Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

6 de outubro de 2013

Raspberries - Discografia.

Raspberries é uma banda de power pop norte-americana de Ohio, formada no ano de 1970 pelos membros fundadores Eric Carmen, Wally Bryson, Jim Bonfanti e John Aleksic. No final do mesmo ano, este último integrante deixa a banda, sendo substituído por Dave Smalley. Esta é a formação clássica que, segundo o Allmusic, "cortou as pretensões épicas e a pomposidade do rock dos 70s com o orgulho de recuperar o espírito e a simplicidade do pop clássico, recordando o auge da era da invasão britânica, requintadamente trabalhada com melodias e harmonias dolorosamente lindas". Seu maior sucesso foi "Go All The Way", atingindo a posição #5 nas posições da revista Billboard.

História.

1970-1971: Início.

Em 1970, Eric Carmen (guitarra, vocal, piano), Wally Bryson (guitarra), Jim Bonfanti (bateria) e John Aleksic (baixo), provenientes das bandas de Cleveland, The Choir e Cyrus Erie, se reúnem para formar o Raspberries. A pretensão deste novo grupo era a de captar a sonoridade das bandas The Beatles, The Beach Boys, The Who, Small Faces, The Rolling Stones, The Kinks, The Byrds e outras similares, que fizeram sucesso nos EUA em meados da década de 60. John Aleksic deixou a banda no final do mesmo ano, e o trio remanescente passou a tocar todos os domingos num clube local, o Agora. De acordo com o Allmusic "com seus cabelos curtos, roupas combinando e sonoridade similar à dos Beatles, a banda seguia em oposição direta à mentalidade hard rock de Cleveland, mas bastaram alguns shows para se tornarem uma das mais populares da cidade". Próximo ao Agora, gravaram uma primeira demo com as músicas "I Saw The Light", "Come Around And See Me", "Please Let Me Come Back Home" e "Oh Tonight", nos estúdios Agency. 

A partir de 1971, outro integrante do The Choir se junta ao grupo após voltar do Vietnam, o guitarrista Dave Smalley, que faz sua primeira apresentação com o Raspberries em 5 de maio de 1971. Como o substituído era baixista, coube a Eric Carmen assumir o instrumento. Após uma série de shows em Kent, a banda já estava abrindo os shows de Chuck Berry, em Columbus e Cleveland. Por esta época, o produtor Jimmy Ienner recebe a fita com as demos gravadas no Agency e se impressiona, organizando uma audiência com sete grandes gravadoras pela posse da banda, que assina com a Capitol.

1972-1973: Raspberries, Fresh, Side 3.

Todos os quatro discos da banda passaram a ser produzidos por Jimmy Ienner. O primeiro disco do Raspberries, homônimo, lançado em 1972, apresentava em sua capa um adesivo raspável com fragrância de framboesa (fruta que nomeia o grupo) e continha o primeiro single, lançado por eles em fevereiro, a balada "Don't Want To Say Goodbye", que chegou na posição #90, segundo o site oficial da banda. O segundo single, lançado em maio, "Go All The Way", catapultou a banda à posição #5 e lhes rendeu um disco de ouro. Seguiu-se uma turnê por todo os EUA, gravando, no mesmo ano, seu segundo disco, Fresh, no Record Plant de Nova Iorque e apenas quatro meses após seu debut. Os singles provenientes deste disco, "I Wanna Be With You" e "Let's Pretend", chegam, respectivamente, às posições #16 e #35. Em conexão com o lançamento de "Let's Pretend", a Capitol e a revista Star propõem o sorteio de um veículo conhecido como Raspberries Rollswagen, um peculiar veículo cor de framboesa, que reúne características de Fusca e Rolls-Royce. 

Após uma pequena turnê pela Europa, com shows na França e Alemanha, e aparições em vários programas da TV americana; em 1973, a banda volta para os estúdios Record Plant para gravar o LP Side 3. A capa do disco lançado foi curiosamente cortada para dar ao produto o formato de uma caixa lotada de framboesas. A sonoridade está mais pesada, como atestam os singles de "Tonight", "I'm a Rocker" e "Ecstasy". Em 26 de Setembro do mesmo ano, tocam no Carnegie Hall e adquirem mais notoriedade ainda; porém o disco lançado não atinge nem a posição número #100 em vendas e as tensões criativas já presentes acabam por retirar Jim Bonfanti e Dave Smalley de cena.

1974-1975: Starting Over, Fim.

No lugar de Smalley e Bonfanti, junta-se ao grupo o baixista Scott McCarl e outro ex integrante do Cyrus Erie, o baterista Michael McBride. Começam incessantes turnês pelos Estados Unidos, calibrando o som e apresentando os novos integrantes. Gravam Starting Over e conhecem John Lennon nos mesmos estúdios, surgindo até rumores de que o ex Beatle ajudou nas mixagens do álbum. No mesmo período, a banda toca no Central Park por ocasião de um evento gratuito organizado por Lennon e Harry Nilsson. 

Starting Over sai em 1974, aclamado pela revista Rolling Stone como um dos melhores discos do ano e contendo "Overnight Sensation (Hit Record)", que fica em #18 nas cartas da Billboard. Anos depois, em 1990 e em edição especial, a Rolling Stone a inclui numa lista dos 100 melhores singles. O último single lançado, "Cruisin' Music", aparece em dezembro. 1975 começa com um show no mesmo Agora em que iniciaram as apresentações. Wally Bryson sofre uma lesão no ombro e cai fora, deixando o grupo como um trio. O guitarrista da banda Rainbow Canyon, Billy Hanna, é chamado para as datas finais de suas turnês, sendo a última apresentação ao vivo no dia 19 de abril em Scranton, Pensilvânia. Pouco depois o trio se separa. Eric Carmen sai em carreira solo, lançando a balada "All by Myself"; enquanto Wally Bryson, posteriormente, resolve montar o Fotomaker no final daquela década. 

 Década de 90 - 2000-2007:

Reconhecimento, Retorno, Reunião, Live on Sunset Strip.

Com o passar dos anos, o legado de gravações da banda se tornava lendário para os fãs de seu tipo de música. Em 1991, a Capitol lança a coletânea Capitol Collectors Series e, em 1996, a gravadora inglesa RPM lança dois volumes em CD, intitulados Power Pop, com as gravações completas dos seus quatro discos de estúdio e notas históricas de Ken Sharp. No mesmo ano, é lançado o tributo Preserved, com The Rubinoos, Off Broadway e outras bandas. O legado acaba por reunir a banda, que utiliza-se de uma frase para resumir seu retorno: "eles disseram que nunca iria acontecer... eles estavam errados". 

Voltam em 2000, sem Carmen, para a gravação de um EP, intitulado Refreshed. Em 2004, já estão com a formação mais consagrada do grupo na ativa novamente, com Eric Carmen, Wally Bryson, Jim Bonfanti e Dave Smalley. Os primeiros shows foram numa casa recém inaugirada, o Cleveland House of Blues, em 26 de novembro e na virada do ano. Partem, em 2005, para se apresentar em cidades como Chicago, Denver, Nova Iorque e Atlantic City. Aparecem na VH1 de TV, por uma hora, com um especial que inclui entrevistas e uma versão acústica de "I Wanna Be With You". Encerram a turnê, novamente, na House of Blues. Em 2006, preparam e lançam, em 2007, seu primeiro disco ao vivo, Live on Sunset Strip, gravado em Los Angeles. Texto: Wikipédia.  Site Oficial. 

Integrentes.

Atuais.

Jim Bonfanti (Vocais, Bateria)
Dave Smalley (Vocais, Baixo)
Eric Carmen (Vocais, Guitarra, Teclas)
Wally Bryson (Vocais, Guitarra)

Ex-Integrantes.

Michael McBride (Bateria)
Scott McCarl (Baixo)
John Aleksic (Baixo)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Raspberries (1972)
 
01. Go All The Way
02. Come Around And See Me
03. I Saw The Light
04. Rock & Roll Mama
05. Waiting
06. Don't Want To Say Goodbye
07. With You In My Life
08. Get It Moving
09. I Can Remember


Fresh (1972)
 
01. I Wanna Be With You
02. Goin' Nowhere Tonight
03. Let's Pretend
04. Every Way I Can
05. I Reach For The Light
06. Nobody Knows
07. It Seemed So Easy
08. Might As Well
09. If You Change Your Mind
10. Drivin' Around


Side 3 (1973)
 
01. Tonight
02. Last Dance
03. Making It Easy
04. On The Beach
05. Hard To Get Over A Heartbreak
06. I'm A Rocker
07. Should I Wait
08. Ecstasy
09. Money Down


Starting Over (1974)
 
01. Overnight Sensation
02. Play On
03. Party's Over
04. I Don't Know What I Want
05. Rose Coloured Glasses
06. All Through The Night
07. Cruisin' Music
08. I Can Hardly Believe You're Mine
09. Cry
10. Hands And You
11. Starting Over


The Capitol Collectors Series (1991)
 
01. Go All The Way
02. Come Around And See Me
03. I Saw The Light
04. Don't Want To Say Goodbye
05. I Wanna Be With You
06. Let's Pretend
07. I Reach For The Light
08. Nobody Knows
09. If You Change Your Mind
10. Drivin' Around
11. Tonight
12. Last Dance
13. Hard To Get Over A Heartbreak
14. I'm A Rocker
15. Ecstacy
16. Overnight Sensation
17. Party's Over
18. Rose Coloured Glasses
19. Cruisin' Music
20. Starting Over
21. Radio Promo For 'Fresh Raspberries'
22. Radio Promo For 'Starting Over'


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

6 comentários :

  1. VCS SÃO OS MELHORES !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! VALEU MURO DO CLASSIC ROCK !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela discografia meu amigo. Que venha o maior de todos BIG STAR.

    ResponderExcluir
  3. The Raspberries , Big Star e Badfinger são as maiores bandas cults, tanto no universo do rock, quanto no meio powerpop !!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu era moleque ,tinha 12 anos ( obs.desde que me conheço por gente eu aprendi a ouvir e gostar de musica, então continuando... ouvi "Don't Want To Say Goodbye"e me apaixonei pela sonoridade, pela atmosfera de amor que a musica mostra,depois veio a musica Let's Pretend"...nossa,que linda musica, nunca tinha ouvido uma musica que começava sem introdução,isso não era "natural ou normal ",emfim,desde aquele tempo sou Fã do Eric Carmen,depois vieram All By Myself ..e otros....nossa que saudade...Obrigado e Parabéns

    ResponderExcluir
  5. Top!
    Thank you very much.
    Congratulations of this excellent blo Alex.
    For me the best in this art in the whole net.
    Boe Down Brother & God Bless You !!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom, outra banda que eu sempre quis ouvir os discos. Muito obrigado por Raspberries de outras bandas.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.