Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

12 de novembro de 2011

Winger - Discografia.

Winger é uma banda americana de Glam Metal/Hard Rock e Progressive Metal formada em 1987 em Nova Iorque. 

História.

Início da carreira.

Kip Winger é americano, de Denver. Estudou música clássica na sua adolescência. Começou estudando em Nova York e depois voltou para Denver, com o propósito de estudar na universidade de lá. Ao mesmo tempo que estudava ballet clássico, Kip compunha suas canções voltadas para o Rock. Suas maiores influências eram Yes, Jethro Tull e Alice Cooper. 

Em 1982 Kip retornou a Nova York e procurou seu velho conhecido que havia se tornado um conceituado produtor: Beau Hill. 

Kip começou a fazer trabalhos de freelancer; compunha e fazia arranjos de estúdio juntamente de Beau. A ideia de Kip era formar uma banda, mas estava difícil achar os componentes ideais. Suas contribuições mais relevantes até então estão no álbum de Fiona “Beyond the pale” e do Kix, onde ele co-escreveu a canção “Bang Bang”. 

Em 1986, surge a grande oportunidade de Kip. Alice Cooper procurava por um baixista para gravar o álbum “Constrictor”, e ele conseguiu a vaga. Durante a turnê do álbum, ele aproveitava os momentos vagos para preparar o material para o álbum de sua banda que já tinha mais dois integrantes: Paul Taylor e Reb Beach. Paul Taylor também fazia parte do time de Alice Cooper e Reb Beach, apesar de jovem, já tinha tocado com diversos músicos de peso, como Bee Gees. Para fechar o time, ele contactou o renomado baterista Rod Morgenstein, que fazia parte da banda Dixie Dregs, que aceitou o convite. 

Após Kip gravar mais um álbum com Alice Cooper, a banda entrou em estúdio para a gravação de estreia. Inicialmente a banda se chamaria Sahara, mas por sugestão de Alice, eles usariam o sobrenome de Kip. Como o Van Halen, a banda se chamaria apenas Winger. 

O disco foi elogiado pela crítica. O single “Seventeen” empolgou os produtores que queriam mais. Assim sendo sai em 90 “In the heart of The Young”. O disco consegue destaque no cenário devido ao hit “Miles Away”. O Winger parte para a estrada junto de bandas como Scorpions, Kiss e Slaughter. "Miles Away" também entrou na trilha sonora internacional da novela global Felicidade, em 1991.

Relacionamento com a MTV.

Na série animada Beavis and Butt-head, que foi ao ar na MTV em meados dos anos 1990, o Winger foi alvo constante de exposição ao ridículo. Na série, Stewart – o vizinho gordinho que é alvo de bullying e tenta ser aceito – sempre usa uma camiseta do Winger. Enquanto comentam vídeos, Beavis e Butt-head sempre se referem aos integrantes do Winger como "bichinhas", especialmente o vídeo da canção "Seventeen". De acordo com Mike Judge, criador da série, isto deve-se ao fato de Kip Winger ter dito à MTV que não iria deixar que eles fizessem piadas com a banda. Numa entrevista de 2005, Reb Beach declarou que o tratamento recebido foi responsável pelo declínio na popularidade da banda: 

“Nós lançamos o álbum estávamos na estrada, e perdemos o chão da noite para o dia. Um cara nos mostrou, no ônibus, uma cópia de um episódio de Beavis and Butt-head onde eles sacaneavam um nerd que usava uma camiseta do Winger. Eles iam na casa dele, onde todos eram um bando de perdedores, e todos usavam camisetas do Winger, até o cachorro. Naquela semana, nossos shows começaram a esvaziar, e nossas vendas de discos despencaram. A canção "Down Incognito" estava decolando nas rádios quando os DJs a removeram das playlists, porque eles começaram a ficar envergonhados. Um mês depois, eu liguei para a gravadora Atlantic e disseram que ninguém conhecia o Winger.” 

Anos 1990 em diante.

Com a ascensão do grunge, o Winger assumiu uma nova postura. Em 1993, eles lançam "Pull". A banda se mostra como um trio, já que Paul Taylor preferiu dedicar-se a outros projetos. O disco não tem a mesma repercussão dos dois anteriores, apesar de Kip dizer até hoje que é o melhor disco que ele já fez em sua carreira. 

O Winger resolver se separar, e Kip começa a trabalhar em um álbum solo, quando uma tragédia acontece, sua esposa Beatrice morre em um acidente de carro. O disco é lançado com o nome de "This Conversation Seems Like a Dream". Kip parte para uma turnê acústica, e logo em seguida grava “Down Incognito”, um álbum com versões acústicas de seus sucessos e dos sucessos de sua banda. Mergulhado em melancolia, Kip solta mais um álbum solo em 2000, batizado de “Songs from the Ocean Floor”, um álbum dedicado a sua esposa falecida. 

Com os anos seguintes, Kip resolve começar uma nova era. Procurando esquecer a melancolia do último álbum solo, ele coloca o Winger novamente na ativa e desta vez a banda volta como um quinteto. Além de Reb Beach, Rod Morgenstein, soma-se mais um guitarrista chamado John Roth e o talentoso músico Cenk Eroglu. É lançado o álbum "Winger IV", em 2006. O trabalho é bastante diferente dos anteriores, mais maduro. 

Em 2008 Kip lança seu terceiro trabalho solo "From The Moon To The Sun". Assim como nos álbuns solos anteriores, Kip mostra um trabalho experimental, distinto do trabalho realizado na banda. Nos solos ele usa de elementos diferentes, insere novos instrumentos nos arranjos, como harpas e violinos, as guitarras não são tão pesadas e os recursos vocais se mostram mais elaborados. 

Em 2009, com a mesma formação do disco Winger IV, porém sem Cenk Eroglu, a banda apresenta seu quinto álbum, "Karma", que foi muito elogiado pela crítica e é, segundo muitos, o melhor trabalho da banda. Com um som mais pesado e com letras bastante consistentes, o disco teve significativa repercussão no exterior, embora no Brasil não seja tão conhecido. 

A banda tem duas coletâneas, "The Very Best OF Winger", de 2001 e "Winger Live" de 2007. Um outro álbum que merece atenção é o "Demo Anthology", essa compilação contém mais de 20 faixas em suas versões "demo", ou seja, a versão originalmente gravada, sem edições. Faixas como "Madeleine", "In the Heart of the Young" e várias outras, tem significativa diferença das versões que foram lançadas nos discos. A compilação traz ainda músicas não lançadas oficialmente. 

Em 2014 a banda se reúne mais uma vez e lança "Better Days Comin´", trazendo inclusive o show de divulgação desse álbum ao Brasil, no início de 2015, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. O álbum vem sendo muito elogiado pela crítica e inova no sentido de acrescentar alguns elementos de rock progressivo, como na música "Tin Soldier". Kip Winger assume a produção, edição e mixagem do álbum. 

Kip Winger vem empregando todo seu talento nos vocais e baixo de sua banda, mas também apresenta seus shows acústicos solo ao redor do mundo, além dos trabalhos paralelos como produtor musical e compositor de música clássica. Reb Beach, hoje um respeitado guitarrista, divide seu tempo entre Winger e Whistesnake. Rod Morgenstein, baterista renomado, também divide seu tempo entre Winger, a banda Dixie Dregs e sua atuação como professor de bateria em uma universidade americana. John Roth além de segundo guitarrista do Winger também atua na banda Starship. Texto: Wikipédia. Site Oficial. 

Integrantes.

Atuais.

Kip Winger (Vocal Principal, Baixo, Guitarra, Teclados, Piano, 1987-1994, 2001-2003, desde 2006)
Reb Beach (Guitarras, Backing Vocals, Harmônica, Teclados, Piano, 1987-1994, 2001-2003, desde 2006)
Rod Morgenstein (Bateria, Percussão, Backing Vocals, Piano, 1987-1994, 2001-2003, desde 2006)
John Roth (Guitarras, Backing Vocals, Baixo, Teclados, 1993-1994 (Turnês), 2001-2003, desde 2006)
Donnie Wayne Smith (Baixo, Turnês 2014, Guitarras, Backing Vocals, Turnês desde 2014)


Ex-Integrantes.

Paul Taylor (Teclados, Guitarra, Backing Vocals, Piano, 1987-1992, 2001-2003, 2013-2014, 2014-2017)
Cenk Eroglu (Teclados, Guitarra, Backing Vocals, 2006-2009, 2014 (Estúdio).
 

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Winger (1988)
01. Madalaine
02. Hungry
03. Seventeen
04. Without The Night
05. Purple Haze
06. State Of Emergency
07. Time To Surrender
08. Poison Angel
09. Hangin' On
10. Headed For A Heartbreak
11. Higher And Higher (Bonus track)


In The Heart Of The Young (1990)
01. Can't Get Enuff
02. Loosen Up
03. Miles Away
04. Easy Come Easy Go
05. Rainbow In The Rose
06. In The Day We'll Never See
07. Under One Condition
08. Little Dirty Blonde
09. Baptized By Fire
10. You Are The Saint, I Am The Sinner
11. In The Heart Of The Young


Pull (1993)
01. Blind Revolution Mad
02. Down Incognito
03. Spell I'm Under
04. In My Veins
05. Junkyard Dog (Tears On Stone)
06. The Lucky One
07. In For The Kill
08. No Man's Land
09. Like A Ritual
10. Who's The One


The Very Best Of Winger (Coletânea 2001)
01. On The Inside (New recording)
02. Blind Revolution Mad
03. Down Incognito
04. Spell I’m Under
05. Who’s The One
06. Junkyard Dog (Tears On Stone)
07. Hell To Pay (Outtake)
08. Can’t Get Enuff
09. Under One Condition
10. Easy Come Easy Go
11. Rainbow In The Rose
12. Miles Away
13. Seventeen
14. Madalaine
15. Hungry
16. Headed For A Heartbreak


IV (2006)
01. Right Up Ahead
02. Blue Suede Shoes
03. Four Leaf Clover
04. M16
05. Your Great Escape
06. Disappear
07. On A Day Like Today
08. Living Just To Die
09. Short Flight To Mexico
10. Generica
11. Can't Take It Back


Demo Anthology (Coletânea 2007)
CD 1.

01. Madalaine
02. Hungry
03. Seventeen
04. State Of Emergency
05. Time To Surrender
06. Hangin' On
07. Headed For A Heartbreak
08. Only Love (Previously Unreleased)
09. Can't Get Enuff
10. Loosen Up
11. Miles Away
12. Easy Come Easy Go
13. Rainbow In The Rose
14. In The Day We'll Never See
15. Under One Condition
16. Little Dirty Blonde
17. Star Tripper (Previously Unreleased)
18. You Are The Saint, I Am The Sinner
19. In The Heart Of The Young

CD 2.

01. All I Ever Wanted (Previously Unreleased)
02. Skin Tight (Previously Unreleased)
03. Someday Someway (Previously Unreleased)
04. Never
05. Blind Revolution Mad
06. Down Incognito
07. Spell I'm Under
08. Hour Of Need (Previously Unreleased)
09. Junk Yard Dog
10. The Lucky One
11. Like A Ritual
12. In For The Kill
13. No Mans Land
14. Who's The One
15. Written In The Wind (Previously Unreleased)
16. Until There Was You (Previously Unreleased)
17. Without Warning (Previously Unreleased)
18. Give Me More (Previously Unreleased)


Live (2007)
CD 1.

01. Blind Revolution Mad
02. Loosen Up
03. Easy Come Easy Go
04. Your Great Escape
05. Down Incognito
06. Rainbow In The Rose
07. Generica
08. Junk Yard Dog

CD 2.

01. Right Up Ahead
02. Reb's Guitar solo
03. You Are The Saint, I Am The Sinner
04. Rod's Drum solo
05. Headed For A Heartbreak
06. Can't Get Enough
07. Seventeen
08. Who's The One
09. Miles Away
10. Madalaine
11. Blue Suede Shoes (Acoustic version) (Bonus Track)


Karma (2009)
01. Deal With The Devil
02. Stone Cold Killer
03. Big World Away
04. Come A Little Closer
05. Pull Me Under
06. Supernova
07. Always Within Me
08. Feeding Frenzy
09. After All This Time
10. Witness
11. First Ending (Bonus Track)


Better Days Comin' (2014)
01. Midnight Driver Of A Love Machine
02. Queen Babylon
03. Rat Race
04. Better Days Comin'
05. Tin Soldier
06. Ever Wonder
07. So Long China
08. Storm In Me
09. Be Who You Are Now
10. Another Beautiful Day (Bonus Track)
11. Out Of This World


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.

17 comentários :

  1. A banda mais injustiçada do Hard Rock! Kip Winger é um excelente cantor/compositor e, quanto ao Reb Beach, bom... só ouvindo seus solos pra saber. Brilhante post, Alex! Parabéns pelo muro!

    ResponderExcluir
  2. Estou De Acordo Com A Companheira Muito Boa A Banda

    ResponderExcluir
  3. Grande banda,pena que não tem o mesmo reconhecimento de bandas como guns,crüe,poison e skid row!

    Mais pra mim marcou o hard rock dos anos 8o com grandes músicas como Hungry,Seventeen,Time to Surrender,Headed for a Heartbreak e Miles Away!
    Sem falar nos músicos,só deuses:kip winger ex- alice cooper e Alan Parsons,reb beach ex-Dokken,Night Ranger.Alice Cooper e atual Whitesnake.
    Paul Taylor ex-Alice Cooper,Steve Perry e Tommy Shaw.
    E por ultimo Rod Morgenstein ex-Dixie Dregs,Fiona e Jelly Jam.Não sei pq na época não foi chamado de supergroup!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Faz pouco tempo que conheci essa banda, e nos últimos meses é só glam metal, obviamente liderado por WINGER!!! mande mais glam metal ... é o que VINGA...

    ResponderExcluir
  5. me gusto la banda. No la conocia. gracias por el regalo. MINGUS666

    ResponderExcluir
  6. grande banda,pena que foi injustiçada assim como o firehouse, valeu alex, obrigado, obrigado, obrigado pelo blog.

    ResponderExcluir
  7. Grande banda, mas aqui no Brasil isso é pra poucos. Os amantes do Hard Rock agradecem. Parabéns pelo post!!

    ResponderExcluir
  8. MUCHAS GRACIAS,,,,,,,,,,,,,,!!!!!!!!!!!!!!!! MUY BUENA PAGINA .....¡¡LARGA VIDA AL R & R. Y al muro.

    ResponderExcluir
  9. Winger fez um show junto com Mr. Big dia 06/02/2015 no Pepsi On Stage de Porto Alegre, RS. Imperdível!

    ResponderExcluir
  10. Fui num show dos caras em Belo Horizonte dia 10/02/2015 e foi sensacional. Pena que estava vazio.

    ResponderExcluir
  11. Conheci o Winger através de uma publicação da revista de Rock especializada Road Crew. De inicio eu desconhecia totalmente a banda até por que eu nunca tinha ouvido falar. Mas depois que eu escutei o álbum Pull de 1993 eu assumidamente me viciei no som dos caras logo nas primeiras três musicas do disco!De todas as minhas faixas favoritas "No Man´s Land" é a que mais define o estilo Hard rock daquela época e também, é claro a cara da banda. Pena que muitas bandas de metal naquela época ficavam tirando sarro da banda por ela não ser muito reconhecida no meio fonográfico e comercial...
    Parabéns ao Muro e que continue postando mais discografias como está!
    Feliz Natal a todos!

    ResponderExcluir
  12. Tão boa essa Banda, parabéns alex

    ResponderExcluir
  13. se é louco, que banda do caralho é essa, das bandas de hard ta no meu TOP 5

    ResponderExcluir
  14. Excelente sitio acabo de encontrarlo y esta verdaderamente excelente.

    ResponderExcluir
  15. pull é um album foda,muito injustiçado

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.