Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

6 de janeiro de 2015

Delirium - Discografia.

O Delirium é um dos nomes importantes do Rock Progressivo Italiano tendo começado sua carreira em 1970. Originalmente formada em Genova no final dos anos 60 com o nome de I Sagittari e tinham em sua formação Ettore Vigo (teclados), Peppino Di Santo (bateria e vocais), Mimmo Di Martino (violão) e Marcello Reale (baixo). Mais tarde a com a chegada de Ivano Fossati (voz, teclados e flauta) o grupo estaria completo, o estilo musical no começo da banda era uma mistura da música italiana tradicional com as influências do Rock Progressivo inglês, especialmente de nomes como o King Crimson e Colosseum. 

O primeiro álbum, Dolce Acqua (1971) foi um dos primeiros do então chamado Rock Progressivo Italiano e é uma suíte conceitual em 8 movimentos onde cada um deles é baseado em uma emoção humana. O disco é basicamente acústico com predominância da flauta de Ivano Fossati, o que rendeu comparações com o Jethro Tull. 

Em 1972 eles participaram do festival de Sanremo e tiveram um sucesso graças a isso, a música ‘Jesahel’. 

Fossati deixou a banda após o episódio e embarcou em uma carreira solo, seu substituto foi o ingês Martin Frederick Grice (voz, flauta e saxofone) que fazia parte da The Bo Bo’s band, um grupo beat que tinha músicos que formariam o Area no futuro. 

Com a saída de Fossati e a chegada de Grice, o Delirium adotou um som mais Progressivo, o segundo disco Lo Scemo E Il Villaggio (1972) é notadamente Progressivo com pitadas de Jazz e o uso do saxofone. Devido a mudança na direção musical o disco não alcançou o mesmo sucesso do primeiro. 

O terceiro disco III (Viaggio Negli Arcipelaghi Del Tempo) (1974) é considerado a obra-prima da banda, sendo até hoje o disco mais sinfônico e progressivo. Em 1975 por problemas pessoais Di Martino e Grice saíram da banda, Grice foi substituído pelo multi-instrumentista Rino Dimopoli. Com a nova formação lançaram um single, mas não houve motivação para continuar com a banda e eles se separaram ainda em 1975. 

Em 1996 Dimopoli, Reale e Di Santo tentaram reviver a banda mas a reunião só aconteceu quando Vigo, Di Santo e Grice se reuniram e, junto do selo Black Widow Records, lançaram o disco ao vivo Vibrazioni Notturne – Live (2007). A nova formação incluia Fabio Chighini (baixo) e Roberto Solinas (guitarra) e com nova motivação um novo disco de inéditas nasceu, Il Nome Del Vento (2009). 

Em 2010 foi lançado o DVD Il Viaggio Continua: La Storia 1970 – 2010 (2010), com performances da banda em diversos programas de TV, festivais e shows. Texto: Progshine. 

Peppino Di Santo (Bateria, Vocais, desde 1970)
Martin Frederick Grice (Vocais, Flauta, Sax, desde 1972)
Mimmo Di Martino (Violão, Vocais, 1970-1974. desde 2008)
Ettore Vigo (Teclados, 1970-1975, desde 2001)
Fabio Chighini (Baixo, Vocais, desde 2001)
Roberto Solinas (Guitarra, Violão, Voz, desde, 2001)
Ivano Fossati (Vocais, Flauta, 1970-1972)
Marcello Reale (Baixo, Vocais, 1970-1996)
Rino Dimopoli (Vocais, Flauta, Violino, Guitarra, 1996)
Mauro La Luce (Letrista, 2008)
 

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro



Álbuns.

Dolce Acqua (1971)
 
01. Preludio: Paura (3:39)
02. Movimento I: Egoismo (4:31)
03. Movimento II: Dubbio (3:26)
04. To Satchmo, Bird And Other Unforgettable Friends (Dolore) (5:38)
05. Sequenza I e II: Ipocrisia-Verita (3:36)
06. Johnnie Sayre: II Perdono (4:48)
07. Favola O Storia Del Lago Di Kriss: Liberta (4:22)
08. Dolce Acqua: Speranza (5:49)
09. Jesahel (Bonus Track) (4:05)


Lo Scemo E Il Villaggio (1972)
 
01. Villagio (5:14)
02. Tremori Antichi (2:23)
03. Gioia, Disordine, Risentimento (7:20)
04. La Mia Pazzia (3:28)
05. Sogno (5:48)
06. Dimentione Uomo (4:37)
07. Culto Disarmonico (3:45)
08. Pensiero Per Un Abbandono (4:37)

Delirium III: Viaggio Negli Arcipelaghi Del Tempo (1974)
 
01. Il Dono (4:17)
02. Viaggio Negli Arcipelaghi Del Tempo (4:45)
03. Fuga N.1 (7:40)
04. Dio Del Silenzio (2:55)
05. La Battaglia Degli Eterni Piani (6:42)
06. Un Uomo (2:06)
07. Viaggio N.2 (4:33)
08. Ancora Un'alba (2:33)


Vibrazioni Notturne (Live 2007)
 
01. Opening (2:41)
02. Villaggio (5:53)
03. Movimento I: Egoismo (5:17)
04. Preludio: Paura (4:14)
05. Culto Disarmonico (5:40)
06. e L'Ora (5:39)
07. Dolce Acqua: Speranza (5:41)
08. Gioia, Disordine, Risentimento (6:17)
09. Jethro Tull Medley (Incl. Bouree & Living In The Past) (7:20)
10. Notte A Bagdad (3:21)
11. Johnny Sayre: Il Perdono (5:05)
12. Jesahel (4:36)
13. With A Little Help From My Friends (8:18)


Il Nome Del Vento (2009)
 
01. Intro (Dio del Silenzio Reprise) (1:23)
02. Il Nome del Vento (6:01)
03. Verso il Naufragio (6:35)
04. L'Acquario delle Stelle (6:15)
05. Luci Lontane (4:14)
06. Profeta Senza Profezie (4:20)
07. Ogni Storia (5:02)
08. Note di Tempesta (4:29)
09. Dopo il Vento (9:40)
10. Cuore Sacro (8:49)
11. L'Aurora Boreale (Bonus Track) (4:26)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

4 comentários :

  1. Jayme da Costa Maceió AL07/01/15 01:47

    Mas Que Alucinação! Como no Sertão está tudo Verdinho e as Metropólis Sofre falta de aguá... Este Som É a Vitóra dos Derotados! Mas um aviso da Natureza! É AMIGOS, está na hora de MUDAR!

    ResponderExcluir
  2. Louis Clark07/01/15 16:09

    Excelente.Minha esposa é italiana e curtimos juntos bandas como Le Orme,Locanda Delle Fate,PFM...Alguma palavra que me escapa ela traduz.O Delirium nos assistimos na itália,pois o produtor era amigo de um sobrinho dela.Assistimos de graça.Após sair do Green Pear,fui vocalista do Strada Di Fuoco por um ano e meio.Cantavamos em inglês (meu idioma) e em italiano. Bom demais esse som! Valeu ,Signore Sala!

    ResponderExcluir
  3. ALEX, VC ESTÁ DE PARABÉNS, NÃO SEI COMO VC CONSEGUE ACHAR ESSAS PRECIOSIDADES PRA NÓS. REALMENTE ESTA BANDA ESTÁ COM TUDO. HOJE É MUITO DIFÍCIL ACHAR BANDA DESTE PORTE, POIS HOJE TÁ TUDO MUITO ELETRÔNICO E MUITO BARULHEIRA ( SÓ TUM, TUM ) ISSO NÃO É MUSICA, MÚSICA É DESSA BANDA ( DELIRIUM) ANOS 70, E EU PASSEI PELOS ANOS 70 JÁ COM 22 ANOS, OU SEJA A 44 ANOS ATRÁS, HOJE ESTOU COM 66 ( E VIVO), AS MELHORES BANDAS SE FORMARAM NAQUELA ÉPOCA, E ESTÁ AÍ MAIS UMA GRANDE NOVIDADE ITALIANA, QUE É DEMAIS, GRANDE APRESENTAÇÃO NO DISCO AO VIVO ( FAZENDO UMA BELA HOMENAGEM AO GRANDE " JETHRO TULL " COMO TBEM AO JOE COCKER, VALEU ALEX VC É O CARA. ABRAÇÃO.
    zigho.

    ResponderExcluir
  4. Átila Ribeiro23/03/15 01:02

    É ... o muro nos proporciona isso tbm , conhecer bandas da década de 70 muito boas de que nunca ouvimos nem falar , isso aqui tbm é uma grande escola de Rock , grande trabalho para a nova era ... >>>

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.