Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

3 de maio de 2013

Marcelo Nova - Discografia.

Marcelo Drummond Nova (Salvador, 16 de agosto de 1951) é um cantor e compositor brasileiro. Foi vocalista da banda baiana Camisa de Vênus, desde o início dos anos 1980 até o seu primeiro final em 1987. Em 1988 iniciou sua carreira solo tendo gravado, no ano seguinte, um LP ao lado de Raul Seixas, intitulado A Panela do Diabo. Em 1995, reuniu-se com o Camisa de Vênus e lançou mais dois álbuns, sendo um ao vivo e outro de estúdio. Em 1998 retomou a sua carreira solo. 

Reúne-se esporadicamente com o Camisa de Vênus e seu último trabalho de estúdio é o álbum O Galope do Tempo de 2005. É conhecido, principalmente, pelas músicas Bete Morreu, Eu não Matei Joana D'Arc, Simca Chambord e Só o Fim, com o Camisa de Vênus, e Pastor João e a Igreja Invisível e Carpinteiro do Universo, com Raul Seixas.

Infância.

Marcelo Nova nasceu e cresceu em Salvador. Na infância era muito tímido e concentrava todas as suas horas livres em ouvir música. Ficava tardes e tardes inteiras apenas ouvindo música e prestando atenção aos detalhes, aos instrumentos e ao modo pelo qual eles eram tocados nos vários discos. Foi nessa época que teve o primeiro contato com o rock and roll, quando pediu que seu pai lhe comprasse um disco de Little Richard, chamado Here's Little Richard.1 Aos 14 anos viu Raulzito e os Panteras tocarem ao vivo, o que o fez perceber que era possível tocar o estilo de música que ele gostava aqui no Brasil. 

Na adolescência e início da fase adulta trabalhou com seu pai, que tinha uma clínica de fisioterapia, fazendo pedigrafia.1 Trabalhou também vendendo seguros antes de montar uma loja de discos chamada Néctar, em meados dos anos 70.1 Com a loja de discos, Marcelo consegue um emprego em uma rádio de Salvador, a Aratu FM, passando a ser responsável por um programa, chamado Rock Special, e pela programação da rádio. 

Com o programa de rádio, Marcelo Nova torna-se conhecido fora da Bahia por pessoas no Rio e em São Paulo, ligadas a gravadoras, que lhe chamavam para dar opinião sobre vários discos que eles recebiam das matrizes e não tinham a menor ideia do que se tratava e de como comercializar aquilo. 

No início dos anos 80, Marcelo Nova vende o ponto da loja e, com o dinheiro, faz uma viagem para Nova Iorque onde toma contato com o movimento punk. Percebe que, com o conhecimento musical que ele tinha adquirido - aliado à filosofia punk do "faça você mesmo", poderia montar uma banda e fazer música mesmo sem grandes virtuosismos.

Carreira.

Camisa de Vênus.

Ao voltar de Nova Iorque, Marcelo Nova chama um amigo que tinha conhecido na TV Aratu, Robério Santana, para formar uma banda que tocasse rock and roll e punk rock. A banda foi formada ainda em 1980 e, após o lançamento de um compacto, ficam famosos na Bahia o que lhes abre as portas para gravarem um álbum. 

A banda duraria sete anos e lançaria, nesse primeiro período, quatro álbuns de estúdio e um ao vivo, ficando conhecida no Brasil inteiro e chegando a vender mais de 300 mil cópias do disco Correndo o Risco.
O Camisa de Vênus voltaria a se reunir em 1995, lançando mais dois álbuns, sendo um ao vivo e outro de estúdio. Após novo fim da banda em 1997, a banda se reuniria esporadicamente nos próximos anos. Atualmente encontra-se em atividade com Eduardo Scott (ex-Gonorréia) substituindo Marcelo Nova nos vocais.

Carreira Solo.

Após o último álbum da primeira formação do Camisa de Vênus, Marcelo Nova junta músicos para formar uma banda de apoio para a sua carreira solo. A primeira formação da banda Envergadura Moral conta com Gustavo Mullem nas guitarras, João Chaves (o Johnny Boy) nos teclados, Carlos Alberto Calasans no baixo, e o veterano Franklin Paolilo na bateria.4 Após ensaios e apresentações, a banda entra em estúdio e grava o primeiro disco, Marcelo Nova e a Envergadura Moral, lançado em 1988. O álbum é composto de baladas, sendo mais intimista do que os trabalhos anteriores com o Camisa de Vênus. Conta, ainda, com um cover de E Nós aqui Forrumbando, que foi renomeada para A Gente é sem Vergonha, tendo a participação de Genival Lacerda, autor da música e grande ídolo de Marcelo. 

Anos antes, em 1984, durante um show do Camisa de Vênus no Circo Voador, o grupo foi avisado que Raul Seixas viria para assisti-los e queria conhecê-los. O que acabou acontecendo foi uma festa com o Camisa de Vênus, mais Raul Seixas, tocando covers de clássicos do rock para quem compareceu ao show. A partir daí, Marcelo Nova e Raul Seixas tornam-se grandes amigos. Em 1989 decidem gravar um disco juntos e saem em turnê, realizando 50 shows.3 Mais tarde naquele ano seria lançado o segundo álbum da carreira solo de Marcelo Nova, A Panela do Diabo, que viria a ser o último álbum de Raul Seixas, lançado dois dias antes da sua morte.6 Depois deste disco, Marcelo Nova foi tido por muitos como o sucessor de Raul Seixas,7 título do qual ele nunca gostou e o qual sempre contestou. 

No início dos anos 90, Marcelo Nova estava em turnê quando o presidente Fernando Collor confiscou as cadernetas de poupança de todo mundo e, portanto, os shows que ele tinha marcado foram cancelados. Ele resolveu, então, pegar um violão e sair com mais um músico, sem nenhum instrumento elétrico, fazendo uma turnê acústica, o que trouxe a ideia de fazer um álbum inteiro com essa sonoridade. Em 1991, saía o disco Blackout, primeiro disco integralmente acústico da história do rock nacional, que marca a entrada de André Christovam, substituindo Gustavo Mullem, nos violões da banda Envergadura Moral. 

No próximo álbum, em 1994, Marcelo Nova pegou a sonoridade acústica e inverteu-a completamente, produzindo um disco com muita guitarra e bem pesado. O álbum recebeu o nome de A Sessão sem Fim e traz o guitarrista veterano Luis Sérgio Carlini, que ganhou fama como guitarrista da banda de Rita Lee nos anos 70, o Tutti Frutti. 

Após a volta do Camisa de Vênus, em 1998, Marcelo Nova tem uma ideia de gravar um disco só com releituras de músicas de sua carreira, experimentando novos arranjos. A ideia surgiu quando ele viu uma ultra-sonografia de um feto e ocorreu-lhe que ele pulsava num ritmo exato, não tinha futuro, nem passado, era um ponto de luz. Assim, gravou o disco Eu Vi o Futuro, Baby. Ele É Passado com apenas um músico (o multi-instrumentista Johnny Boy) que, com a exceção do próprio Marcelo Nova em uma das faixas, tocou todos os instrumentos. Este é o último álbum de Marcelo a sair por uma grande gravadora, a extinta Abril Music. 

No ano seguinte, Marcelo Nova lança dois álbuns ao vivo a partir de dois shows selecionados por um fã, Luís Augusto Conde. São eles o Grampeado em Público - Volume I e Grampeado em Público - Volume II que saíram pelo selo independente Baratos Afins e foram distribuídos apenas nos shows que Marcelo Nova realizou pelo país, tendo vendido cerca de 6 mil cópias. 

Em 2001, sairia a caixa tripla Tijolo na Vidraça, na qual o artista faz um apanhado da sua carreira contando com músicas antigas remasterizadas, releituras e inéditas. Depois de um tempo excursionando pelo país, Marcelo Nova solta, em 2003, uma coletânea com grandes sucessos de sua carreira, tanto solo como com o Camisa de Vênus, chamada Em Ponto de Bala. 

No ano de 2005, após 13 anos compondo e criando o conceito, sai seu último álbum de inéditas, O Galope do Tempo. O álbum possui características existencialistas, indo do nascimento à morte. 

Atualmente, Marcelo Nova excursiona com sua banda de apoio fazendo shows pelo país afora. Em 30 de abril de 2013 Marcelo lançou o álbum 12 Fêmeas. Texto: Wikipédia. Postagem por: Alex Sala & Johnny F (Lágrima Psicodélica). 

Discografia.

Com o Camisa de Vênus.

Estúdio.

1983 - Camisa de Vênus.
1984 - Batalhões de Estranhos.
1986 - Correndo o Risco.
1987 - Duplo Sentido.
1996 - Quem É Você?

Ao Vivo.

1986 - Viva.
1995 - Plugado!

Compactos.

1982 - Controle Total.

Coletâneas.

1988 - Liberou Geral.
1990 - Bota pra F...
2000 - Pérolas - Camisa de Vênus.
2001 - E-Collection - Camisa de Vênus & Marcelo Nova.
2006 - Warner 30 Anos - Camisa de Vênus.
 


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Marcelo Nova e a Envergadura Moral (1988)
 
01. Coração Sequestrado   
02. Papel De Bandido
03. Ela Saiu Um Dia
04. Algum Lugar
05. Qual É A Sua Meu Rei?
06. Imagens Na Memória
07. A Gente É Sem Vergonha
08. Canção Do Inverno
09. Amanhã Não Estarei Mais Aqui

Raul Seixas e Marcelo Nova - A Panela Do Diabo (1989)
 
01. Be Pop A Lula
02. Rock’n Roll
03. Carpinteiro Do Universo
04. Quando Eu Morri
05. Banquete De Lixo
06. Pastor João E A Igreja Invisível
07. Século Xxi
08. Nuit
09. Best Seller
10. Você Roubou Meu Videocassete
11. Cãimbra No Pé


Blackout (1991)
 
01. Deixe Eu Por Meu Carro
02. Muito Além do Jardim
03. O Que Você Quer
04. Maluco Beleza
05. Sexo Blues
06. Noite
07. Aporrinhado Terminal
08. Fogo No Inferno
09. Robocop


A Sessão sem Fim (1994)
 
01. Coração Satânico
02. Faça a Coisa Certa
03. A Garota da Motocicleta
04. Nenhuma Conexão
05. Um Bonde Chamado Desejo
06. Tromba de Elefante
07. Derrapando na Curva do Mundo
08. Estranho no Ninho
09. Drake's Boogie
10. O último Pôr do Sol

Eu Vi o Futuro, Baby. Ele É Passado (1998)
 
01. Século XXI
02. Papel De Bandido
03. Noite
04. Só O Fim
05. Quando Eu Morri
06. Tudo Ou Nada
07. A Garota Da Motocicleta
08. Eu Não Matei Joana D’Arc
09. Coração Sequestrado
10. Chamam Isso Rock And Roll
11. Faça A Coisa Certa
12. Estranho No Ninho
13. Carpinteiro Do Universo


Grampeado em Público, Volumes I & II (1999)
 
Vol 1.

01. Faça a Coisa Certa
02. Rotina
03. Hoje
04. Ainda não Está Escuro
05. Quando Eu Morri
06. Não Sou Passageiro
07. Bete Morreu
08. A Ferro e Fogo
09. A Garota da Motocicleta
10. Cocaína

Vol. 2.

01. Gotham City
02. O Adventista    
03. Coração Satânico
04. O Ponteiro Tá Subindo
05. Só o Fim


O Galope do Tempo (2005)
 
01. Fecundado
02. O Galope Do Tempo
03. Outubro De 65
04. Ninguém Vai Sair Vivo Daqui
05. Um Passo Pra Frente Dois Pra Trás
06. A Balada Do Perdedor
07. Angel
08. Algumas Vezes
09. Poeira No Chão
10. Inêz Dorme
11. O Fantasma De Luis Buñuel
12. A Torre Escura
13. O Deus De Deus
14. O Sonho
15. Fim De Festa
16. A Canção Da Morte (A. G. Blues)

Eric Burdon & Marcelo Nova - The Doors of Perception (2006)
 
01. Don’t Let Me Be Misunderstood
02. Devil Slide
03. Motorcycle Girl
04. Black and White World
05. Can’t Kill the Boogieman
06. Soul Of A Man
07. Red Cross Store
08. Coração Satãnico
09. Love Me Two Times
10. Ninguém Vai Sair Vivo Daqui
11. A Balada do Perdedor
12. O Fantasma de Luis Bunuel
13. O Deus de Deus
14. Bomba Relóligio Ambulante
15. O Mal Que Habita Em Mim
16. Noite
17. A Ferro e Fogo


Hoje no Bolshoi (2011)
 
CD 1.

01. Faça A Coisa Certa
02. Hoje
03. Carpinteiro Do Universo
04. O Mundo Está Encolhendo
05. O Ódio Da Mão Que Afaga
06. Cocaína
07. A Ferro E Fogo
08. Robocop
09. Só O Fim

CD 2.

01. Quando Eu Morri
02. Garota Da Motocicleta
03. A Balada Do Perdedor
04. Rock 'N' Roll
05. Simca Chambord
06. Pastor João E A Igreja Invisível
07. Eu Não Matei Joana D'Arc


12 Fêmeas (2013)
 
01. Claro Como a Luz (Escuro Como Breu)
02. Inverno Impiedoso
03. Eu Lhe Vejo em Sonhos
04. Anjo Doce Anjo
05. A Minha Inveja
06. Blue Eyes
07. O Nome do Jogo
08. Temporada no Inferno
09. O Ódio da Mão Que Afaga 
10. Mistério para Mim
11. Não Consigo Escapar de Você
12. Sinais de Fumaça


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

18 comentários :

  1. Mais um poeta no muro!!!
    Marcelo Nova, o rei do rock nacional...

    ResponderExcluir
  2. Lucas Sales05/05/13 07:56

    disco com eric burdon eh mt fodastico!!!

    ResponderExcluir
  3. José Humberto07/05/13 19:36

    Valeu Alex. Há tempos procurava a discografia do Marceleza, meu conterrâneo.Keep rocking.

    ResponderExcluir
  4. O rei do Rock nacional ele num é não, mas têm o seu valor, bem como o seu lugar na cena rocker brasileira e têm o meu respeito incondicionalmente. Através de RAUL, primeiramente, e depois com Marceleza, ainda garoto com 14 anos percebi a insanidade existencial que o mundo se tornou e que ainda hoje permanece o mesmo. hoje com quase trinta e uma boa doze de lucidez e loucura e enxergando com mais clareza o que esses grandes homens pronunciaram a muito tempo atrás, hoje me soa bastante atual, o que torna a obra desses luminares da música um bom começo pra quem não sabe o que é rock´in´roll e como dizia Raulzito; "o negócio é rockão antigo"

    Esses caras me ensinaram a ter envergadura moral. Marceleza "me ajudou a bater o carimbo". afinal, todo homem é uma estrela girando em sua própria órbita, assim falou Raulzito.

    Eles são mais uma prova de que música é coisa séria. seríssima.

    ResponderExcluir
  5. Na última sexta tive o prazer de conhecer esta lenda e de assistir seu show, aqui em São Bernardo do Campo.

    ResponderExcluir
  6. PARABÉNS, ESTE BLOG É INVENCÍVEL!!!!

    ResponderExcluir
  7. Baita, muito bom esse cara, e perola esse Marcelo Nova e Envergadura Moral, escutei na adolescência e só voltei a encontra-lo agora.
    Parabéns pelo Blog.

    ResponderExcluir
  8. DA-LHE MURO !! DISCO FRESCO DO MARCELEZA PRA GALERA!!

    GRATIDOES ETERNAS!!

    VINICIUS

    ResponderExcluir
  9. Já com o 12 fêmeas? Nem acredito! Vlw cara, muito bom!

    ResponderExcluir
  10. Este Blog, é espetacular muito bom proporciona o grande público, a pode conhecer muitos sons que jamais poderia conhecer!!!

    ResponderExcluir
  11. O Melhor Post sobre o Marcelo Nova, Tanto pela biografia como pela discografia, Parabéns !

    ResponderExcluir
  12. valeu, o mais injustiçado artista do rock nacional botando pra fuder

    ResponderExcluir
  13. Meu caro , te agradeço grandemente por reunir e disponibilizar tantas pérolas de um modo tão simples e prático para nós. Verdadeiramente meus parabéns ,o blog é incrível.

    ResponderExcluir
  14. CARA , PUTA QUE PARIU , VOCES SÃO FODA , CONSEGUIRAM MATERIAL DE PRIMEIRA , AGRADEÇOOOOOOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  15. Genilson Miranda23/10/14 00:43

    Muito obrigado!!!!!! Um presente encontrar todo este material do Marcelo Nova aqui no Muro! Nota 10, Deus lhe abençoe.

    ResponderExcluir
  16. valeu mesmo cara,muito bom

    ResponderExcluir
  17. Simplesmente o máximo. Rock nacional de primeira que a grande mídia não mostra, rock na veia, muro na net. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  18. Eternamente agradecido ao Marcelo Nova...

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.