Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

19 de fevereiro de 2016

Klockwerk Orange - Abrakadabra (1975)

Existem países onde o supergrupo ELP influenciou grandemente o desenvolvimento do rock progressivo. Devido à proximidade mais as semelhanças étnicas e culturais, Alemanha e Áustria se destacaram. Algumas dessas bandas incentivadas pelo sucesso de álbuns excelentes como “Illusions On A Double Dimple" e "Spartacus" (Triumvirat) tentaram repetir a fórmula, mas não tiveram tanta sorte e somente arranharam a superfície de sucesso. Uma destas bandas foi a austríaca Klockwerk Orange.

O líder natural da banda foi o multi-instrumentista e compositor Herman Delago, (guitarra, trompete e órgão hammond e pipe), formado na Academia de Música de Innsbruck. (Mais tarde, ele faria parte das bandas Austria Trio e Viller Spatzen, além de colaboração em alguns grupos de jazz).

Klockwerk Orange foi completado por Markus Weiler (órgão, sintetizador), Guntram Burt (baixo, guitarra, vocal) e Wolfgang Boeck (Bateria, Sinos Tubulares, Tímpanos).

Seu único lançamento foi um LP de 1974c hamado de "Abrakadabra" (álbum original com três épicas suítes), bastante sólido, mas que careceu de alguma coerência, apesar das passagens de Hammond e Pipe Organ serem brilhantes (na veia de Keith Emerson) e a trombeta sendo de alguma forma uma reminiscência de Rein Van Den Broek do grupo Ekseption, mas orientada para um som mais militar. A percussão merece uma menção especial, excelente.

Quando o álbum apareceu em 1975, a crítica não ficou tão impressionada, mas 38 anos depois, o valor de coleção das cópias originais estava na marca de 1000 euros, já que apenas 1000 cópias foram prensadas.

Em 2013, uma reedição em LP e CD não só reproduziu o original, mas acrescentou um bônus especial, um segundo LP/CD contendo três números extras, mais duas faixas ao vivo inéditas gravadas em um concerto em Innsbruck, em 1975. Esta reedição foi cuidadosamente gerida em conjunto com a banda e é a única reedição oficial do raro e procurado registro deles. Texto: Francisco Eduardo. 

Integrantes.

Hermann Delago (Guitarra, Órgão, Sintetizador, Vocais)
Markus "Wak" Weiler (Órgão, Piano Elétrico, Sintetizador)
Guntram Burtscher (Baixo, Guitarra, Vocal)
Wolfgang Böck (Bateria, Sinos Tubulares, Tímpanos)

 
CD 1: Original Album.

01. Duonyunohedeprinces (11:39)
02. The Key (10:54)
03. Abrakadrabra (21:21)
 

CD 2: Bonus Live.
 
01. Schlüsselbein Overture (5:13)
02. Willoughby (7:50)
03. Vlad Zeppesch (10:13)
04. Duonyunohedeprinces (10:13)
05. The Key (11:04)
 


(320Kbps) 

Link.

Senha/Password: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

2 comentários :

  1. Rock progressivo com muito psicodelismo. Sensacional! Gracias, amigo.

    ResponderExcluir
  2. VALEU ALEX SALA MAIS UMA DAS GRANDES PÉROLAS QUE FOI ESQUECIDA NO TEMPO.
    O MURO REVITALIZANDO GRANDES OBRAS.
    FIQUEM COM DEUS GALERA DO MURO.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.