Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

20 de dezembro de 2015

Pan (1970)

Originária da Dinamarca, o PAN foi uma banda de Rock Progressivo, com elementos do  Blues e pitadas psicodélicas e tinha como líder o francês Robert Jean Francis Lelièvre que nasceu em Le Bourg-d'Oisans, Isère, França, em 1º de outubro de 1942. Em janeiro de 1962, após três meses de serviço militar, ele desertou do exército francês e fugiu do país.

Primeiramente, ele foi para a Espanha, onde tocou violão em uma Jazz band local. Após três anos viajando pela Europa, estabeleceu-se em Copenhaguen, na Dinamarca em 1965. Ali conheceu o cantor dinamarquês e acordeonista Maia Aarskov e o guitarrista e cantor inglês Cy Nicklin, onde montaram o trio Cy, Maia & Robert.

Com este trio, lançaram em 1966 On The Scene que, além de uma composição de Lelièvre, continha um cover de "A Church Is Burning", de Paul Simon. Em 1967, lançaram "Out Of Our Times", desta vez um trabalho autoral. Divergências internas sobre a direção musical fez com que a banda acabasse em 1967.

Em 1968, lançaram um compacto com Maia Aarskov como o trio Full Limit. Ainda em 1968, recebeu um convite de Paul McCartney para gravar um disco na recém criada Apple Records, que nunca aconteceu. Em 1969 voltou para a Dinamarca onde montou a banda High Crossfield, junto de seu ex-companheiro Cy Nicklin.

Em outubro do mesmo ano, Lelièvre e Arne Würgler, baixista da High Crossfield, formaram o que viria a se tornar uma das bandas mais notáveis já surgidas na Dinamarca: PAN. Em 1970 lançaram seu álbum homônimo. Todas as canções do disco foram escritas por Lelièvre, sendo que duas são em francês e o restante em inglês. Uma mistura de Rock, Jazz, Blues, Folk e até mesmo pitadas de Música  Clássica.

Na época de seu lançamento, Pan foi saudado pela imprensa dinamarquesa e o tablóide Dagbladet Information denominou-o "o melhor álbum de rock dinamarquês lançados até agora". Com o tempo, o álbum ganhou status como um dos álbuns clássicos da história do rock dinamarquesa. Ele é listado como o quarto melhor álbum de rock dinamarquês da década de 1970 pelo Politikens Dansk Rock, a enciclopédia do rock dinamarquês.

No entanto, apesar do sucesso no palco e nos meios de comunicação, o debut não teve boa vendagem e a banda desintegrou-se lentamente durante o final do outono de 1970.

Em 1972, o governo francês concedeu anistia para Lelièvre, onde ele voltou para sua terra natal. Apesar da anistia, Lelièvre foi preso. Após sua libertação, Lelièvre voltou a Dinamarca, onde as coisas ficaram ainda mais difíceis. Assombrado por demônios interiores e frustrado com a música, ele tirou a própria vida no dia 26 de agosto de 1973 em Copenhaguen. "Um mundo ignorante perdeu um dos compositores mais talentosos de sua geração", escreveu o norueguês Dag Erick Asbjornsen 30 anos mais tarde em seu livro Scented Gardens Of Mind:  A Comprehensive Guide To The Golden Era Of Progressive Rock (1968-1980).

As bandas da Dinamarca tinham um estilo muito voltado para o Blues e Rock pesado soando mais como os EUA e Reino Unido, tomemos como exemplo bandas como TERJE JESPER & JOACHIM, TÖMRERCLAUS ou o MOSES, etc.
Esta banda é realmente muito boa com um ótimo trabalho de guitarra e vocal esplêndidos. É realmente difícil dizer o que parece, mas eu acho que todos os que ouvirem vão ter sua própria opinião. Texto: Rock Rarities. 

 

Integrantes.

Robert Lelièvre (Vocais, Guitarras)
Thomas Puggaard-Müller (Guitarra Solo)
Henning Verner (Teclados, Piano)
Arne Würgler (Bass, Cello)
Michael Puggaard-Müller (Bateria)

 
01. My Time (0:36)
02. If (4:02)
03. Song To France (2:11)
04. They Make Money With The Stars (4:55)
05. Il N'y A Pas Si Longtemps De Ça (5:22)
06. Many Songs Have Been Lost (1:46)
07. Tristesse (5:01)
08. To Get Along Alone (5:46)
09. We Must Do Something Before The End Of The Day (3:23)
10. Lady Of The Sand (6:44)
Bonus Tracks.
11. In A Simple Way (A-Side 1970 Sp) (3:46)
12. Right Across My Bed (B-Side 1970 Sp) (5:56)
13. To Get Along Alone (Alternate Studio Take) (6:28)

(320Kbps)



Senha/Password: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

2 comentários :

  1. Luis Clark20/12/15 13:33

    Muito bom esse grupo.Eu não conhecia. Muito grato!

    ResponderExcluir
  2. muchas gracias, apreciado amigo. Feliz Navidad

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.