Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

23 de março de 2013

Sagittarius - Discografia.

Sagittarius foi um grupo de estúdio americano do final dos anos 1960, idealizado pelo produtor musical e compositor Gary Usher.

História.

Gary Usher estava envolvido com a música desde o início dos anos 1960 como compositor (inclusive como letrista de algumas das primeiras canções de Brian Wilson),  mas logo direcionou seu trabalho para o campo da produção musical.

Após obter algum sucesso como produtor, tornou-se produtor artístico da Columbia Records, para a qual produziu a dupla Chad & Jeremy no ano de 1967. Eles tinham lhe mostrado várias músicas, que, no entanto, não eram potencialmente comerciais. Por essa época, ele tinha ouvido uma demo para uma canção chamada My World Fell Down (que também havia sido gravada pelo grupo pop britânico chamado The Ivy League) e a apresentou a eles como sendo um sucesso certeiro. A dupla, no entanto, recusou firmemente a ideia de fazer um cover da canção e Usher percebeu que teria de levar o projeto adiante por ele mesmo. 

Ele trouxe de Los Angeles alguns músicos de estúdio, além de alguns outros que acompanhavam os Beach Boys em turnês, como Glen Campbell (que fez o lead vocal na gravação), Bruce Johnston e Terry Melcher para os vocais (este último viria a se transformar em importante produtor musical, modelando o estilo sonoro do rock da costa oeste dos Estados Unidos nos anos 60 e que trabalhou produzindo, por exemplo, gente do naipe do The Byrds, na famosa versão de Mr. Tambourine Man, de Bob Dylan).  Usher finalizou a gravação de My World Fell Down adicionando elementos de “musique concrète”. A gravação foi apresentada aos executivos da Columbia como sendo de um grupo chamado Sagittarius (que era o seu signo astrológico). 

O single My World Fell Down alcançou o 70º lugar na Billboard Hot 100. Quando a Columbia pressionou Usher a colocar o Sagittarius em turnê, foi revelado que o grupo não existia realmente. Usher, entretanto, começou a trabalhar um álbum do Sagittarius para a Columbia Records. Na maior parte deste trabalho, ele teve Curt Boettcher a seu lado. Eles se conheceram quando Usher estava trabalhando com um grupo, por ele liderado e produzido, chamado The Ballroom. Eles haviam assinado com a Warner Bross. Records e gravaram um álbum que não chegou a ser lançado na época. Usher, no entanto, ficou muito impressionado com o talento de Boettcher e o utilizou como compositor, músico e produtor em todo o álbum (uma curiosidade é que duas das faixas que aparecem neste álbum são as   gravações feitas para o inédito disco do Ballroom, só que produzidas em estéreo). 

Antes de liberar o álbum, outro single  foi lançado com a canção Hotel Indiscreet como A-side. Os B-sides dos singles do Sagittarius consistiam em temas instrumentais que Usher havia originalmente gravado para outro projeto de estúdio. Assim como My World Fell Down, nesta gravação é feita uma experimentação, com Usher utilizado um recurso um tanto desconexo, no caso, a participação de um grupo de comediantes chamado The Firesign Theatre, uma outra descoberta de Usher (este grupo foi bastante conhecido pelos álbuns que gravou e pelas aparições em programas de rádio nos anos 60). Ao contrário do primeiro single, este não estourou. 

Em 1968, o álbum Presente Tense foi apresentado ao público, mas se tornou um fracasso comercial. Clive Davis não gostou da experiência com a música concreta nos dois singles, o que fez Usher retirá-la das versões para o álbum. A versão de My World Fell Down para o álbum contou com alguns compassos adicionais entre o primeiro e o segundo versos que não apareceram na versão para o single, e foram gravadas em estéreo. 

Em 1969, Usher deixou a Columbia Records para lançar seu próprio selo, o Together Records. Ele iniciou o trabalho para um novo álbum do Sagittarius, The Blue Marble, mas desta feita, aparecendo mais como músico, particularmente, como vocalista. Assim como havia feito no álbum The Notorius Byrd Brothers, do The Byrds, neste novo álbum do Sagittarius, ele fez um intenso uso de um sintetizador Moog, que aparece por todo o disco. 

Embora The Blue Marble não tenha alcançado um sucesso comercial, uma versão de In My Room chegou a figurar no 86º posto na Billboard Hot 100. Vários outros singles que não constam do álbum permaneceram inéditos até o fim do selo Together Records. 

Ambos os álbuns do Sagittarius foram relançados em CD e contêm faixas bônus, incluindo versões singles que diferem, em alguns casos, das que foram lançadas originalmente nos álbuns. Texto: Wkipédia. Traduzido por Gilberto De Oliveira Filho. 

Integrantes.

Present Tense (1968)

Curt Boettcher (Guitarra, Teclados, Vocais)
Ron Edgar (Bateria)
Mike Fennelly (Guitarra)
Lee Mallory (Guitarra, Vocal)
Doug Rhodes (Teclados, Violão)
Joey Stec (Vocais)
Sandy Salisbury (Vocais)

The Blue Marble (1969)

Lee Mallory (Guitarra, Vocal)
Sandy Salisbury (Vocais)
Chuck Girard (Vocal, faixas 4 e 9)
Gary Usher (Teclados)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

Como Baixar.

Bitrate: 320Kbps. 

Álbuns.

Present Tense (1968)
01. Another Time
02. Song To The Magic Frog (Will You Ever Know)
03. You Know I've Found A Way
04. The Keeper Of The Games
05. Glass
06. Would You Like To Go
07. My World Fell Down
08. Hotel Indiscreet
09. I'm Not Living Here
10. Musty Dusty
11. The Truth Is Not Real


The Blue Marble (1969)
01. In My Room
02. From You Unto Us
03. Will You Ever See Me
04. Gladys
05. I Sing My Song
06. The Blue Marble
07. Lend Me A Smile
08. I Still Can See Your Face
09. I See In You
10. Cloud Talk


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

3 comentários :

  1. Rayfran Terças24/03/13 00:41

    Que Maravilha de Postagem! Tenho esses Albuns a anos! Som Maravilhoso e Viajante! Psychedelic Pop / Sunshine Pop / Baroque!Também recomendo The Association e The Millenium! Que Também foram produzidos pelo Gary Usher em parceira com Curt Boettcher! Essa Galera era Boa! Música de Qualidade!

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.