Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

20 de dezembro de 2011

Funkadelic - Discografia.

Funkadelic é uma banda americana que foi mais proeminente durante a década de 1970. A banda e sua irmã Parliament, ambos lideradas por George Clinton, foram pioneiros da cultura da música funk daquela década.

História.

O grupo que se tornaria Funkadelic foi originalmente formado por George Clinton em 1964, como o apoio musical sem nome para seu grupo doo wop The Parliaments enquanto estava em turnê. A banda originalmente era composta por músicos Frankie Boyce, Richard Boyce e Langston Booth, mais os cinco membros do The Parliaments nos vocais. Boyce, Boyce e Booth se alistaram no exército em 1966 e Clinton recrutou o baixista Billy Bass Nelson e o guitarrista Eddie Hazel em 1967, depois adicionou o guitarrista Tawl Ross e o baterista Tiki Fulwood. O nome da banda "Funkadelic" foi cunhado por Nelson depois que a banda se mudou para Detroit. Em 1968, devido a uma disputa com Revilot, a gravadora que possuía o nome "The Parliaments", o conjunto começou a tocar sob o nome de Funkadelic.

Como Funkadelic, o grupo assinou com a Westbound em 1968.Nessa época, a música do grupo evoluiu de soul e doo wop para uma mistura mais forte de rock psicodélico, soul e funk, influenciada pelos movimentos musicais populares (e políticos) do tempo. Jimi Hendrix e Sly Stone foram grandes inspirações. Este estilo evoluiu mais tarde para um funk mais baseado em guitarra (1971-1975), que posteriormente, durante o auge do sucesso do Parliament-Funkadelic (1976-1981), adicionou elementos de R&B e música eletrônica, com menos elementos de rock psicodélico. A banda fez sua primeira apresentação de televisão ao vivo em Say Brother em 7 de outubro de 1969. Eles tocaram uma merda com músicas "Into My Own Thing", "What is Soul?" "(Eu quero) Testifique", "I Was Made to Love Her" (cover de Stevie Wonder), "Friday Night, August 14th" e "Music for My Mother".

O álbum de estreia auto intitulado, Funkadelic, foi lançado em 1970. Os créditos enumeraram o organista Mickey Atkins mais Clinton, Fulwood, Hazel, Nelson e Ross. A gravação também incluiu o resto dos cantores do The Parliaments (ainda não credenciados devido a preocupações contratuais), vários músicos de estúdio não credenciados, então empregados pela Motown, bem como Ray Monette (de Rare Earth) e o futuro pilar de P-Funk, Bernie Worrell.

Bernie Worrell foi oficialmente creditado a partir do segundo álbum do Funkadelic, Free Your Mind... and Your Ass Will Follow de 1970, começando assim uma longa relação de trabalho entre Worrell e Clinton. O álbum Maggot Brain foi lançado em 1971. Os três primeiros álbuns Funkadelic apresentaram fortes influências psicodélicas (não menos em termos de produção) e potencial comercial limitado, apesar de conter muitas músicas que permaneceram na lista estabelecida da banda por vários anos e influenciariam muitos futuros artistas de funk, rock e hip hop. Após o lançamento de Maggot Brain, a programação Funkadelic foi amplamente expandida. Tawl Ross não estava disponível depois de experimentar uma viagem de LSD ou uma rápida overdose, enquanto Billy Bass Nelson e Eddie Hazel desistiram devido a preocupações financeiras. A partir deste ponto, muitos outros músicos e cantores serão adicionados durante a história do Funkadelic (e do Parliament), incluindo o recrutamento de vários membros da banda de apoio de James Brown, The J.B.'s em 1972 - mais notavelmente Bootsy Collins e o grupo de metais Horny Horns. Bootsy e seu irmão Catfish Collins foram recrutados por Clinton para substituir os desapontados Nelson e Hazel. Bootsy, em particular, tornou-se um importante contribuidor do som P-Funk. Em 1972, este novo line-up lançou o álbum duplo politicamente carregado America Eats Its Young. A formação estabilizou um pouco com o álbum Cosmic Slop em 1973, com importantes contribuições do cantor e guitarrista Garry Shider recentemente adicionado. Depois de deixar a banda, Eddie Hazel passou um ano na prisão depois de assaltar uma aeromoça e uma comissário aérea sob a influência do uso de PCP, então ele voltou a fazer grandes contribuições para no álbum Standing on the Verge of Getting On de 1974. Hazel só contribuiu para P-Funk esporadicamente a partir de então.

George Clinton reviveu o Parliament em 1974 e assinou com a Casablanca Records. O Parliament e o Funkadelic apresentaram principalmente o mesmo estábulo de pessoal, mas operavam simultaneamente sob dois nomes. Em primeiro lugar, o Parliament foi designado como um conjunto de funk mais mainstream dominado por voces soul e acordos de chifre, enquanto Funkadelic foi designado como uma banda de funk baseada em guitarra mais experimental e livre. O conjunto costumava fazer turnês sob o nome combinado Parliament-Funkadelic ou simplesmente P-Funk (que também se tornou o o termo genérico para as múltiplas bandas funk no controle de George Clinton).

Em 1975, Michael Hampton, um prodígio guitarrista adolescente, substituiu Hazel como o principal guitarrista principal do Parliament-Funkadelic e foi um dos principais contribuintes para os próximos álbuns Funkadelic. Funkadelic deixou a Westbound em 1976 e mudou-se para a Warner Bros. Records. Seu primeiro álbum para a Warner foi Hardcore Jollies em 1976. Pouco antes de deixar Westbound, Clinton forneceu a gravadora com uma coleção de gravações recentemente, que Westbound lançou como o álbum Tales of Kidd Funkadelic.

Esse álbum melhorou significativamente comercialmente do que o Hardcore Jollies e incluiu "Undisco Kidd", um single no R&B Top 30 single. Em 1977, Westbound capitalizou ainda mais lançando a antologia The Best of Early Years.

Quando o Parliament começou a alcançar um sucesso significativo no período 1975-1978, o Funkadelic gravou e lançou o seu álbum mais bem-sucedido e influente, One Nation Under a Groove, em 1978, adicionando o ex-tecladista do Ohio Players, "Junie" Morrison e refletindo uma som baseado em uma música dançante mais melódica. A faixa título passou seis semanas no n. ° 1 nas paradas de R&B, ao mesmo tempo em que o Parliament estava tendo dois singles em paradas R&B, "Flash Light" e "Aqua Boogie". Uncle Jam Wants You, em 1979, continuou a nova produção de som eletrônico do Funkadelic. O álbum contém a faixa de 15 minutos, "(Not Just) Knee Deep", com o ex-vocalista de Spinners, Philippé Wynne, cuja versão editada encabeçava as paradas de R&B. O álbum finla oficial do Funkadelic, The Electric Spanking of War Babies, foi lançado em 1981. O lançamento foi originalmente um projeto de duplo álbum, mas foi reduzido a um único disco sob a pressão da Warner Brothers. Algumas das faixas excluídas apareceriam nos futuros lançamentos do P-Funk, mais notavelmente o single "Atomic Dog" de 1982, que apareceu no primeiro álbum solo de George Clinton.

Enquanto isso, o álbum Connections & Disconnections (reeditado em CD como Who's a Funkadelic) foi lançado sob o nome de Funkadelic em 1981. O álbum foi gravado por ex-membros do Funkadelic e Parliaments originais Fuzzy Haskins, Calvin Simon e Grady Thomas, que haviam deixou o P-Funk em 1977 após desentendimentos com as práticas de gestão de George Clinton. Este LP, notável pelo uso intenso do metais de jazz de Thomas "Pae-dog" McEvoy, contém uma faixa chamada "You'll Like It Too", que veio uma fonte breakbeat muito popular para a comunidade hip hop nos anos 80. Outro ex-membro rebelde da banda, o baterista Jerome Brailey, lançou o álbum Mutiny no Mamaship, pela sua nova banda, Mutiny. Mesmo o próprio Clinton achou que este era um bom álbum, apesar de terem letras que se critica vamdele e de sua gestão da empresa P-Funk.

No início da década de 1980, com dificuldades legais decorrentes dos múltiplos nomes usados ​​por vários grupos, bem como uma reorganização na gravadora do Parlaument, George Clinton dissolveu o Parliament e Funkadelic como entidades e turnês. No entanto, muitos dos músicos nas versões posteriores dos dois grupos permaneceram empregados por Clinton. Clinton continuou a lançar novos álbuns regularmente, às vezes sob seu próprio nome e às vezes sob o nome de George Clinton e o P-Funk All-Stars. Em meados da década de 1980, o último álbum Funkadelic By Way Of The Drum foi registrado por Clinton com o pessoal da P-Funk e muitos dispositivos eletrônicos. O álbum foi rejeitado por sua gravadora e não viu lançamento oficial na América até aparecer como uma reedição em 2007. Ele apresenta uma capa de "Sunshine Of Your Love" por Cream. O álbum não recebeu nenhuma publicidade, mas ainda recebeu críticas favoráveis.

Clinton continuou seu coletivo P-Funk nas décadas de 1990 e 2000, com um estábulo giratório de músicos, alguns dos quais permanecem das linhas clássicas do Funkadelic e do Parliament. O som radiante do Funkadelic diminuiu, já que Clinton se moveu para um som de R&B e hip hop. Em 1997, o grupo foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame.

A cineasta Yvonne Smith, da produtora Brazen Hussy, com sede em Nova York, produziu Parliament-Funkadelic: One Nation Under a Groove, um documentário completo sobre o grupo inovador, que foi exibido no PBS em 2005. A partir de 2008, Clinton estava trabalhando em um novo álbum Funkadelic para sua nova gravadora. Em novembro de 2008, a Westbound Records lançou a Toys, uma coleção de outkits e demos do Funkadelic da era Free Your Mind e America Eats Its Young. A recepção crítica do álbum geralmente foi positiva. Em abril de 2013, a banda lançou seu primeiro single em mais de 25 anos quando lançaram "The Naz". A canção é uma colaboração com Sly Stone e conta a história de Jesus Cristo. O lado B da música é "Nuclear Dog", que é guitarra solo pelo guitarrista da P-Funk, Dewayne "Blackbird" McKnight.

Funkadelic teve uma grande influência sobre um grande número de artistas do hip-hop e o gênero do hip-hop como um todo. Em particular, o Dr. Dre refere o som de Funkadelic como uma grande influência em sua música, especialmente seu som G-funk. Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

A banda teve vários músicos pela banda em toda sua trajetória, porem não encontrei informações sobre as datas e instrumentos são eles: Bernie Worrell, Eddie Hazel, Glen Goins, Maceo Parker, George Clinton, Walter "Junie" Morrison, Bootsy Collins, Jerome Brailey, Catfish Collins, Rodney Curtis, Ray Davis, Mallia Franklin, Lawrence, Fratangelo, Ramon Tiki Fulwood, Michael Hampton, Clarence "Fuzzy" Haskins, Tyrone Lampkin, Lynn Mabry, Cordell Mosson, Tawl Ross, Garry Shider, Dawn Silva, Calvin Simon, Grady Thomas, Frankie "Kash" Waddy, Fred Wesley, Philippé Wynne, Billy "Bass" Nelson, Mickey Atkins, Ron Bykowski, DeWayne "Blackbyrd" McKnight, David Spradley, Ron Ford e Harold Beane.

Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro


Funkadelic (1970)
01. Mommy, What's A Funkadelic?
02. I'll Bet You
03. Music For My Mother
04. I Got A Thing, You Got A Thing, Everybody's Got A Thing
05. Good Old Music
06. Qualify And Satisfy
07. What Is Soul
Bonus Tracks.
08. Can't Shake It Loose (1969)
09. I'll Bet You (1969)
10. Music For My Mother (1969)
11. As Good As I Can Feel (1969)
12. Open Our Eyes (1969)
13. Qualify And Satisfy (45 Version)
14. Music For My Mother (Instrumental 45 Version)


Free Your Mind… (1970)
01. Free Your Mind And Your Ass Will Follow
02. Friday Night, August 14th
03. Funky Dollar Bill
04. I Wanna Know If It's Good To You
05. Some More
06. Eulogy And Light
Bonus Tracks.
07. Fish, Chips And Sweat
08. Free Your Mind Radio Advert
09. I Wanna Know If It's Good To You (Single Version)
10. I Wanna Know If It's Good To You (Instrumental)


Maggot Brain (1971)
01. Maggot Brain
02. Can You Get To That
03. Hit It And Quit It
04. You And Your Folks, Me And My Folks
05. Super Stupid
06. Back In Our Minds
07. Wars Of Armageddon
Bonus Tracks.
08. Whole Lot Of BS
09. I Miss My Baby (US Music With Funkadelic)
10. Maggot Brain (Alt Mix, Recorded 1971)


America Eats Its Young (1972)
01. You Hit The Nail On The Head
02. If You Don't Like The Effects, Don't Produce The Cause
03. Everybody Is Going To Make It This Time
04. A Joyful Process
05. We Hurt Too
06. Loose Booty
07. Philmore
08. I Call My Baby Pussycat
09. America Eats Its Young
10. Biological Speculation
11. That Was My Girl
12. Balance
13. Miss Lucifer's Love
14. Wake Up
Bonus Tracks.
15. Loose Booty (45 Version)
16. A Joyful Process (45 Version)


Cosmic Slop (1973)
01. Nappy Dugout
02. You Can't Miss What You Can't Measure
03. March To The Witch's Castle
04. Let's Make It Last
05. Cosmic Slop
06. No Compute
07. This Broken Heart
08. Trash A Go Go
09. Can't Stand The Strain
10. Cosmic Slop (Single Edit-Bonus Track)


Standing On The Verge Of Getting It On (1974)
01. Red Hot Mama
02. Alice In My Fantasies
03. I'll Stay
04. Sexy Ways
05. Standing On The Verge Of Getting It On
06. Jimmy's Got A Little Bit Of Bitch In Him
07. Good Thoughts, Bad Thoughts


Let's Take It To The Stage (1975)
01. Good To Your Earhole
02. Better By The Pound
03. Be My Beach
04. No Head No Backstage Pass
05. Let's Take It To The Stage
06. Get Off Your Ass And Jam
07. Baby I Owe You Something Good
08. Stuffs & Things
09. The Song Is Familiar
10. Atmosphere


Tales Of Kidd Funkadelic (1976)
01. Butt-To-Buttresuscitation
02. Let's Take It To The People
03. Undisco Kidd
04. Take Your Dead Ass Home! (Say Som'n Nasty)
05. I'm Never Gonna Tell It
06. Tales Of Kidd Funkedelic (Opusdelite Years)
07. How So Yeaw View You?


Hardcore Jollies (1976)
01. Comin' Round The Mountain
02. Smokey
03. If You Got Funk, You Got Style
04. Soul Mate
05. Hardcore Jollies
06. Cosmic Slop (Live)
07. You Scared The Lovin' Outta Me
08. Adolescent Funk


One Nation Under A Groove (1978)
01. One Nation under a Groove
02. Groovallegiance
03. Who Says a Funk Band Can't Play Rock?
04. Promentalshitbackwashpsychosis Enema Squad (The Doodoo Chasers)
05. Into You
06. Cholly (Funk Getting Ready to Roll!)
Bonus Tracks.
07. Lunchmeataphobia (Think! It Ain't Illegal Yet!)
08. P.E.Squad-Doodoo Chasers (Instrumental)
09. Maggot Brain


Uncle Jam Wants You (1979)
01. Freak Of The Week
02. (Not Just) Knee Deep
03. Uncle Jam
04. Field Maneuvers
05. Holly Wants To Go To California
06. Foot Soldiers (Star-Spangled Funky)


Connections & Disconnections (1980)
01. Phunklords
02. You'll Like It Too
03. The Witch
04. Connections and Disconnection
05. Come Back
06. Call The Doctor
07. Who's A Funkadelic


The Electric Spanking Of War Babies (1981)
01. Electric Spanking Of War Babies
02. Electro-Cuties
03. Funk Gets Stronger (Part 1)
04. Brettino's Bounce
05. Funk Gets Stronger (Killer Millimeter Longer Version)
06. She Loves You
07. Shockwaves
08. Oh, I
09. Icka Prick


Live: Meadowbrook, Rochester, Michigan-12th September 1971 (1996)
01. Alice In My Fantasies
02. Maggot Brain
03. I Call My Baby Pussycat (Fast version)
04. I Call My Baby Pussycat
05. Good Old Music
06. I Got A Thing, You Got A Thing, Everybody Got A Thing
07. All Your Goodies Are Gone (The Loser's Seat)
08. I'll Bet You
09. You And Your Folks, Me And My Folks
10. Free Your Mind And Your Ass Will Follow


Funk Gets Stronger (Coletânea 2000)
CD 1.

01. If You Got Funk You Got Style
02. Hardcore Jollies
03. Soul Mate
04. Cosmic Slop
05. You Scared The Lovin' Outta Me
06. One Nation Under A Groove
07. Who Says A Funk Band Can't Play
08. Promentalshitbackwashpsychosis
09. Into You
10. Cholly (Funk Gettin' Ready To Roll)
11. Maggot Brain (Live)

CD 2.

01. (Not Just) Knee Deep
02. Freak Of The Week
03. Uncle Jam
04. Foot Soldiers (Star Spangled Funky)
05. Electric Spanking Of War Babies
06. Funk Gets Stronger (Killer Millimeter Longer Version)
07. Brettinos Bounce
08. Shockwaves
09. Oh I


The Original Cosmic Funk Crew (Coletânea 2000)
01. Electro-Cuties
02. One Nation Under A Groove
03. Freak Of The Week
04. Cholly (Funk Getting Ready To Rol
05. If You Got Funk, You Got Style
06. Electric Spanking Of War Babies
07. (Not Just) Knee Deep
08. Uncle Jam
09. Oh I
10. Groove Allegiance


Whole Funk & Nothing But The Funk (Coletânea 2005)
CD 1.

01. One Nation Under A Groove
02. Cholly (Funk Gettin' Ready To Roll)
03. Smokey
04. Comin' Round The Mountain
05. Knee Deep (Not Just), Pt. 1
06. You Scared The Lovin' Outta Me
07. Cosmic Slop (Live)
08. Brettino's Bounce
09. Into You
10. Maggot Brain (Live)
11. Holly Wants To Go To California

CD 2.

01. Electric Spanking Of War Babies
02. If You Got Funk, You Got Style
03. Freak Of The Week
04. Funk Gets Stronger
05. Soul Mate
06. Who Says A Funk Band Can't Play Rock?!
07. Oh, I
08. Electro-Cuties
09. Promentalshitbackwashhipsychosisenema Squad (The Doodoo Chasers)
10. One Nation Under A Groove (Instrumental)
11. Electric Spanking Of War Babies (Instrumental)


By Way Of The Drum (2007)
01. Nose Bleed
02. Sunshine Of Your Love
03. Freaks Bearing Gifts
04. Yadadada
05. By Way Of The Drum
06. Jugular
07. Some Fresh Delic
08. Primal Instinct
Bonus Tracks.
09. By Way Of The Drum (Extended Version)
10. By Way Of The Drum (Dub)
11. By Way Of The Drum (Basstrumental)
12. By Way Of The Drum (Acappella)


Toys (2008)
01. Heart Trouble AKA You Can't Miss What You Can't Measure
02. The Goose That Laid The Golden Egg
03. Vampy Funky Bernie (3rd Tune Olympic)
04. Talk About Jesus
05. Slide On In (2nd Tune Olympic)
06. Stink Finger
07. Magnifunk
08. Wars Of Armageddon (Karaoke Version)
09. 2 Dollars & 2 Dimes


First Ya Gotta Shake The Gate (2014)
CD 1.

01. Baby Like Fonkin' It Up
02. Get Low
03. If I Didn't Love You
04. Fucked Up
05. Ain't That Funkin' Kinda Hard On You?
06. I Mo B Yodog Fo Eva
07. In Da Kar
08. Radio Friendly
09. Mathematics of Love
10. Creases
11. Not Your Average Rapper

CD 2.

01. First Ya Gotta Shake the Gate
02. Roller Rink
03. J.olene
04. Nuclear Dog Part II
05. Dirty Queen
06. You Can't Unring the Bell
07. Old Fool
08. Pole Power
09. Boom There We Go Again
10. As In
11. Bernadette
12. Meow Meow

CD 3.

01. Catchin' Book Fever
02. The Naz
03. Talking to the Wall
04. Where Would I Go?
05. Yesterdejavu
06. Zip It
07. The Wall
08. Snot n' Booger
09. Yellow Light
10. Dipety Dipety Doo Stop the Violence


Senha dos Arquivos: muro

Password Files: muro

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.

29 comentários :

  1. Grande banda.Não podemos nos esquecer da Ruth Copeland que cantou junto a esta banda.Procurem sobre esta cantora não vão se arrepender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem tbm o Parliament. A mesma banda usando outro nome, com um funk menos experimental mas de primeira.

      Excluir
  2. Há muito tempo que eu esperava alguem postar esta discografia... e para minha surpresa vc postou...
    O Funkadelic na minha opnião é o ELO entre o rock psicodelico e o funk com pitadas psicodelicas.
    Mas no final dos anos 70 esta mistura vai se perdendo... devido a outras influencias...
    Mesmo assim o Funkadelic para quem gosta de ouvir algo diferente ... é a pedida da semana !
    carioca brasil.... valeu !

    ResponderExcluir
  3. Mandou benzaço. Funkadelic é uma das melhores bandas de todos os tempos.

    ResponderExcluir
  4. Uma das melhores bandas do rock mundial! Sim Funkadelic é rock!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Funkadelic é Funk, goste você ou não.

      Excluir
    2. Funkadelic é funk!! Funk é um estilo que muitas vezes se mistura com rock :)

      Excluir
    3. Na realidade é uma mistura. É só ouvir que se vê e se entende. As guitarras pesadas, os solos quilométricos e com fraseado e timbre rock... sobre composições funk e muita loucura. Adoro...são fantásticos.
      Mas sobre o que o anônimo falou lá em cima, não esta de todo errado, porque nos anos 70 e eu sou daquela época, não ficávamos nos preocupando em separar. O Rock era um caldeirão e toda a cena que rolava estava incluída. A única coisa que realmente importava era ser bom..se fosse bom, não existiam barreiras e nem rótulos. Infelizmente com a disco music, o punk rock e até por uma certa estagnação das bandas que existiam e que ou estavam parando ou não lançavam mais discos tão bons..bem, sei lá...sei que a música foi ficando uma bela merda e eu particularmente, fui me voltando pra mpb. Mas o bom rock, funk, prog, jazz rock....permaneceram vivinhos no meu peito!

      Excluir
  5. Essa é a maior banda Psicodélica que já ouvi. Baixem o primeiro álbum, pois é uma obra prima

    ResponderExcluir
  6. esse blog é um manjar dos deuses para quem gosta de boa musica, fora o ecletismo, onde podemos encontrar o pop de elton joh, e engenheiros do havai, o funk de funkadelic, guitarrista diversos e bandas d
    que produziram o melhor do rock. parabens bicho percebemos que tambem é um amante da boa musica e das historias do rock n roll

    ResponderExcluir
  7. Seu site é foda! Simplesmete. Obrigado!

    ResponderExcluir
  8. Que notable...solo conocia los primeros cuatro discos y Parliament por supuesto en la misma linea Funk-rockadelic.Gracias.

    ResponderExcluir
  9. Muy agradecido por esta discografia !!! Gracias por tu aporte !!!!!!

    Anonymous Stone

    ResponderExcluir
  10. Esse blog eh p refúgio!!!! Grande BLOG!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. simplemente awesome !!! todos y cada uno de sus aporter !!! gracias por Funkadelic, Titas, Colera, Inocentes,Legiao urbana,Cavalera Co., Stelly Dan y tantos mas! Muito obrigado

    ResponderExcluir
  12. Teşekkürler dostum. Parliament grubunu da eklersen muhteşem olur.

    ResponderExcluir
  13. Não Me Canso De Agradeçer A Esse Blog Fantástico. Valeu Irmão ALEX.

    ResponderExcluir
  14. Grande Banda. Que influenciou e continua a influenciar muitas e muitas bandas. Obrigado Alex grande post. Abraço desde Portugal!!!!

    ResponderExcluir
  15. muito fodaaaaaa. muito obrigado, esse site é muito bom pqp

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.