Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

23 de março de 2013

Violeta de Outono - Discografia.

Violeta de Outono é uma banda de rock brasileira, que surgiu na cidade de São Paulo, em meados de março de 1984. Suas músicas tem em sua essência o pós-punk e o som psicodélico.

Origens.

Em 1981, após o termino das atividades de sua primeira banda (Lux), o vocalista Fábio Golfetti conhece o baterista Claudio Souza, e juntos, participam da primeira formação da banda paulistana Zero, ficando somente até gravar um dos primeiros singles da banda. 

Após sairem do Zero, Fábio Golfetti e Claudio Souza se juntam ao baixista e fotógrafo Angelo Pastorello, e formam em 1984 a banda Violeta de Outono.

Primeiras Gravações.

Em 1986, com os primeiros shows, a banda começa a ter um público cativo, e acaba sendo convidada pela loja de discos Wop-Bop para lançar um EP com apenas três músicas, dentre elas Outono, uma das músicas mais conhecidas da banda. 

Após o bom resultado do lançamento do EP, a banda assina com a gravadora RCA (hoje, selo pertencente à Sony Music), que lança em 1987 pelo selo Plug, o primeiro LP, batizado de "Violeta de Outono", que além de Outono, continha músicas como Declínio de Maio, Dia Eterno e o cover de Tomorrow Never Knows dos Beatles, considerado pelos ferozes críticos da época, ser tão bom quanto o original dos Fab Four. 

Já em 1989 é lançado o segundo LP, intitulado "Em Toda Parte", que acaba não tendo o mesmo resultado do LP de estreia. Neste LP destaca-se a música-título do álbum.

Pós RCA / Surgimento do Invisible Opera of Tibet.

Porém, com o fim do selo Plug da RCA, o Violeta de Outono acaba ficando sem gravadora, e neste período o vocalista Fábio Golfetti lança, através do produtor dos primeiros LPs da banda, um flexi-disc intitulado Numa Pessoa Só, sob o nome de Opera Invisível, um projeto o vocalista segue ao longo dos anos. 

Durante o início dos anos 90, o Violeta de Outono faz alguns shows esporádicos com Claudio Fontes na bateria, no lugar de Claudio Souza que se afasta da banda. Neste mesmo período Fabio Golfetti resolveu abraçar de vez o projeto "Invisible Opera of Tibet", conceito idealizado por Daevid Allen, do Gong, e que tinha como princípio a junção de uma visão em comum do universo e uma evolução espiritual, ligando músicos de vários pontos do planeta. Começou a aquecer o selo Invisível, que depois do single solo de Fabio, lançou (ao lado de Renato Mello e da cantora May East), o disco The Eternal Voice. 

A partir desta data, o "Invisible Opera of Tibet" começou a tocar em pequenas casas de São Paulo, com a mesma formação do "Violeta de Outono", porém com um som mais experimental e com um pequeno público.

A Volta.

Nestes shows como "Invisible Opera of Tibet", surge em 1994 a idéia de fazer um show como "Violeta de Outono". O resultado foi a casa cheia. 

Com isto, a banda inicia as gravações do novo álbum, que seria lançado somento de 1999, intitulado como "Mulher na Montanha", porém sem Claudio e Angelo, que saíram da banda frustrados com a pouca receptividade comercial, e foram substituídos por Sandro Garcia (baixo) e Gregor Izidro (bateria). 

Durante um ano e meio, a banda com a nova formação fez várias apresentações, fazendo resurgir os velhos fãs e criando novos. Neste período, a banda chegou a abrir shows para o Focus em São Paulo e tocou com o mutante Sérgio Dias no Rio ArtRock Festival. Neste mesmo período, Angelo Pastorello volta a banda. 

Em 2004, Fábio Golfetti lança Early Years Complete, contendo 14 canções, passando por sobras de estúdios e versões ao vivo. 

Em 2005 o grupo volta com novo álbum e com a formação inicial da banda, adicionada da presença do tecladista Fernando Cardoso (CompaCta Triô). É o lançamento do CD Ilhas, contando ainda com Gregor, na bateria. Neste álbum a banda volta a viver seus grandes momentos, com músicas como Blues, Eclipse, Língua de Gato em Gelatina e Ecos. 

Em 2007 a banda lança o seu sétimo álbum, intitulado "Volume 7", com o baixista Gabriel Costa (ComapCta Triô) no lugar de Angelo, que se afasta da banda. Neste álbum a banda se aproxima mais ainda do som progressivo, com forte presença dos teclados de Fernando Cardoso. 

Em 2009, após a realização de um memorável show no Teatro Municipal de São Paulo (durante a Virada Cultural) é a vez do baterista Cláudio Souza se afastar da banda, dando lugar ao baterista Fred Barley (CompaCta Triô), dando início à produção das músicas para um novo álbum. No entanto, Fred Barley segue uma tournée internacional, deixando o Violeta de Outono. 

Em 2011, a banda lança em DVD o show da Virada Cultural em 2009, gravado no Teatro Municipal, em São Paulo. Neste ano a banda integra o baterista José Luis Dinóla (ex-Chave do Sol) no lugar de Fred Barley. 

Em 2012, a banda lançou o álbum "Espectro" (em julho,no SESC Pompéia). Ao fim do ano, Fabio Golfetti realiza tournée internacional com a consagrada banda setentista Gong, com quem excursiona pela Europa, Inglaterra e Japão. Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

Atuais.

Fabio Golfetti (Guitarra e Vocal)
Gabriel Costa (Baixo)
Fernando Cardoso (Teclados)
José Luis Dinóla (Bateria)

Ex- Integrantes.

Angelo Pastorello (Baixo)
Claudio Souza (Bateria)
Claudio Fontes (Bateria)
Fred Barley (Bateria)
Fabio Ribeiro (Teclados)
Sandro Garcia (Baixo)
Gregor Izidro (Bateria)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Memories (Demo 1985)
01. Outono
02. Transe
03. Dia Eterno
04. Fim do Começo (Declínio de Maio)
05. Luz
06. Tomorrow Never Knows
07. Violeta ’67 (Reflexos da Noite)
08. Noturno
09. Autumn (Instrumental)
10. Heavy Man
11. Floating World
12. The Visitor
13. People
14. Time
15. Material
16. Transformation
17. Sundays


Link.

Reflexos da Noite (1986)
01. Outono
02. Trópico
03. Reflexos da Noite
04. Vênus
05. Em Toda Parte
06. Rinoceronte Na Montanha de Geléia
07. Em Toda Parte 2 (Reprise)
08. Outra Manhã
09. O Retorno
10. Aum
11. Numa Pessoa Só (Invisible Opera Co Of Tibet)


Violeta de Outono (1987)
 
01. Outono
02. Declínio de Maio
03. Faces
04. Luz
05. Retorno
06. Dia Eterno
07. Noturno Deserto
08. Sombras Flutuantes
09. Tomorrow Never Knows


The Early Years (1988)
01. Citadel
02. Interstellar Overdrive
03. Blues For Findlay
04. Within You, Without You
05. Echoes / No Quarter


Em Toda Parte (1989)
01. Rinoceronte Na Montanha de Geléia
02. Em Toda Parte
03. Vênus
04. Aqui e Agora
05. Outra Manhã
06. Ilhas
07. Terra distante
08. Dança
09. Lunática


Violeta de Outono (1995)
Coletânea.
01. Dia Eterno
02. Outono
03. Declínio de Maio
04. Noturno Deserto
05. Faces
06. Sombras Flutuantes
07. Tomorrow Never Knows
08. Luz
09. Retorno
10. Rinoceronte Na Montanha de Geléia
11. Em Toda Parte
12. Vênus
13. Outra Manhã
14. Ilhas
15. Aqui e Agora
16. Dança
17. Lunática


Mulher na Montanha (1999)
01. Mulher na Montanha
02. Lírio de Vidro
03. Outro Lado
04. Total Silêncio
05. Lágrimas do Dragão
06. Creme Gelado, Desculpe
07. Espelhos Planos
08. Duna
09. Flutuando
10. Sonho
11. Terra Distante
12. Ilusão
13. Trópico
14. Reflexos da Noite
15. Astronomy Dominé


Live At Rio Art Rock Festival '97 (2000)
01. Astronomy Dominé
02. Mulher Na Montanha
03. Outro Lado
04. Dia Eterno
05. Eclipse
06. Noturno Deserto
07. Faces
08. Sombras Flutuantes
09. Declínio de Maio
10. Tomorrow Never Knows
11. Em Toda Parte


Ilhas (2005)
01. Línguas de Gato em Gelatina
02. Mahavishnu
03. Blues
04. Estrelas
05. Ecos
06. Eclipse
07. Azul
08. Supernova
09. Transe
10. Cartas
11. Júpiter
12. Dança
13. Moon Princess


Volume 7 (2007)
01. Além do Sol
02. Caravana
03. Broken Legs
04. Eyes Like Butterflies
05. Em Cada Instante
06. Pequenos Seres Errantes
07. Ponto de Transição
08. Fronteira


Theatro Municipal, São Paulo (2011)
01. Introdução
02. Outono
03. Trópico
04. Reflexos da Noite
05. Declínio de Maio
06. Faces
07. Luz
08. Retorno
09. Dia Eterno
10. Noturno Deserto
11. Sombras Flutuantes
12. T.N.K.
13. Em Toda Parte
14. Vênus


Espectro (2012)
01. Formas-Pensamentos
02. Montanhas Da Mente
03. Dia Azul
04. Ondas Leves
05. Claro Escuro
06. Algum Lugar
07. Anos-Luz (Manito`s Dream)
08. Espectro
09. Solstício
10. News From Heaven (Bonus Track)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

26 comentários :

  1. Luís Real23/03/13 17:26

    Obrigado amigão por mais esta excelente discografia. O que conheço e ouvi de bom rock brasileiro devo-o 95% ao muro. Esta banda tem excelentes músicos e a música é de grande qualidade. Estou a ouvir o álbum de 2012 e é uma maravilha. Grande organista. Muito bom baterista. O conjunto é excelente. O rock do Brasil está de parabéns, não só por esta banda mas também por muitas outras que o Alex postou aqui no Muro.

    ResponderExcluir
  2. Rayfran Terças24/03/13 00:47

    Uma grande banda Nacional, conhecida por poucos! Só os amantes do verdadeiro Rock Nacional curtem! Uma banda CULT! Som Maravilhoso! Valeu Pela Postagem Alex! Vida Longa Ao Muro!

    ResponderExcluir
  3. Legal moçada! Agradecemos o apoio, a banda tá se apoiando em um mercado mais prog psicodélico, e construindo tudo de novo. Visitem nossa página oficial no Facebook, só peço infelizmente para não divulgarem lá o link desses downloads pois seria anti-ético. Valeu! Fernando Cardoso, tecladista do Violeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Fernando já curti a pagina, fique tranquilo, os links não serão publicados la. E se de alguma forma prejudicar aqui também é só avisar! Abraços.

      Excluir
    2. Luís Real07/04/13 10:33

      Fernando Cardoso é um grande organista e os violeta sem ele não seriam os mesmos. Eu visitei o site oficial da banda e comprei o DVD. Viva o real (moeda, não eu), porque com o câmbio e mesmos com frete ficou mais barato que o preço de um DVD comprado em loja. Sucesso para os Violeta

      Excluir
    3. Conheci a banda através do Prog Archives e logo corri para o Muro atrás de baixar. Felizmente encontrei aqui o que eu procurava. Parabéns pela banda, o Brasil precisa divulgar essa qualidade musical, artistas que fazem um som bacana como os da Violeta de Outono. Vida longo à banda e ao Muro!!

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de assisti-los ao vivo algumas vezes. Violeta de Outono é sensacional! Inclusive um dos melhores shows que vi na vida foi o deles no Camping Rock de 2009 (já está na hora de voltarem). Os outros projetos dos músicos da banda também são excelentes!! (Invisible Opera Company of Tibet, Compacta TriÔ, dentre outros...). O Fernando tocava no Som Nosso de Cada Dia, que com a irreparável morte do pequeno grande Manito (RIP), acredito eu que tenha encerrado suas atividades (infelizmente). Longa vida à música brasileira de qualidade! Longa vida ao Violeta de Outono!

    Obrigado pelo post.

    Galera, essa banda vale a pena ter os discos!!!
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. valeu ,agora tenho a coleçâo completa.

    ResponderExcluir
  6. Luís Real03/04/13 11:07

    Não me canso de ouvir estes caras. esta banda está ao nível do melhor que no mundo se faz e estes músicos faziam um figurão em qualquer banda (Pink Floyd, Genesis, Deep Purple, ou qualquer outra do mesmo nível).
    Obrigado Alex. Viva o Muro.

    ResponderExcluir
  7. Todos os cds do violeta sâo ótimos,o espectro tambémb muito bom.O Violeta de Outono é amelhor banda de rock progressivo do País,nada deixa a desejar a Pink Floyd,Genesys,Rush e Afins.Um Abraço Alex,e valeu.

    ResponderExcluir
  8. Me lembro da surpresa e felicidade depois da primeira audição do vinil que comprei em 1988 do primeiro do Violeta de 87. Até então as bandas da época soavam quase todas iguais, meio punkzino meio new wave ou qualquer coisa assim. Achei muito corajoso os caras se embrearem no progressivo e deixarem claro a influência do Pink Floyd (entre outras) na banda. Dei uma ouvida nos outros discos e gostei muito, mas o que mais me chamou a atenção foi o "Espectro" que lembra muito o trabalho do primeiro disco - que pra mim é um clássico, não só do Rock nacional, mas da música. Tem muita gente que acha que rock nacional é só Raul Seixas, Blits e Lobão e desconhecem bandas como o Violeta, Golpe de Estado, Inocentes... Se falar então de Terço, Módulo 1.000, Mutantes, aí fica todo mundo boiando. Vida Longa aos Violetas! Breve terá um show em Jundiaí. Todos estão convidados! Marco Aurélio (marcone)

    ResponderExcluir
  9. Obrigado camarada. feliz de poder usar esse blog para o propósito de apreciar um som de qualidade. Obrigado e parabéns pelo trabalho. O Rock precisa de apoio, sobretudo o NACIONAL. Bela discografia da Banda Violeta de Outono. Muito obrigado!!!

    ResponderExcluir
  10. Muito obrigado por disponibilizar a discografia desta magnífica banda de Rock progressivo NACIONAL. O blog e o conteúdo estão ótimos. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  11. BERTHÔ (José Berto)19/01/14 19:26

    VIOLETA de OUTONO...QUEM CURTE PINK FLOYD E O TERÇO CERTAMENTE VAI ADORAR ESTA BANDA....
    A QUALIDADE MUSICAL É ALGO FORA DO COMUM, O VOCAL É SUAVE E NÍTIDO COM VONTADE DE "QUERO +"
    ESPERO QUE ESTA BANDA NÃO PARE DE NOS BRINDAR COM TODA ESSA MELODIA MARAVILHOSA...ALIÁS JÁ TÁ NA HORA DELES LANÇAREM OUTRO TRABALHO NÉ MESMO?
    RECOMENDO BAIXAREM TUDO E TAMBÉM VEJAM AQUI NO MURO A BANDA "QUARTO ASTRAL".....RECOMENDADÍSSIMO's.

    ResponderExcluir
  12. Desta vez não vou agradecer pelas perolas, mas por esta flor rara! Mais uma vez, abraços. Realmente o muro é fora de série!!!!!

    ResponderExcluir
  13. CARA SEU BLOG É FODA

    ResponderExcluir
  14. Uma grande banda brasileira, com aquele som maravilhoso do post punk. Parabens esse blog é um dos melhores.

    ResponderExcluir
  15. Muito obrigado por disponibilizar a discografia do Violeta de Outono! Eu tenho os dois primeiros discos deles, e como não consigo achar os demais para comprar estava procurando-os para baixar.

    ResponderExcluir
  16. Sensacional , muito obrigado

    ResponderExcluir
  17. Muito obrigado pelos Violetas !! Música prá viajar... ( no carro ) :)

    ResponderExcluir
  18. Muito obrigado!! Não imaginava que o Violeta havia gravado tanta coisa assim!!!!

    ResponderExcluir
  19. Obrigado Alex!!! fique sabendo que você ajudou muito para minha viagem rs ....

    ResponderExcluir
  20. Em outubro sai o novo cd -Spectre- e com certeza vai arrenbentar.

    ResponderExcluir
  21. Aí Moçada! Saiu o disco novo do Violeta de Outono, Spaces! Dêem uma olhada no site, ou no bandcamp, dá para ouvir o disco inteiro! E tá baratinho para comprar pelo site também, ou nas lojas da Galeria do Rock!

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.