Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

19 de dezembro de 2014

Jumbo - Discografia.

Jumbo foi um grupo italiano de rock progressivo ativo durante a década de 1970. 

História.

Um grupo muito importante que mereceria muito mais sucesso do que obteve na época, o Jumbo se originou em Milão em torno do cantor Alvaro Fella, em precedência baixista do grupo de Vercelli do Juniors. Fella foi notado e conseguiu contrato junto a Numero Uno, que fez realizou dois dos seus 45 rotações em 1970 com o nome Jumbo, ambos com a mesma música no lado B Due righe da te e dois covers, Montego Bay e In estate, versão de In the summertine. 

No primeiro dois dois singles o grupo tocou com Franz Di Cioccio e Flavio Premoli, ainda componentes do Quelli, depois tornado Premiata Forneria Marconi, e Mario Lavezzi, mais tarde com Il Volo. 

Passado para a Phillips, Fella gravou em 1971 o primeiro LP com a ajuda dos músicos que teriam constituído a primeira formação do grupo, Daniele Bianchini, Sergio Conte, Dario Guidotti, Vito Balzano e o baixista Alberto Agazzi, substituído quase logo por Aldo Gargano. O estilo era ainda bastante impessoal, e o disco é baseado na maior parte no violão com espaço limitado para as partes eletrônicas. Há algumas belas canções como Amore sono qua e Dio è, rearranjada para o segundo álbum, mas o resultado não é particularmente o melhor e sob um nível muito inferior aos trabalhos seguintes. 

O disco saiu em 1972, seguido depois de poucos meses um segundo álbum, DNA, trabalho inacreditavelmente maduro. No confronto com o LP precedente é claro que esse é o primeiro verdadeiro disco do grupo. 

O álbum é composto por quatro longas músicas com a Suite per il Signor K que ocupa a inteira primeira faixa. O início recorda o estilo do primeiro LP, com o uso de instrumentos acústicos como violão, flauta e piano, mas improvisadamente uma guitarra distorcida introduz um som muito mais agressivo, guiado pela áspera voz de Fella e de seus textos cortantes. 

O último álbum saiu em 1973, depois de uma mudança de formação com o baterista de Novara Tullio Granatello no lugar de Vito Balzano. Vietato ai minori di 18 anni? é o disco mais ambicioso, com letras fortes e elementos de música de derivação de vanguarda, com a ajuda de Franco Battiato. Come vorrei essere uguale a te e Specchio si confrontam com temas difíceis como a homossexualidade e a marginalidade social. O resultado é convincente e de grande espessor, ainda que menos imediato que DNA. Os conteúdos muito fortes das letras provocam o banimento do grupo dos programas radiofônicos. 

O grupo era muito conhecido também ao vivo, e continuou a tocar ainda por alguns anos. Em 1975, foi publicado um último single comercial, e o Jumbo participou do Festival de Parco Lambro, em 1975 e 1976. Nessa ocasião com Roberto Biancone, ao sax, e Valter Frazzi, nos teclados, no lugar de Guidotti e Conte. 

Depois de uma tentativa de reunir o grupo, sem muito sucesso, em 1983, documentado no CD Violini d'autunno, o Jumbo se reformou ainda no final de 1989 com os componentes originais à exceção de Sergio Conte, substituído por Paolo Dolfini, para um ótimo concerto ocorrido em Paris junto a IQ e Magma, organizado por um fã francês. O espetáculo foi documentado em um CD live. 

Em 2001, foi lançado um outro CD, Passing by, contendo gravações feitas entre 1991 e 2001 pelo guitarrista Daniele Bianchini, o inspirador de todas as várias tentativas de reunir o grupo, com a ajuda de alguns ex-componentes como Alvaro Fella, Dario Guidotti e Tullio Granatello, em uma direção que é mais próxima à instrumental. 

Em 2007, foi publicado pela BTF o DVD Anthology, que contém entrevistas, fotos e vídeos que reassumem a carreira do grupo. 

Após a saída do Jumbo, o flautista Dario Guidotti tocou na primeira formação e no LP de estreia da Treves Blues Band, e depois partiu desde 1978 com o grupo Cacao, publicando o álbum homônimo para a Pilgrim Fathers (PFH-27701), em 1981. Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

Alvaro Fella (Vocais, Violão, Sax, Teclados, Percussões)
Daniele Bianchini (Guitarra)
Dario Guidotti (Flauta, Harmônica, Violão, Percussões)
Sergio Conte (Teclados, Vocais)
Aldo Gargano (Baixo, Guitarra)
Vito Balzano (Bateria, Percussões, Vocais, 1970-1972, 1983, 1992)
Tullio Granatello (Bateria, 1973)
 

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Álbuns.

Jumbo (1972)
 
01. Oggi Saro' La'
02. E Se Dopo Tu Mi Amassi
03. Lei Non Conta Niente
04. Che Senso Ha
05. Dio E'
06. Amore Sono Qua
07. La Strada Che Porta Al Fiume
08. Artista
09. Ho Visto Piangere
 


DNA (1972)
 
01. Suite Per Il Signor K - Sta Accadendo Qualcosa Dentro Me
02. Suite Per Il Signor K - Ed Ora Corri
03. Suite Per Il Signor K - Dio È
04. Miss Rand
05. È Brutto Sentirsi Vecchi
06. Hai Visto...


Vietato Ai Minori Di 18 Anni? (1973)
 
01. Specchio
02. Come Vorrei Essere Uguale A Te
03. Il Ritorno Del Signor K
04. Via Larga
05. Gil
06. Vangelo?
07. 40 Gradi
08. No!


Violini D' Autunno (1983)
 
01. JC
02. Willi
03. Balck Out
04. Zucchero Dolce
05. Balla Ballerina
06. La Moglie Del Gatto
07. I Violini D'Autunno
08. Sabato Sera
09. JC Live
 


Live: Paris, 1990 (1992)
 
01. Specchio
02. Come Vorrei Essere Uguale A Te
03. Vangelo
04. Miss Rand
05. Via Larga
06. Dio È
07. 40 Gradi
08. No!
 


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

3 comentários :

  1. NOSSA..EU TINHA SOMENTE O DNA DE 1972...
    AGORA VOU PODER CONFERIR OS OUTROS ÁLBUNS...
    SÓ AQUI MESMO PRA ACHAR RARIDADES COMO ESSA !

    ResponderExcluir
  2. Jayme da Costa Maceió AL20/12/14 20:10

    Recomendo Levar Todos Desta Grande Banda, que Não Conhecia. O Nome É JUMBO! HARD-PROG DE PRIMEIRA! MUITO OBRIGADO ALEX!

    ResponderExcluir
  3. Louis Clark22/12/14 17:50

    Ótima banda! Adoro prog italiano (afinal fui vocalista do Strada Di Fuoco)! Gosto demais de PFM,Le Orme,Calavechia Locanda,etc. O Jumbo veio acrescentar uma excelente discografia à minha coleção.Valeu,Alex!

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.