Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

19 de abril de 2013

Siouxsie & The Banshees - Discografia.

Siouxsie and the Banshees foi uma banda de rock britânica formada em Londres em 1976. A base principal do grupo era a parceria nas composições de Siouxsie Sioux (vocal) e Steven Severin (baixo). Alguns críticos consideram como a banda de pós-punk mais importante a surgir no cenário britânico de música. A banda se separou em 1996 em meio a um crescente número de desentendimentos entre Siouxsie e Severin. Entre seus principais sucessos destacam-se as canções "Hong Kong Garden", "Happy House", "Christine", "Spellbound", "Peek-a-Boo" e "Kiss Them For Me".

História.

Formação (1976-1977)

A primeira apresentação com a formação original, foi no Punk Festival, em 20 de setembro de 1976, no 100 Club, em Londres. A banda tocou somente covers como "Twist And Shout" (Phil Medley e Bert Russell), "Knockin' On Heaven's Door" (do Bob Dylan) e e uma versão de cerca de vinte minutos de The Lord’s Prayer, que agradara somente a um dos assistentes de Malcom McLaren, empresário do Sex Pistols, que se encontrava na platéia. Logo após a apresentação, foram convidados a acompanhar o Sex Pistols como banda de abertura em uma turnê pela Inglaterra. 

A formação de então era: Siouxsie Sioux nasceu como Susan Ballion (vocal), Steve Havoc (baixo) a banda também incluía Sid Vicious (bateria) e Marco Pirroni (guitarra). 

Desde então, Siouxsie e Severin passaram a liderar a banda em uma troca incrível de guitarristas que pouco ficaram na banda.
Para substituir Vicious e Pirroni, entraram Kenny Morris (baterista) e John McKay (guitarrista), o que deixou a formação estável nos 2 primeiros discos da banda até o fim de 1979.

The Scream e Join Hands (1978-1979)

O primeiro single, "Hong Kong Garden", foi lançado em 1978 pela Polydor. Alcançou logo o Top 10 britânico. No mesmo ano, lançam o primeiro álbum também pela Polydor, The Scream, que foi aclamado pela crítica britânica.
Em 1979 lançaram Join Hands, um álbum ainda no estilo punk. É possível encontrar a canção The Lord's Prayer, porém em diferentes duração (aqui somente com 14 minutos comparados aos 23 minutos da apresentação original) e execução que a banda tocou em sua primeira apresentação, no London's 100 Club, além da faixa "Icon", outra música conhecida da banda.
Morris e McKay saíram da banda e foram substituídos na excursão do segundo álbum pelo baterista Budgie (ex-The Slits) e guitarrista Robert Smith, líder do The Cure.

Kaleidoscope, Juju e A kiss In The Dreamshouse (1980-1982)

Em 1980, o terceiro álbum foi lançado: Kaleidoscope , que contou com a participação do guitarrista John McGeoch (ex-Magazine). O álbum é considerado até hoje um dos melhores da banda, apresenta composições mais trabalhadas e profundas, e teve uma boa aceitação por parte do público. Este chegou a número cinco no UK Albums Chart e foi aclamado pela crítica. "Happy House" e "Christine" emplacaram nas paradas inglesas. A banda experimentando novas estruturas em algumas canções, incorporando música ambiente sobre "Lunar Camel" e influências eletrônicas para "Red Light". Após o lançamento deste álbum, a banda saiu em sua primeira turnê pelos Estados Unidos. 

Durante 1981 a banda completou passeios longos do Reino Unido durante a gravação do próximo disco de estúdio, Juju. O álbum foi lançado em Junho de 1981, pouco depois do single "Spellbound". O single traz novamente estridente McGeoch ritmos violão e levar linhas de guitarra melodia com saltos de largura. Juju alcançou o número sete nas paradas do Reino Unido. 

A Kiss in the Dreamhouse, de 1982, considerado uma das inspirações para a rock psicodélico, apresenta uma Siouxsie cantando de forma bem mais suave, em partes devido recomendação médica: na época, Siouxsie apresentava problemas na garganta que poderiam forçá-la a parar de cantar. Este álbum está submerso numa atmosfera onírica, criada graças aos instrumentos de cordas, além de ter referências exóticas. O lançamento deste álbum marcou também mais uma despedida de membros da banda: McGeogh deixa o grupo.

Nocturne e Hyaena (1983-1984)

Foi aí que o Robert Smith entrou para Siouxsie and the Banshees. Ele já era um conhecido da banda, pois o Cure abrira alguns shows do grupo em 1979 e inclusive Smith foi convidado para tocar com eles após o guitarrista dos Banshees ter desertado no meio da tour. Nesta altura Smith fazia a 1ª parte com os Cure e a 2ª com os Banshees. 

Em 1983 gravaram Nocturne, álbum duplo e ao vivo gravado durante um show no Royal Albert Hall, em Londres. 

Após uma parada para dar vida aos projetos paralelos de Budgie e Siouxsie, The Creatures, bem como o de Severin e Smith, The Glove, a banda voltou em 1984 lançando o álbum Hyaena. Logo após o lançamento deste álbum, Smith deixou a banda. 

A vida seguiu para a banda em mais uma substituição de membros: o guitarrista John Carruthers Valentine (ex-Clock DVA) entrou para o lugar de Smith.

Tinderbox e Through The Looking Glass (1985-1987)

O novo álbum só veio em 1986, Tinderbox, trazendo o maior sucesso da banda: "Cities In Dust", uma canção que fala sobre a explosão do vulcão Vesúvio em Pompeia, Itália, foi a primeira música da banda a atingir o Top 100 Americano. A banda também fez uma participação no filme Out Of Bounds - Chuva de Chumbo cantando essa canção. 

Essa também foi uma época difícil para a banda. Siouxsie brigava frequentemente com Budgie por causa de ciúmes, chegando a chutar uma janela de vidro. Além de machucar um nervo das costas, Siouxsie também chegou a deslocar o joelho durante um show da turnê realizada em 1985.
Toda essa onda de brigas e contusões acabou por azedar o clima na banda. 

O próximo álbum não demorou muito para ser lançado. Through the Looking Glass, de 1987, é um álbum só de covers que funcionou para que a banda respirasse um pouco e o ar carregado fosse desfeito. Se destacam nesse trabalho as faixas "Hall of Mirrors" do Kraftwerk, "The Passenger" de Iggy Pop e "You're Lost Little Girl" do The Doors. A saída de algum membro após o lançamento de um novo álbum voltou a se tornar rotina: foi a vez de John Carruthers deixar o grupo.

Peepshow e Superstition (1988-1992)

Entram para a banda o tecladista Martin McCarrick, (ex-músico de Marc Almond), e o guitarrista Jon Klein, ex-Specimen, substituindo John Carruthers. 

Uma nova sonoridade se iniciou no grupo de forma gradativa. Aos poucos, a banda adotaria cada vez mais um som pop e dançante. O álbum de 1988, Peepshow, mostrava bem as novas tendências do grupo trazendo faixas dançantes e um toque eletrônico. "Peek-a-boo", primeira música da banda a entrar na parada de singles americana, também assustou os fãs mais radicais por ser quase um hip-hop e rock experimental. Depois do lançamento de Peepshow a banda ficaria três anos sem lançar um álbum. 

Em 1991 voltaram com um álbum que têm raízes no pop, Superstition, álbum produzido por Stephen Hague, que chegou a entrar na Billboard. O single "Kiss Them For Me" foi inspirado pelo atriz Jayne Mansfield. Também em 1991, a banda se apresentou na primeira edição do Lollapalooza. 

Em 1992 foi lançada a segunda coletânea da banda, Twice Upon a Time, que também conta com a música inédita "Fireworks", Lados B e Singles, como a canção "Face to Face", feita para o filme Batman, O Retorno, de Tim Burton.

The Rapture O Fim (1993-1996)

O último álbum da banda veio em 1995, The Rapture, produzido por ex-Velvet Underground, John Cale. O lançamento foi seguido por uma grande turnê mundial. 

Mas foi em 1996 que veio o encerramento das atividades, após 20 anos de carreira, que coincidiu com a volta do Sex Pistols. No comunicado em que declaram o fim da banda, Siouxsie afirma: Como a indústria musical prepara-se para reviver os primeiros anos do punk, quando confundiam os oportunistas com os protagonistas e assinavam contrato com qualquer coisa com um alfinete de fralda que pudesse cuspir, Siouxsie and The Banshees gostariam de dizer "Obrigado e Adeus."

Anos 2000.

Siouxsie e Budgie continuaram e continuam até hoje com a sua banda que antes era um projeto paralelo, The Creatures. Steve Severin desenvolveu alguns projetos solo como a trilha sonora do filme Visions of Ecstacy além de participações em outras bandas. 

A banda ressurgiu para uma breve aparição em abril de 2002, em Londres, quando a banda fez uma pequena turnê intitulada Seven Year Itch tour, que contou com a seguinte formação: Siouxsie Sioux, o baixista Steve Severin, o Budgie na bateria e guitarrista Knox Chandler (ex-Psychedelic Furs). 

O nome da turnê faz alusão aos sete anos de separação da banda, e teve como fruto o lançamento simultâneo de um CD e um DVD, com gravações ao vivo. O CD também intitulado The Seven Year Itch, traz quatorze músicas retiradas do mesmo show. As gravações foram feitas durante show no The Shepherds Bush Empire, em Julho de 2002, em Londres. 

Apesar do sucesso da turnê que contou com bilheteria esgotada em todas as apresentações, a reunião da banda era mesmo passageira. 

Atualmente Siouxsie canta a solo, tendo lançado, em 2007, o álbum Mantaray.

Legado.

Os Banshees influenciaram uma série de bandas de rock na carreira, incluindo U2 e The Smiths, o guitarrista Johnny Marr declarou que John McGeoch sobre Juju de Siouxsie and the Banshees foi uma influência. Artistas como Tricky, Massive Attack e LCD Soundsystem não se cansam de mencionar Siouxsie and the Banshees como uma das suas principais influências. Texto: Wikipédia. Site Oficial. 

Integrantes.

Ultima Formação.

Martin McCarrick (Teclado, 1987-1996)
Knox Chandler (Guitarra, 1995-1996)
Susan Janet Ballion, aka Siouxsie Sioux (Vocais, 1976-1996)
Budgie (Bateria, 1979-1996)
Steven Severin (Baixo, 1976-1996)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

Como Baixar.

Álbuns.

The Scream (1978)
 
01. Pure
02. Jigsaw Feeling
03. Overground
04. Carcass
05. Helter Skelter
06. Mirage
07. Metal Postcard
08. Nicotine Stain
09. Suburban Relapse
10. Switch


Join Hands (1979)
 
01. Poppy Day
02. Regal Zone
03. Placebo Effect
04. Icon
05. Premature Burial
06. Playground Twist
07. Mother (Oh, Mein Papa)
08. The Lords Prayer


Kaleidoscope (1980)
 
01. Happy House 
02. Tenant 
03. Trophy 
04. Hybrid 
05. Clockface 
06. Lunar Camel 
07. Christine 
08. Desert Kisses 
09. Red Light 
10. Paradise Place
11. Skin


Juju (1981)
 
01. Spellbound
02. Into The Light
03. Arabian Knights
04. Halloween
05. Monitor
06. Night Shift
07. Sin In My Heart
08. Head Cut
09. Voodoo Dolly


Once Upon a Time, The Singles (1981)
01. Hong Kong Garden
02. Mirage
03. The Staircase (Mystery)
04. Playground Twist
05. Love in a Void
06. Happy House
07. Christine
08. Israel
09. Spellbound
10. Arabian Nights


A Kiss in the Dreamhouse (1982)
 
01. Cascade
02. Green Fingers
03. Obsession
04. She's A Carnival
05. Circle
06. Melt!
07. Painted Bird
08. Cocoon
09. Slowdive


Nocturne (Live 1983)
 
01. Israel
02. Dear Prudence
03. Paradise Place
04. Melt
05. Cascade
06. Pulled To Bits
07. Nightshift
08. Sin In My Heart
09. Slowdive
10. Painted Bird
11. Happy House
12. Switch
13. Spellbound
14. Helter Skelter
15. Eve White, Eve Black
16. Voodoo Dolly


The Thorn (EP 1984)
 
01. Overground
02. Voices (On The Air)
03. Placebo Effect
04. Red Over White


Hyaena (1984)
 
01. Dazzle
02. We Hunger
03. Take Me Back
04. Belladonna
05. Swimming Horses
06. Bring Me The Head Of The Preacher Man
07. Running Town
08. Pointing Bone
09. Blow The House Down


Tinderbox (1986)
 
01. Candyman
02. The Sweetest Chill
03. This Unrest
04. Cities In Dust
05. Cannons
06. Party's Fall
07. 92°
08. Lands End
09. The Quarterdrawing of the Dog
10. An Execution
11. Lullaby
12. Umbrela
13. Cities In Dust (Extended Version)


Through the Looking Glass (1987)
 
01. This Town Ain't Big Enough For The Both Of Us
02. Hall Of Mirrors
03. Trust In Me
04. This Wheel's On Fire
05. Strange Fruit
06. You're Lost Little Girl
07. The Passenger
08. Gun
09. Sea Breezes
10. Little Johnny Jewel


Peepshow (1988)
 
01. Peek-a-Boo
02. The Killing Jar
03. Scarecrow
04. Carousel
05. Burn-up
06. Ornaments of Gold
07. Turn to Stone
08. Rawhead and Bloodybones
09. The Last Beat of My Heart
10. Rhapsody


Superstition (1991)
 
01. Kiss Them for Me
02. Fear (Of the Unknown)
03. Cry
04. Drifter
05. Little Sister
06. Shadowtime
07. Silly Thing
08. Got to Get Up
09. Silver Waterfalls
10. Softly
11. The Ghost in You


The Peel Sessions 1977-1978 (1991)
 
01. Hong Kong Garden
02. Helter Skelter
03. Carcass
04. Mirage
05. Love In A Void
06. Suburban Relapse


Twice Upon A Time, The Singles (1992)
 
01. Fireworks
02. Slowdive
03. Melt!
04. Dear Prudence
05. Swimming Horses
06. Dazzle
07. Overground (From the Thorn)
08. Cities in Dust
09. Candy Man
10. This Wheel's on Fire
11. The Passenger
12. Peek-A-Boo
13. The Killing Jar
14. The Last Beat of My Heart (Live)
15. Kiss Them for Me
16. Shadowtime
17. Fear (Of the Unknown)
18. Face to Face


Face To Face (Soundtrack 1992)
 
01. Face To Face (7'' Mix)
02. Face To Face (Catatonic Mix)
03. I Could Be Again
04. Hothead


The Rapture (1995)
 
01. O Baby
02. Tearing Apart
03. Stargazer
04. Fall From Grace
05. Not Forgotten
06. Sick Child
07. The Lonely One
08. Falling Down
09. Forever
10. The Rapture
11. The Double Life
12. Love Out Me


The Best of Siouxsie and the Banshees (2002)
 
CD 1.

01. Dear Prudence
02. Hong Kong Garden
03. Hong Kong Garden
04. Peek-A-Boo
05. Happy House
06. Kiss Them For Me
07. Face To Face
08. Dizzy
09. Israel
10. Christine
11. Spellbound
12. Stargazer
13. Arabian Knights
14. The Killing Jar
15. This Wheel's On Fire

CD 2.

01. Spellbound (Extended 12'' Version)
02. Song From The Edge Of The World (Columbus Mix)
03. Kiss Them For Me (Kathak #2 Mix)
04. Peek-A-Boo (Silver Dollar Mix)
05. The Killing Jar (Lepidopteristic Mix)
06. Cities In Dust (Eruption Mix)
07. Dazzle (Glamour Mix)
08. Stargazer (Mambo Sun Remix)
09. Face To Face (Catatonic Mix)


The Seven Year Itch, Live 2002 (2003)
 
01. Pure
02. Jigsaw Feeling
03. Metal Postcard
04. Red Light
05. Lullaby
06. Lands End
07. I Could Be Again
08. Icon
09. Night Shift
10. Voodoo Dolly
11. Trust In Me
12. Blue Jay Way
13. Monitor
14. Peek-A-Boo


Voices on the Air: The Peel Sessions (2006)
 
(Maida Vale 4, Nov. 29, 1977, June. 2, 1978 & Sep.t 4, 1979)
 01. Love in a Void (77)
02. Mirage (77)
03. Metal Postcard (Mittageisen) (77) 
04. Suburban Relapse (77)
05. Hong Kong Garden (78)
06. Overground (78)
07. Carcass (78)
08. Helter Skelter (78) 
09. Placebo Effect (79)
10. Playground Twist (79)
11. Regal Zone (79)
12. Poppy Day (79)
(Langham 1, Oct. 2, 1981)
13. Halloween
14. Voodoo Dolly
15. But Not Them
16. Into the Night
(Maida Vale 5, Jan. 28, 1986)
17. Candyman
18. Cannons
19. Lands End


At the BBC (Box Set 2009)
 
CD 1. 

(John Peel 29/11/77)
01. Love In A Void
02. Mirage
03. Metal Postcard
04. Suburban Relapse
(John Peel 6/2/78) 
05. Hong Kong Garden
06. Overground
07. Carcass
08. Helter Skelter
(John Peel 9/4/79)
09. Placebo Effect 
10. Playground Twist
11. Regal Zone
12. Poppy Day
(John Peel 10/2/81) 
13. Halloween
14. Voodoo Dolly
15. But Not Them
16. Into The Light
17. Arabian Knights
18. Red Over White
19. Head Cut
20. Supernatural Thing
 

CD 2.

01. Coal Mind
02. Green Fingers
03. Painted Bird
04. Cascade
05. Candyman (John Peel 10/2/81)
06. Cannons (John Peel 10/2/81)
07. Lands End (John Peel 10/2/81)
08. Shooting Sun
09. Song From The Edge Of The World
10. Little Johnny Jewel
11. Something Blue
12. Green Fingers
13. Bring Me The Head Of A Preacher Man
14. Sweetest Chill
15. Cannons
16. Melt!
17. Candyman
18. Lands End
 

CD 3.

01. Night Shift
02. 92 Degrees
03. Pulled To Bits
04. Switch
05. Happy House
06. Cities In Dust
07. The Last Beat Of My Heart
08. The Killing Jar
09. Christine
10. The Wheel's On Fire
11. Something Blue
12. Rawhead And Bloody Bones
13. Carousel
14. Rhapsody
15. Skin
16. Spellbound
17. Hong Kong Garden
 


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

9 comentários :

  1. Puxa, Que boa discografia!!! Alex & Friends que fazem o Muro ser o meu blog predileto. Dos anos oitenta pouco se salva, para meu gosto pessoal, do que eu costumava ouvir, muito não permaneceu refrescante, como Siouxie and The Banshees, banda que ouço até hoje sem ter enjoado,como aconteceu com muitas. Muchas Gracias!!!!

    ResponderExcluir
  2. Valeu Alex... pedi essa discografia semana passada!!! Essa banda é foda d+!!!

    Forte abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. Mais uma discografia indispensavel, e este blog que conheci a poucos dias, só traz alegria aos meus ouvidos, o muro não pode parar e nem acabar, bom demais.

    ResponderExcluir
  4. Já estava frustrada de tanto procurar a discografia dos Banshees e não achar, ou achar e estarem off... Melhor Banda e melhor blog!

    ResponderExcluir
  5. One of the greatest bands EVER!
    And I mean what I say!
    Serge Zéni

    ResponderExcluir
  6. Thanks to you again for this unexpected pushing/miracle,
    but most of all: Thanks to Her & The Banshees
    Serge

    ResponderExcluir
  7. Lise Gasparetto10/05/15 21:42

    O cenário underground tem um toque especial com SATB. Sem muitas palavras para descrever a magnitude do som... Viva!

    ResponderExcluir
  8. Muito SHOW o Blog, parabéns Alex!

    ResponderExcluir
  9. O melhor blog do Mundooooo! Obrigado galera do Muro do classic rock , por disponibilizar essa discografia maravilhosa ! abraços !

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.