Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

18 de novembro de 2013

Black Merda - 5 Álbuns.

Black Merda (pronunciada "Black Murder") é uma banda de Rock, funk, funk rock, soul psicodélico formada em Detroit, Michigan, iniciou seu trabalho no inicio dos anos 60, parou da decada de 70 e voltou a se reunir em 2005, os membros da banda são o guitarrista Anthony Hawkins, o baixista VC L. Veasey e guitarrista Charles Hawkins , mais o baterista Tyrone Hite.

Anthony Hawkins e VC Lamont Veasey eram amigos de infancia e conheceram Tyrone no ginásio em Detroit no inicio dos anos 60. Hawkins e Veasey trabalhavam com frequência como músicos em Detroit para empresas como  Fortune Records, Golden World Studios e com o produtor Don Davis, enquanto Hite trabalhava em sessões originalmente como cantor antes de assumir o comando da bateria.

Hawkins, Veasey e Hite inicialmente formaram em uma banda chamada The Impacts, com outros musicos de soul e R&B filiados ao Motown e Brunswick Records e em 1965 foram chamados para o single de Edwin Starr - "Agent Double-O Soul". Starr os contratou permanentemente como banda de apoio renomeando-os para Soul Agents e nesse periodo Victor Stubblefield e Gus Hawkins  se juntaram a eles em algumas apresentações, em 1967 o Soul Agents gravou com Starr os singles "Twenty Five Miles" e "War".

Hawkins e Veasey (que escreviam musicas juntos desde os 14 anos) também participaram em 67 das composições “I Will Fear No Evil” de Robert Ward (produzida por Don Davis) e "My Love Is Strictly Reserved For You.".

Hawkins, Veasey, and Hite (equanto trabalhavam com  Starr) começaram a sofrer influencias do Cream, The Who e Jimi Hendrix e se afastaram do R&B . Ainda conhecidos como Soul Agents, em 1967 o trio fez o que até hoje é conhecido como primeiro cover de “Foxy Lady” do Hendrix, hoje essa gravação é considerada item de colecionador. Durante esse periodo, Charles Hawkins, irmão mais novo de Anthony, entrou para a banda como segundo guitarrista.

O quarteto continuou a trabalhar com Edwin Starr, como Soul Agents, Starr aprovou a mudança do som para uma base psicodélica com rock e funk. Mas em 68 eles decidiram criar uma nova identidade, mudando para uma banda independente considerando um novo nome: Murder Incorporated, remetendo a uma organização criminal, mas mudaram para Black Murder em decorrencia aos violentos eventos da época realizados pela comunidade afro-americana. Refletindo a respeito da quantidade de jovens mortos pela Ku Klux Klan em Detroit e no sul do país, Veasey queria um nome chocante para a banda, que lembrasse o publico a terrivel situação, mais tarde mudaram para Black Merda, como um giria utilizada na época pelos Afro-Americanos.

Black Merda continuou por mais um tempo com Starr, tocando também com Temptations em 69 e Eddie Kendricks do Temptations resolveu produzir a carreira independente da banda, durante esse periodo eles tocaram com o cantor Ellington Fuji Jordan gravando o single “Mary Don´t Take Me on No Bad Trip, lançado pela Chess Records se um dos mais populares singles da epoca em Detroit, mas o Black Merda não recebeu os creditos pela gravação. Marshall Chess da Chess Records , estava interessado em ampliar sua conhecida dedicação do rótulo de blues, soul e jazz com mais rock e sons experimentais, Chess lançou  o primeiro album  do Black Merda em 1970 e a banda rapidamente se tornou conhecida pela sua combinação de black rock e funk pesado, mas o album sofreu pela falta de promoção e em 1972 lançaram seu segundo album pela subsidiaria de Cheess, a Janus Records, e na capa o nome da banda foi alterado para Mer-Da, o segundo album também sofreu com a falta de divulgação e os membros da banda se separaram, retornando para o R&B.

Em 2005 o selo Funky Delicacies lançou uma compilação do Black Merda - The Folks From Mother´s Mixer e graças a a essa compilação e uma nova atenção ao trabalho da banda, renasceu o interesse sob o black rock do inicio dos anos 70e os irmão Hawkins, juntamente com Veasey reuniram-se em 2005, participando de festivais em Detroit e tambem no Central Park Summer Stage em NY, assim como no Ottawa Blues Festival em 2006

Uma compilação de raridades entitulada The Psych-funk of Black Merda foi lançada em 2006, assim como os novos albuns Renaissane e em 2009 lançaram Force of Nature. Em 2007 o Detroit Metro Times incluiu a música Cynthy-Ruth como uma das melhores canções de Detroit e em 2010 o seu album de estreia foi considerado o ‘maior sucesso que Detroit deveria ter”. Texto: Wikipédia, traduzido por: Luciana Freire.

Integrantes.

Atuais.

VC L. Veasey (aka The Mighty V !) (Guitarra, Baixo, Vocais Secundários)
Bobby Smith (Bateria)
Charles Hawkins (aka Charlie Hawk) (Vocais, Guitarra)
Anthony "Wolf" Hawkins (Vocais, Guitarra)
Terry "Thunder" Hughley (Bateria)
Kenny Tudrick (Bateria)
Robert Jones (Teclas)

Ex-Integrante.

Tyrone "Snake" Hite (Vocais, Bateria, R.I.P 2004)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Fuji featuring Black Merda - Mary, Don't Take Me On No Bad Trip (1968)
 
01. Revelations
02. Mary, Don't Take Me on No Bad Trip
03. I'd Rather Be a Blind Man
04. Can't You Hear Me Call You, Woman
05. Save A Little
06. Jo-Jo
07. Red Moon
08. Sweet Sweet Lady
09. Revelations (Previously Unreleased Take)


Black Merda (1970)
 
01. Prophet
02. Think of Me
03. Cynthy-Ruth
04. Over And Over
05. Ashamed
06. Reality
07. Windsong
08. Good Luck
09. That's The Way It Goes
10. I Don't Want To Die
11. Set Me Free


Long Burn the Fire (1972)
 
01. For You
02. The Folks from Mother's Mixer
03. My Mistake
04. Lying
05. Long Burn the Fire
06. Sometimes I Wish
07. I Got a Woman
08. We Made Up


The Folks From Mother's Mixer 1970-1972 (2005)
 
01. Prophet
02. Think of Me
03. Cynthy-Ruth
04. Over and Over
05. Ashamed
06. Reality
07. Windsong
08. Good Luck!
09. That's the Way It Goes!
10. I Don't Want to Die!
11. Set Me Free!
12. For You
13. The Folks From Mother's Mixer
14. My Mistake!
15. Lying
16. Long Burn the Fire!
17. Sometimes I Wish!
18. I Got a Woman
19. We Made Up!


The Psych-Funk of Black Merda, Rarities 1970 (2006)
 
01. Cynthy-Ruth (Alt Take)
02. People Let Me Know (As Linnie Walker w Black Merda)
03. Foxy lady (As The Soul Agents)
04. Got Me Running (As VC L. Veasey)
05. As Sisters and Brothers (As VC L. Veasey)
06. We've Got The Power (As VC L. Veasey)
07. Reality (Alt Take)
08. Darn Well (As Linnie Walker w Black Merda)
09. Foxy Lady (Instrumental, As The Soul Agents)
10. Do Nothing Wrong (As VC L. Veasey)
11. The Original Man (As VC L. Veasey)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

13 comentários :

  1. Salve Alex, desculpe por tanto tempo sem comentários. Pessoal baixem sem medo, grande banda. Cara eu conhecia apenas dois albuns dessa banda, só você mesmo pra descolar os outros três. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Caramba!!! Desconhecia esse Fugi...vou baixar pra completar a Merda hehehehehe!!!!

    Essa banda é boa pra caramba...merda é só no nome!

    ResponderExcluir
  3. Thank you Thank you Thank you

    ResponderExcluir
  4. Ernane Zorzo21/11/13 20:12

    banda excelente!! :) valeu Alex!!

    ResponderExcluir
  5. Guilherme Belo25/11/13 22:21

    Pelo nome achei que era uma banda brazuca de zueira com Black Metal huehuehuehue

    ResponderExcluir
  6. Grande banda que eu só conhecia d um disco o de 1970. Valeu, Alex, obrigado por apresentar os outros. Continue com o excelente trabalho ! Abraço, brother !

    ResponderExcluir
  7. mt bom o som dessa banda, isso q é Funk de verdade, com uma mistura Rock and roll, agradeço ao site do muro, sem ele não encontraríamos essas raridade de som que foram esquecidas no tempo, e por nos lembrar do que é música de verdade...só as antigas hehe!

    ResponderExcluir
  8. SERIA MUITO BOM SE TODAS MERDAS FOSSEM ASSIM

    ResponderExcluir
  9. Se eu, que sou branco, saio na rua com uma camisa dessa banda, sou linxado!!!

    ResponderExcluir
  10. fiquei curioso pelo nome, então resolvi baixar essa merda

    ResponderExcluir
  11. É uma bela merda!!!

    ResponderExcluir
  12. chorei de rir com o nome! mas a banda é otima, uheuheuheuhe, BLACK MERDA...achei que era Black metal nacional bem zuero, SÓ QUE NAO!! HEHEHE

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.