Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

14 de julho de 2011

Hoodoo Gurus - Discografia.

A origem do Hoodoo Gurus começou do fruto de um movimento punk que havia na cidade de Perth. The Victims and Scientists foi a primeira banda do vocalista e guitarrista, Dave Faulkner. Quando a banda acabou, ele ficou um tempo nos Estados Unidos, até que ele e mais seus ex-companheiros de conjunto, Roddy e James, resolveram se mudar para Sydney. Lá eles formaram os “Le Hoodoo Gurus”, em janeiro de 1981, que além de Faulker, era composto pelo vocalista e guitarrista Kimble Rendall (ex-XL-Capris), guitarrista e vocalista Roddy Radalj (ex-Invaders, Scientists, Rockets) e pelo baterista James Baker (ex-Victims, Scientists).

Naquela época, a banda era muito ligada a todo o tipo de punk feito tanto nos Estados Unidos como também na Inglaterra, onde bandas como Ramones, The Flamin Groovies, The Cramps, New York Dolls, T-Rex, The Troggs, Gene Vincent, Sky e The Flesh-tones, dentre outros, eram as suas maiores influências. Para tanto que eles gravaram uma música chamada “Let’s all, Turn on”, que cita todos os conjuntos que os influenciaram. Coincidência ou não, ela acabou se tornando um dos seus primeiros clássicos.

Neste período, a banda apostava numa interessante fusão de música pop, guitarras punks, junk culture americana e um extraordinário senso de humor. O resultado é que, desde o começo, eles eram fanaticamente seguidos. A prova disso é que, com o lançamento do primeiro single “Leilani – part II”, em outubro de 1982, eles atingiram um sucesso até então inédito em suas vidas. A composição foi inspirada naqueles famosos melodramas da década de 50 da TV americana, que aconteciam sempre a beira de uma praia qualquer do Oceano Atlântico.

No entanto, nem tudo já era flores, pois um pouco antes do lançamento deste single, Rendall resolveu abandonar a banda, para se concentrar em sua carreira no cinema. Nesta mesma época eles resolveram tirar o “Le” do nome da banda deixando apenas "Hoodoo Gurus". Para ocupar a vaga, foi convidado o baixista Clyde Bramley (ex-Hitmen, Other Side, New Christs, Minuteman, Super K).

O outro guitarrista Roddy, já insatisfeito e em forma de protesto, acabou saindo do grupo para um novo grupo chamado The Johnnys. Em consequência, Brad Shepherd (ex-Fun Things, 31st, Hitmen, Super K) foi convocado para assumir o posto. A troca foi decisiva para a carreira da banda, já que este grande guitarrista colaborou e muito para "moldar" o som dos Hoodoo Gurus.

Com esta nova formação, o Hoodo Gurus lança o seu primeiro álbum, Stoneage Romeos, em março de 1984. O trabalho Este álbum é considerado hoje em dia um dos melhores trabalhos já lançados por bandas de rock na Austrália. “Stoneage Romeos” foi dedicado aquele famoso seriado dos anos 60 “Three Stooges”, que no Brasil é conhecido como “Os Três Patetas”.

Apesar das coisas estarem indo bem novamente com o Hoodoo Gurus, a banda sofre outra baixa. O baterista James Baker estava meio deslocado na banda e resolveu se concentrar em outras bandas como Beasts of Bourbon e Dubrovnicks. Assim, o conjunto passa por uma nova reestruturação. Assim, Mark Kingsmill (ex-Hellcats, Other Side, Hitmen e New Christs) é escolhido para assumir a vaga.

De volta com a casa em ordem, o Hoodoos Gurus lança seu segundo trabalho, o qual foi dedicado a Jonathan Harris. Estranhamente chamado de Mars Needs Guitars, ele chegou ao 3º lugar nas paradas australianas em setembro de 1985. Depois do lançamento, a banda partiu para os EUA para uma pequena turnê. Chegando lá, eles tiveram a boa notícia de que os dois primeiros álbuns haviam atingido o topo das paradas das famosas College Rádios. Aproveitando a boa fase, eles aproveitaram e partiram para a Europa.

O bom momento repercurtiu no terceiro álbum Blow Your Cool! (1987), que foi um trabalho extremamente energético e com poderosas melodias da pop music. O disco contou com a participação da banda The Bangles and The Dream Syndicate em várias faixas. Diante de tantas coisas boas, o material vendeu mais de 70.000 mil cópias logo após os seu lançamento.

Infelizmente, a boa fase não durou muito tempo. Em março de 1988, a banda sofre uma grande perda, já que Bramley também deixou a banda. Para seu lugar foi sugerido Rick Grossman (ex-Bleeding Hearts, Matt Finish, Divinyls). No entanto, as coisas voltaram a caminhar e, ainda no mesmo ano, o Hoodoo Gurus assinou um contrato com a RCA, por onde foi lançado o single “The Generation Gap”/”Jungle Bells”.

No embalo, é lançado Magnum Cum Louder, que alcançou, em julho de 1988, o 4º lugar nas paradas de sucesso australiana. Curiosamente, apesar da boa aparição nas paradas, o álbum acabou não vendendo muito bem.

O Hodoo Gurus só viria lançar algo novo, dois anos depois. Lançado em maio de 1991. Kink acabou se tornando um de seus melhores álbuns da banda. O disco foi mixado pelo americano Ed Stasium, que já havia trabalhado com as bandas Ramones, Living Colour e Baby Animals. Dele, rendeu não só 4 excelentes singles, como uma turnê mundial de sucesso.

Em agosto de 1992, chega ao mercado duas coletâneas do Hoodoo Gurus. Eletric Soup (que reunia os maiores sucessos da carreira) Gorilla Biscuits (que trazia os famosos B-Sides e raridades da banda). A primeira compilação de hits acabous sendo um grande sucesso. Afinal, chegou a vender a incrível marca de 140.000 mil cópias, sendo, inclusive, lançado no Brasil.

Diante do s excelentes resultados obtidos no trabalho anterior, o Hoodoo Gurus convida Ed Stasium para trabalhar novamente no próximo álbum de estúdio. Com ele, a banda gravou em Los Angeles, o aclamado Crank. Lançado em março de 1994, o disco chamou a atenção por trazer excelentes pegadas do mais puro rock n' roll. Resultado, ele chegou ao 2º lugar nas paradas de sucesso na Austrália.

Crank rendeu o lançamento de 3 singles em 1994: “You Open My Eyes” (janeiro), “Less Than a Feeling” (abril) e “Nobody” (junho). A turnê mundial foi extensa e o Hodoo Gurus não só passou pelos EUA, Canadá e Europa, mas, também, desembarcou no Brasil. Nesta mesma época o guitarrista e vocalista, Dave Faulkner, compôs uma música para o filme “Broken Highway”, de Laurie McInnes.

Em 1995, O Hoodoo Gurus participou na faixa “Turn Up Your Radio”, do novo álbum da banda The Master’s Apprentices, que contava com Jim Keays no posto de frontman. No ano seguinte, a banda assinou com a Mushroom Records, uima gravadora 100% australiana.

Através da nova gravadora, o Hoodoo Gurus, lançou o ótimo Blue Cave, em junho de 1996. Para a turnê australiana, a banda contou com as bandas The Posies (EUA) e Drop City (Austrália). Em um destes shows, o integrante kingsmill teve um sério acidente de palco, ocasião em que ele fraturou o tendão e vários nervos em seu braço. A banda teve que convidar as pressas um novo baterista para substituí-lo até o final da turnê.

Para a surpresa dos fãs, em janeiro de 1997, Dave Faulkner anunciou que o Hodoo Gurus encerraria as suas atividades no final daquele ano. Dois meses depois, a banda fez uma rápida turnê pelo Brasil, onde se apresentou para uma incrível plateia de 40 mil pessoas.

Depois dos shows, eles retornaram para a Austrália para encerrar a turnê e também lançar uma coletânea dupla chamada Armchair Gurus/Electric Gurus, que contém 34 faixas, sendo 5 totalmente inéditas.

Assim, após 16 anos de estrada e milhares de álbuns vendidos em todo o planeta, a banda encerrou suas atividades. Como Faulkner estava doente, o último show acabou acontecendo no ia 11 de janeiro de 1998, na cidade de Melbourne.

Com o fim do Hoodoo Gurus, Faulkner montou uma nova banda chamada “Antenna”, com Kim Salmon, Stuart McCarthy e Justin Frew. O grupo entrou em estúdio para gravar um álbum entre os meses de abril e agosto de 1998. O lançamento do disco coincidiu com o 25º aniversário da Century/Mushroom.

Ao contrário do que fazia o Hodoo Gurus, o som da banda Antenna é um mistura de música eletrônica, breezy pop, throbbing bass, guitarras e teclados. O novo projeto de Faulkner apareceu na 64º posição da rádio Triple J, que anualmente escolhe as 100 melhores músicas que estão rolando na Austrália.

O mega festival australiano “Big Day Out” (versão 1999) contou com a banda Antenna em seus palcos, o que garantiu uma grande exposição ao público.

Nesta mesma época, a Mushroom Records lançou um álbum ao vivo da banda Hoodoo Gurus, Bite The Bullet, contendo as apresentações da turnê de despedida do conjunto, realizadas entre os meses de outubro de 1997 e janeiro de 1998.

Em 1999, Brad Shepherd retornou à cena musical, através de uma nova banda chamada The Monarchs, que contava também com o guitarrista e tecladista Greg Hitchcock (ex-Verys, You Am I), o baixista Andy Kelly e o baterista Murray Shepherd (ex-Screaming Tribesmen).

O grupo chegou a gravar apenas um EP, que foi financiado por eles mesmos em agosto de 1999. O material foi lançado em 2000 e não obteve grandes resultados.

No mesmo ano, chega ao mercado uma coletânea dupla do Hoodoo Gurus, intitulada Ampology, reunindo os maiores clássicos da banda desde o início da carreira, em 1981.

Para satisfazer a saudade dos fãs, no final de 2001, em Sydney, o famoso festival australiano “Homebake” anunciou que o Hoodoo Gurus iria emcerrar o evento. A banda fez uma grande apresentação e foi muito bem recebida pelos presentes, inclusive pela nova geração.

Em 2004, a cena musical recebe uma grande notícia: o Hoodoo Gurus está de volta. Atualmente, composto por Dave Faulkner (vocal e guitarra), Brad Shepherd (guitarra), Mark Kingsmill (bateria) e Rick Grossman (baixo), a banda lançou em 15 de março do mesmo ano, o excelente álbum Mach Schau, que traz de volta toda a energia destes australianos, continuando a sua história de sucesso. Texto: Letra da Musica. 

Integrantes.

Atuais.

Dave Faulkner (Vocais, Violão, Teclados, 1981-1998, desde 2003)
Brad Shepherd (Guitarra, Vocais, Harmônica, 1982-1998, desde 2003)
Richard Grossman (Baixo, Vocais, 1988-1998, desde 2003)
Nik Rieth (Bateria, desde 2015)
 

Ex - Integrantes.

James Baker (Bateria, 1981-1984, 2014)
Roddy Radalj (Guitarra, Backing Vocals, 1981-1982, 2014)
Kimble Rendall (Baixo, Violão, 1981-1982, 2014)
Clyde Bramley (Baixo, Vocais, 1982-1988, 2014)
Mark Kingsmill (Bateria, 1984-1998, 2003-2015)

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Stoneage Romeos (1984)
01. (Let's All) Turn On
02. I Want You Back
03. Arthur
04. Death Ship
05. Dig It Up
06. My Girl
07. Zanzibar
08. Leilani
09. Tojo
10. In The Echo Chamber
11. I Was A Kamikaze Pilot
12. Leilani Pt 2
13. Be My Guru
14. Hoodoo You Love (Live)


Mars Needs Guitars! (1985)
01. Bittersweet
02. Poison Pen
03. In The Wild
04. Death Defying
05. Like, Wow - Wipeout
06. Hayride To Hell
07. Show Some Emotion
08. The Other Side Of Paradise
09. Mars Needs Guitars!
10. She
Bonus Tracks.
11. Bring The Hoodoo Down
12. Turkey Dinner
Live.
13. Death Ship
14. In The Wild
15. Teenage Head


Blow Your Cool! (1987)
01. Out That Door
02. What's My Scene
03. Good Times
04. I Was The One
05. Hell For Leather
06. Where Nowhere Is
07. Middle Of The Land
08. Come On
09. Heart Of Darkness
10. My Caravan
11. On My Street
12. Party Machine
13. Hell For Leather (Live)
14. Hayride To Hell Pt 2 (The Showdown)
15. The Generation Gap
16. Jungle Bells
 


Magnum Cum Louder (1989)
01. Come Any Time
02. Another World
03. Axegrinder
04. Shadow Me
05. Glamour Puss
06. Hallucination
07. All The Way
08. Baby Can Dance (Pts. II-IV)
09. I Don't Know Anything
10. Where's That Hit?
11. Death In The Afternoon
12. Cajun Country
13. Spaghetti Western
14. Lover For A Friend


Kinky (1991)
01. Head In The Sand
02. A Place In The Sun
03. Castles In The Air
04. Something's Coming
05. Miss Freelove '69
06. 1000 Miles Away
07. Desiree
08. I Don't Mind
09. Brainscan
10. Too Much Fun
11. Dressed In Black
12. Stomp The Tumbarumba
13. I Think You Know
14. The Doctor Is In
15. Little Drummer Boy (Up The Khyber)


Crank (1994)
01. The Right Time
02. Crossed Wires
03. Quo Vadis
04. Nobody
05. Form A Circle
06. Fading Slow
07. Gospel Train
08. Less Than A Feeling
09. You Open My Eyes
10. Hypocrite Blues
11. I See You
12. Judgement Day
13. The Mountain


Blue Cave (1996)
01. Big Deal
02. Down On Me
03. Mine
04. Waking Up Tired
05. Please Yourself
06. If Only...
07. Mind The Spider
08. Why?
09. All I Know
10. Get High!
11. Always Something
12. Son-Of-A-Gun
13. Night Must Fall
14. Monterey Sunset


Mach Schau (2004)
01. Chop
02. Sour Grapes
03. Nothing's Changing My Life
04. #17
05. Domino
06. When You Get To California
07. This One's For The Ladies
08. Girls On Top
09. Dead Sea
10. Isolation
11. The Mighty Have Fallen
12. The Good Son
13. Penelope's Lullaby


Purity Of Essence (2010)
01. Crackin' Up
02. A Few Home Truths
03. Are You Sleeping?
04. Burnt Orange
05. I Hope You're Happy
06. Ashamed Of Me
07. What's In It For Me?
08. Over Nothing
09. You've Got Another Thing Coming
10. Only In America
11. Somebody, Take Me Home
12. Let Me In
13. Evening Shade
14. Why So Sad?
15. 1968
16. The Stars Look Down


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.

15 comentários :

  1. Esse é o melhor site de Discografia...Valeu Muro!!!

    ResponderExcluir
  2. sidney advincola17/01/2012 15:26

    mais uma bandaça que a gente so encontra aqui,hoodoo gurus é simplismente maravilhosa... valeu Alex

    ResponderExcluir
  3. Valeu alex os links no final da discografia ficou melhor.
    Abraços!!!!!! Fábio

    ResponderExcluir
  4. Valeu.. tava complicado de achar essa discografia :D

    ResponderExcluir
  5. alex vc e muito 10!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. alex vc e muito foda!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. valeu meu camarada.

    ResponderExcluir
  8. Agradeço pela Discografia magnífica do Hoodoo Gurus. Sucesso e bom trampo! \m/

    ResponderExcluir
  9. Valeu Alex, você é o cara!

    ResponderExcluir
  10. Sem palavras para você!! Só você mesmo para nos dar essa alegria de curtir um bom rock da antiga. abração meu amigo!!!

    ResponderExcluir
  11. vc é fora e sério meu camarada!!

    ResponderExcluir
  12. Jayme da Costa Maceió AL24/01/2015 12:31

    Uma preciosidade no mundo do ROCK N`ROOL! HOODOO GURUS tem de ser escutado pelo menos uma vez! Indiferente de gostar ou não.Está BANDA NAVEGA NA AUTO-ESTRADA DO ROCK... PARABÉNS ALEX! OBRIGADO.

    ResponderExcluir
  13. Muito boa essa banda, valeu Alex.

    ResponderExcluir
  14. Thanks SOOOO much for this post! One of my favorite bands! Your blog ROCKS!

    ResponderExcluir
  15. Esse muro tá mais pra ponte. Valeu Muro!

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.