'/> Muro do Classic Rock: Arctic Monkeys - Discografia.
Please enable / Bitte aktiviere JavaScript!
Veuillez activer / Por favor activa el Javascript![ ? ]

16 de dezembro de 2020

Arctic Monkeys - Discografia.

Arctic Monkeys é uma banda britânica de rock formada em 2002 nos subúrbios da cidade de Sheffield, na Inglaterra. O grupo é formado por Alex Turner (vocal, guitarra), Matt Helders (bateria, backing vocal), Jamie Cook (guitarra) e Nick O'Malley (baixo, backing vocal).

A banda já lançou seis álbuns de estúdio: Whatever People Say I Am, That's What I'm Not (2006), Favourite Worst Nightmare (2007), Humbug (2009), Suck It and See (2011), AM (2013) e Tranquility Base Hotel & Casino (2018). Seu primeiro álbum foi o disco de estreia que vendeu mais rápido na história das paradas de sucesso britânicas e, em 2013, a revista Rolling Stone o nomeou como o 30º melhor álbum de todos os tempos.

O grupo venceu sete prêmios Brit Awards – incluindo a categoria "Melhor Grupo Britânico" e três de "Melhor Álbum Britânico" – e foram também nomeados para três Grammy Awards. Eles ainda venceram um Mercury Prize em 2006 com seu disco de estreia. A banda já foi headliner de vários festivais pelo mundo, incluindo o de Glastonbury, em 2007 e 2013.

Arctic Monkeys foi uma das primeiras bandas a chamar a atenção pública na internet, causando um grande impacto em como os grupos musicais pelo mundo promovem seu trabalho.

História.
 
Após ganharem suas guitarras no natal de 2001, os vizinhos Alex Turner e Jamie Cook montaram uma banda com seus amigos da escola, Andy Nicholson, que tocava baixo, e Matt Helders, que se tornou o baterista.

Sob o nome "Bang Bang", eles tocavam covers de bandas como Led Zeppelin e cantavam com sotaque de Sheffield. Após Alex assumir o vocal e a tarefa de escrever canções (ele na verdade já tinha algumas), eles mudaram o nome da banda para "Arctic Monkeys", tirado de um grupo do qual o pai do baterista Matt Helders fez parte nos anos 70. Segundo Turner, o nome foi passado de geração em geração, como uma receita.

Após alguns dos primeiros concertos, em 2003, eles começaram a gravar CD demos e distribuí-los para o público. Como a oferta era limitada, os fãs copiaram as canções e as disponibilizaram pela Internet. Até um perfil da banda no site MySpace foi criado, tudo sem que os próprios membros estivessem cientes. Graças a essa divulgação viral pela grande rede, logo não apenas os amigos, mas centenas de pessoas cantavam todas as letras nos concertos.

Em 2004, sua popularidade chamou a atenção da BBC Radio One e da imprensa britânica. Mark Bull, um fotógrafo amador local filmou uma apresentação ao vivo e fez o videoclipe para "Fake Tales Of San Francisco", lançando-o no seu site, juntamente com a coletânea Beneath The Boardwalk.

Em maio de 2005 a banda lançou seu primeiro EP, Five Minutes with Arctic Monkeys, com apenas 1500 cópias em CD e 2000 em Vinyl de 7", mas também disponível na iTunes Music Store. Em junho assinaram contrato com a Domino Records e logo depois, tocaram no Carling Stage, palco dos festivais de Reading e Leeds reservado para bandas menos conhecidas.

Em outubro, o primeiro lançamento pela Domino, "I Bet You Look Good on the Dancefloor", foi direto para o primeiro lugar nas vendas de compacto simples do Reino Unido, com 38.962 cópias. No mesmo mês, estamparam sua primeira capa da revista New Musical Express.

O segundo compacto simples, "When The Sun Goes Down", saiu em 6 de janeiro de 2006 e vendeu 38.922 cópias, novamente alcançando o topo das vendas.

Mesmo com o vazamento na Internet e o intenso compartilhamento de arquivos, o álbum de estreia Whatever People Say I Am, That's What I'm Not, lançado em 2006, alcançou cifras recordes de venda. As 120 mil cópias no Reino Unido só no primeiro dia ultrapassavam a soma de todos os outros álbuns do "top 20" do país nessa data, e a primeira semana foi fechada como 363.735 cópias.

Sem deixar a poeira baixar, em abril de 2006 lançaram um EP com cinco faixas, Who the Fuck Are Arctic Monkeys?. Apesar das altas vendas, o linguajar sujo das canções resultou em baixas execuções no rádio, o que não incomodou a banda. Logo após o lançamento do EP, a banda apresentou um novo baixista, Nick O'Malley. Inicialmente, Nick apenas substituiria Andy na turnê pelos Estados Unidos, mas depois foi anunciado que ele tinha deixado a banda em definitivo.

Em agosto, lançaram "Leave Before The Lights Come On", o primeiro compacto simples a não alcançar o primeiro lugar de vendas. Pouco depois, o álbum Whatever People Say I Am, That's What I'm Not ganhou o Mercury Music Prize, deixando para trás álbuns como The Eraser de Thom Yorke, The Back Room dos Editors e Black Holes and Revelations dos Muse.

Em abril de 2007 lançaram o seu segundo álbum, Favourite Worst Nightmare, o qual no dia 29 do mesmo mês já apareceu na primeira posição nas paradas britânicas. Deste álbum surgiram três singles, "Brianstorm", lançado em abril, "Fluorescent Adolescent", em julho e "Teddy Picker" em dezembro, encerrando a digressão do álbum.

Em 2008, Alex Turner, o compositor e também vocalista da banda teve seu "caderninho" de músicas roubado, o que atrasou o inicio das gravações do terceiro álbum da banda. O vocalista conta que ao tentar lembrar das letras das músicas roubadas, ele acabava criando composições completamente novas, o que segundo o próprio, resultou em um trabalho único. No final do ano de 2008, já com alguns riffs de guitarra e as canções prontas, o grupo iniciou as gravações do terceiro álbum. Contando com a produção de James Ford, que já havia trabalhado com Alex em The Age of the Understatement do The Last Shadow Puppets e de Josh Homme, muito procurado para produzir trabalhos de diversas bandas e também vocalista do Queens of The Stone Age, a banda gravou Humbug que foi lançado em 19 de agosto de 2009 no Japão, 21 de agosto no Brasil, Irlanda, Austrália e Alemanha, dia 24 no Reino Unido e dia 25 nos Estados Unidos. Em 6 de junho de 2011 a banda lançou seu quarto álbum de estúdio intitulado Suck It and See, que vendeu mais de 100 mil cópias no Reino Unido.

Em 26 de fevereiro de 2012, em meio a rumores da gravação de um novo álbum, a banda lançou uma nova canção intitulada "R U Mine?" e em 18 de abril lançaram seu b-side, "Electricity".

Ainda em 2012, a banda foi convidada pelo duo americano The Black Keys para abrir os shows da turnê do álbum El Camino nos Estados Unidos.

Em 28 de julho, o Arctic Monkeys tocou na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres de 2012, e desde então seu cover da música "Come Together", dos Beatles, disparou nas paradas britânicas, bem como seu álbum de estreia, Whatever People Say I Am, That's What I'm Not, atingindo o topo de vendas seis anos após seu lançamento.

Em 9 de setembro de 2013, o álbum intitulado AM foi lançado. O primeiro single deste disco foi a canção "Do I Wanna Know?", lançada em 18 de junho do mesmo ano.

Em 19 de Fevereiro de 2014, o Arctic Monkeys ficou com os prêmios de melhor grupo e melhor disco do ano, com o AM, no Brit Awards. Em 26 de dezembro de 2016, a banda anunciou um novo álbum.

Em abril de 2018, a banda anunciou o lançamento do seu sexto álbum de estúdio, intitulado Tranquility Base Hotel & Casino, lançado em 11 de maio daquele ano. O disco foi bem recebido pela crítica.

Influências.

A banda cita como influência grupos como Oasis, The Strokes e Queens of the Stone Age. Em entrevista para a Pitchfork, Alex Turner diz ter impressionado o Oasis em apresentações na escola, juntamente com Matt Helders. "Matt e alguns amigos colocaram (What's the Story) Morning Glory? e nós 'tocamos' com raquetes de tênis, fingindo ser o Oasis." Ainda sobre o Oasis, Turner diz que "com eles, é a atitude, como se resistissem contra todas as outras coisas que acontecem no mundo da música. Não sei se dá pra entender isso completamente... é como um impulso, certo? Principalmente quando se é tão jovem, você não raciocina, apenas pensa "isso é demais".

Sobre os Strokes, Turner afirma que a banda o fez mudar completamente sua perspectiva das coisas, e foi responsável por introduzi-los a vários outros artistas. O Arctic Monkeys também fazia muitos covers dos Strokes durante o início de sua carreira.

Helders aponta o Queens of the Stone Age como a maior influência no seu desenvolvimento como baterista, dizendo: "A coisa que mais me marcou foi assistir ao Queens of the Stone Age em um festival... assim que eles saíram do palco, pensei: 'preciso começar a tocar mais pesado'."

Além dessas bandas, o Arctic Monkeys também cita como forte influência o rap e o hip hop. "Ganhei minha guitarra quando tinha 15 anos, mas eu não escutava muito rock na época. Tenho certeza que havia ótimas bandas, mas elas não chegavam até o nosso pequeno bairro a 20 minutos do centro de Sheffield. Nós gostávamos muito de ouvir Hip Hop", diz Turner. Matt Helders afirmou que o rap ainda o influencia na bateria, e também inspirou bastante Alex Turner liricamente em suas composições.

Outra grande influência que Turner cita para as letras da banda é o poeta inglês John Cooper Clarke, que o inspirou a compor sobre situações de seu cotidiano através de descrições detalhadas, algo muito presente nas letras do Arctic Monkeys. O poema de Clarke "Out of Control Fairground" foi impresso dentro do single Fluorescent Adolescent do Arctic Monkeys, lançado em 9 de julho de 2007, e foi escrito especialmente para o lançamento, tendo como inspiração a personagem da música. O clipe do single, que retrata uma briga entre palhaços, foi baseado no poema. Em 2013, o Arctic Monkeys incluiu em seu álbum AM o poema “I Wanna Be Yours” de Clarke, faixa que encerra seu quinto álbum de estúdio. Texto: Wikipédia. Site Oficial.

Integrantes.

Atuais.

Alex Turner (Vocal Principal, Guitarras, desde 2002, Teclados, desde 2006, Percussão, 2002-2006)
Jamie Cook (Guitarra Solo, desde 2002, Teclados, desde 2018, Backing Vocals, 2002-2008)
Matt Helders (Bateria, Percussão, Backing Vocals, desde 2002)
Nick O'Malley (Baixo, Backing Vocals, desde 2006)

Ex - Integrante.

Andy Nicholson (Baixo, Backing Vocals (2002-2006)

Turnês.

Tom Rowley (Guitarra, 2007, desde 2013, Teclados, Percussão, Backing Vocals, desde 2013)
Davey Latter (Percussão, desde 2013)
Scott Gillies (Guitarra, desde 2013, Guitarra Lap Steel, desde 2018, Teclados, 2012-2014)
Tyler Parkford (Teclados, Backing Vocals, desde 2018)
John Ashton (Teclados, Guitarra, Percussão, Backing Vocals, 2009-2011)




Whatever People Say I Am, That's What I'm Not (2006)
01. The View From The Afternoon (3:38)
02. I Bet You Look Good On The Dancefloor (2:54)
03. Fake Tales Of San Francisco (2:58)
04. Dancing Shoes (2:21)
05. You Probably Couldn't See For The Lights But You Were Staring Straight At Me (2:11)
06. Still Take You Home (2:54)
07. Riot Van (2:15)
08. Red Light Indicates Doors Are Secured (2:24)
09. Mardy Bum (2:55)
10. Perhaps Vampires Is A Bit Strong But.. (4:29)
11. When The Sun Goes Down (3:20)
12. From The Ritz To The Rubble (3:13)
13. A Certain Romance (5:31)

Zippyshare.

Uloz.to.

Favourite Worst Nightmare (2007)
01. Brianstorm (2:50)
02. Teddy Picker (2:43)
03. D Is For Dangerous (2:16)
04. Balaclava (2:49)
05. Fluorescent Adolescent (2:58)
06. Only Ones Who Know (3:03)
07. Do Me A Favour (3:27)
08. This House Is A Circus (3:10)
09. If You Were There, Beware (4:34)
10. The Bad Thing (2:23)
11. Old Yellow Bricks (3:11)
12. 505 (4:43)
13. Da Frame 2R (2:20)
14. Matador (4:57)

Zippyshare.

Uloz.to.

Live In Texas: June 7th 2006 (2008)
01. Riot Van (3:57)
02. The View From The Afternoon (3:55)
03. Still Take You Home (2:33)
04. You Probably Couldn't See For The Lights But You Were Staring Straight At Me (2:22)
05. Cigarette Smoker Fiona (2:58)
06. Perhaps Vampires Is A Strong But... (3:55)
07. Dancing Shoes (2:50)
08. I Bet You Look Good On The Dancefloor (3:07)
09. When The Sun Goes Down (3:37)
10. A Certain Romance (6:46)

Zippyshare.

Uloz.to.

Humbug (2009)
01. My Propeller (3:28)
02. Crying Lightning (3:43)
03. Dangerous Animals (3:31)
04. Secret Door (3:43)
05. Potion Approaching (3:32)
06. Fire And The Thud (3:58)
07. Cornerstone (3:18)
08. Dance Little Liar (4:43)
09. Pretty Visitors (3:41)
10. The Jeweller's Hands (6:12)
Japan Bonus Tracks.
11. I Haven't Got My Strange (1:30)
12. Red Right Hand (4:18)

Zippyshare.

Uloz.to.

Suck It And See (2011)
01. She's Thunderstorms (3:55)
02. Black Treacle (3:35)
03. Brick by Brick (3:00)
04. The Hellcat Spangled Shalalala (3:00)
05. Don't Sit Down 'Cause I've Moved Your Chair (3:04)
06. Library Pictures (2:22)
07. All My Own Stunts (3:52)
08. Reckless Serenade (2:43)
09. Piledriver Waltz (3:24)
10. Love is a Laserquest (3:11)
11. Suck It and See (3:46)
12. That's Where You're Wrong (4:37)
13. The Blond-O-Sonic Shimmer Trap (3:28)

Zippyshare.

Uloz.to.

AM (2013)
01. Do I Wanna Know? (4:33)
02. R U Mine? (3:22)
03. One for the Road (3:26)
04. Arabella (3:27)
05. I Want It All (3:04)
06. No. 1 Party Anthem (4:03)
07. Mad Sounds (3:35)
08. Fireside (3:01)
09. Why’d You Only Call Me When You’re High? (2:41)
10. Snap Out of It (3:13)
11. Knee Socks (4:18)
12. I Wanna Be Yours (4:04)
13. 2013 (Japan Bonus Track) (2:29)

Zippyshare.

Uloz.to.

Tranquility Base Hotel + Casino (2018)
01. Star Treatment (5:55)
02. One Point Perspective (3:29)
03. American Sports (2:38)
04. Tranquility Base Hotel + Casino (3:32)
05. Golden Trunks (2:54)
06. Four Out of Five (5:12)
07. The World's First Ever Monster Truck Front Flip (3:00)
08. Science Fiction (3:06)
09. She Looks Like Fun (3:03)
10. Batphone (4:32)
11. The Ultracheese (3:38)

Zippyshare.

Uloz.to.

Live At The Royal Albert Hall (2020)
CD 1.

01. Four Out Of Five (5:31)
02. Brianstorm (3:29)
03. Crying Lightning (4:00)
04. Do I Wanna Know (4:41)
05. Why'd You Only Call Me When You're High (3:03)
06. 505 (4:35)
07. One Point Perspective (3:22)
08. Do Me A Favour (3:59)
09. Cornerstone (3:41)
10. Knee Socks (5:50)

CD 2.

01. Arabella (4:06)
02. Tranquility Base Hotel & Casino (4:03)
03. She Looks Like Fun (3:21)
04. From The Ritz To The Rubble (3:41)
05. Pretty Visitors (4:01)
06. Don't Sit Down 'Cause I've Moved Your Chair (3:41)
07. I Bet You Look Good On The Dancefloor (4:53)
08. Star Treatment (5:35)
09. The View From The Afternoon (4:24)
10. R U Mine (6:11)

Zippyshare.

Uloz.to.

Demo, Singles & EP’S.

Links no final da página.

Beneath The Boardwalk (Demo 2004)
01. A Certain Romance (5:24)
02. Bigger Boys and Stolen Sweethearts (2:52)
03. Choo Choo (3:08)
04. Cigarette Smoke (2:56)
05. Dancing Shoes (2:25)
06. Fake Tales of San Francisco (3:04)
07. Knock a Door Run (4:27)
08. Mardy Bum (2:53)
09. On the Run From the MI5 (1:43)
10. Riot Van (2:15)
11. Scummy (3:22)
12. Still Take You Home (3:09)
13. Wavin' Bye to the Train or the Bus (3:03)
14. Bet You Look Good on the Dancefloor (2:52)
15. Stickin' to the Floor (2:00)
16. Space Invaders (2:42)
17. Curtains Closed (2:10)
18. Ravey Ravey Ravey Club (2:04)

Five Minutes With Arctic Monkeys (EP 2005)
01. Fake tales Of San Francisco (3:01)
02. From the Rtiz To The Rubble (3:11)

I Bet You Look Good On The Dancefloor (Single 2005)
01. I Bet You Look Good On The Dancefloor (2:54)
02. Bigger Boys And Stolen Sweethearts (2:58)
03. Chun Li's Spinning Bird Kick (4:40)

When The Sun Goes Down (Single 2006)
01. When The Sun Goes Down (3:20)
02. Stickin to the Floor (1:19)
03. 7 (2:11)

Who The Fuck Are Arctic Monkeys? (Single 2006)
01. The View From The Afternoon (3:41)
02. Cigarette Smoker Fiona (2:57)
03. Despair In The Departure Lounge (3:23)
04. No Buses (3:17)
05. Who The Fuck Are Arctic Monkeys? (5:37)

Leave Before The Lights Come On (Single 2006)
01. Leave Before The Lights Come On (3:52)
02. Put Your Dukes Up John (3:02)
03. Baby I'm Yours (2:43)

Brianstorm (Single 2007)
01. If You Found This It's Probably Too Late (1:32)
02. Brianstorm (2:51)
03. Temptation Greets You Like Your Naughty Friend (3:27)
04. What If You Were Right The First Time? (3:03)

Fluorescent Adolescent (Single 2007)
01. Fluorescent Adolescent (3:04)
02. The Bakery (2:57)
03. Plastic Tramp (2:54)
04. Too Much To Ask (3:03)

Teddy Picker (Single 2007)
01. Teddy Picker (2:43)
02. Bad Woman (2:18)
03. The Death Ramps (3:19)
04. Nettles (1:45)

Matador (Single 2007)
01. Matador (4:57)
02. Daframe 2R (2:20)

Cornerstone (EP 2009)
01. Cornerstone (3:21)
02. Catapult (3:29)
03. Sketchead (2:04)
04. Fright Lined Dining Room (3:28)

Crying Lightning (EP 2009)
01. Crying Lightning (2:43)
02. I Haven't Got My Strange (1:29)
03. Red Right Hand (4:19)

My Propeller (Single 2010)
01. My Propeller (3:25)
02. Joining The Dots (3:19)
03. The Afternoon's Hat (4:11)
04. Don't Forget Whose Legs You're On (3:35)
 
Alex Turner - Submarine (EP 2011)
01. Stuck On The Puzzle (Intro) (0:53)
02. Hiding Tonight (3:06)
03. Glass In The Park (3:59)
04. It's Hard To Get Around The Wind (4:07)
05. Stuck On The Puzzle (3:31)
06. Piledriver Waltz (3:24)

Don't Sit Down 'Cause I've Moved Your Chair (Single 2011)
01. Don't Sit Down 'Cause I've Moved Your Chair (3:03)
02. The Blond-O-Sonic Shimmer Trap (3:24)
03. I.D.S.T. (1:48)

Suck It And See (Single 2011)
01. Suck It And See (3:46)
02. Evil Twin (3:17)

R U Mine? (Single 2012)
01. R U Mine? (3:20)
02. Electricity (3:01)

Do I Wanna Know? (Single 2013)
01. Do I Wanna Know? (4:33)
02. 2013 (2:26)

Why'd You Only Call Me When You're High? (Single Promo 2013)
01. Why'd You Only Call Me When You're High? (Radio Version) (2:41)

Why'd You Only Call Me When You're High? (Vinyl 7 Single 2013)
01. Why'd You Only Call Me When You're High? (2:40)
02. Stop The World I Wanna Get Off With You (3:08)

Zippyshare.

Uloz.to.
 

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas. 

Um comentário :

Todos comentários aparecem após a aprovação, portanto aguarde a moderação do seu comentário sem precisar repeti - ló várias vezes.

Perguntas, avisos ou problemas no blog, serão atendidos somente através do e-mail: murodoclassicrock@gmail.com

Quem insistir em escrever nos comentários será ignorado e o problema não será corrigido.

Por vários motivos esse Blog não atende pedidos de discografias, e-mails ignorando este aviso serão marcados como Spam.

Links alheios não serão permitidos.

Respeite os gostos e opiniões alheias, críticas, ofensas e discussões com palavras de baixo calão não serão permitidas.