Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

27 de maio de 2013

Júpiter Maçã - Discografia.

Flávio Basso, também conhecido como Júpiter Maçã ou Jupiter Apple (Porto Alegre, 26 de janeiro de 1968 - 22 de dezembro de 2015), foi um cantor, compositor, cineasta e guitarrista brasileiro de carreira solo. 

Ainda utilizando o nome artístico de Flávio Basso, integrou as bandas TNT e Os Cascavelletes. 

Seu primeiro disco solo, A Sétima Efervescência (1997), é calcado nos moldes de The Piper at the Gates of Dawn, do Pink Floyd, com psicodelia e experimentação (e por um leve momento, um prenúncio de sua obra ulterior, o final de "Sociedades Humanóides Fantásticas", uma bossa-nova psicodélica). As músicas desse disco são grandes referências do rock gaúcho. Contém algumas fixadas no imaginário underground, como "Um Lugar do Caralho" (regravada por Wander Wildner no disco Baladas Sangrentas), "Eu e Minha Ex" (com a parceria de Marcelo Birck nos arranjos), "As Tortas e as Cucas" e "Essência Interior". 

Após experimentar um grande sucesso com o lançamento desse disco, torna-se Jupiter Apple, compõe em inglês, e decide misturar bossa-nova e vanguarda. Muitos fãs não o entenderam, preferindo a psicodelia mais acessível de A Sétima Efervescência. Essa mistura inusitada está muito bem feita no seu segundo disco, Plastic Soda (1999). Ele começa com uma canção de nove minutos, "A Lad and a Maid in the Bloom", que define o caráter inovador do disco. 

Em 2002 é lançado Hisscivilization, o disco mais ambicioso (e talvez incompreendido) de Jupiter Apple. Longas experimentações eletrônicas (destaque para "The Homeless and the Jet Boots Boy"), bossas elétricas e lounge, valsa, cítaras e moogs, condensados em momentos, ora de leveza, ora de paranóia. É seu disco mais hermético: se, para os que estavam acostumados com o rock and roll de Os Cascavelletes, a A Sétima Efervescência já era algo inesperado (psicodelia em doses cavalares), a reação causada pelos dois discos da fase Apple são ainda mais dramáticas. 

Em 2006 era esperado o lançamento do disco Uma Tarde na Fruteira. Nele, o "Apple" volta a ser "Maçã", mas continua explorando o lado brasileiro e experimental, com músicas já eternizadas no subconsciente do underground porto-alegrense, como "A Marchinha Psicótica de Dr. Soup". Esse álbum pode ser considerado o mais acessível do autor. De certa forma, tudo que já foi composto pelo Júpiter está resumido neste disco: desde canções mod sessentistas, levezas jazz, baladas domingueiras à Bob Dylan com concretismos e timbres eletrônicos. Em 19 de Julho de 2012 caiu do segundo andar do prédio onde morava em Porto Alegre, ficando internado em de saúde regular no setor de traumatologia do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre. Texto: Wikipédia.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Júpiter Maçã & Os Pereiras Azuis - Demo (1995)
 
01. Orgasmo Legal
02. Ela Sabe o que Faz
03. As Outras Que Me Querem
04. Um Lugar do Caralho
05. Pictures And Paintings
06. Essência Interior
07. Hey Girl, What You're Gonna Do
08. Tesuda
09. Conga
10. Darling (Incompleto)
11. O Novo Namorado
12. Desgaste Emocional
13. Ela Sabe o que Faz
14. Orgasmo Legal
15. Não há amor na sua alma
16. Miss Lexotan 6mg Garota


A Sétima Efervescência (1996)
 
01. Um Lugar Do Caralho
02. As Tortas E As Cucas
03. Querida Superhist X Mr. Frog
04. Pictures And Paintings
05. Eu e minha Ex
06. Walter Victor
07. As Outras Que Me Querem
08. Sociedades humanóides fantásticas
09. O Novo Namorado
10. Miss Lexotan 6mg Garota
11. The Freaking Alice (Hippie Under Groove)
12. Essência Interior
13. Canção Para Dormir
14. A 7ª Efervescência Intergaláctica
 


Plastic Soda (1999)
 
01. A Lad & Maid in the Bloom
02. Collector's Inside Collection
03. Welcome to the Shade
04. Plastic Soda
05. The True Love of the Spider
06. Over the Universe
07. Wasn't it
08. Bridges of Redemption Park
09. Morning i Intuition Man
10. Head Head
11. Please Don't Disturb
12. 24 Hours Nude
13. Samby-Groovy Theme

Hisscivilization (2002)
 
01. The Homeless And The Jet Boots Boy
02. Pyrus Malus Et Fragaria Vesca
03. Act Not so Surprised
04. …So You Leave The Hall
05. And Old Road Aquarius and Pisces
06. Overture and Something Else
07. The Cat and the Rabbit
08. In the Presence of Zohg Zucchini and Finale
09. The Futuristica Waltz
10. Exactly
11. Metropole
12. Tropical Permanent Holidays
13. Civiliztion
 


Bitter (2007)
 
01. Heat And Beat
02. Clowns
03. (Sometimes) Fire-Heading Man
04. Any Job
05. Deep
06. Golden Light
07. Who's The Dragon
08. Seventy Man
09. Lovely Riverside
10. Exactly
11. Down Myth Girl
 


Uma Tarde Na Fruteira (2008)
 
01. A Marchinha Psicótica de Dr. Soup
02. A Menina Super Brasil
03. Violão De Aço
04. As Mesmas Coisas
05. Base Primitiva
06. Beatle George
07. Casa da Mamãe
08. Little Raver
09. Mademoiselle Marchand
10. Marchinha Reprise
11. O Retirante
12. Plataforma 6
13. Sindrome do Pânico
14. Um Sorvete Com Vocês


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

20 comentários :

  1. Pode cre, Flavio basso é puta artista, pena que as drogas derreteram parte do cérebro dele...

    ResponderExcluir
  2. Mais do que merecido ele aqui, artista sem igual na musica mundial

    ResponderExcluir
  3. derreteu mas a obra q ficou compessou total viagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo quase plenamente amigo. hehehe

      Excluir
  4. Iééééé muit boom, cara esse site é muito do momento, muito bom mesmo

    ResponderExcluir
  5. conheci Júpiter ao vivo no show de "A sétima efervecencia" - DEMAIS ! o show foi visceral como se esperava e o disco soa maravilhosamente retrô sessentista,como muitos grupos gaúchos aprenderam depois dele e seus tantos projetos - Flávio Basso, Apple ou Maçã... tanto faz, é um dos maiores ARTISTAS da música produzida no Brasil - OUSADO, CRIATIVO E RANDE POETA do cotidiano absurdo da vida urbana. Sou de SP, a obra dele é do mundo.

    ResponderExcluir
  6. Senti meu corpo derretendo....

    ResponderExcluir
  7. Grande astro do rock n' roll gaúcho!

    ResponderExcluir
  8. Caramba, muito satisfeita de achar a discografia do Jùpiter aqui, parabéns e muito obrigada ;D

    ResponderExcluir
  9. Fuderoso!! As influências deste cara são as melhores possíveis. E o som dele é psicodelia pura!!

    ResponderExcluir
  10. viadinho visceral.. incrivel artista

    ResponderExcluir
  11. Fumei muita maconha escutando esse som esse cara é genial.

    ResponderExcluir
  12. Muito bom ver a discografia do Jupiter aqui. Merecido.

    ResponderExcluir
  13. Muito bom ter a discografia dele aqui. Massa!

    ResponderExcluir
  14. Embrião do TNT, essência de Os Cascavelletes, e uma carreira solo singular.

    Sem dúvida um dos nomes do Rock Gaúcho de maior respeito.

    A tua contribuição para o Rock Nacional foi gigantesca!

    Vá em paz, Flávio Basso!

    ResponderExcluir
  15. RIP Flávio Basso Jupiter Maça :(

    ResponderExcluir
  16. Tu é o cara, velho! Obrigado por disponibilizar. Eu tinha quase todos os discos no meu note antigo, perdi tudo. Júpiter VIVE!!!!!!

    ResponderExcluir
  17. Valeu Júpiter! Por tudo. Descanse em paz!

    ResponderExcluir
  18. As viagens no psicodélico não termina qdo o corpo não aguenta mais esse mundo e morre.
    Compreendemos somente as duas dimensões e a terceira pouquíssimo.
    Já tem estudos e conhecimentos de dimensões até a 14ª, o que nos remete a muita coisa depois da morte carnal.
    As viagens com as ditas DROGAS, são nada mais nada menos do que uma fuga de uma dimensão que não aguentamos por conhecermos um pouco mais do que o comum.
    As artes mais brilhantes do mundo foram feitas através dessas viagens, então porque valorizamos a arte póstuma e não á viajem?

    ResponderExcluir
  19. Esse vai deixar saudades... obra primorosa do Jupiter.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.