Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

7 de outubro de 2013

Tokyo Blade - Discografia.

Tokyo Blade é uma banda de NWOBHM do Reino Unido. 

A história deste importante nome da NWOBHM começou a ser escrita em 1981, em Salisbury, Inglaterra, quando Andy Boulton, Andy Robbins (baixo), Alan Marsh (vocal), Steve Pierce (bateria) e Ray Dismore (guitarra) criaram o grupo Killer, e gravaram uma fita demo que trazia as faixas Hellbound, Urban Warrior, It Don't Matter To Me, Black Hole, Winner Takes All e Killer.

1983.

Em 1983, já com o nome Genghis Khan, gravaram um EP intitulado Double Dealin', trazendo as músicas If Heaven Is Hell, Highway Passion, Midnight Rendez-Vous e Meanstreak. John Wiggins (ex-Deep Machine e Lonewolf) substitui Ray Dismore, e o nome do grupo é mudado novamente para Tokyo Blade. Assim, o grupo relançou o EP Double Dealin' em dois singles separados, 2nd Cut e If Heaven is Hell. Com a boa receptividade dos singles, o Tokyo Blade assina com a Powerstation Records, que colocou no mercado o single Powergame, contendo as músicas Powergame e Death On Main Street.

No mesmo ano, a gravadora lançou o debut da banda, intitulado Tokyo Blade. A capa do disco ficou a cargo de Brian Shepherd, que hoje ainda faz pinturas em quadros e murais com temas relacionados a Rock. O grupo ganha popularidade rapidamente, principalmente após aparições nos festivais europeus Aardshock e Earthquake. 

Night of The Blade.

Antes das gravações do segundo álbum, Alan Marsh é substituído por Victor James Wright por pressão da gravadora, e Andy Robbins é substituído por Andy Wrighton (ex-Deep Machine). O álbum é nomeado Night of The Blade e é lançado em 1984, com destaque para a faixa homônima. O grupo começa a integrar o cash de bandas como Ozzy Osbourne e Dio.

1985-1989: Decadência.

Algumas músicas gravadas para o terceiro álbum vazam, e dão origem ao EP não-oficial The Caves Sessions. Buscando popularidade nos EUA e no Japão, o Tokyo Blade lança o comercial Blackhearts and Jades Spaces em 1985, rejeitado pela maioria de seus antigos fãs. Frustrados pelo fracasso do álbum, Victor James, Steve Pierce, John Wiggins e Andy Wrighton saem do grupo. 

Andy Boulton recruta então o vocalista Pete Zito, o baterista Alex Lee e o baixista Andy Catlin, logo substituído por Chris Stover. Mais uma vez, o grupo lança outro álbum extremamente comercial, Ain't Misbehavin', de 1987. 

E mais uma vez, Andy Boulton é deixado pelos outros membros do grupo, e recruta os músicos da banda alemã The Dead Ballerinas, que contava com Michael Pozz nos vocais, Martin Machwitz no teclado, o baixista Dave Sale e o baterista Astor. Em 1989 lançam o álbum No Remorse, também lançado sob o título Eye of The Storm. O grupo finalmente é desfeito após tal lançamento.

Mr. Ice.

Em 1990, Andy Boulton e Alan Marsh trabalhavam numa banda chamda Mr. Ice, que contava com Colin Riggs (baixo), Marc Angel (Bateria), Danny Gwilym (guitarra) e Attilla (teclado). O grupo lançou o EP Have An Ice Day, e arranjou uma turnê ao lado do Uriah Heep. Porém, como a Europa ainda era um mercado forte para o Tokyo Blade, os empresários do Mr. Ice sugeriram que o EP fosse vendido com um adesivo na capa, constando a frase "This Is Tokyo Blade On Ice". Porem, devido à desentendimentos com empresários, Andy Boulton deixa o Tokyo Blade (?!), sendo substituído por Steve Kerr. Após a turnê, Steve Kerr sai da banda, e o grupo abandona o nome Tokyo Blade, por motivos óbvios (como haveria Tokyo Blade sem o fundador Andy Boulton, e que por 5 anos se matou para não deixar o grupo acabar?). 

Assim, o novo grupo, chamado Pumphouse, recruta o guitarrista Jez Lee e grava em 1993 um álbum no Stable Studios. Porém, o material só é lançado em 1998, curiosamente como sendo do Tokyo Blade.

Reencarnação do Tokyo Blade.

Pouco depois, Alan Marsh entra em contato com Andy Boulton e John Wiggins, que juntos a Marc Angel e Colin Riggs, revivem o Tokyo Blade, lançando em 1996 o álbum Burning Down Paradise, através da gravadora SPV. Na turnê de promoção, o ponto alto foi a participação no festival Bang Your Head. Texto: Wikipédia.  Site Oficial. 

Integrantes.

Clique na Imagem.
 
Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Tokyo Blade (1983)
 
01. Powergame
02. Break the Chains
03. If Heaven Is Hell
04. On Through the Night
05. Killer City
06. Liar
07. Tonight
08. Sunrise in Tokyo
09. Blue Ridge Mountains of Virginia
10. If Heaven Is Hell (EP Version)
11. Highway Passion
12. Midnight Rendezvous
13. Mean Streak
14. Death on Main Street


Midnight Rendezvous (1984)

01. Midnight Rendezvous
02. Break The Chains
03. If Heaven Is Hell
04. Mean Streak
05. Powergame
06. Highway Passion
07. Killer City
08. Sunrise In Tokyo


Night of the Blade (1984)
 
01. Someone to Love
02. Night of the Blade
03. Rock me to the Limit
04. Warrior of the Rising Sun
05. Unleash the Beast
06. Love Struck
07. Dead of the Night
08. Lightning Strike (Straight Through the Heart)
09. Fever
10. Attack Attack
11. Madame Guillotine
12. Break Out
13. Monkeys Blood
14. School House Is Burnin'
15. Shadows Of Insanity
16. Jezzabell


Black Hearts & Jaded Spades (1985)
 
01. Dirty Face Angel
02. Make it Through the Night
03. Always
04. Lovin' You is an Easy Thing to Do
05. Undercover Honeymoon
06. You Are the Heart
07. Blackhearts and Jaded Spades
08. Tough Guys Tumble
09. Dancing in Blue Moonlight
10. Playroom of Poison Dreams
11. Monkey's Blood


Ain't Misbehavin' (1987)
 
01. Heartbreaker
02. Too Much Too Soon
03. Watch Your Step
04. Movie Star
05. Hot For Love
06. Tokyo City
07. Love and Hate
08. Don't Walk Away
09. Ain't Misbehavin'


No Remorse (1989)
 
01. 1000 Years (Intro) The Eye Of The Storm
02. Chains Of Love
03. Dark Night Over Paradise
04. Moonlight In Martini
05. 5-Inch Catwalk
06. Crystal Gold
07. Angel
08. Tears Are Not Enough
09. Shadows Of Insanity
10. Call Me Angel
11. Fever
12. Stop It Or Drop


Burning Down Paradise (1995)
 
01. Burning Down Paradise
02. Friend in Need
03. Flashpoint Serenade
04. Kickback
05. Wing and a Prayer
06. Hot Breath
07. Head Full of Bad Wiring
08. Papering the Crack
09. Get Out of My Face
10. Only the Strong
11. Woman in Love
12. Dead End Kid


Pumphouse (1998)
 
01. Like You Not-Not
02. The Ultimate High
03. Gerald's Game
04. Pay the Man
05. Wrong Chair
06. It's Only Money
07. Character Assassination
08. S.O.S
09. All Work No Play
10. SNAFU
11. Having a Bad Day


Mr. Ice (Coletânea 1998)
 
01. Hot Breath
02. Poor Little Rich Kid
03. Women and Love
04. More Than a Pretty Face
05. Boyz Will Be Boyz
06. Young Bad and No Good
07. No Resistance to Love
08. 1000 Nights
09. Passion and Emotion
10. One White Lie (Live)
11. Young Bad and No Good (Live)


Thousand Men Strong (2011)
 
01. Black Abyss
02. Thousand Men Strong
03. Lunch-Case
04. Forged in Hell’s Fire
05. No Conclusion
06. The Ambush
07. Killing Rays
08. Heading Down the Road
09. Condemned to Fire
10. Night of the Blade
11. Heading Down the Road (Demo Version/Bonus Track)


EP’S.

Lightning Strikes (1984)
 
01. Lightning Strikes
02. Fever
03. Attack Attack

Madame Guillotine (1985)
 
01. Madame Guillotine
02. Breakout
03. Love Struck
04. Lightning Strikes
05. Fever
06. Attack Attack

Camp 334 (2012)
 
01. Camp 334
02. Camp 334 (Edit Version)
03. Thousand Men Strong (Live Version)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

7 comentários :

  1. Caraca!!! qUE SAUDADE DESSA BANDA!!!!

    o PRIMEIRO DISCO É UM CLÁSSICO!!!

    MAIS UM PONTO PARA O ALEX E SEU MURO DO CLASSIC ROCK!!!!!

    Silvio Renato Cerri

    ResponderExcluir
  2. Só conhecia de nome, baixei o primeiro, muito legal. Heavy anos 80 de primeira. Valeu Muro.

    ResponderExcluir
  3. sempre procurei a discografia do Tokyo Blade, muito obrigado pela publicaçao

    ResponderExcluir
  4. BERTHÔ (José Berto)09/10/13 19:17

    EU TINHA APENAS DOIS ( o segundo álbum e um EP)...
    AGORA TENHO TODOS ESTES AQUI E GOSTEI MUITO DOS QUE BAIXEI...UMA BELA AQUISIÇÃO PARA MINHA COLEÇÃO.
    ROCK É ROCK E FIM DE PAPO !...E QUANDO TEM QUALIDADE É MELHOR AINDA !
    VALEU BROTHER ALEX....LONGA VIDA AO MURO !

    ResponderExcluir
  5. TOKYO BLADE, era a sensação em 84, o 1º álbum era dificilíssimo de se encontrar na época, só 2 amigos tinham o LP importado. Excelente, Como sempre, Alex, parabéns, arrebentou!!

    ResponderExcluir
  6. gosto da musica If Heaven Is Hell de 1984 do tokyo blade muito boa Alex valeu e so no muro mesmo valeu cara

    ResponderExcluir
  7. Adorei.....essa banda fez parte da minha adolescência, os dois primeiros álbuns foram lançados aqui no Brasil. Só para dar um toque; tem uma coletânea oficial da Banda, lançado em 1998, que contêm além de musicas inéditas, o álbum "Night of the Blade" com os vocais de Allan Marsh....imperdível para quem gosta da banda.
    Obrigado. Maurício

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.