Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

23 de março de 2017

Biohazard - Discografia.

Biohazard é uma banda surgida no Brooklyn (Nova Iorque) em 1988, época onde as primeiras bandas misturavam o metal pesado e o hardcore punk com os elementos do hip hop e rap. O som agressivo da banda, resultou em letras sobre a deterioração urbana, crimes, corrupção e a ruína social. Spark. 

História.

Sua formação era: Evan Seinfeld (vocalista e baixista), Billy Graziadei (vocalista e guitarrista), Bobby Hambel (guitarrista), Tinga (tecladista) e Meo (baterista), que logo foi substituído por Danny Schuler. 

Em 1990 foi lançado o primeiro álbum, chamado Biohazard. Esse disco expressa pontos de vista políticos e discute os problemas que a juventude urbana enfrenta, pois os membros passaram por isso. 

O segundo álbum Urban Discipline é lançado em 1992, fruto de contrato assinado com a gravadora Roadrunner. Eles conseguiram atrair fãs do punk e metal. A banda fez uma turnê e começou a tocar com outros grupos, como House of Pain, Sick of It All, Fishbone e Kyuss. O vídeo musical de "Punishment" não saía da programação da MTV. 

Juntamente com o grupo Onyx, em 1993, o Biohazard gravou duas canções: "Judgment Night" e "Slam". 

Em 1994 lançaram o disco State of the World Address, que foi gravado em Los Angeles, pela gravadora Warner Bros. Ainda nesse ano, o logo do Biohazard, foi eleito o mais popular de seu tipo, na votação feita pela revista Rolling Stone. 

Em 1995 a banda Die Krupps convidou Evan e Billy, para remixar e gravar uma versão da canção "Bloodsuckers" do Die Krupps e eles aceitaram. 

Em 1996, antes de gravar o próximo álbum, Bobby saiu da banda por motivos musicais, físicos e espirituais. Ele ficou um tempo separado da banda e quando voltou, queria dar ordens e estava seguindo direções diferentes dos caras. Então o restante da banda achou melhor que ele caísse fora para não conturbar o ambiente e as gravações do disco. Depois desse acontecimento, o trio entra em estúdio e grava o Mata Leao. Destaque para as canções: "Authority", "These Eyes", "Modern Democracy" e "Waiting To Die". Logo após o lançamento, entrou na banda o guitarrista Rob Echeverria, que acompanhou a banda na turnê do novo álbum. Em agosto tocaram no festival "Philips Monsters of Rock" em São Paulo. Um pouco antes da banda entrar no palco, Evan recebeu a notícia que seu pai tinha falecido, mas mesmo assim ele suportou a dor e fez um bom concerto. 

Em 1997, o Biohazard decidiu lançar um álbum completamente ao vivo para seus fãs e no concerto em Hamburgo (Alemanha), gravam o No Holds Barred. O disco tem algumas canções de todos os álbuns anteriores. No final desse ano, o Biohazard aterrissou no Brasil e fez concertos, inclusive em Santos que ainda teve a presença de Andreas do Sepultura. Num concerto em Londres, Keith subiu no palco e eles tocaram "Breathe", famosa canção do The Prodigy. 

No final de maio de 1999, foi lançado New World Disorder, álbum com quatorze canções inéditas e também uma faixa CD-ROM, onde tem um vídeo musical demo, entrevistas e fotos. Participaram da gravação do disco, os músicos: Igor Cavalera (ex-Sepultura e atualmente no Cavalera Conspiracy), Christian Wolbers (Fear Factory), NWD e Sticky Fingaz (Onyx). 

No começo de 2000 foi anunciada a saída do guitarrista Rob Echeverria. 

Em 2001 lançaram o disco Tales From The B-Side que são canção que não entraram nos álbuns anteriores, famosos B-sides. No dia 7 de março, o Biohazard veio pela terceira vez ao Brasil numa apresentação única no DirecTV Music Hall (São Paulo). O álbum Uncivilization, produzido por Jive Jones, foi lançado no começo de setembro. A faixa "Last Man Standing" tem a participação especial de Sem Dog do Cypress Hill. Eles contrataram um novo guitarrista, chamado Leo Curley. 

Em 2008, voltaram com a formação original (Evan, Danny, Billy e Bobby) para comemorar os 20 anos da banda (20th Aniversary Reunion Tour), sendo que passaram pelo Brasil. O Biohazard tocou no festival paulista Maquinaria Rock Fest em 17 de maio de 2008. 

Em 2010 a banda faz uma turnê pela a América do Sul, passando por tres cidades brasileiras, São Paulo, Porto Alegre e o festival "Araraquara Rock" em Araraquara. Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

Atuais.

Billy Graziadei (Guitarra, Vocais, 1987-2006, desde 2008)
Bobby Hambel (Guitarra, 1987-1995, desde 2008)
Danny Schuler (Bateria, 1988-2006, desde 2008)

Ex-Integrantes.

Anthony Meo (Bateria, 1987-1988)
Rob Echeverria (Guitarra Principal, 1996-2000)
Leo Curley (Guitarra Principal, 2000-2002)
Carmine Vincent (Guitarra Principal, 2002)
Evan Seinfeld (Vocal Principal, Baixo, 1987-2006, 2008-2011)
Scott Roberts (Guitarra Principal, 2002-2005, Baixo, Vocais, 2011-2016)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Biohazard (1990)
 
01. Retribution
02. Victory
03. Blue Blood
04. Howard Beach
05. Wrong Side Of The Tracks
06. Justified Violence
07. Skinny Song
08. Hold My Own
09. Pain
10. Panic Attack
11. Survival Of The Fittest
12. There And Back
13. Scarred For Life


Urban Discipline (1992)
 
01. Chamber Spins Three
02. Punishment
03. Shades Of Grey
04. Business
05. Black And White And Red All Over
06. Man With A Promise
07. Disease
08. Urban Discipline
09. Loss
10. Wrong Side Of The Tracks
11. Mistaken Identity
12. We're Only Gonna Die (From Our Own Arrogance)
13. Tears Of Blood


How It Is (Promo 1994)
 
01. How It Is (Edit)
02. How It Is (Album Version)
03. Tales From The Hard Side (Live)


How It Is (Single 1994)
 
01. How It Is (Album Version)
02. How It Is (Brooklyn Bootleg #1)
03. How It Is (Brooklyn Bootleg #2)
04. Tales From The Hard Side (Live In Berlin) (Non-Album Version)
05. How It Is (Lethal H.O.P. Mix)
06. How It Is (Brooklyn Bootleg #3)


Tales From The Hard Side (Single 1994)
 
01. Tales From The Hard Side (LP Version)
02. State Of The World Address (Live)
03. Down For Life (Live)
04. Tales From The Hard Side (Live)


State Of The World Address (1994)
 
01. State Of The World Address
02. Down For Life
03. What Makes Us Tick
04. Tales From The Hard Side
05. How It Is
06. Remember
07. Five Blocks To The Subway
08. Each Day
09. Failed Territory
10. Lack There Of
11. Pride
12. Human Animal
13. Cornered
14. Love Denied


A Lot To Learn (Single 1996)
 
01. A Lot To Learn (Clean More Version)
02. A Lot To Learn (More Version)
03. A Lot To Learn (Album Version)


Mata Leão (1996)
 
01. Authority
02. These Eyes (Have Seen)
03. Stigmatized
04. Control
05. Cleansing
06. Competition
07. Modern Democracy
08. Better Days
09. Gravity
10. A Lot to Learn
11. Waiting to Die
12. A Way
13. True Strengths
14. Thorn
15. In Vain
16. Three Point Back (Bonus Track)


No Holds Barred: Live In Europe (1997)
 
01. Shades Of Grey
02. What Makes Us Tick
03. Authority
04. Urban Discipline
05. Modern Democracy
06. Love Denied
07. Business
08. Tales From The Hardside
09. Better Days
10. Victory
11. Survival Of The Fittest
12. Blue Blood
13. Black And White And Red All Over
14. Victory (Reprise)
15. How It Is
16. After Forever
17. Tears Of Blood
18. German Lesson #7
19. Chamber Spins Three
20. Wrong Side Of The Tracks
21. Waiting To Die
22. These Eyes (Have Seen)
23. Punishement
24. Hold My Own


Switchback (Single 1999)
 
01. Switchback
02. Power
03. Not Worth Shit
04. Switchback (Clean)


New World Disorder (1999)
 
01. Resist
02. Switchback
03. Salvation
04. End Of My Rope
05. All For None
06. Breakdown
07. Inner Fear On
08. Abandon In Place
09. Skin
10. Camouflage
11. Decline
12. Cycle Of Abuse
13. Dogs Of War
14. New World Disorder
Bonus Tracks.
15. Power
16. Not Worth Shit
17. Friend Or Foe


Uncivilization (2001)
 
01. Sellout
02. Uncivilization
03. Wide Awake
04. Get Away
05. Unified
06. Gone
07. Letter Go
08. Last Man Standing
09. HFFK
10. Domination
11. Trap
12. Plastic
13. Cross The Line


Tales From The B-Side (2001)
 
01. Three Point Back
02. Falling
03. Sumptin' To Prove (Demo Version)
04. Slam (Remix)
05. Beaten
06. How It Is (Remix)
07. Sadman
08. Enslaved
09. Judgement Night
10. Inhale
11. Piece Of Mind
12. Shades Of Grey (Demo Version)
13. Punishment (Demo Version)


Kill Or Be Killed (2003)
 
01. Intro
02. World On Fire
03. Never Forgive Never Forget
04. Kill Or Be Killed
05. Heads Kicked In
06. Beaten Senseless
07. Make My Stand
08. Open Your Eyes
09. Penalty
10. Dead to Me
11. Hallowed Ground


Means To An End (2005)
 
01. My Life, My Way
02. The Fire Burns Inside
03. Killing To Be Free
04. Filled With Hate
05. Devotion
06. Break It Away From Me
07. Kings Never Die
08. Don't Stand Alone
09. To The Grave
10. Set Me Free


Reborn In Defiance (2012)
 
01. 9:IIIX6.941
02. Vengeance Is Mine
03. Decay
04. Reborn
05. Killing Me
06. Countdown Doom
07. Come Alive
08. Vows Of Redemption
09. Waste Away
10. You Were Wrong
11. Skullcrusher
12. Never Give In
13. Season The Sky


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

Um comentário :

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.