Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

15 de junho de 2019

Andre Matos - Discografia.

Andre Coelho Matos (São Paulo, 14 de setembro de 1971 — 8 de junho de 2019) foi um cantor, compositor, maestro e pianista brasileiro, conhecido por ter sido vocalista das bandas Viper, Angra e Shaman. O artista vendeu milhões de cópias durante a sua carreira. Também capitaneou os projetos Virgo e Symfonia, além de ter feito participações especiais em bandas como Avantasia e Aina. Desde outubro de 2006 estava em carreira solo. 

Em seu currículo constam Regência Orquestral, Composição Musical, habilitação em Canto Lírico e habilitação em Piano Erudito. Foi eleito o 77º melhor cantor brasileiro de todos os tempos pela revista Rolling Stone Brasil. 

História.

Viper (1985-1990)

Andre Matos começou seus estudos musicais ainda na infância aos sete anos de idade com aulas de piano e ingressou em sua primeira banda, o Viper, aos 13 anos. Como a banda ainda não tinha um vocalista, Andre foi o escolhido para assumir os vocais, apesar de achar que não tinha capacidade para isso, pois o que realmente sabia fazer era tocar piano e teclado. Com o Viper Andre Matos gravou a demo The Killera Sword em 1985 e os álbuns Soldiers of Sunrise, em 1987, e Theatre of Fate, em 1989. 

Com estes dois discos a banda teve um reconhecimento internacional, principalmente no Japão e na Europa e que resultou no lançamentos dos álbuns no Japão. Após o lançamento de Theatre of Fate Andre decidiu deixar o Viper, pois não conseguiria conciliar a banda com seus estudos na faculdade, e com isso ocorreu sua separação da banda. Andre Matos ingressou na Faculdade de Artes Santa Marcelina e no último ano transferiu-se para a Faculdade de Artes Alcântara Machado, graduando-se como bacharel em Regência Orquestral e Composição Musical. Andre também estudou durante sete anos canto lírico junto ao professor de técnica e interpretação vocais Francisco Campos, professor titular da Universidade de São Paulo. 

Angra (1991-2000)

Enquanto esteve na faculdade, Andre Matos conheceu Rafael Bittencourt e com ele teve a ideia de começar uma nova banda onde pudessem mesclar o heavy metal com a música erudita, o que mais tarde resultaria na criação do Angra. Com o Angra, uma carreira ao longo de nove anos com turnês pelo Brasil, Europa, Ásia e América Latina, com mais de um milhão de cópias vendidas e que o deram projeção mundial, consagrando Andre Matos como um dos principais vocalistas do chamado power metal. 

Com o Angra Andre Matos gravou a demo tape Reaching Horizons em 1992, o álbum Angels Cry em 1993, o EP Evil Warning em 1994, a demo tape Eyes of Christ em 1995 e o álbum Holy Land em 1996. Ainda no mesmo ano o Angra lançou o single "Make Believe" e o EP Freedom Call, em 1997 e o ao vivo Holy Live e em 1998 os singles "Lisbon" e "Rainy Nights" e o álbum Fireworks. Nesse mesmo período Andre Matos foi sondado como possível substituto de Bruce Dickinson no Iron Maiden em um concurso que escolheria o novo vocalista da banda inglesa, mas a vaga acabou ficando com Blaze Bayley. 

Shaman (2000-2006)

No começo de 2000 Andre decide deixar o Angra devido a problemas com o empresário da banda. O baixista Luis Mariutti e o baterista Ricardo Confessori também deixam o Angra juntamente com Andre Matos e formam a banda Shaman (que posteriormente mudou o nome para "Shaaman" e hoje em dia voltou a ser chamada "Shaman" com apenas um "A"), convidando Hugo Mariutti para ser o guitarrista. Logo com seu primeiro álbum, o Ritual lançado em 2002, a banda assinou contratos com vários selos no exterior, como JVC no Japão e Universal Music no Brasil. O álbum teve inclusive uma de suas faixas ("Fairy Tale", de autoria de Andre Matos) incluída na trilha sonora da novela global O Beijo do Vampiro. No ano seguinte foi a vez do lançamento do DVD RituAlive gravado no Credicard Hall e que contou com as participações especiais de Marcus Viana, Tobias Sammet, Sascha Paeth, Andi Deris e Michael Weikath, um DVD cuja qualidade de vídeo e áudio foi considerada acima da média. Em 2005 o Shaman lançou o álbum Reason que resultou em mais uma turnê mundial. 

Nesse período Andre Matos também desenvolveu o projeto Virgo junto ao guitarrista e produtor alemão Sascha Paeth. Este foi um projeto mais voltado para o Rock em geral, com o qual Andre foi além do seu tradicional modo de compor. Ainda nos primeiros anos do Shaman, Andre Matos fez participações especiais nos dois primeiros álbuns da banda Avantasia, idealizada por Tobias Sammet. Os álbuns The Metal Opera e The Metal Opera Part II foram lançados em 2001 e 2002 respectivamente. Andre ainda participou da primeira turnê do projeto em 2008, na época em que o Avantasia estava lançando o seu terceiro álbum The Scarecrow. 

Carreira Solo e Symfonia (2006-2011) 

Em 2006, Andre e os irmãos Hugo e Luis Mariutti decidem deixar o Shaman e soltaram um comunicado oficial explicando a decisão. Após o fim da banda, Andre Matos se apresentou no festival Live 'N' Louder com um time de músicos que contava com Luis Mariutti, Hugo Mariutti, Andre Hernandes, Fabio Ribeiro e Rafael Rosa, anunciando pouco tempo depois que estes seriam os músicos que o acompanhariam em sua nova empreitada, o início de sua carreira solo. 

O primeiro álbum de Andre Matos em sua carreira solo foi o Time to Be Free lançado em 2007 e sucedido por sua primeira turnê pelo Brasil, Europa e Japão com seu novo projeto. m 2009 o segundo álbum de sua carreira solo foi lançado sob o nome Mentalize. No ano seguinte, ele participaria mais uma vez do projeto Avantasia, desta vez no álbum The Wicked Symphony, embora desta vez cantasse em apenas uma faixa: "Blizzard on a Broken Mirror". Ainda em 2010, Andre Matos e o guitarrista finlandês Timo Tolkki anunciavam a formação do supergrupo Symfonia. m abril de 2011, o supergrupo, que contava ainda com Jari Kainulainen, Mikko Härkin e Uli Kusch, lançou o seu primeiro disco In Paradisum, dando a banda início a sua turnê mundial no segundo semestre de 2011. O grupo acabou alguns meses depois, após Timo anunciar sua aposentadoria da música. 

The Turn of the Lights e reunião do Viper (2012)

Andre Matos anunciou o baterista Rodrigo Silveira, que substituiria Eloy Casagrande, que foi para o Sepultura. Andre também anunciou que no início de 2012 começara o processo de gravação do terceiro álbum de sua carreira solo. 

Em 2012 a banda Viper anunciou a turnê To Live Again Tour para comemorar os 25 anos do álbum Soldiers of Sunrise, onde tocaram pela primeira vez na íntegra os álbuns Soldiers of Sunrise e Theatre of Fate. O primeiro show aconteceu no dia 1º de julho na cidade de São Paulo, com o retorno do vocalista André Matos após 22 anos desde sua saída para a banda Angra e a formação clássica de Pit Passarell, Felipe Machado e Guilherme Martin. O guitarrista Hugo Mariutti tocou no lugar de Yves Passarell, que eventualmente fez participações durante a turnê. 

Em julho de 2012 Andre Matos anunciou que o seu terceiro álbum de estúdio em carreira solo, The Turn of the Lights, seria lançado mundialmente dia 22 de agosto de 2012. No Brasil foi laçado pela gravadora Azul Music. 

Turnês comemorativas e Retorno do Shaman (2013-2019) 

Devido ao aniversário de 20 anos do lançamento de Angels Cry, o músico tocou o álbum na íntegra durante a turnê de 2013. Devido ao sucesso da tour em 2013, a banda decidiu continuar a digressão pelo Brasil em 2014, sendo que a última apresentação dessa turnê aconteceu no dia 12 de dezembro de 2014, na cidade de Sorocaba, São Paulo. 

Em 8 de abril de 2015, Andre Matos completou 30 anos de carreira e anunciou uma grande turnê comemorativa junto com seus companheiros da banda solo. No mesmo dia foi comemorado com uma grande festa no Manifesto Bar, na cidade de São Paulo, o aniversário de 30 anos da banda Viper. O lançamento do CD ao vivo Viper – Live in São Paulo, referente ao show da banda Viper em julho de 2012, foi lançado no dia do evento. 

No dia 30 de abril de 2015, no último show antes da turnê comemorativa de 30 anos de carreira do Andre Matos, foi anunciada a saída do guitarrista André Hernandes, que tocava na banda desde 2006. A saída foi amigável e se deu por conta de "Zaza", que mora em Curitiba, estar se dedicando em seus novos projetos. 

Para comemorar 30 anos de carreira, Andre Matos lançou em 2015 uma turnê especial: o público iria escolher as músicas que fariam parte do show, dentre 110 composições que abrangem toda a história do vocalista nas bandas Viper, Angra, Shaman e Andre Matos, além de suas participações em projetos como Virgo, Avantasia e Symfonia. A depender da escolha dos fãs, era possível que algumas músicas fossem tocadas ao vivo pela primeira vez na história. O processo de votação seria realizado em duas etapas, através do site oficial do músico. 

Em 18 de maio de 2015, aconteceu na cidade de Piedade, São Paulo, a estreia da Tour Andre Matos 30 anos. No mesmo dia foi apresentado o guitarrista substituto de André Hernandes. Foram feitas audições privadas com profissionais e finalmente, o nome do finalista surgiu com o aval de todos da banda – inclusive do próprio André Hernandes: João Milliet. 

No dia 25 de maio de 2018, sua banda Shaman anunciou sua volta para um show especial com a formação clássica em São Paulo, na casa de show Audio. Essa reunião deu-se após milhares de pedidos e até uma campanha com a hashtag #voltashaman, após uma árdua batalha dos fãs contra a rigidez que a formação original demonstrava em voltar com as atividades da banda, os integrantes atenderam o chamado dos fãs que foram surpreendidos com a inesperada notícia. Após algumas semanas, foram anunciados shows para Brasília, Belo Horizonte, Rio Janeiro, Manaus junto de Arch Enemy e Kreator, Fortaleza e Recife. Em fevereiro de 2019, foi anunciado que a banda Shaman tocaria ao lado do Avantasia como convidada especial em sua turnê pelo Brasil, o que se concretizou meses depois. 

Morte.

André Matos morreu em 8 de junho de 2019, aos 47 anos. O falecimento foi anunciado por uma nota publicada nas redes sociais e assinada pelos integrantes da banda Shaman. Os meios de comunicação confirmaram a notícia através de integrantes e assessores de imprensa da banda. 

"O destino nos uniu, nos separou, nos reuniu e agora pregou mais essa com a gente. É com profunda dor em nossos corações que nos despedimos do Andre mais uma vez, desta vez de forma definitiva. Além da ferida que jamais cicatrizará, e mesmo sabendo que passamos momentos gloriosos junto ao nosso companheiro e amigo, restará pra sempre o melhor dele em nossos corações". Comunicado assinado por Hugo Mariutti, Luís Mariutti, Ricardo Confessori, Fábio Ribeiro e Rick Dallal. 

Posteriormente foi confirmado que André Matos faleceu devido a uma parada cardíaca. Conforme um desejo manifestado em vida, não foi realizado velório e o corpo do cantor foi cremado em local não divulgado. Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

Última Formação.

Andre Matos (Vocal, Teclados, Piano 2006-2019)
Hugo Mariutti (Guitarra, 2006-2019)
João Milliet (Guitarra, 2015-2019)
Bruno Ladislau (Baixo, 2019)
Rodrigo Silveira (Bateria, 2011-2019)

Ex - Integrantes.

Luis Mariutti (Baixo, 2006-2010)
Rafael Rosa (Bateria, 2006-2007)
Eloy Casagrande (Bateria, 2007-2011)
Fabio Ribeiro (Teclados, 2006-2011)
André Hernandes (Guitarra, 2006-2015)



Time To Be Free (2007)
01. Menuett (0:48)
02. Letting Go (6:04)
03. Rio (5:58)
04. Remember Why (5:55)
05. How Long (Unleashed Away) (4:50)
06. Looking Back (4:55)
07. Face The End (5:13)
08. Time To Be Free (8:33)
09. Rescue (5:56)
10. A New Moonlight (8:57)
11. Endeavour (7:02) 
Japanese Bonus Track.
 12. Separate Ways (World Apart) (Journey Cover) (5:19)



Mentalize (2009)
01. Leading On! (5:10)
02. I Will Return (5:09)
03. Someone Else (5:47)
04. Shift the Night Away (4:59)
05. Back to You (4:15)
06. Mentalize (4:05)
07. The Myriad (5:09)
08. When the Sun Cried Out (4:39)
09. Mirror of Me (4:17)
10. Violence (5:02)
11. A Lapse in Time (2:45)
12. Powerstream (4:14)
Bonus Tracks.
13. Forever Is Too Long (4:01)
14. Teo Torriatte (Let Us Cling Together) (Qeen Cover) (4:57)



The Turn Of The Lights (2012)
CD 1.

01. Liberty (4:11)
02. Course Of Life (5:39)
03. The Turn Of The LIghts (4:21)
04. Gaza (5:29)
05. Stop! (5:15)
06. On Your Own (5:41)
07. Unreplaceable (4:50)
08. Oversoul (5:31)
09. White Summit (4:01)
10. Light-Years (4:08)
11. Sometimes (3:22)

CD 2.

01. At Least A Change (Viper Cover) (3:58)
02. I Don't Believe In Love (Queenryche Cover) (4:32)
03. Fake Plastic Trees (Radiohead Cover) (4:42)
04. Hisame (Japanese Enka Cover) (5:19)




Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.

5 comentários :

  1. Viva André Matos!

    ResponderExcluir
  2. Um carreira incrível! Meu primeiro CD que eu comprei na vida
    foi justamente 'Shaman Ritual" em 2002. Tenho ele até hoje e André Matos no meu coração pra sempre.

    ResponderExcluir
  3. Muchas gracias por esta discografia de Andre, lastima que murió joven pero ya descansa en el Olimpo del metal.
    OBRIGADO !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Um dos melhores cantores e compositores do mundo. Uma perda sem precedentes para o universo musical. Principalmente nos tempos atuais com tanta musica sem inspiração. Rip André Matos

    ResponderExcluir

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.