pro Tio
04. Tema de Amor
05. Bolero de Mangaratiba
06. Motoqueiros
07. Mundo!
08. Assalto
09. Esconderijo
10. Rhumba 


Link.

Soy Latino Americano (1976)
01. Soy Latino Americano
02. Boa Viagem
03. É Impossível Parar de Dançar
04. Donde Estará mi Vida
05. Chamada Geral
06. Exército da Salvação
07. Eu Vou Comprar esse Disco
08. Ilha Deserta
09. Hmmm! (Mas Que Noite) 
10. Eu Não sei Falar de Amor 


Quando Será? (1977)
01. Quando Será?
02. Eu não Fui Bandido o Tempo Todo
03. Arca de Noé
04. Devolve Meus LP's
05. Guantanamera
06. Casamento
07. O Dono da Verdade
08. Animais
09. Foi Você Quem nos Apresentou
10. Baila Salsa
11. Água que não Vais Beber
12. Se o Cantor Calar 


Compacto (RCA 1979)
01. Me Deixa Voltar
02. Faça de Mim um Objeto 


Link.

Hora Extra (1979)
01. Hora Extra
02. Te Conheço, Tubarão
03. Pela Primeira Vez
04. A Gente Pode Voar
05. Lamento Escravo
06. Tomando Chá
07. Lili
08. Vem o Hômi
09. Adeus, Amigo
10. Cabeça de Fora
11. Onde Está Você?
12. O Jornal Falou 


Link.

Sempre Livre (1979)
01. Melô da Abertura
02. Salve a Bronca
03. Se é Pra Voltar Desse Jeito
04. Mercado do Amor
05. Carga Pesada (Com Sérgio Reis) 

06. Abaixo a Cueca
07. Hotel das Estrelas
08. Norma (Problemas) 

09. Não Não Não
10. Eu Preciso Tanto 


Link.

Compacto (1981)
01. Seu Abelardo
02. Rock do Planalto (A Longa Marcha) 


Link.

Zé Rodrix & Miguel Paiva - Band-Age (1983)
01. Abertura
02. Companheiros/Bum Bum
03. Ave Maria/O Caos e as Trevas
04. Somos Iguais
05. Festa
06. Berceuse
07. Transas
08. Borboletas Amarelas
09. Um Tempo, Uma Razão, Um Lugar
10. Vestibular
11. Passo a Passo
12. Vestibular/Passo a Passo/Algo em Nós
13. Algo em Nós 


Joelho de Porco & Zé Rodrix - Saqueando a Cidade (1983)
01. Repórter Essso
02. Vai Fundo
03. Apache
04. Funiculi Funiculá
05. Noites de Moscow
06. Home do Imposto de Renda
07. Dianna
08. Mardito Fiarpo de Manga
09. Bom Dia São Paulo
10. Bonanza
11. Pé Na Senzala
12. Vigilante Rodoviário
13. Bom Dia São Paulo nº2
14. Rock do Relógio
15. Sons de Carrilhões
16. Funiculi Funiculá (Playback) 
17. Ue O Muite Arukou
18. Telmo Martírio
19. Conjunto de Beira de Piscina de Filme Italiano
20. Afrikaan Beat
21. Dia de Ação de Graças
22. Um Trem Passou Por Aqui
23. Hora de Dormir
24. A Última Voz do Brasil (Bônus) 

Link.

Joelho de Porco & Zé Rodrix - 18 Anos Sem Sucesso (1988)
01. 18 Anos Sem Sucesso
02. Mariquinha Maricota
03. Fliper
04. O Homem Que Eu Amo
05. Mamãe Mamãe
06. Rebelião No Carandirú
07. Enquanto Você Pisa Em Mim
08. Se Você Me Apaixonar
09. B
10. No Céu Não Tem Cerveja
11. Noiva De Branco
12. Twist
13. Boeing 723897
 


Link.

Sá, Rodrix & Guarabyra - Outra Vez na Estrada (2002)
01. Outra Vez na Estrada
02. Primeira Canção da Estrada/O Pó da Estrada
03. No Tempo dos Nossos Sonhos (Nova Era)
04. Roque Santeiro
05. Casa no Campo/Caçador de Mim/Espanhola
06. Cumpadre Meu
07. Dona
08. Aqui se Faz, Aqui se Paga
09. Ribeirão
10. Me Faça um Favor
11. Azular
12. Jesus Numa Moto
13. Hoje Ainda é Dia De Rock
14. Mestre Jonas
15. Sobradinho
16. Criador e Criatura 

Sá, Rodrix & Guarabyra - Amanhã (2010)
01. Sonho Triste em Copacabana
02. Marina, eu só Quero Viver
03. Novo Rio
04. O Dia so Rio
05. Cidades Meninas
06. Amanhece um Outro Dia
07. Nós nos Amaremos
08. Amar Direito
09. Caminho de São Tomé
10. Amanhã
11. Os Dez Mandamentos do Amor
12. Logo eu, Saudade 


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

14 comentários :

  1. Genial! Destaque para os álbuns de Sá, Rodrix & Guarabyra! Valeu Alex por mais uma pérola!

    ResponderExcluir
  2. um dos maiores, quiça o maior, gênio da música brasileira, caiu até uma lagrima aqui quando vi o post

    ResponderExcluir
  3. Seria o Frank Zappa Brasileiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Devemos parar com essas comparações... cada ser é único e nós não precisamos ter um "avatar" gringo pelo conjunto de nossa obra... bobagem.

      Excluir
  4. José Alves Teixeira (Tex) Garanhuns-PE09/04/12 15:49

    Valeu Alex a discografia de Zé Rodrix abranje muitas outras, agora é só Garimpar os complementos das outras discografias. Forte Abraço.

    ResponderExcluir
  5. cara, sem palavras.

    parabéns e continue assim.

    Let´s rock man !!!!

    ResponderExcluir
  6. Seu muro já é ontológico para todas as gerações. Eu que
    pertenço à de seus pais, fico muito agradecido.Tinha te sugerido logo após a morte deste cabeludo (Sr. Rodrix) este poste como digno do teu muro. Abraços e vida longa.

    ResponderExcluir
  7. Quando vi isso aqui, pulei a sequência da lista. Não tinha feito isso ainda: por exemplo, tava ansioso pra baixar Uriah Heep, mas esperei chegar lá. Tem uma legião de apreciadores de rock no Brasil que descarta o rock brasileiro. KKKKKKK Se ouvirem isso aqui (Zé Rodrix), eles ficam fulos. O negócio é que no Brasil o rock tem grande relação com a MPB. Isso faz com que o rock feito no Brasil seja brasileiro, em vez de simples versão do rock inglês e americano. Aquela legião vê isso, não como liberdade e maturidade cultural, mas como incapacidade de fazer rock. E não só pela música, mas pelos temas, a pronúncia brasileiríssima. O rock brasileiro é brasileiro mesmo, não existe igual no mundo. Conversando com um médico bêbado numa mesa de boteco, soube que o brasileiro tem um único motivo de se orgulhar: é o único país subdesenvolvido capaz de ceder medicamento gratuito a seus doentes de Aids. Não. Apesar de nossa arte não sair pro mundo, não ser altamente comercial, não ficamos devendo nada a ninguém. Podemos nos orgulhar da nossa literatura, do nosso cinema, da nossa música, do nosso rock.

    ResponderExcluir
  8. olá,quando há alguém que monte um site de bom gosto musical ele acaba logo,mas aqui serve para mostrar que alguém tem musicas de qualidade diante dessas porcarias lançadas a todo momento,aqui passei a conhecer bandas muito boas ,espero que você continue com seu site e não desista lembre que Deus ainda não desistiu do homem,continue essas discografia e seu site são uma das melhores coise da net,obrigado fc com Deus.

    ResponderExcluir
  9. José Pedro01/06/12 02:28

    Zé Rodrix,perola da MPB, Casa no Campo , cara saudades,parabéns pelo post, continue om esse trabalho maravilhoso;muito obrigado.

    ResponderExcluir
  10. Adauto Rosa15/07/12 10:41

    Valeu Alex.

    Ze Rodrix & Raul Seixas são a execia do ROCK BRASIL.

    Muito Bom, parabéns!!!

    Vale lembrar que ele foi casado com a Lise Bravo,que gravou
    " across the universe " com THE BEATLES

    ResponderExcluir
  11. Essa discografia quero conferir detalhadamente, sem dúvida um dos pioneiros no quesito rock, conhecido por muitos como "rock caipira", mas ser caipira não é nenhum demérito, afinal o som desse cidadão é melhor que o de muitas bandinhas de cidades grandes.

    ResponderExcluir
  12. Zé Rodrix, foi um artista multi talentoso, que poderia ter sido melhor dimensionado pela nossa mídia televisiva, escrita e de rádio. Contudo ele se recusava a pagar jabá. Conseguiu criar um singular estilo de fazer rock que o tornou inimitável e bastante característico. Vale a pena conhecer tudo de sua obra, inclusive os livros. The King Gil - Recife-PE.

    ResponderExcluir
  13. Esse cara era demais,voz inconfundível, letras inteligentes,harmonia, poesia, talento,dom...fez muitos jingles pra rádio e TV, lembro um que ele fez do carro da GM "monza ", na areia da praia,que saudade...Valeu pelo Post,Parabéns Alex,dizer obrigado é muito, muito pouco,melhor dizer, Deus te abençoe.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.