'/> Muro do Classic Rock: Japan - Discografia.
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

31 de janeiro de 2020

Japan - Discografia.

Japan foi uma banda inglesa, formada no ano de 1974 em Catford, sul de Londres, pelos integrantes David Sylvian (vocais e guitarra), Mick Karn (baixo fretless, saxofone), Richard Barbieri (teclados), Rob Dean (guitarra principal) e Steve Jansen (bateria). Ao longo de sua carreira, passaram do hard rock/glam de seus dois primeiros discos, Adolescent Sex e Obscure Alternatives, para um som extremamente técnico e experimental, com pouca ênfase na guitarra, de seus três discos posteriores: Quiet Life, Gentlemen Take Polaroids e Tin Drum. 

De acordo com o livro Clássicos do Rock em CD (editora Azul, 1992, Brasil, página 95) "Sua musicalidade, então influenciada pelo glam rock e a emergente new wave, foi gradativamente mudando para melodias e arranjos mais sofisticados; especialmente pela saída do guitarrista Dean a partir do terceiro álbum, que fez com que os teclados sutis de Barbieri e o baixo fretless (sem trastes) de Karn passassem a predominar no som do grupo". 

História.

A história a seguir foi coletada do site Life In Tokyo, dedicado a informações sobre o grupo. 

1974-1978: Período Glam.

Formada em Londres no ano de 1974 pelos irmãos David e Stephen Batt (respectivamente autodenominados David Sylvian e Steve Jansen) e o amigo Andonis Michaelides (Mick Karn), a banda inicialmente possuía uma sonoridade mais voltada ao glam rock com influências de New York Dolls principalmente. Para concretizar seu som, o trio recrutou o colega Richard Barbieri para tocar teclados e encontrou o guitarrista Robert Dean (Rob Dean) através de um anúncio publicado no jornal Melody Maker. O nome Japan foi escolhido às pressas para um dos primeiros shows. 

O visual andrógino de Sylvian chamou a atenção do empresário Simon Napier-Bell (ex empresário dos The Yardbirds e de Marc Bolan), que começou a empresariar a banda lançando os discos através do selo alemão Ariola-Hansa e fazendo com que o Japan abrisse shows em turnê do The Damned. Os primeiros discos lançados, Adolescent Sex e Obscure Alternatives, produzidos por Ray Singer, tiveram pouca recepção na Inglaterra, embora o grupo tenha adquirido grande popularidade no Japão (provavelmente por questão de seu nome). Ambos os discos contém um punhado de faixas interessantes, incluindo algumas com influências definitivas de soul, funk e reggae. Durante este tempo a banda excursionou com o Blue Öyster Cult. Os cabelos grandes e a voz gritante claramente não estavam trabalhando, tanto pessoal como comercialmente, e em 1979 o Japan começou seguindo em uma direção completamente diferente. 

1979-1980: New Romanticism.

Aliando-se ao produtor Giorgio Moroder, o single "Life In Tokyo", lançado em março de 1979, apresentou o ponto da virada. A banda compôs várias músicas no estilo por esta época, incluindo o single posterior "European Son". A voz de Sylvian passou de aguda para mais grave, adotando a postura vocal de um Bryan Ferry; sendo apoiada pela percussão precisa de seu irmão Jansen, pelo baixo de sonoridade marcante e pelos saxofones de Mick Karn e pela guitarra e teclado sutis e pincelados de Rob Dean e Richard Barbieri. 

O disco do final de 1979, Quiet Life, mostrou um controle artístico e musical superior a seus antecessores, marcando a primeira colaboração do Japan com o produtor John Punter (que produziu o LP do Roxy Music, Country Life, em 1974). Dentre as músicas se inclui uma cover de "All Tomorrow's Parties", da banda The Velvet Underground. Mesmo assim o disco chegou apenas ao 53º posto nas paradas do Reino Unido. Também sai em single outra cover gravada por eles, "I Second That Emotion", de Smokey Robinson & The Miracles, mirando a parada de singles e buscando obter mais reconhecimento (chegando na posição #9). Por esta época o visual de Sylvian, e a música do Japan, eram adequados a incluí-los na onda da new romantic inglesa. 

O fracasso fez com que a Ariola-Hansa optasse por não mais manter a banda, o que a fez mudarem-se para o catálogo da Virgin. 

1980-1982: Pop experimental. 

1980 veria sair o álbum Gentlemen Take Polaroids, em novembro, marcando outro salto fantástico para a maturidade da banda. Neste disco se inicia a parceria entre David Sylvian e o tecladista Ryuichi Sakamoto, em "Taking Islands In Africa"; sendo também o último disco que incluiria a participação da guitarra de Dean (que havia perdido bastante espaço na sonoridade do grupo). O guitarrista deixou a banda pouco antes da turnê Visions of China, em 1981, resultante da crescente ênfase no uso de sintetizadores. Dean chegou ainda a desenvolver certa atividade como músico. Posteriormente foi estudar e desenhar pássaros na Guatemala, Costa Rica e Panamá, tornando se ornitólogo. O grupo chamou então David Rhodes para tocar guitarra na turnê de 1981 e mais tarde recrutou Masami Tsuchiya (do grupo japonês Ippu-Do) para tocar guitarra em sua última turnê, de 1982. 

Novembro de 1981 viu o lançamento do último álbum de estúdio do Japan, Tin Drum, amplamente elogiado como obra-prima da banda. Desta vez foram eles e Steve Nye quem produziu o disco. O LP chegou a 12º posto nas paradas do Reino Unido e produziu o improvável ​​"top 5" single, "Ghosts". Este foi o maior sucesso de toda sua carreira. O restante das músicas, desde o funk branco de "The Art of Parties" ao som épico de "Visions of China", fez Tin Drum ficar como um dos álbuns mais completamente sólidos da década de 1980; embora, com Mao Tsé-Tung na capa e músicas como "Canton", "Visions of China" e "Cantonese Boy", faça os fãs se perguntarem por quê uma banda chamada Japan fez músicas sobre a China. 

Aproveitando a onda de sucesso súbita de Tin Drum, a banda embarcou em duas grandes turnês, Visions of China, em 1981, e Sons of Pioneers, em 1982. Esta última produziu o filme Oil on Canvas, filmado no Hammersmith Odeon de Londres, bem como um LP duplo, ao vivo, com o mesmo nome. Por este período, a Ariola-Hansa, para desgosto da banda, aproveitou a oportunidade para relançar o catálogo do Japan. Anos após seu lançamento, faixas como "I Second That Emotion", "Quiet Life" e "European Son" (que anteriormente era apenas lado B de singles) conseguiram subir nas paradas.

Apesar de seu histórico sucesso no momento e turnês, a banda, depois de muita especulação da imprensa, decidiu chamar os repórteres após a Sons of Pioneers tour. Diferenças antigas entre Karn e Sylvian são citadas como a causa para a dissolução, o que provavelmente veio à tona quando a namorada de Karn, Yuka Fujii, o deixou por Sylvian. Fujii tinha sido, anteriormente, uma colaboradora frequente com o Japan, proporcionando obras de arte para capas de discos e até mesmo cantando backing vocals em Tin Drum. Segundo a assessoria da gravadora, o Japan esteve junto até sua dissolução, realizando seu último concerto em 16 de dezembro de 1982 em Nagoia e lançando o álbum ao vivo Oil on Canvas por despedida, em 1983. 

A publicação de 2005, 1001 Albums You Must Hear Before You Die, inclui Quiet Life do Japan em sua listagem. Depois, o livro 1001 Songs You Must Hear Before You Die inclui a música "Ghosts" em sua lista. 

1982-1991: Intervalo.

No intervalo entre a dissolução do Japan e o ano de 1991, David Sylvian, inicialmente, fez parceria com Ryuichi Sakamoto (no single "Bamboo Houses" / "Bamboo Music"), em 1982; participa na mesma parceria com a música "Forbidden Colours", em 1983 (da trilha sonora de Merry Christmas, Mr. Lawrence), e lança seis álbuns de estúdio (três deles absolutamente experimentais, dois em parceria com Holger Czukay - da banda alemã Can) com seu irmão, Steve Jansen, na bateria. O baixista Mick Karn inicia com um single inspirado numa música do cantor brasileiro Roberto Carlos, lança dois discos de estúdio e participa de parcerias com Midge Ure do Ultravox (no single "After a Fashion") e Peter Murphy do Bauhaus (na banda Dalis Car); também tocando em uma música do EP Chimera de Bill Nelson e lançando o single da música "Buoy" (com Sylvian nos vocais e Jansen), além de tocar em discos de Gary Numan, Kate Bush e Joan Armatrading. Steve Jansen lança parcerias com o músico japonês Yukihiro Takahashi ("Stay Close") e faz uma parceria com Richard Barbieri, montando a banda The Dolphin Brothers e lançando o disco Catch the Fall em 1987. 

1991: Rain Tree Crow (Reunião).

No final dos anos 80 e início dos anos 90 e após nove anos de dissolução a banda (menos Rob Dean) retorna para um único disco, reunidos sob o nome de Rain Tree Crow, por insistência de Sylvian, entre setembro de 1989 e abril de 1990. O álbum resultante é essencialmente improvisado, sem ensaios. Esta abordagem foi um elemento integrante de todo o projeto e, em muitos aspectos, era a razão para a colaboração; um conceito de performances de improviso que representou um nítido contraste com as formas pelas quais o grupo Japan tinha inicialmente trabalhado. Os primeiros estúdios utilizados ficavam em Miraval, no sul da França, e a ideia é que todos compusessem material e tocassem com as fitas de gravação rodando o dia todo. O projeto foi inicialmente concebido como uma longa sequência de seis álbuns mas, com a insistência de Sylvian para que o nome do Japan não pudesse ser usado no conjunto, a Virgin se recusou a colocar mais dinheiro a menos que este nome pudesse ser usado. O impasse resultante foi resolvido por decisão de Sylvian, que financiou pessoalmente a mixagem do álbum, que saiu em 1991. No entanto o grupo já não se interessava mais pela reunião. 

2011: Morte de Mick Karn.

Em 4 de janeiro de 2011, o baixista da banda, Mick Karn, falece em decorrência de um câncer. Em 2009 ele lançou sua autobiografia, Japan & Self Existence (388 páginas / ASIN: B004G6Y4YC). Texto: Wikipédia. 

Integrantes.

David Sylvian (Vocais, Guitarras, Teclados, 1974-1982, 1990-1991)
Mick Karn (Baixo, Saxofone, Backing Vocals, 1974-1982, 1990-1991, R.I.P 2011)
Steve Jansen (Bateria, Percussão, Teclados, 1974-1982, 1990-1991)
Richard Barbieri (Teclados, Sintetizadores, 1974-1982, 1990-1991)
Rob Dean (Guitarras, Backing Vocals, 1975-1981)
 

Ao Vivo.

Jane Shorter (Saxofone, 1979-1980)
David Rhodes (Guitarras, 1981)
Masami Tsuchiya (Guitarras, Teclados, 1982)




Adolescent Sex (1978)
01. Transmission (4:48)
02. Unconventional State Line (3:03)
03. Wish You Were Black (4:49)
04. Performance (4:36)
05. Lovers On Main Street (4:09)
06. Don't Rain On My Parade (2:55)
07. Suburban Love (7:28)
08. Adolescent Sex (3:45)
09. Communist China (2:44)
10. Television (9:14)
Bonus Tracks on 2010 Reissue CD.
11. Adolescent Sex (Re-Recorded Version) (4:14)
12. Stateline (4:46)



Obscure Alternatives (1978)
01. Automatic Gun (4:07)
02. ...Rhodesia (6:49)
03. Love Is Infectious (4:10)
04. Sometimes I Feel So Low (3:48)
05. Obscure Alternatives (6:47)
06. Deviation (3:23)
07. Suburban Berlin (5:00)
08. The Tenant (7:16)
Live Bonus Tracks.
09. Deviation (3:21)
10. Obscure Alternatives (6:06)
11. In Vogue (6:12)
12. Sometimes I Feel So Low (4:05)



Quiet Life (1979)
01. Quiet Life (4:52)
02. Fall In Love With Me (4:35)
03. Despair (5:58)
04. In Vogue (6:33)
05. Halloween (4:25)
06. All Tomorrow's Parties (5:43)
07. Alien (5:02)
08. The Other Side Of Life (7:27)
Bonus Tracks.
09. All Tomorrow's Parties (1983 Remix) (5:19)
10. All Tomorrow's Parties (Remix) (3:34)
11. A Foreign Place (3:12)
12. Quiet Life (7" Version) (3:52)



Gentlemen Take Polaroids (1980)
01. Gentlemen Take Polaroids (7:09)
02. Swing (6:27)
03. Burning Bridges (5:22)
04. My New Career (3:55)
05. Methods of Dance (6:55)
06. Ain't That Peculiar (4:41)
07. Nightporter (6:59)
08. Taking Islands In Africa (5:21)
Bonus Tracks.
09. The Experience Of Swimming (4:05)
10. The Width Of A Room (3:15)
11. Taking Islands In Africa (Steve Nye Remix) (4:58)



Tin Drum (1981)
CD 1.

01. The Art of Parties (4:12)
02. Talking Drum (3:36)
03. Ghosts (4:37)
04. Canton (5:35)
05. Still Life in Mobile Homes (5:35)
06. Visions of China (3:39)
07. Sons of Pioneers (7:09)
08. Cantonese Boy (3:51)

CD 2: Bonus.

01. The Art Of Parties (Single Version) (6:48)
02. Life Without Buildings (6:48)
03. The Art Of Parties (Live) (5:36)
04. Ghosts (Single Version) (4:02)



BBC Radio One Live: February 1981 Hammersmith Odeon (Live 1981)
01. Swing (5:54)
02. Gentlemen Take Polaroids (5:57)
03. Alien (5:08)
04. ...Rhodesia (5:35)
05. Quiet Life (4:44)
06. My New Career (3:58)
07. Taking Islands in Africa (4:56)
08. Methods of Dance (6:08)
09. Ain't That Peculiar (4:14)
10. Halloween (4:06)
11. European Son (4:19)



Assemblage (Coletânea 1981)
01. Adolescent Sex (4:14)
02. Stateline (4:45)
03. Communist China (2:45)
04. …Rhodesia (6:49)
05. Suburban Berlin (5:01)
06. Life In Tokyo (3:32)
07. European Son (3:40)
08. All Tomorrow Parties (4:14)
09. Quiet Life (4:52)
10. I Second That Emotion (3:46)
Bonus Tracks.
11. European Son (John Punter 12' Mix) (5:02)
12. I Second That Emotion (12' Version) (5:17)
13. Life In Tokyo (Part 1 Special Remix) (4:03)
14. Life In Tokyo (1982 Remix) (6:15)



Oil On Canvas (Live 1983)
01. Oil On Canvas (1:26)
02. Sons Of Pioneers (5:00)
03. Gentlemen Take Polaroids (6:43)
04. Swing (5:37)
05. Cantonese Boy (3:47)
06. Visions Of China (3:35)
07. Ghosts (6:23)
08. Voices Raised In Welcome, Hands Held In Prayer (3:31)
09. Nightporter (6:49)
10. Still Life In Mobile Homes (5:39)
11. Methods Of Dance (6:08)
12. Quiet Life (4:35)
13. The Art Of Parties (5:29)
14. Canton (5:45)
15. Temple Of Dawn (1:48)



Souvenir From Japan (Coletânea 1989)
01. I Second That Emotion (3:47)
02. Life In Tokyo (Souvenir From Japan Version) (4:02)
03. Deviation (Live) (3:19)
04. Suburban Berlin (5:01)
05. Adolescent Sex (Re-Recordered Version) (4:14)
06. European Son (3:40)
07. All Tomorrow's Parties (Alternate Version) (4:17)
08. Communist China (2:47)
09. State Line (4:46)
10. ...Rhodesia (6:51)
11. Obscure Alternatives (6:48)
12. Quiet Life (4:53)



Rain Tree Crow - Rain Tree Crow (1991)
01. Big Wheels In Shanty Town (7:09)
02. Every Colour You Are (4:45)
03. Rain Tree Crow (2:06)
04. Red Earth (As Summertime Ends) (3:38)
05. Pocket Full Of Change (6:08)
06. Boat's For Burning (0:45)
07. New Moon At Red Deer Wallow (5:13)
08. Blackwater (4:20)
09. A Reassuringly Dull Sunday (1:22)
10. Blackcrow Hits Shoe Shine City (5:15)
11. Scratchings On The Bible Belt (2:47)
12. Cries And Whispers (2:36)
13. I Drink To Forget (Bonus Track) (1:57)



In Vogue (Coletânea 1996)
01. The Unconventional (3:04)
02. Lovers On Main Street (4:10)
03. Transmission (4:49)
04. I Second That Emotion (3:49)
05. All Tomorrow's Parties (12'') (5:47)
06. Alien (5:02)
07. Halloween (4:25)
08. Suburban Berlin (5:02)
09. Quiet Life (4:52)
10. Love Is Infectious (4:14)
11. Fall In Love With Me (4:31)
12. Adolescent Sex (4:15)
13. European Son (12'') (5:37)
14. In Vogue (6:17)
15. Life In Tokyo (12'') (6:19)



The Singles (Coletânea 1996)
CD 1.

01. Don't Rain On My Parade (2:54)
02. State Line (4:47)
03. The Unconventional (3:01)
04. Adolescent Sex (4:12)
05. Sometimes I Feel So Low (3:46)
06. Love Is Infectious (4:11)
07. Life In Tokyo (Short Version) (3:30)
08. Life In Tokyo (Part 2) (3:16)
09. I Second That Emotion (3:47)
10. Quiet Life (3:52)
11. Life In Tokyo (3:30)
12. European Son (3:39)
13. Quiet Life (3:34)
14. A Foreign Place (3:14)
15. European Son (3:49)
16. Alien (4:58)
17. I Second That Emotion (3:50)
18. Halloween (4:24)

CD 2.

01. Life In Tokyo (4:01)
02. Life In Tokyo (Theme) (3:54)
03. All Tomorrow's Parties (3:33)
04. In Vogue (Live In Tokyo) (6:08)
05. Life In Tokyo (12'' Extended Version) (7:07)
06. European Son (5:00)
07. Sometimes I Feel So Low (3:48)
08. Adolescent Sex (Re-Recorded Version) (4:12)
09. Life In Tokyo (Extended Remix) (7:05)
10. Life In Tokyo (Theme) (3:53)
11. All Tomorrow's Parties (1983 Remix) (5:16)
12. I Second That Emotion (Extended Remix) (5:14)
13. Halloween (4:23)
14. European Son (Extended Remix) (5:34)
15. Quiet Life (Extended Version) (4:50)
16. Fall In Love With Me (12'' Extended Version) (4:32)



The Masters (Coletânea 1997)
01. Quiet Life (4:51)
02. European Son (3:39)
03. I Second That Emotion (3:46)
04. Life In Tokyo (Short Version) (3:31)
05. All Tomorrow's Parties (Alternate Version) (4:14)
06. Deviation (Live) (3:18)
07. Adolescent Sex (3:43)
08. Halloween (4:23)
09. Love Is Infectious (4:10)
10. Communist China (2:43)
11. Lovers On Main Street (4:08)
12. In Vogue (6:30)
13. Suburban Berlin (4:59)
14. Alien (4:59)
15. Obscure Alternatives (6:49)




Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.

Um comentário :

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.