Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

31 de julho de 2014

The Alan Bown Set - Discografia.

The Alan Bown Set, mais tarde conhecido como The Alan Bown! ou apenas Alan Bown, era uma banda britânica dos anos 1960 e 1970, cuja música evoluiu de jazz e blues através de soul e “rhythm and blues” e acabou como psicodelia e rock progressivo. Apesar da alta qualidade sonora, a banda alcançou sucesso limitado nas paradas e é mais conhecida pelo papel que desempenhou no desenvolvimento das carreiras de vários músicos, incluindo Mel Collins, John Helliwell, Robert Palmer, Jess Roden e Dougie Thomson.

Alan Bown (nascido Alan James Bown, 21 de julho de 1942, Slough, Berkshire), um trompetista, juntou-se ao The Embers em 1963, após se desligar da RAF (Força Aérea Britânica). Tocavam tanto “rhythm and blues” quanto jazz americano e fizeram shows ao vivo de muito sucesso em locais como The Star-Club, em Hamburgo, na mesma época que os Beatles. Mais tarde, Bown deixou o grupo para juntar-se a John Barry Seven em suporte a banda de Brenda Lee, excursionando e gravando com eles até a separação em 1965.

Bown então formou The Alan Bown Set em Maio de 1965, inicialmente com três ex-integrantes do The John Barry Seven: Jeff Bannister (vocal e órgão), Dave Green (sax, clarinete e flauta), Stan Haldane (baixo), Pete Burgess (guitarra) e Vic Sweeney (bateria). Eles tocavam “rhythm and blues” e “soul”, apresentando-se no mesmo circuito de clubes de Georgie Fame & The Blue Flames e Cliff Bennett & The Rebel Rousers. Em 1966, Green foi substituído por John Helliwell e logo após, Jess Roden ingressou como vocalista, permitindo a Bannister se concentrar nos teclados. Após aparecerem no programa de TV Ready Steady Go! e no Windsor Jazz Festival, começaram a se destacar no famoso Marquee Club de Londres.

Esta formação lançou três compactos, nenhum dos quais atingindo posições de destaque nas paradas, embora "Emergency 999" mais tarde se transformasse em um hino musical na região norte inglesa. Em Novembro de 1966, Burgess foi substituído por Tony Catchpole e em 1967 a banda lançou o compacto "Gonna Fix You Good (Everytime You're Bad)" / "I Really, Really Care". Ainda gravaram para o programa da BBC, Rhythm and Blues em 1966 e no Saturday Club, em 1967.

Quando seu contrato na Pye Records expirou em 1967, Bown reformou a banda como The Alan Bown! , predominantemente com características psicodélicas, assinando com a Verve Records e finalmente lançando seu primeiro álbum completo, ”Outward Bown” em 1967, apresentando-se posteriormente no programa Top Gear, da BBC. O álbum incluía um cover de Bob Dylan, “All Along the Watchtower”, uma versão teatral "diretamente inspirada no arranjo da música feito por Hendrix". Em 1968, tocaram "We Can Help You" no programa de TV, Top Of the Pops, atingindo a posição de n º 26 na parada do Reino Unido, mas infelizmente não aproveitando a exposição no mercado fonográfico, devido a uma greve na sua gravadora.

Em 1969, mudaram para a gravadora Deram Records, onde conseguiram uma pequena exposição com "Still As Stone". Tal como aconteceu com muitas bandas na época, eles gravaram versões/covers para a BBC, apresentando-se em programas como Jimmy Young Show, The David Symonds Show e outros, dividindo suas aparições com o tempo exigido em estúdio. Seu próximo álbum “The Alan Bown!” já tinha sido gravado quando Roden deixou a banda. Robert Palmer foi então convidado e os vocais foram regravados por ele, antes do lançamento do álbum no Reino Unido, embora os vocais de Roden fossem usados nas edições lançadas nos EUA.

Em 1970 a banda mudou de gravadora novamente, desta vez para a Island Records e começou a gravar o álbum “Listen”, mas Palmer saiu antes do lançamento, sendo substituído por Gordon Neville, que regravou os vocais para a edição final. Seguiu-se o compacto "Pyramid" antes de Andy Brown substituir Haldane e Mel Collins chegasse para assumir o sax. Em 1971, outro álbum, “Stretching Out”, mas Bannister deixou o grupo, não sendo substituído e, em seguida, Dougie Thomson e Derek Griffiths substituíram, respectivamente, Brown e Catchpole.

Esta nova formação continuou até Fevereiro de 1972. Bown formou uma nova banda com Dave Lawson (teclados) Tony Dangerfield (baixo), Frank White (guitarra) e Alan Coulter (bateria), mas depois de uma grande turnê, acabou por dissolver o grupo, em Julho de 1972. Posteriormente, juntou-se a banda “heavy prog” Jonesy e também trabalhou como gerente de A&R (Artista e Repertório) na gravadora CBS Records. Texto: Wikipédia, traduzido por Francisco Eduardo.

Integrantes ao longo do tempo. 

Alan Bown.
Jeff Bannister.
Dave Green.
Stan Haldane.
John Helliwell.
Jess Roden.
Tony Catchpole.
Robert Palmer.
Gordon Neville.
Andy Brown.
Mel Collins.
Dougie Thomson.
Derek Griffiths.
Dave Lawson.
Tony Dangerfield.
Frank White.
Alan Coulter.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Bitrate: 320Kbps.

Álbuns.

Outward Bown (1967)
 
01. Toyland
02. Magic Handkerchief
03. Mutiny
04. All Along The Watchtower
05. Sally Green
06. Penny For Your Thoughts
07. Storybook
08. Technicolor Dream
09. Love Is A Beautiful Thing
10. Violin Shop
11. You're Not In My Class
12. My Girl The Month Of May
 
Bonus Track.
13. Little Lesley (B-Side 1968 Uk Sp)
14. We Can Help You (A-Side 1967 Uk Sp)
15. Toyland (A-Side 1967 Uk Mono Mix Sp)
16. Technicolor Dream (B-Side 1967 Uk Mono Mix Sp)
17. Penny For Your Thoughts (Bbc Session Sept.1967)
19. My Girl The Month Of May (Bbc Session Sept.1967)
20. Pandora's Golden Heebie Jeebies (Bbc Session Nov.1967)
21. Toyland (Bbc Session Nov.1967)
22. Love Is A Beautiful Thing (Bbc Session Nov.1967)
23. Magic Handkerchief (Bbc Session July 1968)
24. All Along The Watchtower (Bbc Session July 1968)
25. Gypsy Girl (Bbc Session June 1969)
26. Movie Star Baby (Bbc Session June 1969)


The Alan Bown (1968)
 
01. My Friend
02. Strange Little Friend
03. Elope
04. Perfect Day
05. All I Can Do
06. Friends In St. Louis
07. The Prisoner
08. Kick Me Out
09. Children Of The Night
10. Gypsy Girl
 
Bonus Tracks. 
11. Still As Stone
12. Wrong Idea 


Listen (1970)
 
01. Wanted Man
02. Crash Landing
03. Loosen Up
04. Pyramid
05. Forever
06. Curfew
07. Make Us All Believe
08. Make Up Your Mind
09. Get Myself Straight
 


Stretching Out (1971)
 
01. The Mesenger
02. Find A Melody
03. Up Above Hobby Horse's Head
04. Turning Point
05. Build Me A Stage
06. Stretching Out
07. Thru The Night (Bonus Track)


Listen And Stretching Out (Remastered 1993)
 
Listen (1970)
01. Wanted Man
02. Crash Landing
03. Loosen Up
04. Pyramid
05. Forever
06. Curfew
07. Make Us All Believe
08. Make Up Your Mind
09. Get Myself Straight
Stretching Out (1971)
10. The Mesenger
11. Find A Melody
12. Up Above Hobby Horse's Head
13. Turning Point
14. Build Me A Stage
15. Stretching Out
 


Emergency 999, 1965-1967 (2000)
 
01. Can't Let Her Go
02. I'm The One
03. Baby Don't Push Me
04. Everything's Gonna Be Alright
05. Headline News
06. Mr Pleasure
07. Emergency 999
08. Settle Down
09. Gonna Fix You Good (Everytime You're Bad)
10. I Really, Really Care
11. Jeu De Massacre (The Killing Game)
12. Love Me
13. Mr Job
14. Gonna Fix You Good (Everytime You're Bad) (Demo Version)
Live.
15. It's Growing
16. Emergency 999
17. I Need You
18. Sunny
19. Headline News
20. Down In The Valley
21. The Boomerang

Link.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro
E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

3 comentários :

  1. Marimbondo04/08/14 11:43

    Caramba, o som dos caras é bom demais!!! Obrigado pelo post.

    ResponderExcluir
  2. Sensacionais esses dois discos Listen e Stretching Out. Delícia de som

    ResponderExcluir
  3. descoberta aqui, essa banda ao lado de The Strawbs tem que ser reconhecidas
    parabéns pelo ótimo trabalho

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.