Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

2 de abril de 2016

Overkill - Discografia.

Overkill é uma banda americana de thrash metal e groove metal formada em 1980 na cidade de Nova Jersey. Sua formação original era composta por Bobby "Blitz" Ellsworth no vocal, Bobby Gustafson na guitarra, D. D. Verni no baixo e Rat Skates na bateria, e após muitas mudanças com os anos, Bobby Blitz e Verni remanesceram como fundadores e principais compositores. A banda também possui um mascote emblemático (de nome Charly), que é um morcego esquelético com a cara de uma caveira, asas de ossos e olhos verdes, o qual aparece constantemente nos álbuns da banda. Contemporâneo de Exodus, Testament, Voivod, Sacred Reich e Death Angel, o Overkill ficou conhecido principalmente por sua técnica e alta velocidade. É hoje uma das poucas que ainda mantém o thrash metal puro e cadenciado com a essência das bandas dos anos 1980. 

Com mais de trinta anos de carreira, já lançaram 17 álbuns de estúdio, 3 álbuns ao vivo e um álbum de covers. As gravações de maior sucesso do grupo são Under the Influence (1988), The Years of Decay (1989), I Hear Black (1993), The Electric Age (2012) e White Devil Armory (2014), as quais estrearam nas posições 142, 155, 122, 77, e 31 respectivamente na parada musical Billboard 200. Até 2006, o Overkill havia vendido 625.000 álbuns nos EUA desde o início da era SoundScan, e mais de 16 milhões pelo mundo até 2012. 

História.

Surgimento: Anos 80.

O Overkill nasceu em Nova York (EUA) em 1980, logo depois da explosão do heavy metal e do Thrash metal da Bay Area de São Francisco. Após uma sucessão de troca de guitarristas, a formação da banda se estabilizou em 1982 com Bobby "Blitz" Ellsworth no vocal, Bobby Gustafson na guitarra, D. D. Verni no baixo e Rat Skates na bateria. Originalmente o nome no grupo era Virgin Killer, mas rapidamente mudaram para "Overkill", inspirados pela música homônima do Motörhead. 

Antes de lançarem o primeiro álbum, a banda já havia gravado as demos Power In Black (1983) e Rotten To The Core (1984), além de participarem com a música “Death Rider” da compilação Metal Massacre 5 (1984), produzida pela Metal Blade Records. No ano seguinte é lançado o primeiro álbum da banda, Feel the Fire, que apesar da produção de Alex Perialas e Jon Zazula, contou com pouca qualidade técnica da Megaforce Records. 

A Atlantic Records assina parceria com a Megaforce e investe mais na banda de um modo geral. As gravações ficam melhores em Taking Over, o segundo trabalho do Overkill, que sai em 1987. Para a divulgação do álbum, a banda entra em tour. Dela são gravadas 4 faixas ao vivo: "Rotten to the Core", "HammerHead", "Electro-Violence" e "Use Your Head", mais a inédita "Fuck You", gravada no Phantasy Theatre (Cleveland), em junho, que vão para o EP Fuck You. A capa era a foto de um dedo médio levantado e gerou muita polêmica até ser censurado e a gravadora obrigada a lançá-lo com uma embalagem de plástico fosco. Como em todo trabalho do Overkill, a piada aqui é a música “You Are My Sunshine” tocada no meio de “Rotten To The Core”. 

Ainda em 1987 a Atlantic Records lança Power Chords, Vol. 1, uma compilação em que o Overkill participa com a música “Wrecking Crew”. Entre outras bandas, fizeram parte Anthrax com “N.F.L.”, Testament com “Apocalyptic City”, Savatage com “Hall of the Mountain King” e Manowar com “Black Wind, Fire and Steel”. 

No final da tour de Taking Over, o baterista Rat Skates deixa a banda e em seu lugar entra Sid Falck. Em 1988 é lançado Under the Influence, que vendeu mais de 300 mil cópias no mundo e trouxe clássicos como "Never Say Never" e "Helo from the Gutter"; esta última ganhou um videoclipe que, com sua constante exibição nas TVs americanas, trouxe maior popularidade para a banda. As fotos da capa são de Frank White e de Dan Muro. 

The Years of Decay é lançado no ano seguinte, 1989. Destacam-se as faixas "Skullkrusher", a faixa-título e o clássico absoluto "Elimination", presente nos set-lists até os dias de hoje. A faixa “E.Vil N.Ever D.Ies” marca o final da sequência que se originou com a música “Overkill” de Feel the Fire, “Overkill II (The Nightmare Continues)” de Taking Over e “Overkill III (Under the Influence)” de Under The Influence. Além disso, percebe-se que a fase mais voltada ao ocultismo nas letras e peso arrastado chega ao fim. Nessa época sai o guitarrista Bobby Gustafson e para seu lugar são recrutados Merritt Gant e Rob Cannavino, que havia sido roadie do Armored Saint e do próprio Overkill por um longo tempo. 

Anos 90.

Em 1991 a banda grava um dos melhores álbuns da carreira, “Horrorscope”. Com arranjos melhores e som mais trabalhado, se tornou um dos clássicos do thrash metal. A curiosidade aqui é a cover de “Frankenstein” de Edgar Winter. A banda começa a ser mais conhecida fora dos EUA mas o baterista Sid Falck sofre um acidente de carro e tem que deixar a banda. Tim Mallere (ex-M.O.D.) preenche sua vaga. 

Depois de um tempo para a banda fazer tour e se adaptar ao novo baterista, sai “I Hear Black” em 1993 com o novo produtor Alex Perialas, que é apontado como responsável por tirar parte da cadência e da energia da banda no álbum. As fotografias ficam por conta de Amy Guip e o design de capa por Larry Freemantle. 

Em 1994 a banda resolve voltar ao feeling do som mais antigo e produz, pela primeira vez sozinha, o álbum “W.F.O.” (Wide Fucking Open). O trabalho fica bem diferente dos anteriores, trazendo algumas mudanças nítidas como o baixo, que está mais claro e evidente. 

Para comemorar o aniversário de 10 anos da banda, é lançado em outubro de 1995 “Wrecking Your Neck” pela CMC Records. O álbum foi gravado ao vivo em um show de Cleveland e as fotos de capa são de Andreas Schowe. 

Mais um álbum ao vivo sai em outubro de 1996. “!!!Fuck You!!! and Then Some” traz a cover de “Hole in the Sky” do Black Sabbath e tem design de capa assinado por Peter Tsakiris. 

A banda sofre novamente abalos em sua formação quando Merritt Gant deixa a banda para se casar e Rob Cannavino decide se dedicar à corrida de moto profissional. Nos lugares deixados pelos guitarristas entram Joe Comeau e Sebastian Marino. 

Com nova formação, o álbum seguinte é produzido novamente pela própria banda. “The Killing Kind” é lançado em 1996 e é considerado um dos álbuns de melhor produção que eles já tiveram. 

O ano de 1997 é marcado para o Overkill com muito trabalho. Além da tour, participam ainda do “Tribute To Judas Priest: Legends Of Metal” com a música "Tyrant" e em setembro do mesmo ano é lançado o álbum “From the Underground and Below”. 

O próximo álbum de estúdio, “Necroshine”, é lançado em fevereiro de 1999 e, logo depois, em outubro é a vez de “Coverkill”, um álbum somente de covers muito curioso pela diversidade de estilos. Entre os covers estão "Hole in the Sky" "Cornucopia" e "Never Say Die" do Black Sabbath, “Space Truckin" do Deep Purple, "Deuce" do Kiss, "Tyrant" do Judas Priest, "Death Tone" do Manowar, "Hymn 43" do Jethro Tull, "Ain't Nothin' To Do" do Dead Boys, "No Feelings" do Sex Pistols, "I'm Against It", do Ramones e, claro, "Overkill" do Motörhead. 

Anos 2000.

Novamente há problemas com os guitarristas e Sebastian Marino e Joe Comeau saem da banda sendo substituídos por Dave Linsk e Derek Tailer. Com essa formação e ainda hoje na ativa a banda lança o álbum “Bloodletting” em outubro de 2000 pela Metal-Is Records. O design de capa é de Travis Smith. 

Em novembro do mesmo ano a banda inicia uma tour pela Europa como convidado especial da Halford's "Resurrection" world tour. Desde então o Overkill não tinha encontrado um novo segundo guitarrista, no entanto, Joe Comeau entra temporariamente para a tour. Como a esposa de D. D. Verni estava prestes a dar à luz ao seu segundo filho, ele foi substituído temporariamente por Derek "The Skull" Tailer da banda SMF de Dee Snider. No início de 2001, Derek Tailer foi anunciado como um membro permanente do Overkill, não no baixo, mas no lugar vago na guitarra. 

Depois de uma pausa, o Overkill ressurge em 2002 com "Wrecking Everything", seu segundo álbum ao vivo, gravado no Teatro Paramount, em Asbury Park, Nova Jersey. O álbum continha somente músicas que não tinham sido lança das em Wrecking Your Neck. A mesma ocasião foi utilizado para gravar, pela primeira vez, um DVD, o "Wrecking Everything - An Evening In Asbury Park", também lançado em 2002. 

Na tour europeia, em Junho de 2002, durante o último show da turnê em Nuremberg, Alemanha, Blitz sofreu um derrame no palco e desmaiou. Durante cerca de quatro dias, corriam rumores desenfreados, relatando que Blitz estava em coma, permanentemente paralisado ou mesmo que Blitz tinha morrido. Por último, três dias depois, a banda anunciou que aquilo não teve consequências duradouras, assim como nenhuma causa que poderia ser determinada pelos médicos. 

Overkill entra em estúdio no final de 2002 para gravar seu próximo álbum de estúdio, "Killbox 13". Produzido pela banda e por Colin Richardson e lançado em março de 2003. O álbum foi aclamado pela crítica, Que combina o então Overkill com seu estilo cru antigo, tal como apresentado no álbum de estreia "Feel The Fire". Para a distribuição do álbum incluía uma série de festivais europeus durante o verão, e uma turnê europeia seguida em novembro com Seven Witches. A banda tocou sem Derek Tailer, que esteve ausente por motivos não revelados. Ninguém foi contratado para preencher para ele, de modo que o Overkill excursionou como um quarteto, pela primeira vez desde 1990. Tailer ainda era considerado um pleno membro da banda. 

No final de 2004, após uma turnê japonesa com Death Angel e Flotsam and Jetsam, a banda começou a trabalhar em outro álbum no seu próprio estúdio de gravação. O álbum, "ReliXIV", foi produzido e mixado pela própria banda e lançado em março de 2005. 

Em maio de 2005, foi anunciado que Tim Mallare não iria participar nesta tour, para substituí-lo foi chamado o ex-baterista Ron Lipnicki Hades. Poucas semanas depois, a banda anunciou que Tim Mallare tinha deixado a banda permanentemente e Lipnicki seu substituto. Após uma tour nos EUA a banda foi adicionada ao Gigantour de 2006. 

Agora com a gravadora Bodog Music, a banda começa a reunir forças com Jonny e Zazula Marsha, os anteriores proprietários da Megaforce Records, que agora são parte da equipe Bodog nos Estados Unidos. O Overkill lança seu 15º álbum de estúdio, "Immortalis", em 9 de outubro de 2007 com a participação do vocalista do Lamb Of God, Randy Blythe, na música "Skull and Bones". 

2010 - atualmente.

Em 30 de outubro de 2009, foi revelado que o Overkill fechou um contrato com a Nuclear Blast Records. O álbum seguinte, "Ironbound", é descrito como uma verdadeira obra de thrash metal, cujo lançamento ocorreu em 29 de janeiro de 2010. Durante a turnê de 2010, passaram por algumas cidades brasileiras. 

Em 2012 lançaram seu 16º álbum de estúdio intitulado The Electric Age, mantendo o mesmo nível do CD anterior. Passaram novamente pelo Brasil no meio do ano para a divulgação do álbum. 

Em julho de 2014 lançam o 17º álbum de estúdio intitulado White Devil Armory com a mesma formação do álbum anterior. O disco chega ao nº31 da Billboard 200, marcando a melhor posição da banda na parada americana até hoje. Na primeira semana, 8.400 cópias foram vendias nos Estados Unidos, superando as vendas dos dois últimos álbuns. A banda, então, embarca em uma turnê pela América do Norte e Europa até o fim do ano. Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

Atuais.

Bobby "Blitz" Ellsworth (Vocal, desde 1980)
Carlos "D.D." Verni (Baixo, desde 1980)
Dave Linsk (Guitarra, desde 1999)
Derek Tailer (Guitarra, desde 2001)
Ron Lipnicki (Bateria, desde 2005)

Ex-Integrantes.

Rat Skates (Bateria, 1980-1987)
Robert "Riff Thunder" Pisarek (Guitarra, 1980-1981)
Dan Spitz (Guitarra, 1981)
Anthony Ammendolo (Guitarra, 1981)
Rich Conte (Guitarra, 1981-1982)
Mike Sherry (Guitarra, 1981-1982)
Joe (Guitarra, 1982)
Bobby Gustafson (Guitarra, 1982-1990)
Bob "Sid" Falck (Bateria, 1987-1992)
Tim Mallare (Bateria, 1992-2005)
Rob Cannavino (Guitarra, 1990-1995)
Merritt Gant (Guitarra, 1990-1995)
Joe Comeau (Guitarra, 1995-1999)
Sebastian Marino (Guitarra, 1995-2000)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Bitrate: 320Kbps.

Álbuns.

Feel The Fire (1985)
 
01. Raise the Dead (4:20)
02. Rotten to the Core (5:00)
03. There's No Tomorrow (3:23)
04. Second Son (3:54)
05. Hammerhead (4:02)
06. Feel the Fire (5:53)
07. Blood and Iron (2:40)
08. Kill at Command (4:48)
09. Overkill (3:28)
10. Sonic Reducer (2:55)


Taking Over (1987)
 
01. Deny The Cross (4:44)
02. Wrecking Crew (4:32)
03. Fear His Name (5:25)
04. Use Your Head (4:19)
05. Fatal If Swallowed (6:47)
06. Powersurge (4:37)
07. In Union We Stand (4:26)
08. Electro-Violence (3:45)
09. Overkill II (The Nightmare Continues) (7:08)


Under The Influence (1988)
 
01. Shred (4:06)
02. Never Say Never (4:59)
03. Hello From The Gutter (4:14)
04. Mad Gone World (4:32)
05. Brainfade (4:09)
06. Drunken Wisdom (6:18)
07. End Of The Line (7:04)
08. Head First (6:02)
09. Overkill III (Under The Influence) (6:32)


The Years Of Decay (1989)
 
01. Time To Kill (6:17)
02. Elimination (4:35)
03. I Hate (3:47)
04. Nothing To Die For (4:22)
05. Playing With Spiders/Skullkrusher (10:15)
06. Birth Of Tension (5:05)
07. Who Tends The Fire (8:12)
08. The Years Of Decay (8:00)
09. E.vil N.ever D.ies (5:51)


Horrorscope (1991)
 
01. Coma (5:23)
02. Infectious (4:04)
03. Blood Money (4:08)
04. Thanx For Nothin' (4:08)
05. Bare Bones (4:52)
06. Horrorscope (5:49)
07. New Machine (5:19)
08. Frankenstein (3:29)
09. Live Young, Die Free (4:11)
10. Nice Day... For A Funeral (6:18)
11. Soulitude (5:26)


Rotten To The Core (Bootleg 1992)
 
01. Rotten To The Core (5:20)
02. Fatal Is Swallowed (6:20)
03. The Answer (9:08)
04. Overkill (3:57)
05. Overkill (Demo) (3:13)
06. The Beast Within (Demo) (3:51)
07. There's No Tomorrow (Demo) (3:18)
08. Death Rider (Demo) (3:32)
09. Raise The Dead (Demo) (3:04)
10. Hole In The Sky (Live) (3:43)
11. E.Vil N.Ever D.Ies (Live) (6:11)
12. Rotten To The Core (Live) (5:10)
13. Second Son (Live) (3:59)
14. Hammerhead (Live) (4:41)
15. Overkill (Live) (3:32)


I Hear Black (1993)
 
01. Dreaming In Columbian (4:01)
02. I Hear Black (5:37)
03. World Of Hurt (5:20)
04. Feed My Head (5:36)
05. Shades Of Grey (5:19)
06. Spiritual Void (5:14)
07. Ghost Dance (1:46)
08. Weight Of The World (4:07)
09. Ignorance And Innocence (5:00)
10. Undying (5:25)
11. Just Like You (4:17)
12. Killogy (3:12)


Elvis Is Dead (Bootleg 1993)
 
01. Coma (6:00)
02. Blood Money (7:21)
03. New Machine (4:51)
04. Power Search (9:53)
05. Soulitude (6:03)
06. Hello From The Gutter (10:02)
07. Overkill II (5:42)
08. Horrorscope (6:03)
09. Frankenstein (4:07)
10. Thanx For Nothing (5:08)
11. In Union We Stand (4:32)
12. Liberation (5:19)
13. I Hate You (3:15)


W.F.O. (1994)
 
01. Where It Hurts (5:34)
02. Fast Junkie (4:22)
03. The Wait/New High In Lows (5:46)
04. They Eat Their Young (4:57)
05. What's Your Problem (5:10)
06. Under One (4:15)
07. Supersonic Hate (4:17)
08. R.I.P. (Undone) (1:44)
09. Up To Zero (4:08)
10. Bastard Nation (5:39)
11. Gasoline Dream (6:49)


Wrecking Your Neck (Live 1995)
 
CD 1.

01. Where It Hurts (7:26)
02. Infectious (4:06)
03. Coma (4:00)
04. Supersonic Hate (4:39)
05. Wrecking Crew (1:14)
06. Powersurge (4:12)
07. The Wait/New High In Lows (6:11)
08. Skullkrusher (6:16)
09. Spiritual Void (4:55)
10. Hello From the Gutter (2:43)
11. Anxiety (1:50)
12. Elimination (5:05)
13. Fast Junkie (4:07)
14. World Of Hurt (4:59)

CD 2.

01. Gasoline Dream (7:40)
02. Rotten To The Core (5:39)
03. Horrorscope (5:58)
04. Under One (3:56)
05. New Machine (4:20)
06. Thanx For Nothin' (5:05)
07. Bastard Nation (5:58)
08. Fuck You (7:03)


The Killing Kind (1996)
 
01. Battle (4:31)
02. God-Like (4:11)
03. Certifiable (3:25)
04. Burn You Down/To Ashes (6:47)
05. Let Me Shut That For You (5:20)
06. Bold Face Pagan Stomp (5:42)
07. Feeding Frenzy (4:14)
08. The Cleansing (5:50)
09. The Mourning After/Praivate Bleeding (4:37)
10. Cold, Hard Fact (5:20)
11. Cornucopia (4:47)


!!!Fuck You!!! And Then Some (Coletânea 1996)
 
01. Fuck You (Studio Version) (2:21)
(Live At The Phantasy Theatra, Cleveland, OH, June 3, 1987)
02. Rotten To The Core (6:41)
03. Hammerhead (3:57)
04. Use Your Head (5:19)
05. Electro-Violence (3:50)
06. Fuck You (2:28)
(Live At The Ritz, New York City, NY, January 27, 1990)
07. Hole In The Sky (3:43)
08. E.Vil N.Ever D.Ies (6:12)
(From The Overkill EP)
09. Rotten To The Core (5:14)
10. Fatal If Swallowed (6:21)
11. The Answer (8:50)
12. Overkill (3:42)


From The Underground And Below (1997)
 
01. It Lives (4:32)
02. Save Me (4:56)
03. Long Time Dyin' (4:53)
04. Genocya (4:45)
05. Half Past Dead (5:30)
06. F.U.C.T. (4:56)
07. I'm Alright (5:50)
08. The Rip N' Tear (4:19)
09. Promises (4:50)
10. Little Bit O' Murder (4:15)
11. Space Truckin' (Bonus Track) (4:01)


Coverkill (1999)
 
01. Overkill (Motörhead) (4:17)
02. No Feelings (Sex Pistols) (2:37)
03. Hymn 43 (Jethro Tull) (2:59)
04. Changes (Black Sabbath) (4:58)
05. Space Truckin' (Deep Purple) (4:00)
06. Deuce (Kiss) (3:05)
07. Never Say Die (Black Sabbath) (3:26)
08. Death Tone (Manowar) (4:24)
09. Cornucopia (Black Sabbath) (4:47)
10. Tyrant (Judas Priest) (4:01)
11. Ain't Nothin' To Do (Dead Boys) (2:14)
12. I'm Against It (Ramones) (2:44)


Necroshine (1999)
 
01. Necroshine (6:03)
02. My December (5:01)
03. Let Us Prey (6:40)
04. 80 Cycles (5:50)
05. Bevelation (4:40)
06. Stone Cold Jesus (5:19)
07. Forked Tongue Kiss (4:03)
08. I Am Fear (4:31)
09. Black Line (4:44)
10. Dead Man (4:23)
11. No Feelings (Bonus Track) (2:37)


Bloodletting (2000)
 
01. Thunderhead (5:39)
02. Bleed Me (4:31)
03. What I'm Missin' (4:37)
04. Death Comes Out To Play (5:03)
05. Let It Burn (5:19)
06. I, Hurricane (5:04)
07. Left Hand Man (6:10)
08. Blown Away (6:44)
09. My Name Is Pain (4:18)
10. Can't Kill A Dead Man (4:06)
11. We Gotta Get Out Of This Place (3:07)


The Masters Of Destruction: Live From The Longhorn (Bootleg 2000)
 
01. Intro - Ave Satani (1:35)
02. The Battle (4:37)
03. Hello From The Gutter (4:38)
04. Bleed Me (4:56)
05. Bastard Nation (5:05)
06. Necroshine (4:35)
07. Thunderhead (6:03)
08. Rotten To The Core (5:48)
09. Elimination (5:27)
10. In Union We Stand (5:38)
11. Long Time Dyin' (6:55)
12. Fuck You (4:42)
13. Scullcrusher (9:14)
14. Fuck You/I hate Medley (8:46)


Wrecking Everything (Live 2002)
 
01. Necroshine (5:56)
02. Thunderhead (6:22)
03. Evil Never Dies (4:42)
04. Deny The Cross (5:11)
05. I Hate (3:54)
06. Shred (3:56)
07. Bleed Me (4:29)
08. Long Time Dyin' (7:24)
09. It Lives (4:26)
10. Battle (5:29)
11. The Years Of Decay (9:52)
12. In Union We Stand (5:10)
13. Overkill (4:02)

Link.

Hello From The Gutter: The Best Of Overkill (2002)
 
CD 1.

01. Hello From The Gutter (Live) (2:38)
02. Necroshine (6:04)
03. God-Like (4:14)
04. Powersurge (Live) (4:10)
05. Never Say Die (Cover Version) (3:27)
06. Coma (Live) (4:00)
07. The Rip N'Tear (4:20)
08. Battle (4:34)
09. Electro-Violence (Live) (3:26)
10. Thunderhead (5:42)
11. Overkill (3:30)
12. Fuck You (2:18)

CD 2.

01. Rotten To The Core (5:02)
02. Bleed Me (4:33)
03. Long Time Dyin' (4:56)
04. Fatal If Swallowed (6:22)
05. Elimination (Live) (4:41)
06. Black Line (4:46)
07. Overkill (Cover Version) (4:17)
08. World Of Hurt (Live) (4:56)
09. Hammerhead (4:04)
10. Skullcrusher (Live) (6:25)
11. Kill At Command (4:51)
12. Bastard Nation (Live) (5:32)


The Years Of Decay: Live In Europe (Bootleg 2002)
 
01. Time To Kill (6:18)
02. Elimination (4:37)
03. I Hate (3:49)
04. Nothing To Die For (4:24)
05. Playing With Spiders/Skullkrusher (10:15)
06. Birth Of Tension (5:05)
07. Who Tends The Fire (8:11)
08. The Years Of Decay (7:56)
09. E.Evil N.Ever D.Ies (5:53)
10. Rotten To The Core (5:10)
11. Second Son (3:59)
12. Hammerhead (4:41)
13. Overkill (3:32)


Killbox 13 (2003)
 
01. Devil By The Tail (5:26)
02. Damned (4:14)
03. No Lights (5:53)
04. The One (4:59)
05. Crystal Clear (5:04)
06. The Sound Of Dying (4:57)
07. Until I Die (5:20)
08. Struck Down (4:42)
09. Unholy (4:40)
10. I Rise (5:12)
Live Bonus Tracks.
11. Hello From The Gutter (4:03)
12. Elimination (4:52)


Unholy (Coletânea 2004)
 
CD 1.

01. Necroshine (5:56)
02. Thunderhead (6:22)
03. Evil Never Dies (4:42)
04. Deny The Cross (5:11)
05. I Hate (3:54)
06. Shred (3:56)
07. Bleed Me (4:29)
08. Long Time Dyin' (7:24)
09. It Lives (4:26)
10. Battle (5:29)
11. The Years Of Decay (9:52)
12. In Union We Stand (5:10)
13. Overkill (4:02)

CD 2.

01. Devil By The Tail (5:25)
02. Damned (4:14)
03. No Lights (5:53)
04. The One (4:59)
05. Crystal Clear (5:04)
06. The Sound Of Dying (4:57)
07. Until I Die (5:20)
08. Struck Down (4:42)
09. Unholy (4:40)
10. I Rise (5:09)


ReliXIV (2005)
 
01. Within Your Eyes (6:06)
02. Love (5:40)
03. Loaded Rack (4:44)
04. Bats In The Belfry (4:48)
05. A Pound Of Flesh (3:38)
06. Keeper (5:13)
07. Wheelz (5:11)
08. The Mark (5:54)
09. Play The Ace (5:35)
10. Old School (3:54)
11. Coma (Bonus Track For Japan only) (4:55)


Immortalis (2007)
 
01. Devils In The Mist (4:35)
02. What It Takes (4:29)
03. Skull And Bones (5:55)
04. Shadow Of A Doubt (4:52)
05. Hellish Pride (5:17)
06. Walk Through Fire (4:08)
07. Head On (5:21)
08. Chalie Get Your Gun (4:28)
09. Hell Is (4:41)
10. Overkill V...The Brand (5:37)


Ironbound (2010)
 
01. The Green And Black (8:12)
02. Ironbound (6:33)
03. Bring Me The Night (4:15)
04. The Goal Is Your Soul (6:41)
05. Give A Little (4:41)
06. Endless War (5:41)
07. The Head And Heart (5:11)
08. In Vain (5:13)
09. Killing For A Living (6:14)
10. The SRC (5:07)

Link.

The Electric Age (2012)
 
01. Come And Get It (6:18)
02. Electric Rattlesnake (6:20)
03. Wish You Were Dead (4:19)
04. Black Daze (3:55)
05. Save Yourself (3:44)
06. Drop The Hammer Down (6:25)
07. 21st Century Man (4:13)
08. Old Wounds, New Scars (4:12)
09. All Over But The Shouting (5:30)
10. Good Night (5:37)


Live In San Francisco, 03.11.86 + Demo 1983 (Bootleg 2012)
 
01. Raise The Dead (3:41)
02. Rotten To The Core (4:54)
03. Second Son (3:57)
04. Sonic Reducer (3:27)
05. Hammerhead (3:56)
06. Fuck You! (3:30)
07. Blood And Iron (3:30)
08. Feel The Fire (5:48)
09. Overkill (3:52)
Demos.
10. Overkill (3:10)
11. The Beast Within (3:51)
12. No Tomorrow (3:16)
13. Deathrider (3:35)
14. Raise The Dead (3:02)


Live From OZ (2013)
 
01. Horrorscope (5:32)
02. Long Time Dyin (4:11)
03. Necroshine (7:27)
04. Walk Through Fire (4:53)


White Devil Armory (2014)
 
01. XDM (0:51)
02. Armorist (3:53)
03. Down To The Bone (4:04)
04. Pig (5:22)
05. Bitter Pill (5:48)
06. Where There's Smoke... (4:20)
07. Freedom Rings (6:53)
08. Another Day To Die (4:56)
09. King Of The Rat Bastards (4:09)
10. It's All Yours (4:27)
11. In The Name (6:05)
Bonus Tracks.
12. The Fight Song (5:13)
13. Miss Misery (4:32)


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

5 comentários :

  1. Long Live Thrash Metal
    Adoro o blog
    Grande Abraço de Portugal

    ResponderExcluir
  2. Classico!!!! Otima discografia, obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Alex essa tu matou a pau...Discografia da hora..show

    ResponderExcluir
  4. Clássico <3
    Amo o blog,abraços da Bolívia!

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.