Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

15 de dezembro de 2010

Cactus - Discografia.

Tudo começou em 1967 com o Vanilla Fudge, banda formada por Tim Bogart (baixo, vocais), Carmine Appice (bateria), Mark Stein (teclados, vocais) e Vince Martell (guitarra, vocais). Seu som era um pouco indefinido, pois mesclavam influências de música sinfônica e hard-rock ao mesmo tempo tanto em músicas próprias como versões (Eleanor Rigby dos Beatles por exemplo). 

Depois de dois anos e um relativo sucesso nos EUA, brigas internas acabaram decretando o fim da banda. Bogart e Appice acabaram sendo convidados por Jeff Beck prá formarem uma super banda ao lado dele e de Rod Stewart, porém nessa época Beck acabou sofrendo um acidente sério que o deixou fora de circulação por um bom tempo. Bogart e Appice não iriam aguentar ficar tanto tempo parados, e acabaram convidando o cantor Rusty Day, vindo do Amboy Dukes (banda de Ted Nugent) e o guitarrista Jim McCarty, que havia tocado no Mitch Ryder Detroit Wheels e no Buddy Miles Express. Com essa formação gravam seu clássico primeiro disco, intulado somente “Cactus”. Com porradas bem rock’n’roll (Let me Swin/Feel so Good), “baladinhas” com pitadas levemente country (My lady from south of Detroit – homenagem à alguma “dama” da cidade natal de Rusty e McCarty) e covers inspiradíssimos (Parchman Farm de Mose Allison e You Can’t Judge a Book by the Cover de Willie Dixon). 

Apesar de fazer um hard super virtuoso a banda não consegue emplacar este disco, e em 1971 lançam mais dois álbuns: One Way… Or Another e Restrictions. Estes dois discos seguiam a fórmula do primeiro disco alternando petardos (Rock’n’Roll Children/Big Mama Boogie/Evil/Sweet Sixteen) à versões novamente inspiradíssimas (Long Tall Sally/Token Chokin’) e as inevitáveis baladinhas (Song for Aries/Alaska) tudo isto misturado com pitadas de boogie e country, resultando em mais dois grandes álbuns de hard rock setentista.

Porém, talvez devido à pouco repercussão destes álbuns na época, novamente brigas internas acabaram fazendo com que Rusty e Bogert saíssem da banda em 1972. Então foram chamados no vocal o cantor Peter French, egresso do Atomic Rooster, e mais dois músicos de Detroit, o tecladista Duane Hitchings e o guitarrista Werner Frittzchings. Com essa formação gravam mais um álbum, o “Ot’n’Sweaty”. 

O lado A do disco vinha com um bom trecho de uma apresentação energética da banda no Festival de Mar Y Sol realizado em Porto Rico (!) em 3 de Abril de 1972. O lado B continha algumas excelentes faixas de estúdio, na mesma linha dos álbuns anteriores. Porém, brigas internas desta vez acabam de vez com a banda. Jim McCarty forma outra banda chamada Shoot, e posteriormente o Rockets; Appice se reencontra com Bogart e desta vez concretizam seu projeto inicial de uma super banda ao lado de Jeff Beck, o Beck Bogert & Appice. O tecladista Duane Hitchings ainda tentou formar uma banda chamada New Cactus Band contando com Jerry Norris na bateria, Roland Robinson no baixo e Mike Pinera na guitarra, este último com passagem pelo Iron Butterfly e Ramatan (banda de Mitch Mitchell ex-baterista do Jimi Hendrix Experience). Gravam um disco até que interessante com esta formação, porém longe das obras-primas do Cactus original. 

No final da década de 70 até a década de 90 os lps do Cactus se tornaram raríssimos, disputados à tapas em sebos, chegavam à custar 50 dólares cada! Nenhum deles chegou à sair no Brasil. Com o advento do cd, os três primeiros títulos foram lançados no mercado japonês, depois o segundo e terceiro disco saíram em edição inglesa e alemã respectivamente (curiosamente até hoje não houve nenhuma edição americana dos mesmos). O quarto disco só saiu em edição pirata (gravada de um vinil em excelente estado – porém infelizmente há um pequeno "pulo" na sétima faixa – Telling You). Porém quem não quiser pagar uma grana preta pelas edições japonesas (e mesmo as europeias) uma boa pedida é a coletânea "Cactology" lançada em 1996 que faz um bom apanhado da obra da banda, incluindo uma faixa inédita do show em Porto Rico. Em 2006 a banda se reuniu e lançou o álbum: Cactus V. Texto: Marcos Antônio Machado (Whiplash). 

Integrantes.

Atuais.

Carmine Appice (Bateria & Vocais, desde 1969)
Jim McCarty (Guitarra, 1969-1971, desde 2006)
Jimmy Kunes (Vocais, desde 2006)
Randy Pratt (Harmônica, desde 2006)
Pete Bremy (Baixo, desde 2015)

Ex-Integrantes.

Tim Bogert (Baixo & Vocais, 1969-1972, 2006)
Rusty Day (Vocais & Harmônica, 1969-1972)
Ron Leejack (Guitarra, 1971)
Albhy Galuten (Piano, 1971)
Duane Hitchings (Teclados, 1971)
Werner Fritzsching (Guitarra, 1972)
Peter French (Vocais, 1972)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro



Álbuns.

Cactus (1970)
 
01. Parchman Farm (3:07)
02. My Lady From South Of Detroit (4:26)
03. Bro. Bill (5:12)
04. You Can’t Judge A Book By The (6:31)
05. Let Me Swin (3:51)
06. No Need To Worry (6:14)
07. Oleo (4:51)
08. Feel So Good (6:04)


One Way…Or Another (1971)
 
01. Long Tall Sally (5:54)
02. Rockout Whatever You Feel Like (3:57)
03. Rock-n-roll Children (5:43)
04. Big Mama Boogie (Parts 1 & 2) (5:30)
05. Feel so Bad (5:37)
06. Song For Aries (3:03)
07. Hometown Bust (6:39)
08. One Way Or Another (5:07)


Restrictions (1971)
 
01. Restrictions (6:17)
02. Token Chokin’ (3:13)
03. Guiltless Glider (8:39)
04. Evil (3:17)
05. Alaska (3:41)
06. Sweet Sixteen (3:19)
07. Bag Drag (5:14)
08. Mean Night In Cleveland (2:09)


‘Ot ‘N’ Sweaty (1972)
 
01. Swim (4:42)
02. Bad Mother Boogie (5:21)
03. Our Lil Rock-N-Roll Thing (7:02)
04. Bad Stuff (3:11)
05. Bringing Me Down (5:25)
06. Bedroom Mazurka (4:38)
07. Telling You (5:09)
08. Underneath The Arches (0:26)


Cactology: The Cactus Collection (1996)
 
01. Evil (3:15)
02. Parchman Farm (3:06)
03. You Can't Judge A Book By The Cover (6:30)
04. One Way...Or Another (5:08)
05. Alaska (3:40)
06. Long Tall Sally (5:54)
07. Let Me Swim (3:50)
08. Bro. Bill (5:10)
09. Rock N' Roll Children (5:44)
10. Song For Aries (3:06)
11. Restrictions (6:16)
12. Oleo (4:51)
13. Feel So Good (6:03)
14. Rumblin' Man (4:20)
15. Bad Stuff (3:11)
16. Parchman Farm (Live) (6:35)


Fully Unleashed: The Live Gigs 1972 (2004)
 
CD 1.

01. Intro/Long Tall Sally (12:16)
02. Bag Drag (3:10)
03. Evil (16:11)
04. Parchman Farm (6:21)
05. Alaska (3:56)
06. Oleo (11:19)
07. No Need To Worry (20:18)
08. Let Me Swim (5:06)

CD 2.

01. Boogie Parts One And Two (15:31)
02. Medley:
Heeby Jeebies
Money
Hound Dog
What'd I Say
(17:04)
03. No Need To Worry (5:08)
04. Parchman Farm (4:30)
05. One Way...Or Another (9:14)
06. Bro. Bill (6:12)
07. Swim (4:44)
08. Bad Mother Boogie (5:25)
09. Our Lil Rock-And-Roll Thing (7:00)
10. Bedroom Mazurka (4:58)


Barely Contained: The Studio Sessions 1972 (2004)
 
CD 1.

01. Parchman Farm (3:06)
02. Bro. Bill (5:13)
03. My Lady From South Of Detroit (4:26)
04. You Can't Judge A Book By The Cover (6:32)
05. Let Me Swim (3:50)
06. No Need To Worry (6:15)
07. Oleo (4:51)
08. Feel So Good (6:04)
09. Sweet Little 16 (5:07)
10. Rumblin' Man (4:22)
11. The Sun Is Shining (5:14)
12. Long Tall Sally (5:54)
13. Rockout, Whatever You Feel Like (4:00)
14. Rock N' Roll Children (5:44)
15. Big Mama Boogie (Pts. 1 & 2) (5:29)
16. Song For Aries (3:06)

CD 2.

01. Feel So Bad (5:31)
02. Hometown Bust (6:39)
03. One Way...Or Another (5:09)
04. Hound Dog Sniffin' (5:19)
05. Restrictions (6:17)
06. Token Chokin' (3:10)
07. Guiltless Glider (8:48)
08. Evil (3:17)
09. Alaska (3:40)
10. Sweet Sixteen (3:19)
11. Bag Drag (5:12)
12. Mean Night In Cleveland (2:11)
13. Bad Stuff (3:12)
14. Bringing Me Down (5:26)
15. Bedroom Mazurka (4:38)
16. Telling You (5:10)
17. Underneath The Arches (0:26)


V (2006)
 
01. Doing Time (4:49)
02. Muscle And Soul (5:39)
03. Cactus Music (4:34)
04. The Groover (4:47)
05. High In The City (4:11)
06. Day For Night (5:49)
07. Living For Today (2:58)
08. Shine (3:57)
09. Electric Blue (5:40)
10. Your Brother’s Keeper (4:33)
11. Blues For Mr. Day (1:21)
12. Blame/Game (5:02)
13. Gone Train Gone (4:50)
14. Jazzed (4:42)


Fully Unleashed: The Live Gigs Vol. II, 1971 (2007)
 
CD 1.

01. Intro/Tuning (1:00)
02. Long Tall Sally (7:51)
03. Parchman Farm (6:04)
04. Mellow Down Easy (5:25)
05. Feel So Bad (7:00)
06. Walkin' Blues (8:52)
07. Scrambler/One Way...Or Another (8:28)
08. Oleo (12:50)

CD 2.

01. Bro. Bill (8:32)
02. Token Chokin' (3:32)
03. Slow Blues (Medley) (20:10)
04. Heebie Jeebies (12:17)
05. Evil (14:46)


Ultra Sonic Boogie: Live 1971 (2010)
 
01. Evil (9:55)
02. The Band Introductions (0:53)
03. Bro. Bill (6:28)
04. Oleo (11:44)
05. No Need To Worry (14:48)
06. Token Chokin' (3:53)
07. Big Mama Boogie (Part I) (7:36)
08. Big Mama Boogie (Part II) (4:38)
09. Outro (0:52)

Link.

Black Dawn (2016)
 
01. Black Dawn
02. Mama Bring It Home
03. Dynamite
04. Juggernaut
05. Headed For A Fall
06. You Need Love
07. The Last Goodbye
08. Walk A Mile
09. Another Way Or Another
10. C-70 Blues

Link.


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

E-mail de contato para links quebrados ou outros problemas: murodoclassicrock@gmail.com

Antes de comentar leia as regras que estão próximas do formulário, comentários desrespeitando as mesmas, não serão publicados e nem atendidos.

23 comentários :

  1. felipe schmitt(cunha pora -sc)
    cara cactus e uma otima banda parabens pelo blog tbm vlw!

    ResponderExcluir
  2. excelente banda! obrigada por compartilhar.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS PELOS EXCELENTE TRABALHO!!! LONG LIVE ROCK N' ROLL!!!

    ResponderExcluir
  4. the best,the best charles moc mg

    ResponderExcluir
  5. Altamente recomendado!!! O som dos caras é foda!!! O som deles não deve em nada pras três grandes (Black Sabbath, Deep Purple e Led Zeppelin)

    ResponderExcluir
  6. Muito som! Muito som!

    ResponderExcluir
  7. - Apesar de surgirem bandas novas.Decadas depois a creatividade dos anos 60 e 70 pra mim são insuperaveis.Não só por criarem seu propio estilo mas serem diferentes musicalmente.

    ResponderExcluir
  8. Nossaaaaaaaaa!!!!!!!!!! Muito Obrigado Mister Alex!

    ResponderExcluir
  9. O ULTRASONIC EU AINDA NÃO TINHA...
    SEMPRE ATUALIZANDO A DISCOGRAFIAS...
    VALEU BROTHER ALEX.
    NUNCA DESISTA DESSE BLOG OU A NAÇÃO
    ROQUEIRA VAI FICAR ORFÃ.

    ResponderExcluir
  10. Excelente Blog, parabéns. Esse post esta perfeito. Obrigado.

    ResponderExcluir
  11. Great!
    Thank you very much.

    ResponderExcluir
  12. não conhecia essa banda foda. bem que podia tocar na kiss, mas sinceramente nunca ouvi. mas valeu pelo post!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  13. Cara, que bandaça, vai ser boa assim lá não sei aonde. Tenho os 3 primeiros Cd's e agora posso completar a minha coleção. Valeu Alex,e congratulações a toda equipe do MURO.

    Edson - BH

    ResponderExcluir
  14. Alex excelente trabalho, parabéns meu sonho é conseguir vídeo cactus com Rusty Day no vocal, abraço a todos.

    ResponderExcluir
  15. Cara, ouvi aqui musicas que não escutaria sem o blog! Restrictions, simplesmente FODA! valeu pela iniciativa!

    ResponderExcluir
  16. Grande banda. Obrigado pela postagem meu brother. Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Jayme da costa, Maceió, AL30/05/2015 09:26

    Em minha opinião CACTUS é um dos pais do Hard-Heavy desde os 80, portanto é necessário cultivar nossas raízes... Grande abraço Amigo.

    ResponderExcluir
  18. Louis Clark (Yellow Morning)03/07/2015 11:57

    Bem,se seu negócio é rock de verdade,direto e sem muita frescura,o CACTUS foi feito pra você! O bom e velho raunch & roll americano legítimo! E olha só o histórico dos caras! Tem até Jeff Beck no meio! Baixe já e seja feliz! Baixei TODOS! Valeu,Sr.Salas!

    ResponderExcluir
  19. Grande trabalho, parabéns........

    ResponderExcluir
  20. para mim simplesmente a melhor , valeu brother .

    ResponderExcluir
  21. Exelente...... De Portugal.

    ResponderExcluir
  22. Braz Vieira20/10/2016 17:29

    Banda simplesmente fantastica,aumentando o acervo.Muito obrigado Alex.

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.